História Será que é amor? - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Camren, Dinally, Jerrie, Larry, Ziam
Exibições 247
Palavras 1.494
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Orange, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Pediram Larry, vai ter comecinho de Larry😌. Pediram o Josh, que ele seja bem-vindo 👏

Capítulo 21 - Você prometeu


​Pov Camila

Ai como eu estou feliz, Lauren tá sendo uma fofa comigo essa última semana, o Austin foi super de boa com nosso termino que eu até me espantei

​Flashback On

​Era uma manhã como qualquer outra, só.que pra mim era extremamente importante, bom ontem foi quando eu e Lauren nos beijámos e sei lá, pode ser que seja cedo e eu esteja sendo precipitada...mas vou terminar com o Austin. No fim das aulas me dirijo a casa dele como combinado , ao chegar toco a campainha e seu irmão Justin é quem atende

​-Hey Cami, como que tá- ele me dá um abraço de lado e um beijo na testa- o Aus tá no quarto, pode subir

​Vou então em direção ao quarto do Austin e o encontro sentado na mesa do computado, logo ele me avista e dá um sorriso, só que pela minha cara ele percebe que tem algo errado.

-Oi amor, o que foi?

-Austin, precisamos conversar serio sobre nosso relacionamento...então, eu acho que não dá mais, eu ei que faz pouco mais de um mês só que eu não posso ficar enrolando nem ao menos te iludindo.- termino de falar e tento decifrar as expressões dele, ato que é meio impossível.

-Tudo bem Camila, eu sabia que hora ou outra isso ia acontecer, não se preocupe não vou ser o tipo de ex chato que fica pegando no pé. Podemos ser amigos ainda?- afirmo com a cabeça e lhe dou um ​abraço e  ele me pede ajuda em química, então passamos a tarde estudando em meio a conversar, brincadeiras e muita comida.

​Flashback off

​Só que nem tudo é um mar de rosas e eu tenho uma leve sensação ruim desde a chegada das garotas novas, não que elas não sejam legais, Keana e Alexa são super animadas, mas a tal de Ariana me intriga um pouco, ela sempre que tá perto da Lolo e eu vivo falando o quão estranho isso é pra Lauren e ela apenas diz que é ilusão da minha cabeça e ela e Ariana são apenas amigas. Hoje depois da escola eu vou visitar a Sel, escondida dos meu pais óbvio, meu Boo vai comigo e parece que o Harry vai conosco também. Meu uber chegou então tenho que ir pra escola

-Uia que chic. Que tipo de pessoa e vem de uber pra escola quando e casa é a duas ruas do prédio?- Mani fala e arranca a risada de todos da rodinha. Ignoro totalmente ela jogando os cabelos em sua cara fazendo os demais rirem mais ainda, depois me dirijo ao Louis.

-Hey Boo, tá confirmado mesmo hoje depois da aula né?

-Claro Poopey- logo o sinal toca e vamos pras nossas respectivas salas, depois de uns 20 minutos de aula recebo uma notificação de mensagem.

Mensagem on

 

[Lolo]:Camila, onde vc vai com o William depois da aula?

[Eu]: Oi? Qm é William? E o que houve com o Camz?

[Lolo]: William é o Louis, costumo chamar ele assim quando estou com raiva do mesmo. Não houve nd, mas então me rspdq.

Isso é serio? Lauren Jauregui com ciúmes de mim? Dou uma risadinha e vou lhe responder.

[Eu]: A gnt vai visitar a Sel dps da aula.

[Lolo]: Hm...

[Eu]: Isso é serio? Vc tá com ciúmes��

 

[Lolo]: Dps a gnt cnvrsa a velha tá olhando pra cá.

Ela muda de assunto confirmando minhas suspeitas, resolvo deixar pra lá. As aulas passam na maior lentidão, acho que minha euforia e animação pra ver minha irmã deu nisso. Logo o sinal toca indicando o fim das aulas e eu vou correndo ao encontro de Louis, vejo-o parado encostado em seu carro, vou até o mesmo e ele sorri pra mim.

-Já pode ir entrando Mila- vou abrindo a porta da frente quando ele me interrompe- Poopey, será que você poderia ir atrás..só hoje?- me dá um sorriso amarelo e eu passo algum tempo pra raciocinar o motivo de eu ter que ir no banco de trás do carro do meu melhor amigo, mas ai acabo cedendo.

-Posso sim Boo.

-Cheguei seus lindos, agora que o Rei chegou os súditos já podem ir- eu e Louis rimos da situação. Louis então abre a porta para Harry e o mesmo entra, mas não sem antes comentar- Ui ui Louis, assim eu me apaixono- deixando um Louis vermelho, mas gente o que tá acontecendo aqui? Vou descobrir isso depois. O caminho até a casa da Dinah foi tranquilo, ao chegarmos uma senhora apareceu na porta e Harry foi logo a abraçando.

