História Será Que É Mesmo Amor ?!?! Justin Bieber - Capítulo 15


Escrita por: ~

Visualizações 43
Palavras 2.978
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Fantasia, Festa, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então eu aqui de novo!!!
Capítulo novooooooooooooo!!!
Boa Leitura!!!

Capítulo 15 - Lacks Love


POV.JUSTIN

- Oiiii, e ai como foi o voo? – perguntei vendo Chris e Ryan parados no meio da sala de estar.

- Foi tudo bem, Alice esta ai? Preciso falar com ela. - respondeu Ryan , encarando o chão.

- Esta, lá em cima. – falei – Ryan, Alice este muito puta com você, então não estressa ela não se ela não quiser falar com você , eu vou falar pra ela que você quer falar com ela. Chris pegue cerveja La na geladeira pra gente.

- É comigo mesmo Bieber! – Chris falou enquanto eu subia a escada junto com Ryan.

Alice estava deitada, eu fiquei com medo da reação dela, acho que eu tenho mais medo dela do que da minha própria mãe, mas eu e Ryan tínhamos que resolver isso de todo jeito.

- Amor Ryan quer falar com você. Posso dizer pra ele entrar ? – ela me olhou com os olhos cerrados.

- Claro, vou ter o prazer de mandar ela pra puta que pariu! – ela sorriu, eu dei gargalhadas do jeito que ela falou.

- Deixa de ser chata, vou mandar entrar. Tampa esse peito ai! – joguei uma almofada nela e fui buscar Ryan que estava se olhando no espelho do corredor.

-Tem certeza? – perguntei e ele levantou o dedo positivo pra mim, e voltei pro quarto Junto com ele.

- Oiiii Alice, tudo bem? – Ryan falou olhando ela sentada na cama, ela não o olhou ficou prestando atenção no filme.

-Não tenho tempo pra formalidades, fala logo o que você quer! – Alice falou sem se mexer.

- Alice eu iria gostar se você parasse de agir como uma criança e resolvesse o teu problema comigo. – Alice olhou pra mim e olhou pra ele.

-Primeiro eu sou vagabunda e agora eu sou criança Ryan? Vou anotar na minha lista de qualidades. – eu não me meti deixei os dois resolverem afinal eu estava com medo de Alice.

-Eu quero conversar com você sobre o mal entendido. Por favor, me deixe falar? – ela olhou para Ryan com um sorriso falso.

- Fale amiguinho! – ela disse imitando voz de criança.

- Bom eu fui muito trouxa em tratar você daquele jeito, acabou que eu fiz você ficar com raiva de Justin, Miley ficar com raiva de você, e o resto do pessoal com raiva de mim, você me desculpa? – ele perguntou sinceramente pra ela.

- Eu não consigo olhar na sua cara Ryan, desde que te conheci eu nunca fui muito com o seu jeito, você se mostrou ser um tremendo idiota e eu vi quem você é de verdade, se Justin disser que esta tudo bem eu concordo com ele. Mas não espere que eu seja sua amiga por que eu não sou. Justin. - ela falou meu nome e eu tremi nas bases.

- Por mim esta tudo bem, agora Ryan se você maltratar a minha mulher de novo sinto muito, mas eu serei obrigado a te mandar pro inferno literalmente. –eu dei um abraço nele Alice olhou com desdém.

- Valeu Alice tirou um peso que estava sobre mim. – Ryan falou com Alice.

- Não agradeça a mim. – ela falou me apontando.

- Ryan pode nos dar licença por um minuto? – eu falei com Ryan.

- Claro estou saindo – falou fechando a porta.

- Você podia ter sido um pouco mais compreensiva. – falei me aproximando dela.

- Não podia não, ele acha que é igual a você? Esta muito enganado! – falou me fazendo deitar em cima dela.

- CHATAAAA! Mas fazer o que eu te amo – falei dando um beijo bem dado nela.

- Porra cara não faz isso, porque vai ter que mandar seus amigos embora! – ela falou e deu um sorriso.

- Que proposta tentadora! – dei outro beijo – Mas vou ficar ali mesmo do outro lado da porta bebendo com meus amigos.

Ela me abraçou forte com se tivesse sentindo falta de um abraço, um colo, um carinho, ela estava sentindo falta de ser amada.

- Promete cuidar de mim enquanto eu viver? – ela perguntou agarrada em mim.

- Promete me deixar cuidar de você? – falei.

- Eu te amo. - ela falou baixinho no meu ouvido.

- Eu te amo ainda mais – falei e ela me soltou e me deu o sorriso mais sincero do mundo.

