História Sentimentos (Imagine Hui) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias 24K
Personagens Changsun, Cory, Hongseob, Hui, Jeonguk, Jinhong, Kisu, Personagens Originais
Tags 24k, Hui
Visualizações 50
Palavras 1.036
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


❤Oii meus amores❤
Antes de qualquer coisa eu queria pedir desculpas por que eu fiquei um tempinho sem postar capitulo é que eu to estudando que nem uma condenada por causa das minhas provas....então sorry
Espero que gostem e desculpa qualquer erro!
Boa leitura



Capítulo 7 - Eu não vou desistir de você...


Fanfic / Fanfiction Sentimentos (Imagine Hui) - Capítulo 7 - Eu não vou desistir de você...

**Anteriormente:

Fechei a porta e quando meu corpo quis chorar me segurei falando a mim mesma que não valia a pena chorar por ele...afinal dentro de algumas horar eu estaria longe dele e desse país e mais próxima da minha mãe......

**Atualmente:

Eu estava totalmente decidida que oque o Hui fez me faria mais forte e se ele queria me ver mal ele não conseguiria por que eu mostraria a ele que eu vou ser sim feliz!

Subi até meu quarto e tomei um banho rápido para aliviar a minha cabeça....mas no fundo eu não conseguia,minha memória sempre voltava para aquela cena

Quando terminei fui á frente do espelho para pentear meu cabelo sem perceber comecei á viajar pelas minhas memorias

Uma cena que voltou diversas vezes em minha mente era uma em que minha mãe dizia que quando nós amamos alguém  e esse amor é recíproco devemos ir até o fim por ela arriscando tudo se acharmos que esse amor vale a pena....mas oque adianta se esse amor que eu sinto pelo Hui nunca vai ser recíproco

Quando menos percebo sinto uma lagrima escorrendo pelo meu rosto....a limpei e comecei á arrumar as minhas malas

-Filha –Ouvi meu pai me chamar

-Eu estou aqui no meu quarto –Falei fechando minha mala

Desci e quando vou abraçar meu pai noto que havia mais uma pessoa com ele....quando essa pessoa vira percebo que era o Hui

-Haru.... –Ele me abraça e eu fico estática no mesmo lugar

-Eu vou deixar vocês conversarem –Ele falou e logo saiu

-Oque você está fazendo aqui? –Falo saindo do abraço

-Eu preciso te explicar oque aconteceu naquele dia... –O interrompo

-Olha Hui eu não quero nem ouvir.....você me magoo muito e se você    acha que amar é isso mas desculpa não é....quando amamos fazemos tudo para ver a outra pessoa feliz e você....você... –Sinto meu rosto ser molhado pelas lágrimas

-Haru me escuta por fa.... –O interrompo de novo

-Vai embora AGORA –Falo e vejo seus olhos começarem a marejar

Ele vai até a porta e antes de sair ele fala:

-Eu não vou desistir de você antes de poder te explicar tudo que aconteceu naquele dia

Ele falou e logo saiu

Aquelas palavras tocaram meu coração e tudo que queria fazer no momento era correr até ele e o abraçar

-Você está bem meu anjo? –Ouço meu pai me perguntar

-Estou sim...vamos embora? –Pergunto secando minhas lágrimas

-Vamos so pega as suas malas –Ele falou sorrindo

Nós fomos ao aeroporto e em pouco tempo estávamos na China

-Eu já mandei deixarem tudo pronto para nós –Meu pai falou e abriu a porta da nossa antiga casa ,mesma casa que o meu pai e a minha mãe moravam juntos antes deles se separarem

Ao entrar parece que o tempo estava voltando mas mesmo assim tudo parecia diferente

Subi até o meu quarto e vejo que tudo estava como antes aquilo me deixou muito feliz e fez com que eu me sentisse bem

Já havia passado algumas horas e quando eu estava arrumando meu quarto encontro uma carta

   *Carta*

Oi minha anjinha ou poderia dizer meu maior presente....você deve estar achando estranho eu te escrever uma carta né!

O real motivo disso é que enquanto você estava na escola eu fiquei com muita saudade e então fui até seu quarto para ver a sua letra e isso fez a minha saudade passar rapidinho então tive a maravilhosa ideia de te escrever para quando você estiver com saudades essa carta te ajudar

Aqui vai alguns conselhos para você lembrar SEMPRE ok meu anjo

*Nunca fale com estranhos

*Por mais que a situação pareça impossível e que pareça que você não vai conseguir superar você vai sim eu confio em você

*Coma sempre direitinho

*A pessoa certa vai te provar que te ama muito

*Nunca dê doce para o seu pai antes de dormir (Obs:Eu sei que você quer o ver e eu não vou te impedir)

*Sempre lembre que eu te amo

 

   Com amor

    Sua mamãe

****************************************************

Aquela carta pareceu um adeus involuntário da parte dela afinal naquela tarde quando ela iria me buscar do colégio ela sofreu o acidente

Tudo que eu mais queria naquele momento era um de seus abraços e um de seus conselhos

 

******Alguns dias depois

Já se passou mais ou menos 5 dias e a minha via de pouco á pouco está voltando ao normal

Cheguei em casa joguei a minha mochila em algum canto e fui para a cozinha lá encontrei um bilhete que dizia para eu ir para um determinado endereço e quem havia o deixado ali....bem simples a minha melhor amiga

Liguei para um taxi e o esperei chegar quando entrei no mesmo dei o endereço para o motorista e dentro de pouquíssimo tempo se encontrávamos no local

Era uma casa pequena semelhante á uma casa de campo ficava meio isolada do resto da cidade e tenho que confessar que aquilo me fez tremer de medo

Bati algumas vezes na porta e não recebi nenhuma resposta quando entrei vi flores por toda a casa e uma iluminação bem fraca

Continuei andando e no fundo da sala vejo a silhueta de alguém...quando me aproximo essa pessoa vira para mim

-Hui! –Falo surpresa

-Haru você tem que saber da verdade –Ele começa –Aquele dia quando eu vi você beijando aquele menino meu sangue ferveu mas não ao ponto de te trair....eu estava andando sem rumo quando aquela menina me agarrou e depois que você veio aqui para a China eu descobri que ela armou tudo isso para nos separar e eu tenho provas disso se caso você não acreditar em mim...Haru eu te amo minha princesa

-Hui...eu acredito em você –Ele veio até mim e segurou meu rosto entre as suas mãos

-Volta pra mim por favor –Ele falou com os olhos vidrados no meu

-Nem teria como eu dizer que não,você veio atrás de mim em outro país...eu te amo meu príncipe –Ele me abraça e logo em seguida me beija

Ele me carrega sem desgrudar nossos lábios,sinto ele me colocar deitada em uma superfície macia que logo noto ser o sofá

O beijo que antes era totalmente inocente agora se fazia feroz e quente........

 

Continua...... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado!
Beijos e até o proximo capitulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...