História Será que os corações mais frios podem amar? - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Karin, Kin Tsuchi, Matsuri, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Shion, Tayuya, Temari, TenTen Mitsashi
Tags Gaaino, Misterios, Naruhina, Naruto, Nejiten, Romance, Sasusaku, Shikatema, Terror
Exibições 98
Palavras 1.555
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Festa, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Canibalismo, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Obs: imagem do capítulo retirada do google.

Boa leitura <33

Capítulo 8 - Good night Girl


Fanfic / Fanfiction Será que os corações mais frios podem amar? - Capítulo 8 - Good night Girl

É melhor dar valor...

Porque a Saudade não traz ninguém de volta.

             ~ Sakura Haruno ~

Sakura:. ON

             

- Alô?

Já faz muito tempo,não é mesmo querida Saky ?

hum? Nos conhecemos? -franzi o cenho.

- Mais do que isso....- Seu tom era levemente frio,mas,não chegava a parecer tão frio quanto o de...sasuke. Pera,por que esse idiota apareceu na minha mente? É cada uma viu.

- Escuta,isso por acaso é um trote? Por que se for ,Eu tenho coisas importantes para se fazer. ....- Murmurei,após o barulho de porta ser fechada.

- E essas coisas importantes,por acaso seriam  .... Fugir?

Reprimi os lábios ficando quieta. Temari me olhou de maneira curiosa e eu apenas dei de ombros. Ajeitei-me no banco fitando todos os lados.

- Ah querida,Sinto muito mas você não irá me achar tão facil....

   Okay. Se antes eu já estava assustada, agora,eu quero surtar,literalmente. Tenten encostou sua orelha perto do aparelho em meu rosto,na intenção de conseguir ouvir o que estava acontecendo. O silêncio cresceu no carro. Apenas o som da minha voz era ouvida.

- Quem é você? - Bocejei.

-Na hora certa você sabera minha cara. Mas,por agora,sugiro sairem dai o mais rápido possivel- seu tom tornou-se mais frio.



   Fitei temari,fazendo um sinal para que ela desse partida. Passando o cinto sobre seu corpo,ela ligou o veiculo e logo deu partida. Tenten ajeitou-se mais ao meu lado,para tentar ouvir algo.

Ruidos fizeram Com que eu afastasse o aparelho do meu ouvido por alguns instantes. Eu hein,esse povo tenta ser anônimo,mas,é pior que a ino na cozinha. Franzi a testa. Logo a ligação ficou muda. Desliguei o aparelho,ouvindo tenten resmungar algo, e se ajeitar no banco.

- Quem era? - Temari me fitou por um breve segundo.

- Apenas pessoas que não tem nada de interessante para se fazer na vida._ Revirei os olhos.

- Ninguém faz mais trotes que a diva morena aqui meu amor._ Tenten jogou seus cabelos castanhos para o lado,piscando um olho, de uma maneira que tentasse parecer sexy.

- Lógico que não pucca! Quem e mais sexy que ino Yamanaka? Exato,ninguém! _ino riu se fitando no espelho do celular.

Todas rimos. Nossa,como eu tenho amigas normais,não e mesmo?

Me virei para trás,pronta,para entrar naquela brincadeira,mas ,as palavras me faltaram quando eu fitei a parte de trás da rua. Hinata acompanhou meu olhar e arregalou suas orbes peroladas.

- Temari...- Hinata virou-se para frente,fitando temari pelo retrovisor.

- Eu sei._ Ajeitei meu cinto,quando a loira acelerou o veiculo.

       E mais uma vez estamos de volta  a nossa querida rotina. Era até estranho de se conviver,mas,depois de um tempo qualquer um se acostuma.

O carro que nos seguia,ou melhor dizendo,os carros, aceleraram também. Temari soltou um "tsc" irritada,enquanto tenten se abaixava puxando sua bolsa,retirando algo de lá. Nem me dei ao trabalho de ver o que era,já que sabia aonde aquilo iria acabar. Apertando um botão no teto,a morena deu um alto "uhu" ,após colocar sua cabeça para fora.

