História Será o destino? - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bella Thorne, Justin Bieber, Tom Holland, Zendaya
Tags Adolescência, Amizade, Escola, Festa, Romance
Visualizações 15
Palavras 1.209
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Luta, Super Power, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Não mais


Fanfic / Fanfiction Será o destino? - Capítulo 6 - Não mais

Nicole não parou de rir até chegar em casa, depois que contei para ela sobre o acontecimento com o Lorenzo. Não ia consegui esquecer esse momento por um bom tempo.

Quando cheguei em casa, deu para sentir o cheiro da comida de longe, eu estava roxa de fome, meu pai e nem minha irmã ainda tinham chegado do serviço para o almoço.

- Mãe cheguei!- falei passando da porta e jogando minha mochila no sofá e me jogando no outro

- Oi filha! Como foi na escola ?-ela vem falando da cozinha, parando na entrada da sala

- Foi legal - falei mexendo os ombros- você não vai acreditar em quem está na minha sala novamente- falo me sentando, e ela se senta na minha frente com uma cara curiosa que me dá vontade de rir

- Quem ?- minha mãe e a mais curiosa da casa e coloca curiosa nisso - fala logo - dou risada do desespero dela para saber quem é

- lembra do Lorenzo, que eu gostava no ensino fundamental?- ela fica como uma cara pensativa porém nega com a cabeça- aquele mãe que sabia ler na creche- ela continua com a cara pensativa

- ahh!! Lembrei aquele bonitinho né que leu na formatura da creche- concordo com a cabeça o Lorenzo sempre de foi  esperto,ele já sabia ler na creche que criança de 6 anos ja sabe ler - mentira que ele está na sua sala!!- começo a rir da reação dela - agora é sua chance filha de falar para ele que você gosta dele - fico surpresa quando ela fala isso

- MÃE! Eu não gosto mais dele faz um bom tempo já - minha voz sai num desespero que até eu estranhei, minha mãe só da risada e volta para cozinha para terminar o almoço.

- ele está namorando a Sophia da minha sala - falo enquanto vou atrás dela e me sento na cadeira

- hmm sério, que pena filha- ela fala de costa para mim mexendo nas panelas

- para mãe eu já falei que eu não sou mais afim dele - será mesmo- nem ligo dele está namorando, já faz quase 3 anos que eu não via ele mãe- minha mãe olha para mim

- tá bom filha a mãe acredita em você - ela fala puxando a cadeira para se sentar- mais você não sentiu  nada, nada mesmo quando você o viu ?- e agora eu senti alguma coisa quando o vi ? Nem eu sei, não sei como dizer oque eu senti na hora, eu acho que foi que eu estava muito nervosa, porém depois que eu falei com ele senti umas coisas no meu estômago que não sei descrever, mas eu acho que era só nervosismo mesmo

- não senti nada mãe mesmo - falo por fim

- ok , mas é o resto da manhã como foi ?

conto tudo para ela que aconteceu hoje, sobre a Sophia,quando falei ela ficou com uma cara nada boa,mas logo mudou quando falei do tombo que eu dei no Lorenzo,ela riu tanto até tirou com a minha cara. Depois ela mandou eu ir trocar de roupa para o almoço.

Estavamos todos sentados na mesa almoçando, meu pai estava falando sobre o que aconteceu no serviço dele, depois minha irmã começou a falar sobre a briga que ela teve com o idiota do namorado dela.

- e você filha como foi na escola- meu pai pergunta depois que a Meredith para de falar

- foi bem legal- olho para mãe que está tentando segurar o riso

- que isso na sua testa- Meredith fala apontando para minha testa- ela tá vermelha- passo a mão na testa quando faço isso sinto dor

- eu bati na porta sem querer- vejo minha mãe rir e se levantar indo para geladeira pegando dois cubinhos de gelo

- nossa que idiota- Meredith fala rindo, reviro os olhos. Término de almoçar, pego o pano de gelo que a mãe fez para mim e vou para o quarto.

Me jogo na cama e coloco o pano na minha testa, pego meu celular vejo que tem 4 mensagens do grupo, meu da Nicole e do Ian

Ian: amanhã você vão de que para escola?

Ni: voando que não vai ser ne meu amor!

E como sempre Nicole Muito paciente com o Ian

Ian: nossa que engraçada, se você não conseguir vaga na faculdade de medicina, você pode tentar no circo ;-)

Esses dois se amam mas não assumem

Ni: cala boca seu idiota. Não te interessa como a gente vai.

Eu: pq vocês não assumem logo que se amam ??

Nicole fica doida quando falo que ela gosta dele, ela nega sempre, todos da sala sabe que o Ian e louco pela Nicole

Eu: vamos de bicicleta, meu pai terminou de arrumar hoje, graças a Deus não aguento pegar ônibus!

Ian: ok vou está esperando VOCÊ na esquina de casa amanhã de manhã beleza!

Ele gosta de provocar também

Ni: eu também seu idiota, querendo você ou não eu vou está lá !

Eu: DEU VOCÊS!

Ni: ei idiota ficou sabendo do quase assassinato que a Melissa fez contra o Lorenzo?

Ian: COMO ASSIM ?? Kkkk

por que fui me meter no assunto deles, agora vai sobra para mim

Eu: NÃO TE INTERESSA!! NICOLE CALA A BOCA!! 

Bloqueio o celular e me levanto da cama e vou me arrumar para o serviço. Me perco no pensando no momento em que eu cai no Lorenzo aquele sorriso maravilhoso dele, será que minha mãe tinha razão, será que eu ainda sinto alguma coisa por ele ? Não tinha certeza que não  faz tanto tempo que eu não via ele, e eu tive outras quedinha e nem lembrava dele.
Fico tanto tempo pensando que nem vejo minha irmã parada na porta com um sorriso debochando-

 e esse sorrisinho aí?- paro do sorri na hora que ela fala isso 

- não lê interessa, oque você quer ?- falo me virando pra ela passando pó compacto na minha testa para tentar tampa aquele vermelhidão que ficou 

- a mãe falou sobre seu encontro com seu ex paixoniti do passado- ela fala se sentando na minha cama - relaxa ela não falou para o pai - meu Deus minha mãe não sabe mesmo controlar a língua

- ele tá tão lindo - falo toda boba sentando do lado dela, não consigo esconder nada dá minha irmã, mesmo ela me enchendo o saco continua sendo minha melhor amiga - ele está namorando a Sophia da minha sala

- sério! mais ele falou com você se boa ?- concordo com a cabeça

- a gente ficou em dupla nas aulas de biologia agora até o final do ano- caio na risada com a cara dela - e depois do tombo ele perguntou se eu estava bem, foi todo fofo nem ficou bravo nada até tirou sarro da situação- falo tudo, menos da parte da Sophia se não ela ia querer ir lá tirar satisfação ela é uma irmã muito protetora então preferir não fala nada já basta a Nicole 

- Meninas vão se atrasar para o serviço!!- minha mãe grita lá de baixo

- depois você termina de me contar- ela sai piscando para mim 

Eu sei que eu não posso me iludir com isso, ainda mais agora que ele está namorando,melhor eu focar nos estudos depois eu penso em meninos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...