História Ser normal? Jamais! - Capítulo 86


Escrita por: ~

Postado
Categorias Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, JC Caylen, Kian Lawley, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Magcon, Magia, Matthew Lee Espinosa, Romance, Super Power
Exibições 110
Palavras 1.518
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Super Power, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIII PESSOALLLLL!!! QUE SAUDADE DE VOCES!!!
QUANTO TEMPOOO!
bem... eu quero começar me desculpando pela demora, e pela falta de noticias.
Mas como vocês sabem, estamos no final do ano, e tem essas coisas de nota, trabalhos, tarefas, e tudo mais.
E como minhas aulas acabam no dia 18 de novembro (ta pertinho) os trabalhos vem um seguido do outro.
e como eu quero passar direto para ter mais tempo em casa, escrevendo e tudo mais, eu preciso fazer tudo certinho.
Mas sem mais desculpas, esta ai mais um pedaço dessa deliciosa historia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
espero que gostem!
comentem se gostaram!!!
:) s2 s2 s2
.
.
.LEIAM AS NOTAS DO AUTOR E AS NOTAS FINAIS!!!!!

Capítulo 86 - Mundo sombrio


Fanfic / Fanfiction Ser normal? Jamais! - Capítulo 86 - Mundo sombrio

Eu chego o mais próximo possível do Matt (Não tão próximo para que eu possa beijá-lo, Mas eu estou bem próxima) e pego o colar de sua mão, imagens começam a aparecer, mas são iguais as que eu vi antes. Então eu coloco o colar no pescoço, e tudo escurece.

- Oi florzinha! –Uma voz, terrivelmente conhecida, soa pelo quarto escuro. Eu fico paralisada, queria achar o dono da voz, mas não queria o ver nunca mais. Eu não mecho nem um músculo, mas... Sinto algo segurar meu ombro. Ele esta atrás de mim. Eu solto a mão do meu ombro, e corro para o outro lado da sala. – Por que está correndo de mim, querida?

Eu não sabia o que dizer e fazer, eu só olho fixamente para o homem que um dia eu chamei de pai.

*Pov’s Matt*

- Isa... Você deve colocar o colar! –O diretor (mais conhecido como Nicolas, ou Nico) fala e  eu o olho incrédulo - Eu sei que é loucura, mas alguém quer te mostrar algo, e acho que só vai parar se você o ver! – Nicolas fala olhando para a Isa. PARO! ELA NÃO VAI FAZER ISSO.

-Mas ela pode se machucar! – Tay fala olhando para o Nicolas e depois olha para a Isa.

 - Isso não vai parar até que ela de um fim! –Nicolas fala olhando para todos na sala,  mas evitou olhar para a Isa.

Um silencio domina o lugar, acho que todos concordam com o Nicolas, mas não querem que a  Isa se machuque, eu não quero.

-MAS ISSO É... –Eu falo tentando tirar essa idéia da cabeça de todos, mas a Isa me interrompe.

-Tudo bem! – Isa fala com tranqüilidade, ela chega perto de mim, para pegar o colar, mas eu desvio a mão.

-Você não vai fazer isso! –Eu falo e ela cruza os braços. – Você sabe o que pode acontecer! –Eu falo olhando em seus olhos.

- Você sabe o que pode acontecer se eu não tentar! - Ela fala olhando em volta. – Não tem perigo, vocês estão aqui! – Ao falar isso todos abrem um sorriso para a mesma, mesmo sendo “sorrisos forçados”.

Enquanto todos a olham, a mesma chega perto de mim, e pega o colar da minha mão. Ela parece se sentir desconfortável com algo, mas ainda assim não é o que ela quer, então a mesma coloca o colar no pescoço. Era como se eu já tivesse passado por isso, eu a vejo cair no chão, mas antes que a mesma se machuque ao tocar o chão, eu a seguro pela cintura.

-ISA! ISA! – Eu grito “sentando” no chão, apoiando sua cabeça nos meus joelhos. –EU DISSE  QUE  NÃO ERA UMA BOA IDEIA. – Eu grito olhando para o Nicolas, eu estava com raiva dele, e se eu não estivesse segurando a Isa, eu já teria dado um soco na cara daquele idiota. Mas eu não farei isso, pois não quero que o pessoal me odeie, não farei isso, por ela.

[...]

-Ela já está muito tempo assim! – Ana fala andando de um lado a outro na sala, eu olho para a Isa, que está deitada no sofá. Ana está certa, ela já está assim a mais de meia hora. Quando ela desmaiou, eu a coloquei no sofá, e sentei na poltrona do lado do mesmo.

-Ela deve estar bem! – Carter fala nos dando esperança de novo.

-É verdade! – Nash fala se levantando da cadeira onde estava sentando. – Não parece que ela está com problemas! – O mesmo fala olhando para a Isa. Ele está certo, ela está calma, mas é uma “calma” esquisita. Eu queria estar lá com ela, para protegê-lá. Eu penso isso e um cansaço me domina, eu fecho os olhos.

*Sonho on*

Eu abro os olhos novamente, e vejo que não estou mais na sala do diretor, eu estou no que parece ser uma cela, mas felizmente a porta esta aberta, eu saio da mesma, e olho e volta, tem varias celas iguais a essa, parece uma cadeia, mas estão todas vazias.

- MATT! – Uma voz familiar chama meu nome. Não pode ser.

