História Sentir até morrer ou morrer e não sentir? - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Banda Fly (Fly Br), Clarice Falcão, Demi Lovato, Guilherme Leicam, Justin Bieber, Kristen Stewart, Miley Cyrus, One Direction, Robert Pattinson, Scarlett Johansson, Selena Gomez
Personagens Caíque Gama, Clarice Falcão, Dallas Lovato, Demi Lovato, Guilherme Leicam, Harry Styles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Kristen Stewart, Miley Cyrus, Nathan Barone, Paulo Castagnoli, Personagens Originais, Robert Pattinson, Scarlet Johanson, Selena Gomez
Exibições 8
Palavras 1.522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Cap. Grande
Depois Pov. da Jú
Vamos entender ela ou não. ..

Capítulo 29 - Minha Marrentinha


Fanfic / Fanfiction Sentir até morrer ou morrer e não sentir? - Capítulo 29 - Minha Marrentinha

Pov. Nathan Barone

   Bem, dizem que no fim a gente lembra do começo e foi exatamente isso que aconteceu comigo desde que eu recebi a pior notícia da minha vida...
   Estava no estúdio junto com os meus dois irmãos tentando explicar porque temos sobrenomes diferentes se somos da mesma família, na verdade ao invés de termos o primeiro nome artístico optamos por fazer isso com o segundo nome.
   Eu estou tão cansado minha vida tem sido praticamente dentro de um estúdio mas eu estou tão feliz porque quando não estou aqui eu tô com a menina dos meus olhos, a mulher da minha vida e a garota com quem eu sempre sonhei, saí dos meu desvaneios com o toque do meu celular e sorri automaticamente quando vi que era ela.

Ligação on

  - Oi meu amor.-Eu
  - Oie, ta ocupado?-Jú
  - Pra você?  Nunca... Pode falar.-Eu
  - Humm eu queria te ver, será que a gente pode jantar juntos?-Jú
  - Claro essa é a melhor notícia do meu dia.-Eu
  - Ok, lanchonete daqui de casa ás 19 hrs?-Jú
  - Perfeito, até mais tarde Te amo beijo na boca.-Eu
  - Um beijo na boca de língua Te amo.-Jú

Ligação of

   Desliguei o telefone com um sorriso de idiota o que não passou despercebido pelos meus irmãos e eu fui mais que zoado mas nem me importei porque o motivo do meu sorriso fazia meu coração pegar fogo.
   Fazia tempo que eu e a Juliana vinha tendo alguma coisa mas não era defenida eu ja tinha comprado o anel a algum tempo e estava esperando o momento certo e hoje era esse momento depois de jantarmos eu iria pedi-la em namoro.
                   ....

   - Eu sei to atrasado. Falei dando um selinho na na Jú que estava na mesa segurando o cardápio.
  -Tudo bem ela sorriu. Eu já pedi uma pizza metade frango com catupiry e metade quatro queijos, tudo bem?-Jú
  - Sim, pra mim ta ótimo. Começamos a conversar de diversos assuntos e a pizza chegou comemos com calma entre conversas e risadas e eu já estava a encarando fazia algum tempo quando ela colocou seu último pedaço na boca e olhou pra mim.
  - Hey por que ta me olhando assim? Sorriu sem graça.
  - Porque você é tão linda? Sério eu poderia ficar a vida inteira te olhando.-Eu
  - Eu penso exatamente assim quando você sorri pra mim.-Jú
  - Preciso te fazer uma pergunta.  Minha mão estava suando e meu coração acelerado.
  - Fala logo você ta me assustando.-Jú
   Segurei a sua mão e sorri pasando segurança.
   - Bom eu não sou bom com palavras mas vamos lá:desde do dia em que eu te vi me apaixonei pelo seu jeito marrento e quando eu pude conversar contigo eu me apoxonei muito mais pela sua inteligência,  pelas suas ideias e pela sua mania de nunca levar desaforo pra casa, o nosso primeiro beijo me levou ao céu e hoje eu olho pra minha vida e vejo o quanto ela era sem cor, sem rumo e vazia você me mudou e me deu propósito e eu passei de um muleque que vivia nas costas do pai pra um homem que quer construir uma carreira pra poder construir uma família, eu quero dar um passo na nossa relação, quero poder te chamar de minha, ter o direito de sentir ciúmes, andar de mãos dadas na rua, te levar pra jantar em casa e te apresentar a todos como minha namorada.  Tirei a caixinha do bolso e perguntei- Jú você quer namorar comigo?
   Ela ficou em silêncio e eu comecei a ficar desesperado quando ela decidiu falar.
  - Eu sinto muito mas eu não posso.- Jú
  - O que? Porque não pode Juliana para de brincadeira. -Eu
  - Olha só eu te amo mas eu prefiro ficar com isso que temos agora sem cobranças e sem... eu não to pronta pra ter algo sério agora.-Jú
  - Não ta pronta ou não quer? Eu já tava irritado e tava na cara que era ela que não queria e tava escondendo algo.
  - Ta eu não quero, eu sinto muito.-Jú
  - Droga você estragou tudo.-Eu
  - Eu não estraguei nada porque não tinha nada pra estragar.-Jú
  - Pra você, porque pra mim você significava tudo.-Eu
  - Não seja idiota não foi isso o que eu quis te dizer, eu sou tão importante que já virei passado.-Jú
  - Agora eu também sou idiota? Quer saber que se dane, quando você parar de esconder sei lá o que me chama.

