História Separated By Hatred- Second Season - Capítulo 30


Escrita por: ~

Exibições 105
Palavras 1.701
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello meus amores ♥

Bom esse capítulo vai ser meio que de explicações, não vai ter algo muito bombástico.
Daqui a uns dois ou três capítulos algumas verdades serão reveladas..

É triste dizer mais estamos bem próximos do fim...

Links nas notas finais.

Boa Tarde

Boa Leitura ♥

Capítulo 30 - Always By Your Side


Fanfic / Fanfiction Separated By Hatred- Second Season - Capítulo 30 - Always By Your Side

                       Becca P.O.V

O dia no parque com o Ryan e os gêmeos está uma maravilha, já fomos a quase todos os brinquedos possíveis e a única coisa que me deixou mais feliz foi ver as gargalhadas de alegria deles isso enchia meu coração de felicidade de tal forma que eu não consigo explicar.

Decidimos ir almoçar e depois segui pra casa já que as crianças estavam visivelmente cansadas e com fome, entramos no carro e seguimos para um restaurante que havia no caminho de volta pra casa, mais algo aconteceu porque Ryan freou o carro de uma maneira que me fez agradecer por todos estarmos seguros.

- oque aconteceu Ryan? Perguntei assustada.

- uma mulher entrou na frente do carro. Assim que ele falou automaticamente eu sai do carro e ele foi olhar os gêmeos.

Meu maior susto foi ver a Meg ali sentada no asfalto chorando feito uma criança, minha única reação foi perguntar oque aconteceu e sua resposta foi algo que me deixou confusa, com a ajuda do Ryan colocamos ela no carro e eu pedi então pro Ryan me deixar em casa e levar os gêmeos com ele.

Minutos depois.

Ryan nos deixou em casa e seguiu pra casa de mamãe com as crianças, Megan assim que entrou em casa correu pro seu quarto eu claro segui atrás mais não entrei porque escutei o barulho do chuveiro então fui até meu quarto tomei um banho também, colocando um pijama e logo fui até o quarto dela novamente a encontrando na cama chorando.

- quer conversar? Perguntei encostada na porta.

Ela assentiu e então eu me sentei ao lado dela, Megan me abraçou e deitou em meu colo. Era muito ruim ver minha amiga assim tão indefesa.

- me conta oque realmente aconteceu?

- depois que ele me buscou na casa da sua mãe seguimos para a sorveteria, lá ele falou que ia ser direto mais quando ele pronunciou o fim do namoro eu fiquei sem reação então ele começou a dizer que não via mais futuro em nós, que eu ainda amava o seu irmão e que ele também amava a ex dele que a proposito se encontraram essa semana.

- que filho da puta. Foi apenas isso que te deixou abalada assim? Perguntei calma

- não, falei algumas coisas pra ele e umas dessas coisas me fez ficar ainda pior. Meg falou fungando.

- que coisa foi essa?

- eu escondi uma coisa de você e peço que, por favor, me desculpe. Quando nós nos mudamos pra Miami e logo depois que conhecemos os meninos eu comecei a sentir algumas dores fortes na barriga, contei ao Eduardo que obviamente marcou uma consulta pra mim, só que um dia antes dessa consulta as dores ficaram piores e foi nesse dia que eu descobrir a pior coisa que podia acontecer comigo.

- Megan Fox, pelo amor de Deus me diga oque aconteceu? Perguntei visivelmente preocupada.

- naquele dia eu descobrir que havia perdido um bebê de meses, um filho do seu irmão. Assim que Meg terminou de falar mais lágrimas foram soltas pela mesma e eu estava em choque com tal noticia.

- eu me culpo até hoje por ter perdido a única coisa que me deixaria próxima do seu irmão, porém ficava impossível eu descobri a gravidez porque eu continuava menstruando normalmente. Becca só Deus sabe o quanto eu me culpo até hoje as únicas pessoas que sabem disso são eu o Eduardo e agora você, me desculpa por não ter contado a você antes?

- não precisa pedir desculpas e nem se culpa Meg, Deus quis assim tenho certeza que ele vai te dar filhos em dobro. Só te peço uma coisa conte isso ao Ryan ele tem direito de saber.

Ela assentiu e pediu pra ficar sozinha, respeitei o momento dela e fui pro meu quarto, precisava descansar.

Dois dias depois.

                     Megan P.O.V

Dois dias se passaram e cá estou eu trabalhando novamente, como dizem por ai a vida continua. Eu estava destruída até ontem mais como eu tenho uma amiga extremamente louca dentro de casa ela me arrastou para o shopping e me fez corta um pouco mais meu cabelo e me comprar algumas roupas, foi um dia só de mulheres que incluiu a minha afilhada desse dia em diante eu prometi pra mim mesma que não me importaria com os acontecidos.

- Senhorita tem um homem querendo falar com você. A recepcionista falou assim que entrou na minha sala.

- pelo menos esse homem tem nome ou horário marcado? Perguntei a Cami.

- o nome dele é Ryan e não ele não tem horário.

Mais que diabos o Ryan veio fazer aqui? Autorizei a sua entrada afinal não tinha nenhum cliente naquele horário. Ele entrou perfeitamente arrumado em um terno preto, com sua gravata bem arrumada e sua pasta em mãos.

