História Sentimentos Rebeldes - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens BamBam, J-hope, Jimin, Jungkook, Suga, V
Tags Hopekook, Jikook, Vhope, Vkook, Yoonseok
Exibições 160
Palavras 3.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Slash, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Por favor, não sejam como eu, estudem. Se não vcs vão ficar louca atrás de nota igual eu no fim do ano.
OI, EU DEMOREI? SIM...
Gente, me perdoem, eu to muito louca com Meu Irmão Chanyeol, NAO SABIA QUE IA FAZER TANTO SUCESSO ASSIM, enfim, como eu vi q estavam gostando tanto de mic, eu foquei mt nos capitulos de lá e o bloqueio veio nessa daqui! Que droga ne? Aksjisj mas agora eu estou muito de boa, eu já sei o que vai escrever e eu já tenho a metade do cap 20 escrito (midira, só o começo) mas enfim, ME PERDOEMMM ❤ e leiam as notas finais!

Capítulo 19 - Conhecendo ele melhor


Quando eu ia pisar no acelerador para ir embora daquele maldito lugar, olhei para o Jungkook e vi que ele estava chorando. Seu rostinho estava vermelhinho e completo por lágrimas, seu lábios estavam tremendo, odeio drama mas odeio mais ainda ver ele chorando. Não dei a partida, segurei o volante com as duas mãos e baixei a cabeça, muito frustrado. Poxa, eu sei que exagerei só um pouquinho com esse ciúme, mas é porque eu gosto dele, poxa...

-  Você... Tá com medo de mim...? – perguntei olhando para o sua cabeça baixa com sua franja cobrindo seu rosto.

- Não... – ele soluçava – EU TÔ COM MEDO DO HOSEOK!

MEREÇO.

- AISH, PARA DE PENSAR NAQUELE DEMÔNIO. – virei o rosto pro lado e fiquei olhando pela janela – Eu só queria saber se você e ele...– Eu olhei novamente para o Jungkook e só vi ele sendo puxado pra fora, eita porra!

- VEM JUNGKOOK! TU NÃO VAI PRA CANTO NENHUM COM ESSE DAÍ, VEM! – Era o Hoseok, AISH, POR QUE ELE NÃO MORRE?

Saí do carro com uma puta raiva, levemente sentindo alguns pingos de chuva molhando o meu terno, e fui em direção ao Jungkook que tava sendo arrastado pelo braço e segurei o seu outro braço, impedindo o Hoseok de levá-lo.

- EI! SOLTA ELE! – e puxava mais o Jungkook para perto dele

​Vou soltar uma porra.

- SOLTA TU, CAPETA – Gritei pra ele e puxei mais o Jungkook.

- CÊ VAI RASGAR ELE NO MEIO! – Hoseok gritou – LARGA ELE, CARALHO!

Puxei ele com mais força e fiz Jungkook se jogar em meus braços e o abracei forte.

- Ele é meu. – eu disse com convicção.

- SEU UM CARALHO, ELE É MEU! – Hoseok respondeu e novamente puxou o Jungkook para perto dele.

- CHEGAAAAAAAAAAAAAAAAAAA! – quem berrou dessa vez foi o Jungkook, e então jogou minhas mãos e as de Hoseok pra longe dele.– EU NÃO SOU DE NINGUÉM! VOCÊS ACHAM O QUE? QUE EU SOU A PORRA DE OBJETO PRA SER DE ALGUÉM?!

Hoseok agarrou ele pela mão e começou a gritar, como sempre.

- JUNGKOOK, CALA BOCA E VEM!

Aish, nojento.

- ME SOLTA HOSEOK, ME SOLTA! – Jungkook se contorcia tentando fazer com que Hoseok o soltasse, mas ele é todo molenga então não adiantou porra nenhuma.

Novamente segurei Jungkook pela outra mão, puxando ele pra perto de mim enquanto a porra da confusão ainda acontecia.

- CARALHO ME SOLTA HOSEOK!

- VOCÊ VEM COMIGO JUNGKOOK, NÃO VAI PRA CANTO NENHUM COM O ANÃOZINHO AÍ NÃO, PARA DE RESISTIR!

- CARALHO, SOLTA O MEU NAMORADO PELO AMOR DE DEUS?! – eu puxava mais o Jungkook, caralho, Hoseok tem uma força do demônio!

