História Sentimentos Profundos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Special A
Tags Drama, Mistério, Revelaçoes, Romance
Exibições 1
Palavras 1.457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


espero que gostem...

Capítulo 1 - Spirit Hay


Fanfic / Fanfiction Sentimentos Profundos - Capítulo 1 - Spirit Hay

- Tess, você já arrumou as camas das cabanas?

- Sim chefe! – fiz uma reverencia de soldado, enquanto ela ria.

Quem é ela? Ela seria Alissa Keroons, só simplesmente a dona do acampamento, ou monitora chefe ou só chefe como nós a chamamos aqui.

E quem sou eu? Eu sou Tereza Evans ou Tess como todos me chamam, e esse é o acampamento Spirit hay, um de três em paris, e especificamente hoje nós vamos receber uma escola de Ensino Médio e uma infantil, mas é claro que a área onde as crianças ficam é separada da dos adolescentes, e eu fiquei com a dos adolescentes (graças a Deus). Eu sou uma das monitoras do acampamento e vou ser responsavel por duas cabanas.

Quando eu fui para a frente do acampemento todos os alunos já estavam lá:

Alissa: Bem vindos ao Acampamento Spirit Hay, eu sou monitora chefe Alissa Keroons e esses são seus monitores: Tereza, Carlos, Luke e Maya. Cada um deles é responsavel por pelo menos quatro de vocês. Cada monitor representa um animal, dependendo do monitor que ficara responsavel por vocês, terão que usar uma camiseta, ou bandana ou seja lá o que for eles darão a vocês. Então Carlos – ele deu um passo a frente- ele reprenta os ursos, Luke as águias, Maya os pumas e a Tereza os lobos. Respeitem seus monitores, por que eles vão decidir o que cada um de vocês faram em dias de atividades, então cuidado eles podem pegar pesado com vocês, e mais uma coisa, não podem trocar de cabanas e nem de monitores, a única garota que vai entrar na cabana dos garotos sera a monitora responsavel por eles e vice versa. Agora eu vou dizer os nomes de vocês e o numero de suas cabanas e então podem se dirigir para arrumar suas coisas. Cabana 1 Lysandre e Castiel,  Cabana 2 Nathaniel e Kentin, Cabana 3 Armim e Alexy, Cabana 4 Rosalya e Violete, Cabana 5 Kim e Peggy, Cabana 6 Bia e Melody, Cabana 7 Ambre, Charlote e Li, Cabana 8 Iris e Prya, e os professores tem cabanas separadas.

Enquanto os alunos se preparavam para dormir, já que eles chegaram atrasados, tipo, muito atrasados, nós os monitores preparavamos os circuitos de atividades.

Quando acordei tomei um longo banho, coloquei um shorts, uma camiseta azul escuro que estava escrito “ Os lobos de Spirit Hay” e atras o meu nome, um tênis, amarrei o meu cabelo em um rabo de cavalo e peguei as camisetas, as bandanas, os bonés e as pulseiras que representavam os meus lobos. Quando cheguei no escritoria da Alissa todos os outros já estavam lá:

Alissa: Então, Carlos você fica com as cabanas 3 e 4, Maya com as 7 e 8, Luke com as 5 e 6 e Tess com as 1 e 2. Agora vão lá acordar seus campistas.

Primeiro fui na cabana 2 (é eu sou meio invertida), quando entrei havia um loiro e um outro com o cabelo castanho e que usava uma corrente do exercito:

Tess: Que bom que já acordaram, assim polpam o meu trabalho, eu sou a Tereza mas me chamem de Tess, vou ser a monitora de vocês e da cabana 1.

- Eu sou o Nathaniel e esse é o Kentin. Pensei que seria um dos garotos o nosso monitor.

Tess: É eu também pensei, mas fazer o que né. – Estendi a caixa com as roupas pra eles. – Peguem tres de cada, vocês tem que usar pelo menos uma coisa durante o dia, não importa o que seja.

Nathaniel colocou o boné e o Kentin amarrou a bandana na cabeça:

Tess: Bom agora vão tomar o café no refeitorio, tem uma placa indicando, vocês não vão se perder.

Sai dela e fui pra cabana 1, que acontrario da 2, eles ainda estava dormindo e sem camisa, não que eu repare muito, né mais, e acho que um deles estava só de cueca (e pros maliciosos, é claro que eram camas de solteiro, uma de um lado do quarto e a outra do outro). Eu fui até a cama a ondo um garoto de cabelo meio verde, meio branco, ele estava dormindo e o sacudi de leve:

Tess: Acorda que ta na hora.

