História Sentimentos e Porque de Sentimentos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Café, Gay, Hetero, Real, Romance, Sentimentos, Vida
Exibições 9
Palavras 508
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Recomenda-se o uso de uma xícara de café forte para a leitura ser mais confortável. Coloque seu fone e deixe uma musica te levar dentre as palavras.
Scars To Your Beautiful - Alessia Cara foi a musica que estava tocando enquanto eu escrevia, talvez a letra da musica tenha se misturado um pouco, mas o que seria das musicas sem sentimentos compartilhados.

Capítulo 1 - Cicatrizes da Perfeição


Fanfic / Fanfiction Sentimentos e Porque de Sentimentos - Capítulo 1 - Cicatrizes da Perfeição

Eu estava preso dentro do meu próprio eu, criado para me esquivar dos tapas que o mundo dava.

Nunca fui aquele adolescente que venera ter um corpo legal, um estilo legal ou algo que chame a atenção para que outras pessoas estejam do seu lado, pelo menos quem estava dentro de mim nunca foi assim, já o que tava fora queria ver pessoas sorrindo pra ele, tirando fotos com ele, ele queria praticamente ser um personagem de filme com a vida perfeita.

Já tentou se olhar no espelho e no reflexo aparecer apenas um borrão? Era isso que eu via, um borrão que não enxerga nem a cor dos próprios olhos e quem dirá o brilho deles. É como se estivesse com uma doença ocular na qual poderia ser chamada de “Sociedade Com Seus Padrões De Estética Excessiva”, onde ficava cego a cada critica ouvida, a cada piadinha sobre seu sobre peso que já tinham até respostas prontas, pois eram super manjadas.
Mas tudo que eu queria era ser esculpido por aquele escultor que todos falavam, só queria ser bonito aos olhos dos outros, não via aquela luz que vinha de dentro que estava tão difícil de ser vista por causa da dor, mas pessoas bonitas não choram depois que estão arrumadas.

No fundo eu sabia que era eu que tinha que mudar, que a única coisa que o mundo muda é minha cabeça, mas a verdade está no meu coração, mas ser aquela pessoa que eu nunca fui era o que as pessoas precisavam.
Eu tinha sonhos de ser perfeito, tipo aquelas capas de revista então o que era um pouco de fome, eu estava me desfazendo mas conseguia aguentar um pouco mais.

Foi triste quando comecei a ver que tudo que eu fazia, por mais que eu tentasse dizer pra todos que era legal e eu estava fazendo aquilo por elas, elas sabiam que não era meu verdadeiro eu e não gostariam de mim por ser um pedaço de carne com roupas da moda, mas queriam alguma coisa la de dentro e só depois que enxerguei aquela luz em meio a escuridão, vi que não queria ter aquelas cicatrizes para ser perfeito.
Eu não via que eu era perfeito, que eu funcionava sendo eu mesmo, quebrando as correntes la de dentro, tirando aquele borrão e começando a ver uma verdadeira silhueta. Ver que a beleza estava la no fundo e que eu poderia ser o espelho de muita gente.

Foi um passo e tanto me libertar de tudo e hoje vestir o que gosto, usar o que quero e afirmar pra mim NINGUEM É MELHOR QUE VOCÊ DO QUE VOCÊ MESMO, que tudo pode ficar bem e esta bem não está tudo bem, que as cicatrizes da perfeição estavam curadas. Eu realmente fui esculpido pelo escultor, eu sou meu escultor, eu comando a minha vida e não passei por míseros 18 anos da minha vida tentando aceitar meu corpo pra alguém vir e tentar derrubar um cara lindo de olhos verdes e com um coração maravilhoso.


Notas Finais


Bom, la se vai mais uma xícara de café e um cigarro, é hora de dormir, boa noite :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...