Tenten:. ON

Se tinha uma coisa que eu adorava era sentir os ventos em meus cabelos. Era uma ótima sensação. Eu me sentia livre. Puxei o grande objeto que tirei da mochila,apontando para um dos carros,ajeitei minha franja atrás da orelha que atrapalhava minha visão e,mirei em um dos carros. Tendo uma absoluta certeza que eu não erraria atirei. O tiro acertou em cheio o pneu de um dos carros,que bombeou para o lado e logo parou de andar. Okay,primeiro alvo fora. Abaixei-me rapidamente quando um tiro foi desferido em minha direção. Ual,eles estão bem mais selvagens que antes! Gostei disso!

Soltei uma risada e voltei lá para cima, atirando outra vez em um dos carros que parou brutalmente,após capotar três vezes,parando totalmente destruido. Ótimo,falta apenas um! Sorri convencida,um carinho não seria nada para mim. Bom,sempre me falaram que nunca era bom cantar vitoria antes da hora. E devo acrescentar que,por mais vergonhoso que sejá,sempre que eu ficava muito convicta sempre dava merda.

     E dessa vez não foi diferente. Tentei atirar,mas,sejá lá quem for que estivesse no volante era bom,já que desviou Com uma facilidade incrivel do tiro. Sorri internamente já adorando a pessoa atrás do volante. Para minha surpresa,alguém apareceu na janela passageira e mais um tiro veio em minha direção,eu como sou muito das ninja,abaixei, mas escorreguei em meus próprios pés e cai de bunda no chão do veiculo. Mais especificamente nos pés da hina que fez uma careta. O que? Eu não sou gorda,okay? Apenas sou gostosa hehe.

- Mistashi tenten,perdendo pra eles? - ino franziu o cenho me provocando.

Levantei-me dos pobres pés da hina,pronta para rebater o comentário da loira,porém,o carro deslisou na pista e só parou à uma certa distância do outro veiculo. Ui. Que caras hein,quero eles de presente pra mim.

Nos entreolhamos e puxamos nossos preciosos debaixo do banco. É agora que a porca torce o rabo. A palavra porca, quase me fez soltar uma alta gargalhada,por lembrar que esse era o apelido que sakura deu 'carinhosamente' a ino. Reprimi os lábios para não rir.

      Todas nos abaixamos,escondendo as armas no corpo.  Ai,eu juro que amo minha vida. Mentira. Eu sou aquele tipo de pessoa que nasceu banhada no azar e pra piorar minhas friends não são muito diferente de mim. Oh vida!

   Um homem alto e de aparência jovem,parou em frente a janela de temari Com uma arma apontada para a mesma,que se mantia Com seu semblante de indiferença,ou melhor dizendo,aquele semblante de: Foda-se. O tal estranho possuia cabelos pretos bem escuro totalmente arrumado e olhos azuis escuros. Trajava uma roupa em estilo mais social. Um terno bem alinhado sem quaisquer sinais de amasso,preto e uma grava azul clara. Tá vendo só porque eu nos chamo de azaradas? só cai boy magia na nossa vida. E torturante!

Outro homem,também de aparência jovenil,apontava uma arma para sakura. Este possuia cabelos loiros crescidos e desalinhados e olhos verdes. Diferente do primeiro,ele tinha uma aparência mais largada,ou seja,um jovem rebelde delinquente, já que usava uma calça jeans escura simples,um blusão largo azul-marinho e um All Star. Não havia nenhuma diferença entre eles,além do fato de um ter a aparência de certinho e o outro desleixado.

- Saiam do carro Com as mãos acima da cabeça.- ordenou o moreno destravando a arma.

