História Será que ela volta? - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alexandre Nero, Giovana Antonelli
Personagens Alexandre Nero, Giovana Antonelli
Tags Alexandrenero
Exibições 142
Palavras 694
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


💙

Capítulo 12 - Crianças


Alexandre.

Giovanna secou os olhos e levantou a cabeça me fitando. Acho que isso foi um sim para a minha pergunta. Me aproximei dela ficando no penúltimo degrau e sentei de lado ficando cara a cara com ela.

- Eu realmente queria saber o que deu em você.. — olhei em volta e balancei o rosto em negação.

- Alexandre, como você explica duas mulheres só de calcinha na sua cama e você diz que não transaram? — ela praticamente gritou.

- Porque não foi comigo que elas se deitaram! — bati as mãos sobre a coxa e me levantei. Desci as escadas.— E outra, Giovanna não é porque transamos umas três vezes que estamos juntos. Você não pode me cobrar nada! — ela desceu a escada feito um furacão.

- Eu não posso passar dois dias fora e você faz isso? Uma festa.. que ótimo! Duas mulheres nuas na sua cama que segundo a você não foi tu que comeu elas.. — Ela falava em tom de ironia.

- Eu poderia ter comido! Mas eu não quis! Agora você quebra minha cobertura toda por causa do seu ciúmes idiota! — esbravejei.

- Não comeu porque pensou em mim. — ela se aproximou. Segurou meu rosto e fez um carinho com o polegar direito. — E eu sou tua mulher.. não diz que não temos nada pois você sabe que temos.— ela sussurrou olhando nos meus olhos. Tentei resistir, não consegui. Já estava caído por ela. Que poder é esse que ela tem sobre mim?

- E o que temos? — sussurrei e beijei de leve os lábios dela.

- Estamos juntos. Não quero você com mulher nenhuma! — ela me abraçou.

Nos beijamos. Nos olhamos. Nos beijamos de novo. Dessa vez mais forte, com mais voracidade e paixão. Nossos corpos ardendo um pelo outro e nossos olhos transbordavam tesão.
Fizemos amor no sofá da sala.
Giovanna não quis a cama. Achei lindo o ciúmes dela.

Na semana seguinte reformamos toda a cobertura. E Giovanna teve o prazer de mudar primeiro a cama. Ficou tão a cara dela, admito que estava lindo. Fotos nossas espalhadas por todo o canto como se quisesse nos exibir, exibir toda a nossa felicidade e compartilhar com todos que chegassem ali os nossos melhores momentos vividos juntos.

•••

Terça, 29 de novembro de 2016.

"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"

- Nero.. aaiin.. que delícia.. — Giovanna mordeu os lábios puxando o cabelo dele e afundando seu rosto ainda mais na intimidade dela mesma.

Alexandre chupava a intimidade de Giovanna cada vez mais forte. Giovanna revirava os olhos e puxava cada vez mais os lençóis. Os dois não queriam se preocupar com o celular de Nero que apitava sem parar.

"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"
"Alexandre cadê você?"

As mensagens de Amora para Alexandre não cessavam. Era uma atrás da outra fazendo o casal se estressar com o aparelho. Giovanna que não aguentava mais empurrou Alexandre com o pé se sentando na cama e se cobrindo com os lençóis.

- Era só ignorar mais um pouco Gio! Você estava quase gozando! — ele estava furioso.

- Impossível com esse treco apitando de um em um segundo! — ela bufou.— Ta bravo por que? Quem estava no céu e despencou foi eu! — o celular apitou novamente e Alexandre pegou. Tinha trinta mensagens de Amora.

- Amora vai comer meu fígado! É o ensaio de gravação do segundo dvd. — ele se levantou as pressas. — Você vai comigo? — ela se levantou vestindo sua lingerie e seu vestido. A resposta era sim.

•••

Quando chegaram no Studio Alexandre levou um esporro tão grande e Giovanna não ficou pra trás. Os dois ficaram calados feito uma criança ouvindo os gritos da mãe.
Giovanna mordia o polegar e Alexandre balançava as pernas. Os dois encarando Amora. Ela se segurou para não ri.

- Estamos entendidos? — Amora perguntou.

- Sim! — Alexandre e Giovanna responderam em uníssono.


Notas Finais


Como estou sem criatividade, mas para não demorar muito postei esse mini capítulo KKK

Me respondem uma coisa: Vocês aceitariam "Será que ela volta?" part 2?
O nome não seria necessariamente esse KKK mas me digam aí.. bjooos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...