Deixei ela lá no quarto e fiquei sentado com os caras conversando Chris me contou que terminou com Ariana, Ryan me contou o que minha mãe fez com ele pra ele pedir desculpas pra Alice. Ficamos até tarde conversando sobre tudo, os caras resolveram ir embora um pouco antes de Alice me chamar dizendo que estava passando mal.

- Alice o que esta sentindo? Aonde?- perguntei aflito

- Calma Justin, é só uma cólica, pega um remédio pra mim- falou eu fiquei encarando ela-Porra amor! Anda logo.

- Nada disso; vamos pro hospital. Vem vaste isso aqui. - falei jogando  um vestido nela.

- Hey! Não precisa, eu vou melhorar Justin só pega o remédio. – falou sentando na cama.

- Alice vaste logo, vou colocar um tênis. - sai do quarto de Alice  e fui ao meu pra calçar o tênis  quando voltei ela estava sentada na cama já vestida e com os documentos nas mãos.

-Vamos amor? – falei pegando ela no colo ela estava pálida Alice não estava bem.

Chegamos ao hospital eles levaram Alice pra fazer exames e eu fiquei esperando na sala andando de um lado para outro já tinha avisado Rihanna que pediu pra que eu a manter informada, fiquei por, no mínimo, quarenta minutos esperando até que uma enfermeira pediu pra que eu fosse ficar com Alice. Quando cheguei ao quarto Alice estava chorando, eu nunca tinha visto Alice chorar vi a cena e pensei logo no pior.

- Sr. Justin, nós precisamos conversar, o caso de Alice é muito grave. Ela esta com anemia e precisa de acompanhamento médico constante, Alice esta grávida de gêmeos é por isso que a gravidez é de risco. – o médico falou e eu fiquei um pouco aéreo com o que ele disse.

- O que você quer dizer com isso. – perguntei olhando pra Alice que estava com o rosto molhado de tanto chorar.

- Quer dizer que, Alice pode não ter os bebês. Repito acompanhamento médico constante ela precisa manter a calma ela precisa evitar o estresse, evita fazer esforço físico, e precisa de uma nutricionista que esteja a par de todo o caso, se quiser posso recomendar ótimos médicos e enfermeiras pra estar te ajudando durante o tempo de gravidez. - ele falou e o meu mundo ficou de cabeça para baixo , eu entendi as lagrimas de Alice.

- Sim claro eu posso procurar você depois? – perguntei para o médico.

- Claro sempre que precisar agora eu preciso ir. - ele falou e saiu.

Eu não sabia o que dizer eu estava extasiado, eu precisava desabafar com alguém, mas o alguém que eu procurava era justamente Alice.

- Amor. Vai dar tudo certo. – ela me disse enquanto eu chorava, sem fazer barulho olhando pela janela.

- Eu queria poder te dar a estrutura que você precisa, mas é difícil. – ela me deu um sorriso de leve, com os olhos inchados de tanto chorar.

- Eiiii... Para só de estar aqui comigo já me faz feliz. Já me dar tudo que eu preciso. – ela falou e eu fui deitar com ela em uma cama de hospital pequena.

- Eu tenho a mulher mais guerreira do mundo. Eu te amo. – falei ela voltou aa chorar – Amor não fica assim, vamos passar por isso numa boa você vai ver.

-Você é sempre perfeito assim ou só quando quer? Eu te amo gatinho. – falou e eu dei um beijo da bochecha dela.

- Agora fica quietinha. – eu so fiquei deitado com ela até ela pegar no sono.

POV.ALICE

Acordei Justin não estava no quarto, uma enfermeira disse que ele tinha ido a casa tomar banho e pegar roupas pra mim ir embora, mas que Rihanna estava la fora e a chamou pra mim.

- Oiiii Rihanna, como vai amiga? – perguntei.

- Estou bem, mas eu quero saber de você? – ela falou sentando numa poltrona.

- Eu estou muito mal, tem dois bebês dentro de mim, estou com anemia e é possível que eu não tenha filhos ou filhas. – falei ela me olhava com um olhar de pena  detestava isso em Rihanna.

- Nossa amiga que chato, mas você e Justin vão sair dessa. – ele falou como se tivesse decorado aquilo de algum texto.

- Amiga o que foi? Desde que descobrimos que eu estava gravida, você esta me tratando de um jeito estranho?- perguntei nunca usei meu filtro de pensamento pra falar com Rihanna nós éramos amigas sinceridade sempre.

