História Sentindo o Coração - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Inuyasha, Kaede, Kagome, Kirara, Miroku, Rin, Sango, Sesshoumaru, Shippou
Tags Inuyasha, Rin, Sesshoumaru, Sessrin
Exibições 170
Palavras 848
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Mais uma vez quero agradecer pelos comentários e pelos favoritos, eles me incentivam muito a continuar.

Capítulo 4 - Partida


Fanfic / Fanfiction Sentindo o Coração - Capítulo 4 - Partida

Kaede junto a Kagome e Sango arrumaram alguns Kimonos e alguns alimentos para Rin levar, acreditando que seriam necessários para o jovem durante a viagem, que não sabiam se seria longa ou não. Poderia durar meses como poderia durar anos, pois Amaterasu nunca foi um Youkai fácil de pegar, ainda mais sem nenhuma pista, como estavam.

Rin ainda sentia medo do Youkai de cabelos grisalhos, pois aquelas imagens não deixavam sua mente, mas não tinha outra opção, teria que confiar nas palavras da sacerdotisa Kaede e viajar com ele em busca de sua memória perdida.

 

-Pronto Rin, você está pronta. -Avisa Kagome dando um lanço no Kimono da mais nova.

 

Rin usava um Kimono cumprido na cor vermelha, com alguns detalhes brancos nas mangas, nos seios e na barra. Aquele tecido era bonito e valorizava suas curvas chamativas e atraentes.

 

-Vocês têm certeza que eu preciso ir com ele? -Insiste a menina.

-Você deve estar com medo, não é mesmo? -Pergunta Sango acariciando o cabelo da jovem.

-Tudo bem Rin. -Responde Kagome soltando uma risada baixa. – Você sempre o acompanhava quando criança. Confesso que nós tínhamos medo, pois ele sempre foi muito frio, mas ele cuidava muito bem de você, sempre a protegia.

-Vamos Rin, não é bom faze-lo esperar ou ele ficara de mau humor. -Comenta Kaede caminhando para fora de seu barraco.

 

 

Rin não queria vê-lo de mau humor, algo lhe dizia que deveria ser assustador. A morena com pressa seguiu a velha Kaede e ao deixar o local, encontrou Sesshoumaru e Jaken a esperando. Inuyasha e Miroku estavam próximos, mas provavelmente o grande Youkai não queria conversa com os dois e se manteve um pouco afastado.

Ao ver Rin, Sesshoumaru não pode deixar de notar que ela usava um Kimono feito do tecido dado por ele. Enquanto ele estava longe, encontrou diversidades de tecidos bonitos e diferentes e pediu para Ah-Un traze-los para Rin, e provavelmente Kaede fez Kimonos para ela com os mesmos.

 

-A Rin está pronta, Sesshoumaru. -Avisa Kaede.

-Vamos. -Chama Sesshoumaru dando as costas.

-Boa viagem, Rin. -Deseja Miroku gentilmente.

-Tenho dó dela. -Diz Inuyasha querendo provocar o irmão mais velho.

-Inuyasha. -Chama Kagome com seu olhar ameaçador. – Ele cuidara melhor dela do que nós. Espero que você volte logo, Rin.

-É uma pena que Kohaku saiu em uma missão, ele ficara muito abalado quando voltar e souber o que houve, então volte com suas memorias. -Diz Sango incentivando a garota a ir até o fim.

-Não me lembro do Kohaku, mas pode deixar, eu quero me lembrar de vocês e do meu passado. -Responde Rin com seu sorriso sincero e gentil de sempre.

-Kohaku é seu futuro namorado. -Diz Inuyasha sendo direto.

 

Sesshoumaru sessou seus passos, fazendo Inuyasha se tocar da besteira que havia dito, o grisalho olhou de canto e chamou mais uma vez:

 

-Vamos.

-Inuyasha. -Reprende Miroku dando um peteleco na cabeça do amigo.

-Pensei que a vila seria destruída. -Respira Kagome aliviada. -Graças ao Inuyasha.

-Tchau gente. -Se despede Rin correndo até Sesshoumaru acenando para os amigos.

-Me espere, senhor Sesshoumaru. -Pede o pequeno esverdeado, como sempre muito atrasado.

 

Depois de caminharem por alguns minutos, a menina olhou para trás e não era mais possível ver o vilarejo onde morava com seus amigos. Ainda estava receosa de ficar perto de Sesshoumaru. Kagome havia lhe dito que ele a defendia, e ela não desacreditava das palavras da amiga, pelo contrário, mas aquelas imagens ainda estavam a atordoando.

Sesshoumaru ao perceber que Rin caminhava ao seu lado, olhou de canto e resolveu perguntar para a menina com seu jeito direito.

 

-Está pesado?

-Não muito, não se preocupe. -Responde Rin vendo que o grisalho estava “tentando” ser “gentil”.

 

O Youkai não disse mais nada, apenas continuou a prosseguir em silencio, como sempre fora em anos, sempre muito calado.

Chegaram a um campo, onde se encontrava um Youkai de duas cabeças, o mesmo logo reconhece o cheiro de Rin e parece se alegrar, andando de pressa na direção da menina que se esconde atrás de Sesshoumaru.

 

-Ele viaja com nós. -Avisa Sesshoumaru. -Seu nome é Ah-Un e foi você quem deu esse nome a ele quando mais nova.

-Eu? -Pergunta a menina confusa sem se lembrar de nada.

-Você entendeu que foi você, não faça o senhor Sesshoumaru repetir novamente. -Briga Jaken com seu jeito rabugento.

 

Rin saiu de trás do Youkai de cabelos grisalhos para esperar Ah-Un que logo chegou e começou a esfregar suas cabeças no corpo de Rin, demonstrando estar feliz.

 

-Bom menino. -Diz Rin acariciando o Youkai.

-Ah-Un, ela não se lembra de nós. -Avisa Jaken sem saber se o Youkai entenderia ou não.

 

Ah-Un pareceu entender e ficar triste, pois sua expressão logo mudou e seu jeito de se esfregar na menina também.

 

-Vamos indo. Rin, você pode ir em cima de Ah-Un. -Avisa Sesshoumaru voltando a caminhar.

-Certo, obrigada. -Agradece a jovem subindo no Youkai. -Obrigada Ah-Un.

 

Seguiram viagem, sem pista alguma do paradeiro de Amaterasu. Eles viajariam a procura de algumas informações que os fossem úteis para trazer as memórias da Rin que Sesshoumaru conheceu. 


Notas Finais


Bom, esses primeiros capítulos estão sendo mais reencontro e essas coisas.
SessRin vai começar logo, logo ter alguns momentos aos poucos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...