História Sentir até morrer ou morrer e não sentir? - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br), Clarice Falcão, Demi Lovato, Guilherme Leicam, Justin Bieber, Kristen Stewart, Miley Cyrus, One Direction, Robert Pattinson, Scarlett Johansson, Selena Gomez
Personagens Caíque Gama, Clarice Falcão, Dallas Lovato, Demi Lovato, Guilherme Leicam, Harry Styles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kristen Stewart, Miley Cyrus, Nathan Barone, Paulo Castagnoli, Personagens Originais, Robert Pattinson, Scarlet Johanson, Selena Gomez
Exibições 5
Palavras 936
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Uhhh...

Capítulo 22 - Festa I


Fanfic / Fanfiction Sentir até morrer ou morrer e não sentir? - Capítulo 22 - Festa I

Pov. Clarice Falcão

  - Você tem que aprender a me tratar como seu pai, chega de malcriação eu sou o seu pai e até você ser de maior eu mando em você.-Pai
  - Mas que droga, eu te odeio, eu te odeio porque você se transformou em um lixo que só bebe e faz o que quiser com a desculpa de estar bêbado. Falei calma com os olhos marejados olhando nos olhos do homem que acabou de me dar um tapa na cara. Eu vou subir pro meu quarto, vou dormir e depois vou pra festa tudo bem mãe?
  - Tudo bem filha pode ir eu te amo.-Mãe

   Eu subi e chorei, chorei tudo o que podia até cair no sono e acordei algumas horas depois, tomei um banho e comecei a me arrumar coloquei uma calça jeans um pouco rasgada, uma regata preta um pouco pra dentro da calça, uma blusa verde musgo e uma botinha preta deixei os cabelos soltos e mandei uma mensagem pra Jú que logo me respondeu.

Mensagem on

  - Festinha hoje ás 20 hrs ta afim?-Eu
  - To muito afim, daqui a pouco to aí.-Jú
   Fechei o celular e fui pra cozinha procurar algo pra comer.

Mensagem of

   Abri a geladeira peguei um suco, fiz um sanduíche e comecei a comer.

  - Vai sair?-Matt
  - Aí que susto, quer me matar? Vou pra uma festa.-Eu
  - Desculpa. Eu posso ir junto? -Matt
  - Dessa vez não mas prometo que dá próxima eu te levo.-Eu
   Matt arrastou sua cadeira para o meu lado subiu nela colocou as duas mãozinhas no meu rosto me fazendo olhar somente pra ele.
  - Promete que nunca vai me esquecer e vai sempre me amar?-Matt
  - Mas é claro meu amor por que está dizendo isso?-Eu
  - Eu sinto sua falta. Ele falou triste e isso cortou meu coração.
  - Me desculpe eu prometo que vou ficar mais junto de você Ok? Dei um abraço apertado nele, escovei os dentes e saí com a Demi e a Jú que já tinham chegado.

   A  festa estava cheia de adolescentes bebendo e fumando coisa que apenas eu e os meninos do jonas brothers não faziam mas a nossa diferença era que eles não vinham as festas, então eu só estava ali pra dançar que era o que eu fazia quando saiamos todas juntas.
   Demi e Jú foram logo procurar alguma bebida enquanto eu fui procurar algo pra comer quando alguém cutuca meu ombro me chamando, me virei pra ver quem era e paralisei.

  - Hey Clarice, quanto tempo. Nathan falou me abraçando.
  - O-Oi, é muito tempo estava com saudades. Nathan sempre foi meu melhor amigo muito antes de eu começar a falar com o Caíque. Eaí como estão as coisas?-Eu
  - Estão uma loucura eu estou em uma banda e o inacreditável é que ela está fazendo sucesso. -Nathan
  - É acho que eu te entendo kkkk isso é muito legal na verdade você é muito bom e eu espero que tudo dê certo.-Eu
  - Vamos sentar alí tem comida e eu sei que é o que você quer. Ele me arrastou pra uma mesa cheia de salgados. Sabe eu tenho feito isso mais por diversão do que qualquer outra coisa esse não é meu sonho entende?-Nathan
  - Entendo e qual é o seu sonho?-Eu
  - Fazer faculdade de artes, casar e ter muitos filhos com a sua melhor amiga.-Nathan
  - Eu acho bom você cuidar muito bem da Jú ou eu acabo com você. Falei séria mas em tom brincalhão.
  - Eu não seria capaz de magoar a mulher da minha vida. Ele falo sorrindo como um bobo a apixonado o que me fez sorrir também.
  - Te achei já tava preocupada pensando que você tinha sido sequestrada. Jú começou a falar mas parou assim que viu quem estava comigo e abriu um largo sorriso. Oi Nathan não sabia que estaria aqui, disse e deu um selinho nele.
  - Hey eu não sou obrigada a ver isso a Jú é meu bebê e ver ela beijando alguém é muito pro meu coração. Falei sorrindo.
  - Se acostume, atrapalhei a conversa de vocês? -Jú
  - Na verdade não, estava apenas dizendo pro seu namorado que qualquer vacilo eu arranco o que ele tem de mais precioso. Sorri alto com a cara de assustado Nathan.
  - Não precisava dizer isso porque qualquer vacilo eu mesma faço isso. Jú piscou pra mim sorrindo.
  - Eu senti tanta a sua falta amor.-Nathan
  - Eu senti muito mais a sua.Jú
  - Vem dançar comigo, Demi apareceu me puxando parecendo já está meio alta.
  - Claro eu já estava ficando enjoada de ficar aqui mesmo,  tchau casal mandei um beijo no ar e fui pra pista de dança com a Demi e começamos a dançar, depois de umas quatro músicas minha amiga foi buscar uma bebida e alguém me abraça por trás susurrando em meu ouvido.

  - Pensei que ela nunca ia te soltar.
  - E aquela voz eu conheceria em qualquer lugar, me virei nos afastando bruscamente e quando encontrei o seus olhos meu coração errou a batida, como ele podia causar isso em mim ainda?
  - Calma eu não mordo a não ser que você peça, ele sorriu malicioso me deixando nervosa, era ele Caíque Gama estava na minha frente depois de um ano e depois de quebrar neu coração.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...