História Sentimentos Aprisionados - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Star vs. as Forças do Mal
Personagens Ludo, Marco Diaz, Personagens Originais, Star Borboleta, Toffee
Tags Amor, Drama, Marco, Mistério, Moon, Star, Suspense, Toffe
Visualizações 105
Palavras 1.238
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Marco de volta a terra e descobre oque revelava seu grande poder.
Toffe encontra uma livro que parece ser de sua mãe, Eclipsa.

Capítulo 53 - Instruções...


Fanfic / Fanfiction Sentimentos Aprisionados - Capítulo 53 - Instruções...

Marco acorda ao lado de Star e percebe que ela estava em um sono pesado, ao ponto dele achar que sair dali não iria acorda-la. Ele olha ao redor e percebe a diferença do quarto que agora era não só dele, mas de sua noiva também. No que antes havia uma pilha de bichos de pelúcia, agora era uma mistura de armas de carate com bichos de pelúcia. O aquário que antes tinha os peixes de Star e Tiffany que era uma sereia, agora tinha peixes dourados e a  a Tiffany. Tudo que antes era rosa, tinha um tom mais escuro mas ainda podia ser notado um tom rosa no ambiente. Marco acha que aquilo era magia, mas no fim ele percebeu que Star havia planejado aquilo tudo!

-Você realmente vai ser uma Rainha incrível....

Marco se levanta e anda pelo chão do quarto que estava coberto com um carpete cinza que em outras luzes ficava com tom de rosa amarath, que combinava com o rosa que ocupava o quarto nas luzes do sol que entravam pelas janelas.

Marco não parava de pensar que aquilo tudo equilibrava perfeitamente os gostos particulares de ambos. Mesmo diferentes, podem ficar juntos, o pai de Marco dizia isso pra ele o tempo todo. Depois de um tempo, Marco se arruma e desce até a cozinha onde estava os pais de Marco fazendo o café da manhã.

-Oi Mãe, Pai.

-Olá Hijo! Então, vai ficar até quando?

Marco da uma risada misturada com um suspiro.

-Na verdade acho que até a coroação da Star, eu não posso ficar muito tempo em Mewni...

A mãe de Marco que estava fazendo panquecas fica ressentida pergunta por quê ele não podia ficar em Mewni.

-Bom, eu acho que está na hora de vocês saberem... 

O pai de Marco interrompe e responde no lugar de Marco.

-Que agora é um demônio e que matou o líder de uma antiga ordem do Submundo que havia retornado para destruir Mewni por vingança? 

Marco fica de queixo caído e Glossaryck sai de um armário com um pote de pudim nas mãos.

-Eu contei tudo pra eles, na verdade, eles me contaram tudo! E também explicar tudo ia só encher o saco dos leitores que não querem uma recapitulação de 50 capítulos! 

Todos ficam confusos mas o Pai de Marco volta ao assunto.

-Na verdade, tem muitas coisas que você não sabe...

O pai de Marco muda de forma para se parece com um demônio que diferente dos outros que eram animais ou só monstros, parecia um humano com chifres e um par extra de olhos.

-Eu sou um ex-demônio da ordem dos demônios de sangue, e sua mãe é uma das rainhas de Mewni.

Marco fica sem reação e senta em uma cadeira. Glossaryck vai até Marco e faz ele comer uma colher de pudim.

-Marco infelizmente não temos tempo! Então eu vou resumir tudo. Seu pai, em um ataque a Mewni muito antes da guerra, conheceu sua mãe, ela foi dada como morta e ambos fugiram para terra para terem uma vida normal, passaram anos e tiveram você! Pronto! Nada mais que isso! E também é por isso que você tem tanto poder...

Marco consegue entender tudo aquilo.

-Mas isso é loucura! 

O pai de Marco volta ao normal.

-Hijo, nunca se perguntou por que não ligamos para essas coisas mágicas e de vocês constantemente aparecerem e saírem por portais transdimensionais? 

A mãe de Marco coloca as panquecas na mesa.

-Na época eu era uma rainha de um reino pequeno com várias irmãs! Então no fim, meu nome nem sequer precisou ser citado nos livros, e seu pai conseguiu sair do Submundo sem muitos problemas. Tivemos sorte de na época ou reinos não serem muito preocupados em manter todos de importância o tempo todo no reino. Mas era só isso que íamos dizer. 