- Nossa Alice que isso? Desse jeito você me ofende! – ela falou me olhando um pouco fria – Olha Alice tem algo sim, você nunca me disse que Bruno tinha tirado sua virgindade.

- O que é que tem? – perguntei – Você nunca perguntou, e não tem nenhum problema, eu queria que tivesse sido com alguém especial, não queria que qualquer um fizesse isso.

- Alice eu estou chocada, você sempre considerou ele como irmão. – ela falou com os olhos no chão. – Foi muito errado isso, Alice eu prefiro me afastar um pouco eu estou muito estressada com tudo que esta acontecendo , espero que intenda. Melhoras amiga.

Falou saindo do quarto sem despedir de mim direito. Justin chegou com minhas roupas e eu tomei um banho rápido com ajuda da enfermeira.

- Você esta linda! – Ele me disse com um sorriso largo no rosto.

- Obrigada, por me dizer que eu estou linda mesmo com a perna quebrada. – sorri – Eu te amo.

-Eu também. – falou passando a Mao em meus cabelos.

- Vamos pra casa! –falei ele me deu um selinho carinhoso.

7 meses depois ...

POV.JUSTIN

- Alice vem deitar eu cheguei de viagem hoje quero ficar agarradinho com minha mulher, mas ela só fica se olhando no espelho. – vi o sorriso dela pelo espelho.

- Você ainda me acha bonita assim? – perguntou e fez careta.

Dei gargalhada.

- Não, definitivamente não. – falei ainda rindo de Alice.

- E assim? – ela perguntou, pensei que ela iria fazer outra careta, mas tirou o roupão e estava com um lingerie vermelha muito sexy.

- Opaaa! Assim? – ela confirmou com a cabeça – Ai melhora meu bem.

Levantei e corri ate ela, dando beijinho no pescoço dela que estava ficando louca só com os beijos que eu dava. Ela me abraçou, e sussurrou as palavras que eu mais gostava de ouvir.

- Eu te amo gatinho! – falou com os olhos mais negros que o normal.

- Eu também te amo pequena. – falei dando beijo amoroso. - Vem pra cama!

Eu deitei na cama e ela deitou ao meu lado, e começou a me beijar eu sei o que ela quer, mas eu fico com medo de machucar ela , já perguntei o médico sobre e ele disse simplesmente que era melhor não facilitar já que das outras vezes Alice reclamou de dores na hora do sexo.

-Amor o que foi você não quer? – ela perguntou.

- Amor você sabe que eu quero, mas pra você ficar sentindo dor ao invés de prazer. – ela me olhou e saiu em direção ao closet, e voltou vestida com o pijama rosa de lacinho branco.

- Sei que você não quer, pode ter outras mais gostosas do que eu né ?! – falou e deitou virando de costas pra mim.

- Alice, se eu tivesse te traído você já não estaria sabendo? ! – falei passando a mão na coxa dela.

- Tira à mão de mim, você é um babaca. – falou – Não duvido que você tenha pegado outra modelo tipo aquela de Boston, lembra?

- Para com isso, quanto tempo tem isso. Se você quiser eu transo com você, mas depois não diz “AI AMOR, DEVAGAR ESTA DOENDO”. – falei tirando a camisa.

- Desse jeito por obrigação não precisa. Agora tira a mão de mim, já que não sente mais atração por mim. – falou tirando minha mão que estava na barriga dela.

- Amor? Desculpa. – falei colocando a mão em seu seio que já estavam maiores por causa da gravidez.

- Olha aqui... – ela me olhou ia dizer algo, mas apenas sorriu. - Eu quero fazer amor Justin, não é só pra matar minha vontade de ter você em mim, eu quero que me olhe como olhava quando  fizemos amor pela primeira vez, eu acho mesmo que essa súbita aproximação de Selena esta mexendo com você.

- Ah para, agora quem esta com raiva sou eu! – me virei para o lado dando costas pra Alice, se ela quis me chatear conseguiu.

- Viu gatinho você ainda gosta dela, foi só ela te pedir desculpas pelo passado e que você poderia contar com ela com o que precisar que você abaixou a guarda, até gravou uma musica com ela. – ela me virou para que eu olhasse para ela – Seja sincero, ela abalou com suas estruturas de novo?

- Não Alice eu amo você Selena só esta sendo minha amiga, olha o quanto ela ajudou a gente nos primeiros meses de sua gestação! Agora chega vamos dormi. – falei e ela ficou calada.

Alice é doida me colocar em uma saia justa dessa, claro que Selena mexeu comigo antes de me envolver com Alice ela foi à mulher que mais amei, mas agora nós estavamos em papeis diferentes. Selena era amiga minha e de Alice, depois que Rihanna foi embora pro Canadá com Chaz, ela nos deu um suporte inesperado.

