História Verdadeiros sentimentos - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Anko Mitarashi, Chouji Akimichi, Darui, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Ino Yamanaka, Juugo, Kakashi Hatake, Kankuro, Karin, Kiba Inuzuka, Killer Bee, Kurama (Kyuubi), Maito Gai, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shino Aburame, Shizune, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Drama, Leeten, Narusaku, Revelaçoes, Romance, Saino, Sakunaru, Sasuhina, Shikatema
Exibições 830
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shounen, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ola gente, capitulo novo pronto ^^
Boa leitura.
Não se esqueçam das notas finais.

Capítulo 2 - Um encontro?


Fanfic / Fanfiction Verdadeiros sentimentos - Capítulo 2 - Um encontro?

Enquanto o Loiro estava em seus pensamentos, ele viu uma Rosada saindo do hospital com um caderno de anatações nas mãos, ela estava linda, seu cabelo estava solto e muito maior que antes, ele ia até o meio das costas, ela estava usando uma roupa branca, na verdade um avental médico e uma saia preta com o símbolo Haruno. Ela esboçava um sorriso que deixava o Uzumaki com o coração acelerado.

   Ele pega o papel no bolso que o Sai lhe deu e começa a ler com um sorriso em sua face, ele o guarda novamente no bolso e começa a andar até a Sakura.

-Irei conquista-la, Teebayo 

      ....

    Naruto ficou caminhando até a Sakura com um sorriso de orelha a orelha, ela estava de costas e foi ai que o Uzumaki colocou a mão no ombro dela fazendo-a se virar.

-Olá Naruto – O cumprimentou.

-Estava trabalhando? – Perguntou o Uzumaki.

-Sim, como a senhora Tsunade não é mais a hokage eu decidi ajuda-lá – Sorriu.

-S-sakura chan... Você vai sair hoje? – Perguntou o Uzumaki corado

    Sakura estranhou, ele nunca foi assim, ela sabe que ele sempre tentou a chamar para sair, mas ele nunca ficou assim antes.

-Está me chamando para um encontro ? – Sorriu.

-Sim isso mesmo – O Uzumaki colocou as mãos no bolso meio sem graça.

    Sakura por um instante muda sua cara sorridente e aperta o pano da saia, o seu olhar era de magoa, resolveu tirar isso da cabeça e olhou para o Uzumaki.

-Me pegue as 19:00 e que não seja o Ichiraku, vamos para um outro lugar – Colocou as mãos na blusa do Uzumaki ajeitando sua gola – Mas, não tente nada pervertido – Fez um olhar ameaçador e sorriu.

    O Uzumaki a viu se distanciando e uma alegria lhe corroeu, finalmente ele vai a um encontro com a Sakura, mas também percebeu que por um instante seu olhar tinha mudado deixando-o confuso, será que ela ainda ama o Sasuke? Era isso que o Uzumaki dessa vez se perguntava.

    Tentou tirar esses pensamentos da cabeça, caminhou nas ruas de Konoha com as mãos no bolso olhando para o chão, ele chega em sua nova casa, era a antiga casa de seus falecidos pais minato e Kushina. Resolveu se deitar um pouco, estava observando a foto do Time 7 em sua estante, isso lhe trazia boas lembranças. Se perguntava o porquê lutar tanto? Mas quando lembrava de seus amigos e mestres ele achava motivos suficientes para todas as suas ações.

     O Uzumaki finalmente pega no sono e dorme tranquilamente enquanto a casa está totalmente bagunçada, todos sabem que o Naruto não é nada organizado.

     Um barulho muito irritante pode ser ouvido pela janela, irritado o Uzumaki acorda com os olhos semicerrados e se levanta bocejando e coçando as costas, ele encontra um Uchiha no lado de fora. Ele está bem diferente de antes, ele está usando uma faixa azul que é enrolada em torno de sua cabeça, que amarra o cabelo espetado para baixo que o empurra sobre a testa, está com uma camisa de gola alta, seu braço esquerdo é envolto de grandes bandagens azuis e uma capa marrom com o símbolo uchiha nas costas. Ele está no telhadinho de frente para a Janela do Uzumaki.

-Ei Teme! – Gritou abrindo a janela – Bata na porta.

-Tsc... Não tenho tempo pra isso, preciso lhe contar uma coisa – Disse Sasuke sério fitando o loiro com seus olhos Onix.

-O que houve? – Perguntou

-Eu encontrei um homem em uma das missões solo que eu fiz em mando de Kakashi, eu lutei com ele e nem sequer consegui acertar um golpe nele – Sasuke fita Naruto que ficou impressionado.

-M-Mas, quem é esse cara? – Perguntou acenando.

    Sasuke tira um pequeno pergaminho no bolso e o abri em cima do telhado, ele então o libera fazendo um selo, e um objeto sai do pergaminho.

-Isso é...

    Era um pequeno colar do Clã Uzumaki, Naruto fica chocado, da onde veio este colar, os Uzumakis tinham sido extintos e só ele e Karin existem.

-Mas só existe eu e a Karin do clã Uzumaki, como pode haver outros! Eles foram extintos há muito tempo – Esbravejou Naruto.