-Tia Sinu meu amor quanto tempo, tem comida ai pra nos?

-Olá Harry, nem parece que nos vimos ontem né? Tem bolo na geladeira- mal ela terminou de falar ele já saiu correndo de encontro a geladeira.

-Olá dona Sinuhe, como está?- Louis fala de forma cordial e a senhora faz uma careta.

-Quantas vezes eu tenho que dizer pra parar de formalidade menino- ela dá um tapa em sua cabeça e o mesmo ri- E você deve ser a famosa Camila, Sel não para um segundo de falar de você e o quanto você e Sofia são especias pra ela. Bom eu sou Sinuhe Hansen, mãe da louca da Dinah, mas pode me chamar de Sinu-e puxa para um abraço.

-Tiiiiia, cadê as meninas?- Harry grita de boca cheia.

- Elas foram no mercado, já devem estar de volta, sentem-se, vou pegar bolo pra vocês. Se ainda tiver claro.- essa última frase ela fala olhando fixamente para Harry e eu e Louis damos uma boa risada. Comemos em meio a conversas e brincadeiras, logo depois escutamos um barulho de chave e duas pessoas conversando, quer dizer, conversando não e sim berrando uma com a outra.

-SELENA SUA PUTA ME AJUDA AQUI EU TÔ CHEIA DE COISA.

-TU TÁ CEGA DINAH, NÃO VÊ QUE EU TENHO UM MONTE DE COISA TAMBÉM.

-MAS EU SOU UMA RAINHA E RAINHAS NÃO DEVEM SE ESFORÇAR

E foi nesse clima de briga que as duas entraram e logo que a Sel me viu ela correu pra cozinha pra guardar as coisas e veio me abraçar.

-Mila meu amor que saudades. Como que cê tá? Como a Sofi tá? A mãe e o pai te deixaram vim?- ela me bombardeia de perguntas.

-Ei calma, um de cada vez. Eu tô muito bem, a Sofi também está bem e não, a mãe e o pai nem sonham que eu tô aqui. E você como que tá?- então ela me contou o quanto a Tia Sinu era legal e atenciosa, o quanto ela tava sendo bem tratada e que a Demi tinha pedido ela em namoro. Quando era perto das 18 horas nos fomos embora, Louis me deixou em casa e por sorte meus pais nem Sofi haviam chegado ainda, resolvi então ir me arrumar logo porque tinha marcado de me encontrar com a Lolo no parque as 19 horas em nosso local especial, na verdade era só meu mas como ela me prometeu não levar ninguém e prometeu que o que a gente tinha era verdadeiro e único, resolvi tornar aquele local nosso. Visto um short jeans, uma blusinha azul de bolinhas, uma sapatilha preta e por fim um laço vermelho na cabeça. Desço as escada e meu pai já tem chegado.

-Oi filha, vai sair?

-Sim papai, vou sair com a Lauren- ele afirma com a cabeça

-Tudo bem filha, tome cuidado, vai precisar de dinheiro?- nego e vou saio, vou em direção ao parque, mas com um sentimento ruim, quando chego lá me deparo com uma cena terrivelmente chocante. Lauren está aos beijo com a Ariana em nosso local especial, lágrimas se formam em meu rosto e eu vou até elas

-LAUREN VOCÊ PROMETEU, PROMETEU E NÃO CUMPRIU, EU CONFIEI EM VOCÊ

-Camila, não é o que você tá pensando, ela chegou aqui e me agarrou- não aguento escutar as desculpas mentirosas dela e saio correndo sem rumo ignorando seus gritos por meu nome. Chego em um local afastado e me senti em um dos bancos desabando logo em seguida, como ela pôde fazer isso comigo? Antes ela era uma desgraçada homofóbica e agora sai beijando qualquer garota que passa pela frente, sou cortada dos meus pensamentos com uma voz de um garoto.

-Hey, o que uma moça bonita faz aqui sozinha chorando, seja por quem for, esse alguém não merece suas lágrimas. Afinal sou Josh, Josh Devine- ele termina de falar eu o analiso e ele não parece ser perigoso.

-Camila, Camila Cabello, você tem razão, realmente aquela idiota não merece minhas lágrimas.

-Ô então é uma mulher? Mas enfim, venha deixe-me pagar um sorvete senhorita Cabello- aceito a proposta pois ele parece ser bem simpático. Ele se mostrou ser uma pessoa bem legal, quando terminamos ele me deixou em casa, falei com meus pais e fui dormir mas não sem antes mandar uma mensagem pra Lauren.

[Eu]: Eu te odeio Lauren Michelle Jauregui Vause :)


Notas Finais


Espero que tenha gostado, comentem pra eu saber a opinião de vocês e um cheiro no coração💚 a e desculpem a troca do formato das letras, é que meu celular tá doido, depois eu ajeito 💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...