POV.ALICE

Acordei e fui correndo para o banheiro estava muito apertada, acordei e Justin já não estava deitado, deveria estar tomando café da manhã. Tomei um banho rápido e desci as escadas apressada, eu e Justin iriamos sair pra comprar roupas para as gêmeas. Eu estou tão feliz não vejo a hora de pegar minhas meninas no colo e chamar de princesas.

- Bom diaaaaa! – ouvi Selena gritar da porta.

- OIII Selena estou aqui na cozinha! – pedi para Lucy me servir.

- Meu Deus nunca sei quando estão acordados . Bom dia Lice. – falou comigo me chamando pelo apelido.

- Bom dia já tomou café? – perguntei pegando um pedaço de melão em cima da mesa.

- Já onde esta Justin? Ele vai mesmo levar você pra comprar as coisas? – perguntou.

- Vai sim, eu não estou aguentando de ansiedade Selena, você vem com agente? – perguntei.

- Vou, se você quiser. - eu sorri e ela retribuiu.

Selena começou a falar sobre como ela preferia atuar a fazer shows e eu só concordava de repente Justin chegou todo sujo de terra.

- O que aconteceu Jus? – Selena perguntou e eu olhei feio pra ela. - desculpa Alice.

- Nada eu estava brincando na grama. – falou passando a mão pelo corpo.

- Bom dia, você já comeu alguma coisa Alice? – perguntou Ângela minha infermeira.

- Bom dia Ângela, comi melão e vou comer  um pedaço de torta de morango ok . – respondi mostrando o prato.

- Ok, Justin você não deixe Alice comer doces demais, ela esta com a glicemia alta. – Justin me olhou feio, Ângela deu risada e saiu.

- Alice o que acontece com você não entrou na sua cabeça que você precisa se cuidar?- perguntou Selena.

- Eu não preciso de dois Justin na minha vida Selena, e sim eu exagerei um pouquinho só. - Justin me fitou e por fim disse.

- Eu não vou falar mais nada, esperem um pouco que vou tomar banho. – Justin saiu deixando eu e Selena.

- Que raiva porque que ele não me xinga ?! E você tem que ficar do meu lado. – falei com Selena e Ela deu risada.

- O que houve? Não esta transando não?! Vocês estão com um mal humor. – eu dei risada.

- Pior que não. Ele diz que é perigoso. – respondi.

- Nossa nada nem com as mãos, oral? – perguntou séria.

- Nada, acho que ele perdeu a vontade. – ela encarou o chão.

- É ele esta mesmo preocupado. - ela falou pegando o celular.

Fomos às compras compramos de tudo Selena só olhava coisas de menino, ela era estranha eu fique cansada então só compramos e voltamos pra casa, Selena foi direto pra casa dela.

-Justin o que eu preciso fazer? – perguntei.

- Fazer? – ele perguntou de volta.

-Pra você voltar a reparar em mim? – ele me olhou com o mesmo olhar de Rihanna no hospital.

- Nada eu te noto sempre, por que eu te amo você esta no oitavo mês de gestação e esta linda. –ele sorriu fraco, eu não respondi não quis provocar mais discussões.

- Ryan esta vindo pra casa vamos beber um pouco e jogar conversa fora. – ele falou comigo assim que entramos em casa.

- Ok, eu estou com saudades dos meninos, vou descansar um pouco. - falei dando costas pra Justin.

Ele me puxou pelo braço me fazendo voltar em direção a ele, ele me deu um beijo quente e passou a mão pela minha bunda e apertou.

- Não fica com essa cara, vamos morrer de tanto fazer amor depois que minhas meninas nascerem, ok, - ele falou e me deu um olhar que eu não tinha visto era cheio de paixão e carinho, cuidado foi diferente.

- Eu sei que vamos, te amo. – falei dando um selinho e indo em direção à escada. Justin foi em direção à cozinha.

Entrei para o quarto, tirei minhas roupas e fui para o banheiro e parei em frente ao espelho e comecei a passar a mão sobre a barriga. De repente entrou.

-Amor cadê você? – perguntou.

- Banheiro. – ele parou e ficou me observando por segundos e tirou a camisa. - Não faz isso comigo.- sorri maliciosa.

- SHHHH! Vai acordar as meninas. – ele colocou as mãos sobre as minhas e começou a acariciar minha barriga junto comigo.


Notas Finais


Valeu e até a próxima!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...