-Não grita idiota, eu não sou surdo – O Uchiha deu o colar para o Naruto – Irei falar para o Kakashi-sensei nos mandar investigar isso mais a fundo amanhã... E não pense que este homem é bonzinho, o poder dele foi tão poderoso a ponto de se livrar do amaterasu, Ninjutsu e até mesmo meu Susano´o completo... Não sei o que dizer mas, ele é mais forte que Madara e ainda possui o Rinnegan supremo como eu...

    Naruto não sabia o que falar, era muita informação na sua cabeça, ele pensou que nunca mais acharia um inimigo que se equiparasse com os seus poderes de agora e isso o deixa com medo o que poderia acontecer com a aldeia da folha.

    Sasuke guardou o pergaminho já saindo dali, mas o Uzumaki resolveu perguntar uma outra coisa fugindo totalmente do assunto.

-Sasuke...

-O que é? – Respondeu seco.

-Você... Gosta da Sakura, apenas me diga isso por favor, eu preciso saber se você realmente gosta dela – Naruto arriscou perguntar isso em convicto.

    Sasuke olha para o lado e começa a a fitar a foto do Time 7, ele olha para a Sakura daquela época e depois olha para o Uzumaki.

-Ela... Se tornou uma grande mulher, mesmo eu tendo a feita sofrer, ela continuou me seguindo e era sua obsessão – Sasuke sorri de canto quase imperceptível – E eu entendo cada sentimento que você tem por ela Naruto, eu realmente gosto dela e a admiro pela mulher que se tornou.

-Sasuke... Então você – Foi interrompido.

-Conquiste-a, faça o que der e vier, você sempre esteve ao lado dela em momentos difíceis e isso eu soube pelo Kakashi-sensei e pelos comentários da Tsunade – Se levantou – Sei que você é um idiota, mas seus sentimentos irá a conquista-lá.

    Sasuke desapareceu deixando apenas uma fumaça branca no ar. O Uzumaki ficou feliz por saber disso, e mais feliz ainda por ter um amigo assim. Ele se deita na cama novamente olhando para o teto com um sorriso estampado.

     .................

   Na residência Haruno, Sakura estava no seu quarto escolhendo uma roupa bonita para sair com o Loirinho, ficou analisando os top com o dedo indicador no lábio. Sua mãe Mebuki bateu na porta.

-Filha?

    Sakura abriu dando de cara com uma mãe sorridente.

-O-o que foi mãe? – Perguntou Sakura confusa.

-Nada, é que esse é o primeiro encontro de minha filinha e estou muito orgulhosa – Sorriu analisando os vestidos da filha.

-Não é nada demais hehe – Sorriu sem graça – Acho que não vou usar vestido, vou vestir outra coisa.

-Certo, certo. O Naruto irá aparecer em 10 minutos não se atrase querida – A mãe saiu da quarto da filha.

   8 minutos se passaram e a campainha foi tocada, Kizashi que estava no sofá comendo Onigiri vai atender a porta e encontra um Uzumaki sorridente muito bem vestido. Naruto está usando uma jaqueta preta com um zíper laranja que possui vários botões na cintura e mangas, está com uma fita vermelha com o símbolo Uzumaki no Braço direito que foi substituído por um artificial criado a partir das células de Hashirama depois de sua batalha contra seu amigo Sasuke, está vestindo calça preta e sandálias e um cachecol azul luz listrado que foi tricotado por sua mãe antes de nascer. Naruto está com uma rosa pequena no bolso da blusa.

-Oh, o Grande Heroi da vila – Kizashi cumprimentou o Naruto com um aperto de mão – Entre sua noiva já está descendo.

   Naruto corou de imediato ao ouvir isso, quase tombou no chão, o pai da Sakura começou a dar umas gargalhadas com a reação do rapaz.

-Haha, ainda não mas vai ser com certeza rapaz – Kizashi o mandou se sentar no sofá.

    Naruto se sentou e viu vários retratos da Sakura nas paredes e nas estantes, de sua infância até agora, admirou sua beleza. Sempre se perguntou desde o momento em que se apaixonou por ela desde a primeira vez que a viu na academia em sua infância o quanto ela é bonita.

-Aceita Saquê garoto? – Ofereceu Kisashi com uma garrafa cheia e guinomis em mãos para servir.

-Eu não bebo ainda – Disse Naruto sorrindo.

-Hm?! Na sua idade eu já tomava duas garrafas – Apontou para si mesmo com o dedão e recebeu um peteleco de sua esposa bem na cabeça.

-Não deixe o menino constrangido seu velho bobalhão – Sorriu para o Uzumaki – Ela já está descendo e creio que você irá achar fabulosa – Sorriu Mebuki.

-Eu quero ver minha filha com você Naruto, é o homem mais apropriado para ela, eu não gosto daquele Uchiha metido, que bom que ela se distanciou um pouco dele – Disse Kizashi todo alegre.

-Ele a magoou novamente, aquele idiota disse alguma coisa pra ela.

 

 

 

 

Continua....

 

 

 

 

 


Notas Finais


O que acharam deste capitulo? Bom ou ruim? deixe seus comentários.
Gostaria de uma votação sobre um casal nesta fic.
*SasuKarin
*KibaHina
*SasuHina
Qual vocês realmente querem no meio da fic?
E é isso pessoal votem, comentem, favoritem e etc, etc.
Até a próxima, beijo de Kissus *3*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...