História Será que é amor - Capítulo 59


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hora de Aventura
Tags Cartoon, Yuri
Exibições 27
Palavras 980
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 59 - Jenry


Lolipop on 


Eu decido ir perguntar pro meu irmão o motivo dele ficar tanto tempo com o Henry 


Loli - Maninho por que você fica tão atrás do Henry 

Juan- É que eu... 

Loli - Você...

Juan- Eu gosto dele, mais eu não sei como falar pra ele 

Loli - Ativar missão "união de dois boiolas" - sempre pensei em usar esse nome pra alguma coisa 

Juan- Você vai me ajudar - eu aceno que sim 

Loli - Vamos fazer assim, você chama ele pra ir em um restaurante essa noite e se ele aceitar você pode deixar tudo comigo 

Juan- Esta bem eu vou lá e já volto - ele sai pra chamar o Henry e eu fico pensando na roupa que ele vai usar, dou uma olhada em seu guarda roupa e encontro alguns ternos lá, decido que iria ser um terno cinza com uma gravata vermelha, depois de um tempo o Juan chega e eu lhe explico o plano e lá pras 21:47 ele vai tomar um banho, eu deixei o terno dele no banheiro e depois de ums 15 minutos ele sai do banheiro e vem em minha direção 

Juan- Como eu coloco isso - ele disse olhando pra gravata, eu a pego de suas mãos e a coloco nele que fica super fofo - Obrigada por tudo maninha- ele me da um beijinho na testa e sai 


Loli off

Juan on 


Eu estava a caminho do restaurante quando me deparo com uma loja de jóias então é claro que eu entro pra dar uma olhada e compro um anel, umas flores e uma caixa de bombom, eu sei que isso é meio gay mais fazer o que, bom eu entro no restaurante e me sento na mesa reservada e fico esperando o Henry que não demorou muito tempo, ele chegou e se sentou na minha frente, nos conversamos sobre

coisas bobas e ele me agradece os presentes, depois de termos terminado o jantar eu e ele levantamos e fomos pra fora


Henry - Por que você me chamou aqui 

Juan- Eu queria te mostrar um lugar 

Henry- Tá esperando o que - eu pego a mão dele e começo a leva-ló pra uma cachoeira que fica em uma montanha, o Henry me segue com cara de "o que tá acontecendo " mais eu acho isso fofo nele 

Juan- Sabe o bom de você não pegar fogo - nos já estávamos na cachoeira

Henry- Não sei 

Juan- Você pode entrar nessa água - em um instante eu pulo pra dentro da cachoeira 

Henry- É verdade - ele se junta a mim dentro da água, começamos a brincar de atacar água um no outro, depois de um tempo eu reparo ele se aproximando de mim- eu queria te contar uma coisa

Juan - Eu também

Henry- Vamos fazer assim , os dois falamos juntos Ok -eu faço um jóia - 3,2,1

Juan e Henry - eu gosto de você - nós nos encaramos 

Henry- Você gosta de mim 

Juan - Muito - ele estava muito perto, perto o suficiente pra eu poder sentir seu respirar e não aguento dou logo um beijo no loirinho ali e depois de um pouco tempo o ar fez falta e nós nos separamos - cara quantos anos você tem 

Henry- 11 mais semana que vem eu faço 12 

Juan - O que você quer de presente 

Henry- Não precisa 

Juan- É claro que precisa, é minha obrigação minha dar um presente pro meu namorado 

Henry- Nos estamos namorando 

Juan - Não nós já casamos e tivemos filhos 

Henry- Ah que graça 

Juan- Tá não foi engraçado, mais poço de fazer um pedido 

Henry- Estou escutando 

Juan - Você vai dormir lá em casa Ok - ele acena com a cabeça que sim - então vamos - eu pego ele no colo e voou até a minha casa já era 01:27 e todo mundo já estava dormindo então vou direto ao meu quarto e me deito junto ao Henry que ainda estava em meu colo - boa noite 

Henry- Como assim, você me trás até o seu quarto e não vai nem me foder - eu me paraliso, como assim ele já quer me dar assim do nada - ei, terra chamando Juan - eu volto a realidade 

Juan- Cara tem certeza - ele acena então eu tiro as minhas roupas e as dele também, eu posso ver seu corpo e da até vontade de rir com a cena, por nós dois sermos novos não somos tão encorpados bom pelo menos ele não é, eu me ponho a o masturbar e ele soltava pequenos gemidos e mordia a minha orelha e isso fazia cócegas, depois de um tempo ele saiu de meus braços e começa a me chupar, eu estava receoso sobre a idéia de comer ele, só que quando eu fui olhar ele, ele estava de quatro pra mim então eu me encaixo na sua pequena abertura e começo a esfregar meu membro ali e em seguida começo a adentra - lo, pude escutar alguns gritos de dor e depois de prazer, começo a dar leves estocadas que logo ficarão rápidas e violentas, logo sinto o líquido escorrer, me senti muito mais calmo e leve e logo me deito e junto ao meu namorado e nós cubro com a coberta - boa noite 

Henry - Boa noite meu amor - nos dormimos agarrados 


Juan off


DE MANHà


Lolipop on 


Eu avia acordado com barulhos que logo pararão, eu fui dar uma olhada e vi meu irmão agarrado com o Henry e depois vou pra cozinha tomar café já eram 06:30, depois do café eu posso ouvir os despertadores tocarem e quase todos descerem e logo vejo o Juan e o Henry se sentarem ao meu lado no sofá 


Lolipop- Da próxima vez da pra gemer mais baixo - os dois corão e eu volto a jogar o meu jogo calmamente




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...