- NAMORADO?! E DAÍ? EU SOU O MELHOR AMIGO DELE! PUFF, SEU NAMORADO UM CARALHO! QUER MORRER?!

Jungkook se soltou forte de nós dois, sua respiração estava ofegante de raiva e isso fez com que eu e Hoseok ficássemos calados, caralho que medo.  Ele olhava pra mim com ódio e olhava pro Hoseok com a mesma cara.

- JIMIN... EU NÃO SOU SUA PROPRIEDADE. – ele disse olhando pra mim

Ouvi um riso de deboche do filho da puta infeliz do Hoseok, ia revidar mas Jungkook fez isso por mim.

- E VOCÊ, JUNG HOSEOK, ACEITA QUE EU NÃO SOU A PORRA DO SEU FILHO! – ele berrou e baixou a cabeça com raiva.

MEU DEUS! O Jungkook enfrentou o Hoseok? É o fim do mundo. DÁ NELE, MOZÃO!

Começou a chover mais forte, os pingo de chuva me molhavam e a brisa fria fez meu corpo todo se arrepiar mas eu nem ligava... Ele está magoado comigo e... Eu não queria que isso acontecesse, eu queria que nós nos resolvêssemos.

Avistei Yoongi se aproximando de Jungkook e botando um terno em sua cabeça. Mas gente... Que porra é essa?

- Entra no carro Jungkook, vamos sair daqui. – ele disse todo sério, como se o meu Jungkook o pertencesse.

Eu não tô acreditando nisso. Isso não pode ser real.

-  MAS AMOR! – Hoseok forçava um choro enquanto se aproximava de Yoongi –  Pra onde você vai???

- Sai de perto de mim Hoseok, eu preciso pensar. – ele respondeu sério e em seguida mirou o olhar em mim – E acho que o Jungkook também precisa.

Não... Ele não seria capaz de fazer alguma coisa com o meu Jungkook, né? Ele... Não teria coragem... Ele não faria isso...

Vi Jungkook se afastar junto com o Yoongi e aquilo me deu uma raiva, mas uma raiva PUTA QUE PARIU.

- J-JUNGKOOK! – fui correndo até eles dois – VOCÊ NÃO PODE IR COM ELE!

Quando me aproximei senti um empurrão vindo do Yoongi, o chão molhado da chuva ainda fez com que eu caísse de bunda no chão.CARALHO.

- Ele não é SUA propriedade, Jimin. – Ele disse olhando com cólera pra mim e em seguida entrou no seu carro junto de Jungkook.

Ele não vai fazer nada com o Jungkook, né? Eu só.. T-tenho que pensar positivo... Eu só... Preciso...

- ​Ai caralho! – gritei bem alto.

Caralho, eu levei um tapa? Foi isso mesmo produção? FOI ISSO MESMO?? CARALHO, NÃO PODE SER.

- OLHA O QUE VOCÊ FEZ COM O JUNGKOOK, SEU DISSIMULADO! – Hoseok gritava.

- TÁ DOIDO?! TÁ LOUCO?! TU SABE QUEM EU SOU, FILHO DA PUTA? EU VOU METER A MÃO NA TUA CARA!

- POIS METE, METE CARALHO!

- EU VOU METER MESMO, PORRA! – QUE HORROR DE DUBLO SENTIDO. ​E eu só pioro a cena. Meu deus me leva.

Daí alguém começou a me arrastar pelos cabelos, pra dentro da casa do Jungkook, eu e Hoseok juntos estávamos sendo ARRASTADOS por... SEOKJIN? MEU DEUS, ESSE LOKO AINDA TÁ AQUI?

Ele jogou nós dois no sofá, fazendo-nos sentar um do lado do outro enquanto ele ficava andando de um lado pro outro com uma faca grande na mão. Ai meu deus, AI MEU DEUS.

- ENTÃO... – ele dizia – Só preciso de uma resposta... QUE PORRA FOI ESSA?!

Ele viu tudo?

- E-eu-

- NÃO, NÃO FALA. DEIXA EU TENTAR ENTENDER SOZINHO... Não... QUE PORRA FOI AQUELA? VOCÊS PARECIAM DOIS CACHORROS BRIGANDO POR UM OSSO!

Melhor eu ficar calado...

