História Sentimentos são confusos - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dragon Ball
Tags Kakavege
Exibições 56
Palavras 1.032
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Luta, Romance e Novela, Slash, Super Power, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Yo
Desculpa pela demora em postar T-T
Final do ano a escola vira um inferno cheio de demônios querendo devorar almas, e também tem as provas e...
Enfim
Gomenasai

Capítulo 5 - Sem criatividade para colocar um título aqui


Fanfic / Fanfiction Sentimentos são confusos - Capítulo 5 - Sem criatividade para colocar um título aqui

De todos o tempo que passara ali Whis nunca havia sequer dado a hipótese de uma luta com ele, por isso, assim que as palavras saíram de sua boca, dizer que Vegeta estava surpreso seria um completo eufemismo.

“É... É a primeira vez que...” Pensou o príncipe em voz alta, chamando a atenção de Goku.

“Vegeta, você está aqui a tanto tempo mas nunca enfrentou o Whis?” Perguntou o mais novo, falando, sem perceber, as coisas certas para mexer com a moral do príncipe, porém este, se estava com raiva, não demonstrou, ainda processando o que Whis acabara de dizer, e se perguntando se ainda não estava dormindo.

“Não, nunca” O príncipe se perguntou se ainda estava sonhando, porque antes de pensar em responder as palavras sinceras já haviam saído, e ele pensou se não poderia simplesmente acordar.

“Talvez não tenha chegado ao nível certo” Mais uma vez, palavras certeiras, que irritaram o príncipe.

“O quer dizer com isso?!” E, mais uma vez, palavras que saíram sem consentimento e formaram uma pergunta frustrada, e, no momento em que Whis concordou com o mais novo, sentiu o rosto ficar quente.

“...Porém, não e diferente com você, Goku”

“Não? ”

“Exatamente” Disse Whis, sorrindo ao ver a expressão dos saiyajins a sua frente, isso seria divertido, certamente “Será que vocês dois juntos seriam suficiente para me enfrentar? ” Provocou Whis, sabendo que aqueles dois não recusariam tal desafio, saiyajins podem ser bastante previsíveis, as vezes “Podemos testar? ”

Goku saltou para frente, errando um soco, logo seguido por Vegeta, os dois atacavam sem parar, e Whis conseguia desviar de todos, principalmente nos momentos em que os dois tiravam o outro do caminho a empurrões, tentando atacar sem a interferência de ter mais alguém atacando além de si mesmos. Whis mal conseguia esconder o sorriso, desviar dos golpes daqueles dois quase fácil de mais, talvez devesse aumentar a dificuldade dos treinos...

Os dois saiyajins – principalmente Vegeta – estavam lentos de mais, nem mesmo Bills havia sido tão lento... Bem, só na primeira vez que havia treinado com Whis, mas ele aprendia rápido e então logo conseguia acompanhar seu professor.

“Muito bem, parem” Disse Whis, bloqueando os golpes dos dois “Vocês não chegam nem perto, o problema é que vocês pensam de mais antes de agir” Disse Whis, enquanto os dois saiyajins foram um pouco para trás “E isso afeta principalmente o Vegeta, isso afeta a sua velocidade”

Isso era mais uma coisa que tornava-o inferior que Kakarotto, então isso era mais uma coisa que precisava superar se quisesse ser o mais forte dos dois, apenas algo a mais que precisaria alcançar, Whis continuava falando “Vocês levam tempo para enviar comandos para o cérebro, e o cérebro de volta para o corpo”

“Isso é verdade, Vegeta” Disse o mais novo despreocupadamente, olhando para o príncipe. Whis continuou.

 “É melhor que cada parte do corpo trabalhe independentemente, enfim, fazer isso é muito difícil, nem mesmo o senhor Bills consegue fazer isso perfeitamente. Dominar isso pode ajuda-los a sair de situações perigosas”

“Quer dizer que o senhor pode fazer isso, Whis?” Perguntou Goku, que estava olhando para o chão antes de perguntar, Vegeta quase disse para o mais novo não fazer perguntas tão óbvias. Quase.

“Mas é claro” Foi a resposta do azulado.

“Mas Whis-san... Você está pisando em cocô”

Whis apenas deu uma risada sem graça enquanto passava a sola do pé em uma rocha que estava atrás de si.

“Bem, meus sapatos não podem agir independentemente...” Os saiyajins ficaram em silêncio depois disso, e o treino com Whis termina depois de mais um tempo, e ele sai, deixando os dois saiyajins sozinhos.

Estava escurecendo, e os dois saiyajins já haviam parado de treinar, e estavam sentados na grama, recuperando o fôlego.

 “Já cansou Vegeta?” Perguntou Goku, virando-se para olhar o saiyajin mais velho, que estava poucos metros atrás.

“É mais provável que você que esteja cansado, idiota, o nosso treino estava fácil de mais depois que Whis saiu” O mais velho estreitou os olhos e sorriu em uma expressão que Goku reconhecia bem, os lábios finos prensados um contra o outro em um sorriso e aquele olhar orgulhoso, Goku se perguntou se seria algum comentário sarcástico ou apenas se ele se gabaria de ser mais forte que ele, não que isso incomodasse Goku, muito pelo contrário “Não que já não seja fácil te vencer, Kakarotto”  Goku apenas riu, olhando agora para o cima, na direção do céu agora escuro.

“Ei, Vegeta” A voz de Goku era quase tão baixa quanto um sussurro, Goku havia se movido para o lado de Vegeta, e agora os dois estavam deitados na grama, Goku uns dois metros à esquerda de Vegeta, que não olhou para o mais novo quando o mesmo o chamou, já estava quase chamando de novo, quando o mais velho respondeu com um ‘o que foi?’ irritado – apesar de que o jeito de falar do príncipe sempre era assim.

“Ta sentindo falta de alguma coisa la na Terra? ”

“Que tipo de pergunta é essa Kakarotto? ” Mas Goku não respondeu.

“Eu tenho saudade da comida, a que o Whis faz não é ruim, mas a da Terra é melhor”

“De todas as coisas que você tem você me diz que tem saudade da comida? ”

“Foi a primeira coisa que eu pensei...” Respondeu sem jeito, dando de ombros.

“Tsc”

“E você Vegeta? Qual a primeira coisa que tu pensa que tem saudade la da Terra? ”

Vegeta não iria admitir, mas uma das primeiras coisas que pensou foi em comida, e em Trunks, e então depois de pensar mais um pouco pensou em Bulma.

“Na minha família”

“Pensou em comida primeiro não é? ”

“...Não” Goku sorriu “...talvez...” Vegeta podia sentir os olhos do outro saiyajin encarando-o, e quase podia ver com sua visão periférica o sorriso bobo do outro, e em como seus olhos fechavam quando ele ria, tentou focar a visão em alguma nuvem qualquer. Não conseguiu. Estava muito complicado focar em algo que não fosse o som da risada do saiyajin de terceira classe.

“É, pensei, pare de rir”

Mas isso só fez Goku rir mais.

Vegeta não percebeu, mas ele estava sorrindo também.


Notas Finais


...
Nada a declarar aqui
...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...