Marco começa a comer suas panquecas e ao longo do tempo percebe que aquilo era só uma coisa nova que podia ser levada na boa depois de tudo que ele fez em tão pouco tempo.

 

Toffe volta para Mewni e é recebido por Moon que o esperava ansiosa. Ela vestia um vestido azul e branco e estava mais arrumada que de costume. Ele via Moon de longe parecendo que havia acabado de ganhar o melhor presente de toda sua vida. Toffe tira a coroa de seu terno e a segura com força.

-Eu não vou deixar que você tenha ido em vão...

Toffe chega ao castelo e Moon pula em seus braços como se eles não se vissem a anos.

-Então? Como foi?

Toffe abre um sorriso.

-Perfeito! Pode começar o comércio no mar em segurança e sem atrasos de entrega! 

Moon beija Toffe e o abraça bem apertado.

-Eu não sei nem como agradecer! River disse que seria uma péssima ideia você aqui. Mas se ele não podia ficar um dia sem mim, que era ele pra falar de uma namorado tão bom quanto você!?

Toffe fica corado e Moon quando percebe o que havia dito, fica extremamente envergonhada.

-Não, quer dizer, namorado é um palavra forte afinal não nops vemos a muito tempo e mesmo que só tenhamos ficado juntos uma noite ou duas eu acho que é cedo e...e...

Toffe agarra Moon e a beija.

-Não precisa ficar assim...

Moon coloca a cabeça no peito de Toffe que sente um aperto no peito no peito.

Quando Toffe entrou no castelo, quando começou a ir até a biblioteca onde podia ser encontrado os livros da história de Mewni e das estrategias usadas em cada batalha que Mewni fez parte. Mas quanto mais perto ele chegava mais perto da biblioteca, ele sentia que tinha um caminho invisível que ele tinha que seguir. Ele abre as portas da biblioteca e naquele comodo vazio, ele viu uma luz saindo da parede do fundo de uma parede bloqueada por uma estante nos fundos da biblioteca.

-O quê? 

Toffe tira a estante da frente quebra a parede que ao ser rompida, faz com que a luz sesse e fica visível um livro roxo com uma luz na cama. Toffe abre o livro e percebe que aquilo era um livro com somente poucas páginas escritas. Mas com a primeira sendo um tipo de testamento.

"Se você está lendo isso quer dizer que eu fui derrotada. Mas eu não quero ser esquecida ou lembrada como "A vilã". O real motivo deu ter feito tudo que eu fiz, foi por justiça. Mewni é vista pelos outros reinos como uma civilização arrogante que não pode ser questionada. Ao longo do tempo, os outros reinos levaram os ideais de Mewni como seus próprios. Um exemplo claro são os monstros! Que por serem diferentes, foram tratados como intrusos de uma terra que já era deles! Eu posso tr me casado com uma demônio. Mas sei a dor de ser um excluído por todos em centenas de gerações. Mas por fim, eu não ligo mais pra isso. Mas se não for pedir muito. FAÇA MEWNI PAGAR POR SEUS PECADOS!!!"

Toffe passa as páginas do livro e percebe que estava em branco. Mas na página final, havia instruções.

"Para destruir Mewni, precisa destruir a varinha!

#Faça a Portadora Usar o Feitiço do Sussurro
            #Destrua o Núcleo de Magia
            #Mate a Portadora Antes Que Ela Passe a Varinha Para Outra Rainha ou Princesa"

Toffe guarda o livro em seu terno e coloca a estante no lugar. 

-Obrigado... Mãe....


Notas Finais


Eu realmente não tive tempo esses dias pra escrever, malz mesmo.
Mas me digam o que acharam do capítulo! Sério, esse arco vai ser tenso e eu vou tentar fazer ele melhor que os 3 últimos.
Se você chegou aqui do nada, leia os outros capítulos para saber que caralhos está acontecendo!
Compartilhe,Comente e Favorite para ter mais!
(Aos 200 favoritos vai haver um especial de Halloween com ligação direta com a história.)

Pessoal eu percebi que essa história teve muito avanço em questão de linguagem e escrita.
Por isso que eu queria muito saber se vocês gostariam que eu reescrevesse a minha primeira Fic "Nossa última aventura" de "Miraculous, as aventuras de Lady Bug".
Foi uma Fic muito bem recebida e ao mesmo tempo que me mostrou o quão bom é escrever.
Então se você leu a Fic, Por favor, comente se você quer um Remake da Fic.

Até mais.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...