- E QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FALAR COMIGO DESS-

- CALA BOCA GAROTO QUE EU TÔ FALANDO! – Seokjin gritou, fazendo Hoseok se calar na hora. Pega, só pra deixar de ser abusadinho. – Jimin... Você estragou a porra toda, tanto trabalho, tanta tinta que eu usei pra descolorir essa porra desse cabelo, tanta comida que eu fiz e agora vou ter que levar de volta. SEU FILHO DA PUTA! Que porra foi aquela? Porque tu fez aquilo? Seu retardado do caralho!

Nossa, joga mais na cara. E, meu deus, quanto palavrão, QUE MAL EDUCADO! (olha quem fala...)

- Eu só... E-Eu...

- AGIU COMO UM FILHO DA PUTA. – ele ainda berrava – NÃO SABE CONVERSAR COM O SEU NAMORADO NÃO?

Namjoon surgiu da cozinha com um prato de comida, andando até o Jin e comendo a comida. A minha comida e de Jungkook.

- MAS... QUE PORRA É ESSA KIM NAMJOON? ESSA COMIDA NÃO É NOSSA, VAI GUARDAR ESSA PORRA ANTES QUE EU DÊ UM TAPA NA SUA CARA!

- desculpa amor... – ele voltou todo manso pra cozinha

ESSES DOIS VIVEM SE CONTRADIZENDO, CARALHO QUE CONFUSO.

Ele voltou o olhar pra mim, Hoseok continuava calado, ele apontou a faca pra mim, na ponta do meu nariz. Caralho, ele é mais louco que o Hoseok!

- Se eu fosse o Jungkook... Eu nunca mais falaria com vocês dois. – ele disse todo sério e depois tirou a faca de perto de mim, jogando ela pra longe.

Ain, não fala isso :(

- Mas... Eu não fiz nada! – Hoseok se levantou – Eu só estava impedindo meu melhor amigo de sair com esse PSICOPATA, eu não podia deixar que-

- POR QUE NÃO PODIA? – Jin berrou – ELE NÃO PODE MAIS TRANSAR?

- PODER ELE PODE! SÓ QUE-

- Só que só pode com você. – eu falei – Né? Você gosta do Jungkook, não gosta?

Ele ficou todo vermelho, sabe? Parecendo um tomatinho e só essa expressão e a vermelhidão já entregam ele.

- NÃO! – ele gritou – ISSO É UMA CALÚNIA! O JUNGKOOK É MEU MELHOR AMIGO, TEM NOÇÃO DO QUÃO IMPORTANTE ELE É PRA MIM? ELE É MEU IRMÃO!

- IRMÃOS NÃO TRANSAM! – gritei mais alto

- MAS EU ADORO INCESTO, CARALHO!

EU VOU BATE NELE.

Levantei e encarei ele por baixo, filho da puta é alto e pensa que me intimida. TAMANHO NÃO É DOCUMENTO, EU VOU ARRANHAR ESSA CARA DE PUTA QUE ELE TEM!

- Sentem no sofá agora ou vou pegar aquela faca de novo. – Seokjin falou todo controlador, que medo.

Sentei no sofá novamente, Hoseok sentou em seguida e cruzou as pernas de uma forma bem gay.

- Você é muito viado, cara. – Olhei pra ele com cara de deboche.

- Obrigado amor, são seu olhos. – ele respondeu

Aish, viado não é uma ofensa pra ele, quê que eu posso fazer, né?

Jin encarou o Hoseok como se soubesse todos os seus pecados, que medo.

- A amizade só é verdadeira quando é pra você ficar de vela pro amigo, sabia? Dá uma chance pro Jimin, esse filho da puta não fez por mal, foi só um ciúmes.

- E DAÍ? PRA GOSTAR DO MEU JUNGKOOK TEM QUE AUTOMATICAMENTE GOSTAR DE MIM TAMBÉM PORQUE EU VOU INFERNIZAR A VIDA DELE PRA SEMPRE!

- Ninguém é obrigado a gostar de você. – Respondi

- OK! Obrigado não é, mas que é vacilo não gostar, é sim. Eu sou um amorzinho!

AMORZINHO DOS INFERNOS, SÓ SE FOR!

- JÁ CHEGA! – dessa vez foi o Namjoon quem gritou – EU QUERO QUE VOCÊS DOIS ENTREM NAQUELA PORRA DAQUELE QUARTO AGORA E QUE SE ENTENDAM!

