História SeokJin Tem Que Morrer - Nam!Jin - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7, VIXX
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, D.O, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jungkook, Kai, Ken, Leo, Mark, Rap Monster, Ravi, Sehun, Suga, Suho, V, Youngjae, Yugyeom
Tags Criminal Fic, Daddy Kink, Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 42
Palavras 553
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 11 - Capítulo 11 - "Did he defended me?"


Seokjin

 

Pronto. Eu estava ferrado. Ia ser despedido com certeza, digamos que meu chefe não era uma das pessoas mais pacientes que existem.

Na verdade, ele não era nenhum pouco paciente.

 

Eu passei os olhos por todos ali, vendo-os com expressões assustadas em seu rosto, e até Rosé, que estava no fundo da cozinha, saíra para olhar.
Yoongi tinha uma frigideira em suas mãos, Taehyung tinha uma bandeja. Eu tenho certeza que eles estavam prontos para atacar o homem.

Eu não sei o que faria se ele me mandasse embora. Demoraria muito para conseguir outro emprego, e eu precisava daquele dinheiro para viver - e sobreviver, tecnicamente -. Eu sinto que alguém de DakHo está por perto, me observando a cada passo. Talvez essa pessoa esteja dentro deste café.

Merda, por que eu não ignorei aquele cara e fui embora?
É oficial, Kim Seokjin é um burro com B de babaca.

 

Eu dei um passo à frente, sentindo minhas pernas tremerem como varas verdes. Um bolo se formava em minha garganta e meus olhos começavam a arder.

"Senhor Tuan, eu posso explicar..." Comecei a dizer, minha voz falhando no início da frase.

"Explique então."

Eu abri a boca para explicar, mas Namjoon foi mais rápido.
"Aquele cara estava assediando Seokjin. Estava o oferecendo dinheiro para que fosse seu, provavelmente era um Daddy ou coisa parecida. Jin só se defendeu, somente disse que não queria. Ele agiu bem, e na verdade o errado aqui é o senhor."

Meu chefe ficou tão possesso de raiva, eu achei que ele fosse explodir de tão vermelho que estava. Parecia até um tomate enrrugado.

"Você está dizendo que estou errado, em um caso que nem tive envolvimento?"

"Sim, eu estou. E o senhor teve sim envolvimento. O senhor está errado em expor seus funcionários assim, os obrigando a se vestir com essas roupas, os expondo ao ridículo. É Jimin, né?" Direcionou a pergunta ao loiro baixinho, que assentiu timidamente. "Me diga, está confortável desse jeito?"

Park arregalou os olhos lentamente, com medo do velho Tuan. Jimin, assim como eu, precisava daquele dinheiro. Descobri outro dia que ele tinha um irmão mais novo para sustentar junto com sua mãe.

"Pode responder, Jimin. Está tudo bem." Meu chefe sorriu genuinamente para o garoto. Tuan tinha um carinho muito grande com Jimin, o garoto fora criado praticamente junto com seu neto.

"Na verdade, eu não me sinto nem um pouco confortável. As pessoas ficam passando a mão em mim, e eu não posso fazer nada." Respondeu, meio irritado.

"Ajusshi, eu também não me sinto bem com isso." Mark reclamou, mexendo na choker preta com uma argola em formato de coração que estava em seu pescoço. A saia do loiro era menor que a minha, e preta também. "E aquele cara que mexeu com Jinnie, mexeu comigo também."

O velhinho ficou ainda mais vermelho, e dessa vez eu entendia. Tinham mexido com seu neto!

"Viu?" Namjoon questionou, erguendo uma sobrancelha. Eu não sabia que ele podia fazer isso... ficava tão...sexy.

Mas o que eu estou pensando agora?!

 

O velhinho respirou fundo, finalmente cedendo.
"Tudo bem, podem ir se trocar." Houve uma comemoração geral, e ele riu, antes de pedir silêncio.

Eu fui o mais rápido que pude até o banheiro, me esquecendo de agradecer à Namjoon por ter me ajudado com aquilo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...