-ISA! – Eu grito correndo pelo corredor, em direção de onde a voz veio. Será que a Isa veio para  cá depois que desmaiou? Ou é apenas um sonho? Eu tenho que descobrir.

Eu entro em uma sala escura, mas há uma luz no meio dela, clareando a garota dos meus sonhos.

Isa! – Eu falo e abro um sorriso, mas ela não faz o mesmo, ela parece assustada. Meu olhar é puxado para em suas mãos, há duas correntes enormes em volta  de cada pulso, há sangue em uma de suas mãos, eu olho então para seu braço, e vejo um corte lá, eu vou em sua direção, mas a mesma se move bruscamente para frente.

- Matt! Por favor! Não... – A mesma fala olhando em meus olhos. As correntes são fortemente puxadas para baixo, fazendo com que a Isa caísse, eu estou preste a correr em sua direção, mas a mesma me olha assustada, seu olhar passa por mim, então quer dizer que tem algo atrás de mim. Meu corpo fica paralisado, eu tento virar, mas sinto uma mão apertar fortemente meu ombro, eu começo a perder o ar que estava em meu pulmões.

-Veio ver minha filha – Não pode ser.

-MATT...

*Sonho off*

Eu abro meus olhos rapidamente, olho em volta e vejo que estão todos me olhando assustados (na sala do diretor). Eu me levanto rápido.

-O que ouve? - Eu pergunto e todos olham para o Shawn, o mesmo parece estar tão assustado quanto eu. Ele me olha.

-Nós te acordamos! – Shawn fala e todos me olham novamente.

- COMO ASSIM? – Eu pergunto desesperado por ter perdido a chance de salvar a Isa.

*Pov’s Ana*

Estava tudo muito quieto, eu estou muito nervosa por causa da Isa, então não paro de andar pela sala.

-Ana! Fica calma! – Cam fala tentando me acalmar. –Pega o exemplo do Matt, olha lá! –Cam fala e eu olho para o dorminhoco na poltrona.

- Como ele consegue dormir?! – Aaron fala e todos dão uma risada, até eu. Mas os sorrisos logo somem, eu olho para a Isa, sua respiração começou a ficar mais pesada, por coincidência a do Matt também. Eu vou para perto dos dois, mas com o canto do olho eu vejo o Shawn se levantar rapidamente da cadeira que estava sentando.

- Se uma folha se soltar dos galhos de uma arvore,

Com pouco tempo de vida

 Murchará e morrera.  – Shawn fala serio, em forma de poesia, olhando para frente, todos já estavam em pé olhando assustados para o Shawn, pois não parecia ele falando. O mesmo aponta para o Matt – Matthew Lee Espinosa é a folha!

Ao falar isso todos olham assustados para o Matt, o mesmo começa a se contorcer na poltrona, ele agarra os “braços” da poltrona com força, e começa a respirar fortemente, como se estivesse sem ar.

Eu corro para seu lado e grito seu nome. O mesmo acorda assustado, me deixando um pouco aliviada.

-O que ouve? -  Matt pergunta olhando para a gente, todos olhando para o Shawn, e o mesmo olha para o Matt.

-Nós te acordamos!- Shawn fala e todos nós olhamos para o Matt novamente.

- COMO ASSIM? – O mesmo fala incrédulo.

Ele levanta rapidamente e vai para o lado da Isa, se ajoelhando para ficar mais perto de seu rosto.

-Por  que só eu acordei? –Matt fala baixo, mas nós escutamos.

-Como assim? Só você? – Eu pergunto tentando adivinhar o que ele quis dizer.

-  Por que vocês me acordaram? – Matt fala ficando em pé e se virando para olhar para todos.

- Você estava... -  Eu ia continuar, mas Shawn me interrompe.

- Você entrou no mundo dos mortos! – Shawn fala e todos o olham assustados, inclusive o Nicolas. – Sua alma não pode entrar lá sem seu corpo, ou você ficara lá para sempre. – O mesmo fala olhando para o Matt. – Deixei que me usassem novamente! Fui idiota, mas se não tivesse deixado, você estaria morto! –Shawn fala fechando suas mãos em punho. Então é isso, foi outra pessoa que avisou sobre o Matt, não o Shawn, ele foi só a “ponte”.

-Isso é uma coisa boa não é? – Eu falo tentando coletar informações. –Quero dizer, você acordou, então quer dizer que não está morto, obviamente! – Eu falo já com todos me olhando. – Mas eu não entendo... Como você foi parar lá? E por quê? – Eu pergunto, e Matt olha para a Isa.

Ele se aproxima da mesma, e levanta a manga da blusa que a Isa esta usando, lá eu posso ver  um corte ressente.

- Mas como? – Lox fala surpresa. – Nada chegou perto dela! – A mesma fala, eu olho para o Matt e o mesmo da um leve suspiro.

- Foi o pai dela! – O  mesmo fala.

- O QUE?? – Eu pergunto gritando. – Como pode ter certeza? – pergunto Lembrando que ele  estava dormindo a pouco tempo atrás, e não poderia ter visto nada,  sendo que eu mesma não vi nada.

-Porque eu estava com ela! No mundo dos mortos...


Notas Finais


Sera que a Isa vai ficar presa pra sempre no mundo sombrio???
O que eles podem fazer para tentar ajudar???
espero que tenham gostado!!
comentem por favorrrr!!!
e me desculpem mesmo a demora!!!
:) s2 s2 s2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...