GENTE, ENTRAR NO QUARTO PRA QUÊ?!

Aquele cara gigante segurou eu e Hoseok pelo pescoço e nós jogou dentro do quarto do Jungkook, DÁ PRA ACREDITAR?

- VÃO SE CONHECER MELHOR! APOSTO QUE TEM MUITA COISA EM COMUM! EU SÓ VOU TIRÁ-LOS DAÍ QUANDO VOCÊS CONVERSAREM COMO DUAS PESSOAS NORMAIS! – e fechou a porta com tudo. Me deixando sozinho com outro psicopata. Meu deus.

Hoseok sentou-se em cima da cama, me ignorando totalmente. ACHO MELHOR A GENTE BATER UM PAPO.

- VOCÊ GOSTA DO JUNGKOOK, NÃO GOSTA? – eu quase berrei, PORRA, TÔ PUTO! QUE QUÊ EU POSSO FAZER?

- AH CLARO! – ele respondeu – EU QUERO CASAR COM ELE, TER FILHOS, COMER ELE TODO DIA E ETC. POR FAVOR, ACORDA!

Esse discurso de merda não me convence em nada.

- VOCÊ TÁ MENTIDO!

- PARA DE GRITAR COMIGO, NÃO SOU TUAS NEGA NÃO! – ele respondeu, também gritando.

- Tá! – respondi – vamos apenas conversar como duas pessoas normais. Porque se eu quiser ficar com o Jungkook, vou ter que me dá bem com você também, já que você não larga ele...

​Ele fez uma cara de deboche e virou o rosto. Aish, nojento.

- Qual seu bias do SHINee? – ele perguntou do nada. Quê?

- Pra quê isso?

- Responde. Se for o mesmo que o meu eu não vou gostar mesmo de você, já basta ter que dividir o Jungkook, vou ter que dividir bias também?!

Aish... Que diabos...

- É o Minho. E o seu?

- TAEMIN - AMÉM! – E do Super Junior?

- Heechul, Leeteuk, Eunhyuk e DongHae. E os seus?

- Heechul, Henry, Kyuhyun, Sungmin e Siwon.

- Parece que temos o Heechul em comum. – respondi

- Mas quem não ama Kim Heechul? Ele é um amor. Dessa vez eu vou deixar passar. – E se jogou de costas na cama.

- Quantas vezes você já transou com o Jungkook? – Fui andando até o guarda roupa do Jungkook e fiquei remexendo as coisas dele. Tem nada pra fazer né...

- Três vezes. – Quando ele falou isso eu me engasguei com a minha própria saliva, caralho, eles realmente transaram? – E você?

- Ééér... Eu e... Eu e ele ainda não... Não transamos.

Ele levantou a cabeça e arregalou os olhos.

- AINDA NÃO?! ENTÃO... ai meu deus... Eu não acreditei no Jungkook. Mas meu deus, tanto tempo pra nada? Nem um oralzinho???

- Não. Eu queria jantar com ele primeiro, sabe? Ia ser hoje, tudo perfeito... Se você não estivesse aqui pra estragar tudo o que eu planejei.

Ele se levantou da cama e me olhou quase rindo.

- Ahh Jimin! Jantar com alguém requer um contato visual que o sexo não exige. Pode me chamar de antiquado, mas eu tenho que transar ao menos três vezes com um cara antes de cogitar convidá-lo pra jantar.

- A diferença entre eu e você é essa... Eu não sou uma puta.

- ATA! Eu até posso ser uma puta mas sua mãe teve você pelo cu. – ele respondeu todo viado.

Ai meu deus, me mata.

- Hoseok... – suspirei – Eu realmente gosto do Jungkook.

Ele me lançou um olhar bem surpreso, do tipo “Isso é bem estranho.”

- De verdade? Não tá brincando com ele? Ou comigo? O QUE VOCÊ PRETENDE, GAROTO??? EU QUERO TENTAR ENTENDER POR QUAL CARALHO DE MOTIVO VOCÊ APARECEU DO NADA NA VIDA DO JUNGKOOK E DE UMA HORA PRA OUTRA FEZ ELE SE APAIXONAR POR VOCÊ. FEZ MACUMBA, NÉ? SÓ PODE!

Aish, prefiro quando ele fala baixo.