Ele abriu os olhos e bocejou, ele olhou pra mim, depois pra minha camiseta e então se levantou e começou a se arrumar. Fui na cama do outro e fiz a mesma coisa, mas não adiantou:

Tess: Nossa como ele tem o sono pesado.

- Você não viu nada.

Sacudi ele mais forte, então ele acordou:

Tess: Bom dia bela adormecida, se arrumem e coloquem alguma dessas coisas e vão tomar café.

- Você é a nossa monitora?

Tess: Sim, sou a Tess, e você?

- Lysandre e esse é o Castiel.

O Ruivo colocou a pulseira e o outro vestiu uma das camisetas:

Tess: Só mais uma coisa, é melhore vocês dormirem de roupa.

-  Por causa de você? – Perguntou o Ruivo rindo.

Tess: Não, por causa dos mosquitos! – Dito isso fui para o refeitorio, porque eu estava faminta.

Chegando lá, peguei uma bandeja e me servi de torradas, suco de laranja e uma maça, me sentei na mesa onde estavam o Kentin e o Nathaniel:

Tess: Bom dia.

- Acho que você já disse isso de manhã.

Tess: Não, Não disse. É Ken né?

- Kentin.

Tess: Ken! – Parece que ele não gostou muito do apelidinho, mas riu. – E você, como eu posso ti chamar?

- Nath.

Tess: Nath? Hum, curto, gostei. – Mais ao fundo estavam os outros dois, antão chamei a atenção deles e apontei pra nossa mesa redonda (bom aparentemente todas as mesas são redondas), eles vieram em nossa direção e se sentaram.

- Temos mesmo que sentar na mesma mesa?

Tess: Sim Ruivo toda equipe tem uma mesa.

Nath: Equipe?

Tess: São, equipes. Cada monitor tem uma mesa aqui no refeitório, e os campistas que eles são responsáveis tem de sentar na mesma mesa. Mas então como vou chamar vocês dois? Que não sejam seus nomes. Um apelido.

- Lys e..

- Castiel.

Tess: Tá você vai ser o Lys e você o Ruivo ou o tomate, ou...

- Ta, me chama do que quiser menos tomate.

Tess: Viu já é um progresso. Vou te chamar de... Cast.

Ken: O que mais agente precisa saber?

Tess: As pulseiras que dei a vocês permite que entrem em determinadas áreas ou vão a determinados lugares. Os supervisores que estão em todos os lugares vêm, se vocês são de quais equipes e se podem entrar nos lugares.

Cast.: Tá, e em quais lugares agente pode entrar?

Tess: Bom, eu não vou dizer agora, é uma surpresa.

Depois que eles terminaram de comer os levei para o circuito de atividades. Primeiro começamos com escalada, depois eles almoçaram e continuamos a natação, vôlei e por fim uma caminhada na floresta:

Nath: Aonde ta levando a gente?

Tess: A um lugar que só os lobos podem entrar. E chegamos.

 Eu os levei até a cachoeira mais linda que tinha no parque, a agua parecia um vel quando caia.

Lys: É lindo!

Nath: É mesmo.

Nós nadamos um pouco e depois voltamos para o acampamento. Eu fui pra minha cabana que divido com a Maya, tomei um banho e depois me ajuntei com todos na fogueira, pra comermos alguns cachorros quentes e Marchi melos enquanto o Jacke, marido da Alissa, contava algumas histórias de acampamentos.

No dia seguinte, quando entrei no refeitório Nathaniel e Castiel estavam brigando. Eu corri pra apartar a briga antes que um deles se machucasse:

Tess: Vocês estão loucos? Mais que droga!...Vamos, Maya fica aqui com o Nathaniel, que eu vou levar o Castiel pra esfriar a cabeça.

Levei o Castiel para o píer pra respirar um pouco e poder conversar com ele sem causar outra briga:

Tess: Mais o que deu em você? Por que estavam brigando?

Castiel: ...É só que... Agente não se da muito bem.

Tess: Há isso eu percebi. Mas por quê?

Castiel: É complicado.

Tess: Pelo jeito não é algo que você goste de falar, então quem sabe um dia eu descubra.

Depois disso eu voltei pra cabana e fiquei pensando no porque os dois se não se suportavam. No final das contas eu fui ate a cabana 4 para falar com a Rosalya:

Rosa: Então você quer saber toda a história? Desde o começo?

Tess: Sim.

...

Tess: Nossa é por isso que eles não se dão... É bem...

Rosa: Você esta bem?

Tess: To, bem eu já vou. Obrigado!

Rosa: De nada.

Nossa parece que o eu e o Castiel precisamos mesmo conversar.

Ele estava indo pra cabana quando o chamei:

Tess: Castiel espera eu preciso te dizer uma coisa...

 

 


Notas Finais


obrigado por lerem, bjs...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...