História Será que ela volta? - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alexandre Nero, Giovana Antonelli
Personagens Alexandre Nero, Giovana Antonelli
Tags Alexandrenero
Exibições 141
Palavras 766
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Leiam as notas finais.

Capítulo 15 - Pra sempre


Naquela noite haviam feito amor umas três vezes dentro do lindo lago azul. Decidiram continuar a comemoração pelo pedido em casa.

•••

Os dias seguiam corridos. Havia passado quatro semanas desde o pedido. Alexandre acabará de chegar de sua turnê onde encerrou com seu último show em Belo Horizonte. Giovanna não havia ido pois prometeu passar a um tempo com a mãe que mora em Angra. 

Quando a semana se encerrou Giovanna se despediu da mãe e de outros familiares que ali estavam. Dois dias antes do término da turnê de Alexandre haviam combinado de se encontrarem no aeroporto. Mas pela manhã acabou mudando os planos. 

Giovanna chegou na cobertura minutos depois de Alexandre. Ele estava eufórico. Ansioso para ve-lá. Mas não era recíproco. Giovanna estava morrendo de raiva de Alexandre queria o esganar graças ao bendito ciúmes.


- Gio! Por favor tô com saudades olha pra mim!  Alexandre estava ajoelhado em frente a loira tentando segurar o rosto dela que virava de um lado para o outro quando o homem a tocava.

- Não me chama de Gio seu cachorro!  aumentou o tom de voz e finalmente fitou o noivo.

- Pode me explicar o que eu fiz?  ele realmente não sabia.

- Nada demais.. APENAS A SUA EXXXX ATENDEU SEU CELULAR! ME EXPLICA ISSO ALEXANDRE!  ela gritou.

- Amor ela é louca! Não aceitou quando eu disse que tinha outra e que amava ela. Não foi minha culpa. Ela até quebrou meu celular, comprei outro.  ele pegou o aparelho no bolso e a entregou.  Amor acredita em mim! Por favor vai.

- Minha vontade é de te bater e bater muito!  ela mordeu os lábios.  Mas não vou, porque estou morrendo de saudades!  ela o puxou para um beijo.


Os corpos ficavam cada vez mais quente. Amor, saudade e tesão. Os sentimentos que ambos sentiam em plena sintonia no momento. 

Alexandre tirou rápido o vestido de Giovanna e jogou pela sala. Giovanna tirava devagar a calça de Alexandre enquanto o mesmo apertava os seios da loira a beijando forte.

Quando já estavam nus, Alexandre pegou Giovanna no colo e a prensou contra a parede chupando forte os seios da amada enquanto a mesma gemia e arfava.

- Fala que você é minha Giovanna!  Alexandre disse com voz de comando pressionando seu polegar contra o clitóris da mesma. Giovanna revirava os olhos sem parar.

- Eu sou sua!  ela sussurrou. Alexandre pegou forte em seu cabelo e puxou unindo suas bocas. Mordeu o lábio inferior da mesma tão forte que cortou enquanto penetrava dois dedos dentro dela. 

- Eu não ouvi! fala mais alto.  puxou o cabelo de Giovanna novamente.

- Eu sou sua Alexandre Nero Vieira! ela gritou e Alexandre há levantou um pouco penetrando seu pênis na intimidade de Giovanna bombando forte.

Ficaram por um longo tempo por ali. Fizeram um tour pela casa fazendo amor em cada cantinho. Exaustos de jogaram na cama depois de um banho renovador.

 Giovanna estava deitada com a cabeça no peitoral de Alexandre. O mesmo fazia cafuné na loira e conversavam sobre assuntos aleatórios.

- Amor, que tu acha de Caribe?  Alexandre disse mudando completamente de assunto. 

- Lindo! Mas por que isso agora?  ela disse levantando o olhar para fitar Alexandre.

- Pensando onde curtir nossa lua de mel, já pensou em algum lugar?  ela abriu um sorriso largo.

- Você é um fofo! nem sei.. fico morta de amor com essa sua fofura! ela subiu o corpo e o beijou.

- Você falando desse jeito me deixa mais apaixonado!  se beijaram novamente.  Sabe o que pensei?  ela fez que não. — Quero adiantar o casamento! Pra semana que vem.. Sinto saudades quando você não está aqui e você só quer morar junto depois de casar.. então por que não casar logo?

- Que noivinho mais desesperado! — ela gargalhou. — Tirando a parte de que eu quase não saio daqui.. mas é muito em cima não acha? 

- Você quer mais tempo? — ele acariciou a bochecha dela.

- Vai ser uma festa pequena mas é bom ter uma ótima organização, concorda?

- Concordo. Quando você achar que estiver tudo pronto eu subo naquele altar, digo que aceito e não se desgrudamos, ok?

- Não sei se quero ficar grudada não..— Ela faz charme.

- Ah mocinha, você precisa querer!— ele se virou ficando por cima dela.— Porque não vou te deixar ir embora nunca mais! 

- Não quero ir embora nunca mais! 

- Te amo! — declarou-se Alexandre.

- Te amo. — Ela sorriu.

- Pra sempre. — falaram em uníssono.

E se permitiram se amar mais uma vez naquela tarde.




Notas Finais


Postei!!!!!

Eu disse que se fosse continuar postaria, então tá aí! Poxxxxtado porque vocês são as melhores, me fizeram ficar.

Fiz esse capítulo bostinha ( e necessário) pq no momento o tempo tá corrido.
•••


Meninas, dia 16 vou viajar e segunda começa as provas, vai demorar pra postar e como já está perto da segunda parte da fic quero avisar que eu posso demorar para posta-lá também kkk (obviamente).


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...