- a que devo a honra da sua visita? Está precisando de alguma orientação com a sua alimentação?

- se a orientação vier com o seu novo número de telefone eu aceito. Ele respondeu se sentando em minha frente.

Sorri sarcástica afinal ele acabou de me dar uma cantada que por sinal foi péssima.

- infelizmente isso não será possível. Respondi sorrindo.

- que pena, tentarei de outro jeito. Mais o assunto hoje é a Rebecca. Estou preocupado com ela há uns dias.

- não é só você, ele ainda insiste em descobri aquilo. Já tentei de todas as formas faze-la desistir só que sabemos o quanto ela é cabeça dura.

- É isso que me deixa ainda mais preocupado, ela me disse que daqui a algumas semanas ela vai encontrar com o Jhonatan só não me disse o dia exato nem o local.

- infelizmente não podemos fazer nada Ryan, a Becca já é bem grandinha sabe dos seus atos.

Ele assentiu e já estava pronto para levantar e se retirar e nesse momento eu estou decidindo se conto a ele sobre o bebê ou se deixo pra lá.

- podemos almoçar juntos? Estou sem companhia. Falei me levantando.

- apressadinha né, eu já ia te convidar vamos. Ele falou sorrindo.

Retirei o meu jaleco e o pus sobre a cadeira peguei minha bolsa, o celular e por fim saímos da sala. Avisei a Cami que estava indo almoçar e liberei a mesma.

Fomos no carro do Ryan até um restaurante não tão longe assim do consultório, assim que chegamos fizemos nossos pedidos e ficamos conversando como nos velhos tempos.

                               Ryan P.O.V

Era incrível ver como a Megan se mantem forte depois de tudo aquilo, nem parece que ela terminou o namoro recentemente sim a Becca me contou sobre oque aconteceu e me disse para ficar tranquilo que estava tudo bem, porém como eu sou desconfiado e só acredito vendo inventei de conversar sobre a Becca só para vê-la de perto.

- depois que comermos tenho que te contar uma coisa. Ela falou meio sem graça.

- pode falar agora.

- nem pensar, isso pode acabar com o nosso almoço prefiro comer primeiro.

Ri de seu desespero e concordei afinal eu também estou com muita fome.

Alguns minutos depois.

Nosso almoço não demorou muito e eu agradeci muito por isso porque estou muito curioso pra saber oque ela tem pra falar.

- agora sim podemos conversar já estou de barriga cheia. Ela falou sorrindo. – então Ryan, oque eu tenho pra falar pode doer muito tanto que dói em mim até hoje.

- Megan diz logo já estou ficando confuso.

- ok, só me escuta e depois você pode me xingar e gritar a vontade. Depois de alguns meses da nossa saída de Atlanta e depois de ter conhecido os meninos eu senti algumas dores e teve um dia que ela ficou bem pior então o Eduardo me levou ao hospital e lá eu descobrir que havia perdido um bebê.

Fiquei alguns segundos tentando raciocinar o porque dela está me contando isso, pera, não pode ser.

- sim esse bebê era seu, você foi o único que eu fiquei antes de sair de Atlanta até porque nós éramos namorados. Fiquei arrasada com a notícia eu te juro que eu não desconfiava de nada, meu ciclo menstrual continuou e segundo a médica que me atendeu foi por esse motivo que eu não desenvolvi nenhum sintoma. Perdoa-me?

Ainda estou tentando raciocinar oque eu acabei de saber eu ia ser pai e melhor da mulher que eu amo, quer dizer não vou ser mais infelizmente. Ela não tem culpa do que aconteceu tenho certeza que se ela soubesse não cometeria nada grave para perder um bebê.

- Megan você não teve culpa, porque não me contou antes? Nem a minha irmã comentou nada. Falei confuso.

- sua irmã não sabia, contei a ela há dois dias foi ela quem me deu coragem para te contar você tem o direito de saber mesmo sendo dolorido.  Não te contei antes porque nossa relação não estava uma das melhores, nós terminamos de um modo complicado.

Ela tem razão nosso termino não foi algo comum de se ver por ai, eu fui um trouxa em ter ficado contra ela e a minha irmã.

- tem razão. Obrigado por me contar e pode contar comigo caso precise de um apoio. Vou sempre ficar do seu lado.

- essa promessa é meio que em vão não acha? No momento em que precisamos de você, você nos virou as costas não só a mim pra sua irmã também. Mas o foco do assunto não é isso, me desculpa por não tornar seu sonho possível. Ela falou com os olhos marejados.

- não foi possível dessa vez, quem sabe no futuro você me de um moleque em? Bem parecido comigo. Falei sorrindo pra descontrair.

- exato, que sabe no futuro. Agora eu preciso voltar o serviço me chama.

Assenti e fiz questão de pagar o nosso almoço, depois disso a deixei em seu consultório e segui direto pra academia eu precisava resolver algumas coisas pendentes por lá.

Meus pensamentos ainda estavam na nossa conversar, mesmo que eu tenha quebrado a promessa de sempre está ao lado dela isso vai se cumprir daqui pra frente.

Anote Megan eu sempre vou está ao seu lado.

 

Continua..


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...