- Ele gosta de mim e eu gosto dele. Por que você se incomoda tanto com isso? Sempre atrapalha tudo. Argh.

- POR QUE VOCÊ SE INCOMODA TANTO COM EU E ELE? – ele ainda gritava – VOCÊ, SEU PIRRALHO, VOCÊ IA ME BATER SÓ PORQUE EU ESTAVA DEITADO COM LEMBRANDO OS TEMPOS DE ESCOLA.

-FALA BAIXO CARALHO, EU NÃO SOU SURDO! – eu gritei também. Aish.

Ele baixou o tom de voz.

- Você escolheu o Jungkook, entenda que qualquer coisa com ele vai te irritar, ainda mais com esse teu ciúmes, o Jungkook é muito gentil com todo mundo, você não iria gostar. É você quem faz as suas escolhas, e depois ainda reclama que tudo deu errado.

AISH, ESSE HOSEOK TEM UM CU NO LUGAR DA BOCA, SÓ PODE!  POR ACASO DÁ PRA ESCOLHER DE QUEM GOSTAR?????? SE FOSSE ASSIM NEM GOSTAR DO JUNGKOOK EU IA GOSTAR MAS NÃO, EU FODI TUDO. PORQUE EU, PARK JIMIN, INFELIZMENTE SOU UM ASSASSINO DE ALUGUEL E AGORA VOU TER MATAR A PORRA DA PESSOA QUE EU AMO, E LEMBRAR DISSO PARTE O MEU CORAÇÃO PORQUE EU REALMENTE PASSEI A AMAR O JUNGKOOK. CARALHO! POR QUE YOONGI TEM QUE ODIAR TANTO JUNGKOOK? POR QUE CARALHOS EU FUI ME APAIXONAR PELO JUNGKOOK? ELE PODERIA SER SÓ MAIS UM QUE MORRE, NÃO IA FAZER DIFERENÇA. E AGORA TEM AQUELA GRANDE DÚVIDA: MATO ELE OU MORRO POR ELE?

~*~

(Yoongi POV)

Já é quase 23h e eu resolvi levar Jungkook para passear porque ele não parava de chorar, fomos ao shopping mas ele não parava de chorar, fomos em um restaurante e ele ainda chorava, então eu resolvo trazer para um parque onde não há quase ninguém, o movimento é fraco porque está tarde, assim ele pode agir como imbecil sem que os outros estranhem.

Trouxe ele aqui não para matá-lo... Mas talvez para deixa-lo extravasar, sair um pouco de perto daquele dois lunáticos. Acho que o Jimin tá levando isso à serio demais, cabe à mim acreditar se ele matará o Jungkook ou não.

Estamos dando voltas pelo parque, o Jungkook tá falando sozinho enquanto eu apenas ouço. Ele subiu do degrau da fonte que há aqui e está andando em círculo, e ao mesmo tempo reclamando, chorando e tomando sorvete. Sim, eu comprei sorvete pra ele. Não porque eu sou “bonzinho” mas sim porque ele insistiu tanto que puta que pariu, ele insistiu muito que eu tive que comprar essa merda se não ele ia me atormentar até a morte.

- Eu... – ele choramingava e enfiava o sorvete na boca – Eu achei que o Jimin fosse diferente sabe... – mais choramingos – Mas ele se achou dono de mim! Eu não pertenço à ele!

Mereço.

- Mas é porque ele gosta de você. – respondi olhando pra outro canto sem muita empolgação ou interesse de estar falando com ele.

- ELE NÃO GOSTA! – ele gritou e me assustou – E o Hoseok... Ele não tem um pingo de senso! – Continuava a chorar – C-claro que o Jimin não deveria ter feito aquilo... MAS POR QUE BRIGAR POR MIM? COMO SE EU VALESSE ALGUMA COISA...

Pois é, nem eu entendo isso.

- Hoseok é assim e você sabe.