   Me levantei e sai de lá quase correndo eu não sabia o que tava acontecendo mais tinha certeza que tinha algo.
   Voltei para o estúdio pois passariamos a madrugada lá quando por volta das 23:30 recebi uma mensagem da Jú.

Mensagem on

   Hey acabei de achar na minha galeria as fotos que tiramos a dois dias e eu não pude deixar de sorri, eu te amo tanto meu amor me perdoa por não ter aceitado ser a sua namorada quando isso era tudo o que eu queria mas eu não te mereço eu sou uma completa confusão e se você soubesse de tudo me odiaria a vida toda, mas enfim me perdoa por tudo, me perdoa por ser tão fraca e desistir, eu sei q você não deve ta entendendo nada mas nunca duvide de que eu te amei de verdade, te beijei de verdade e me apaixonei de verdade e eu já sinto sua falta do seu sorriso, do seu toque e do seu cheiro, eu não tenho muito direito mas será que você pode me fazer um favor? Apenas viva e seja feliz porque onde eu estiver eu quero ficar tranquila sabendo que você ta sorrindo. Te Amo até depois do meu coração parar de bater.

Mensagem of

  Droga isso é uma despedida?  Merda o que eu fiz, peguei o telefone e liguei umas 50 vezes mas ela não atendeu nenhuma então eu fui obrigado a me concentrar no trabalho olhando o celular sempre que podia.
   Quando por volta das 3 da manhã meu celular toca indicando o nome de Clarice o que me preocupou pelo horário.

Ligação on

  - Oi, aconteceu alguma coisa?-Eu
  - Na verdade sim eu preciso que você seja forte.  Ela falou chorando.
  - Fala logo você ta me assustando.-Eu
  - Ela se matou Nathan a Juliana se matou. -Clarice
  - O que?-Eu

Ligação of

   Meu chão caiu, eu chorei de raiva, de saudade eu não podia acreditar, agora aquela mensagem fazia sentido.
   Meu dia foi uma bosta eu fui ao enterro da mulher da minha vida, conversei por telefone com Clarice ela me deu força e eu fiz o mesmo.
   Mais tarde voltei ao estúdio pra tentar ocupar minha cabeça.

  - Eu fiz uma música e quero que ela esteja no disco. Falei pra todos que estavam lá que era meus irmãos, meu empresário, nosso produtor e alguns músicos.
  - Claro cara essa banda é sua também.-Paulo
  - Toma pega esse violão e toca ela pra gente.-Caíque

   Peguei o violão que ele me estendera e toquei com toda a minha alma mostrando tudo o que eu sentia.

O vento bate a porta e não me engana mais
A decoração branca não me satisfaz
Eu queria estar no seu lugar
Mas não estou

Acham que enlouqueci
Perguntam de você pra mim
Eu tento dizer que está tudo bem

Estou igual vivendo o irreal
Perguntei do final pras flores
As flores são parte do total
Já se tornou banal
Me sentir mal, me sinto mal!

As cores lá fora me disseram pra continuar
Elas me disseram pra continuar (eu já superei)
Mas eu queria suas mãos nas minhas
Revelar as fotos que tiramos e ninguém sabia
Da sua partida (da sua partida)

E se foi
Se jogou num mar aberto de ilusões
E as ondas te acertaram como eu planejei
Eu exagerei

Um sentimento tão forte
Eu sei que tive sorte
Aquilo não era o que eu sou
Agora eu sei muito bem quem sou
E o que me tornou

Tão igual vivendo o irreal
Perguntei do final pras flores
As flores são parte do total
Já se tornou banal
Me sentir mal, me sinto mal!

As cores lá fora me disseram pra continuar
Elas me disseram pra continuar (eu já superei)
Mas eu queria suas mãos nas minhas
Revelar as fotos que tiramos e ninguém sabia
Dessa sua partida (da sua partida)

(Tudo que eu penso parece que é você
Eu tento, luto, venço, mas não vou esquecer)

Tudo o que eu falei, te fazia chorar
Não te ouvia falar
Só te peço perdão
Hoje canto pra que ouça dos céus que eu não
Duvidei do amor

Tão igual, vivendo o irreal

   Finalizei chorando e ninguém estava diferente naquela sala.

  - Ela é linda cara e já ta no álbum.-Caíque


Notas Finais


Música-As cores: Cine
Desculpe os erros


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...