Temari bufou irritada e saiu do carro,fechando a porta Com certa brutalidade. Logo após ela sair todas sairam. Eu tinha que ser a ultima,não e mesmo? Afinal,eu divo hehe.

     Sai do carro Com as mãos na cabeça. Uma leve brisa passou,soprando meus cabelos em meu rosto. Ajeitei-os atrás da orelha e o moreno, sexy e lindo,apontou sua arma em minh direção. Ai. Não faz isso cara! Tenho fraquesa por morenos. Estão vendo quando eu digo que eu não tenho sorte?

- Eu não falei que podiam abaixar as mãos.- Seus olhos azuis me analisavam atentamente,e tive uma grande vontade de perguntar se ele perdeu algo.

- Eu não vou ficar engolindo cabelo,por que eu não sou obrigada a nada.- eu tô pedindo pra morrer,só pode.

O loiro que apontava  a arma para as meninas riu.

- Como é? - ele me olhou ameaçadamente. Essa palavra existe? Se não,agora existe. Vou virar cientista ha. Oi? Buguei agora.

- Tá surdo por acaso?- zombei rindo.

   Uma coisa sobre homens certinhos: eles são muito orgulhosos. Então,se você fere o ego deles ,é como procurar uma agulha no palheiro. Eu e ele pareciamos ter tido a mesma linha de raciocinio,já que, sacamos nossas armas apontando-as em nossos rostos. No caso dele,ele sacou outra arma.

- Parece que eles contratarão pessoas mais eficientes....- sorri divertida.

- Não esperaria menos de você.

      Eu não sei o que houve após isso, apenas senti um forte empacto na minha nuca e eu cai igual uma jaca madura no chão. Caramba! Esse povo não serve pra nada hoje em dia. Só andam por ai tentando assustar o povo. Fechei meus olhos lentamente. Já estava imaginando minha futura dor de cabeça amanhã.

- Good night girl.

Eu acho que ouvi coisa.

&            ~          & 

Narrador:. ON

       Em uma sala escura, sendo iluminada apenas pela claridade do eletrônico,um homem de estatura alta e jovenil se encontrava sentado em uma cadeira observando todos e quaisquer movimentos de suas convidadas.

Com as pernas sobre a cadeira e o polegar direito na boca,ele observava tudo de maneira eficaz e calma. Como se de alguma forma,já esperasse por aquilo.

        Sua aparência mostrava claramante a dificuldade de dormir a noite. Seus cabelos pretos levemente longo e arrepiado,lhe davam um ar mais misterioso. Sua pele extremamente pálida e seus olho pretos ,davam contrastes em sua bela aparência jovem.

- EU JÁ FALEI QUE EU NÃO SEI DE NADA! EI....DA PRA TIRAR A PORCARIA DESSA LUZ DA MINHA CARA?! OBRIGADA,DE NADA! EDUCAÇÃO TE MANDOU LEMBRANÇAS SEU MAL-
EDUCADO.....AI EU TÔ COM FOME. EU QUERO COMER.

      O garoto revirou os olhos,diante do escandulo de tenten mitsashi. Rolando os olhos pela Tevê, ele observou que apenas tenten,temari e ino lhe davam mais trabalho. Ino estava reclamando Com um de seus subordinados por ela ter quebrado sua unha. Já temari,essa praticamente estava esmurrando a porta para tentar sair. Hinata e sakura não lhe davam trabalho, pois ainda estavam dormindo.

        O moreno levantou-se da cadeira,indo em direção a porta do local. Estava na hora de conversar Com todas,mas principalmente de vê-la finalmente.

Continua....


Notas Finais


Muito curto? Sorry.
Prometo que o próximo será maior <33
Próximo capitulo: 30/11.
Ele será maior e mais "complexo".
Relaxem que nossos queridos casais,ainda vão se reencontrarem,mas, tenham pasciência rs.


Até a proxima amores (⌒▽⌒)


Kissus de cereija ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...