E eu já aceitei ele desse jeito. Mas parece que ele mesmo não quer que fiquemos juntos, ele dorme com outros caras e age feito um idiota... Mas por qual razão eu não consigo deixar ele? É um amor que eu sinto mas não sei explicar, é algo estranho. É que as atitudes dele me deixam mal, mas o seu jeito que me encanta e automaticamente cega as coisas ruins que acontecem. Eu amo ele desde... Sempre e sei que amar dói, assim como eu amei meus pais e doeu quando eles morreram, doeu quando eu vi o meu Hope beijando o meu Jungkook na sala de dança, e continuou doendo quando eu cheguei em casa e quebrei tudo o que vi... Quando eu peguei o carro e comecei a dirigir muito frustrado, e bati ele, sofrendo um acidente. E... Logo em seguida... Matando minha mãe. A minha mãe morreu com um infarto quando soube que eu sofri um acidente. Eu matei minha mãe... Ou melhor... O Jungkook matou minha mãe. Se ele não estivesse aqui... Se ele não tivesse beijando o Hope, talvez por isso eu não teria pegado o carro, não teria sofrido um acidente e a única pessoa na qual eu realmente admirei e amei não teria morrido. Porque meu pai... Eu não admiro ele, admiro minha mãe por ter aguentado ele. Mas a culpa é do Jungkook, é tudo culpa dele e ele deve morrer por atrapalhar minha vida.

- Hyung? – ele disse, me despertando completamente dos meus devaneios.

- Fale Jungkook... – Olhei para ele, ele estava sentado no degrau da fonte, com as mãos nos joelhos e com um olhar triste vindo em minha direção.

- Obrigado. Obrigado por estar aqui comigo, e por ouvir tudo o que eu passei. Eu sempre te admirei muito, apesar das patadas diárias que eu levava. Até hoje eu te admiro por ser assim, sincero... Mas eu sei que tem o coração bom. Se você entendeu errado aquela cena... Me perdoe, e perdoe o Jimin também. E não fique chateado com o Hoseok, ele é assim mas eu sei que ele gosta de você.

- Gosta? – hesitei – Quem ama não trai.

Vi seu rosto se levantar e por inteiro se erubescer.

- C-Como assim? Você acha que eu tive algo com ele enquanto vocês namoravam?

- Não só com você. Com aquele de Kim Taehyung de 16 anos, seus pais são Kim Mo Hae e Park Gaeul, ele estuda na Art&School e transa com o meu namorado quase todos os dias. Eu sei.

Ele se levantou e encarou meu rosto.

- V-Você sabia esse tempo todo? Desde quando? E como sabe tudo sobre ele?

- Desde Haeundae. Eu sempre soube.

- Mas por que você não conversou com ele sobre isso? Pro que deixou que essa palhaçada continuasse?

- Porque eu não conseguiria agir normal, iria perder o controle dos meus atos. – Olhei pra baixo – Eu quase bati nele ele lá em Haeundae quando eu soube, eu não posso impedir ele de fazer isso. Se ele quer ficar com outros, tudo bem... Mas... Contanto que ele seja apaixonado apenas por mim. Eu só não quero perder ele, ele tem que ficar comigo... Porque eu quero ficar com ele.

Olhei novamente para ele e vi seu rosto vermelho e as lágrimas escorrerem lentamente.

Senti suas mãos se envolverem no corpo, junto com um abraço quente, apertado, necessitado e significativo. Me deixando completamente sem reação. O que ele está fazendo?

- Eu sinto muito. – ele disse, ainda me abraçando.

- Por que está se desculpando?

- Estou me desculpando por ele. Me desculpe, me desculpe mesmo. Eu sinto muito que ele tenha te traído, sinto muito por ele te fazer sofrer, eu sinto muito. Hyung... Eu sinto muito. Mas de uma coisa eu tenho muita certeza... Ele te ama e eu também. Você e ele são muito importantes pra mim, por favor... Não briguem mais.

Mas a culpa não é dele se o meu Hope é assim, ele não tem culpa nisso. Mas... Se ele sente muito por algo que nem fez... Será que sentiria pena de algo que nem sabe que fez?

Ele é tão ingênuo, tão inocente. Será que... O Jungkook merece mesmo esse ódio? Será que... Ele merece mesmo morrer?

continua...


Notas Finais


Deixa eu dizer uma coisa... Esse não é o motivo concreto do porquê o Yoongi não gostar do Jungkook, ou seja, vcs ainda vão tomar no cu ksijwhs, quando vcs descobrirem o verdadeiro motivo vcs vão ficar tipo "?????????????" Pse kakakksksld enfim, DESSA VEZ EU JURO, PROMETO DE JOELHOS QUE NÃO VOU DEMORAR COMO DEMOREI DA ULT VEZ, OK? MUITOS BEIJOS ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...