História Sentir até morrer ou morrer e não sentir? - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br), Clarice Falcão, Demi Lovato, Guilherme Leicam, Justin Bieber, Kristen Stewart, Miley Cyrus, One Direction, Robert Pattinson, Scarlett Johansson, Selena Gomez
Personagens Caíque Gama, Clarice Falcão, Dallas Lovato, Demi Lovato, Guilherme Leicam, Harry Styles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kristen Stewart, Miley Cyrus, Nathan Barone, Paulo Castagnoli, Personagens Originais, Robert Pattinson, Scarlet Johanson, Selena Gomez
Exibições 4
Palavras 570
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 24 - Ano Novo


Fanfic / Fanfiction Sentir até morrer ou morrer e não sentir? - Capítulo 24 - Ano Novo

Pov. Clarice Falcão

Meses depois....

   Os meses se passaram sem nada novo minha rotina era sempre estar em estúdio se não fosse de filmagem era o de música sem contar a agenda de entrevistas, a banda Fly já era o maior sucesso o que me deixou feliz por eles eu o Caíque estavamos namorando mas não assumiamos isso na mídia que já especulava bastante o assunto por sempre sairem fotos nossas juntos o que deixava meus pais muito bravos e isso me divertia.
   No meu tempo livre eu estava nas festas com a Demi, Jú, Selena e a Miley negando qualquer tipo de álcool ou droga e tentando convencer elas de pararem ou eu ficava brincando e conversando com os meus irmãos.
   Estavamos nos preparando para o ano novo na Espanha, meus avós fizeram uma grande festa na praia e todos os meus amigos e vizinhos deles estavam lá, eu pude parar um momento para analisar aquelas pessoas sorrindo felizes com a suas famílias se abraçando e brincando uns com os outros ansiosos para o ano que estar por vim e eu só pude sentir inveja por que não importa se eles passaram o ano brigando hoje era um dia especial e eles se amavam tanto que permitiram esquecer as diferenças nem que fosse apenas por uma noite.
   Foi quando senti uma lágrima solitária em meu rosto e eu senti falta do abraço da minha mãe e dos beijos do meu pai, senti falta da minha família fazendo refeições juntas na mesa e cada um compartilhando o seu dia, senti falta dos sorrisos de cada um e tentei me lembrar da última vez em que passamos o dia sem que houvesse nehuma briga mas não consegui recordar e isso me deixou tão triste e sufocada que saí correndo dalí sem rumo ou lugar certo eu apenas corri o mais rápido que pude.
   Quando meus pulmões imploravam por ar a pareciam estar pegando fogo eu me permiti parar e foi quando percebi que não estava sozinha olhei pra trás e me deparei com Kristen, Harry, Scarlett, Robert e Guliherme um pouco mais longe com garrafas na mão.

  - Já pensou em ser corredora?-Kristen
  - Não acredito que eu corri tudo isso. Harry falou bufando
    E quando eu menos esperava já estavam todos me abraçando e só aí que percebi as lágrimas rolando em meu rosto.
   Naquela noite de ano novo invadimos uma casa pra alugar e passamos a noite no sótão eles bebendo cerveja e eu refrigerante e depois pedimos uma Pizza e foi tudo tão divertido que eu esqueci completamente da dor de antes.
   E foi ali que eu percebi que durante a sua vida não importa se você tem muito dinheiro eu se não tem nenhum, não importa se você tem tudo o quer ou se não tem nada que deseja se você tiver alguém pra chamar de amigo pode ter certeza que não precisa de mais nada, o amigo que vai segurar sua mão e te levantar quando você cair, o amigo que vai te abraçar quando tudo o que você precisar for de um abraço,  o amigo que vai te fazer rir até quando não há motivos pra isso, o amigo que vai se ferrar com você por fazer algo ruim e o amigo que com o olhar vai alegra seu coração eu pude olhar em voltar e perceber o quanto sou abençoada por simplesmente ter amigos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...