História Será você que eu amo? - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Ladynoir, Marichat
Exibições 287
Palavras 1.288
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi miraculers! Me desculpem por não ter postado ontem, passei o dia com a minha família... Recebi algumas perguntas e espero receber ainda mais!

Capítulo 13 - Feliz aniversário, Mari!


P.O.V. Marinette

6:31 da manhã. Eu acordei às 6:31 da manhã. Por que? Simples, é meu aniversário!!! Estou muito feliz! Meus amigos planejaram uma festa para mim lá no colégio. Em todos os meus aniversários, eu acordo na hora exata em que eu nasci. Acordei Tikki freneticamente.

-- Tikki! Tikki! Acorda logo!

-- Mari...-- Ela boceja.-- Está tão cedo... E é sábado...

-- É meu aniversário!-- Dou um grande sorriso para demonstrar minha felicidade.

-- Parabéns, Mari! Me desculpe por esquecer... O que vai fazer agora? É tão cedo.

-- Primeiro, vou acordar a Alya, depois, eu vou para uma lanchonete tomar um café da manhã especial com ela, depois eu volto para casa para me arrumar enquanto os meus pais e meus amigos arrumam a festa.

-- Então, já planejou tudo. Tudo bem, vamos acordá-la. Vai ligar para ela?

-- Não. Eu vou até lá. A Alya me deu uma chave da casa dela para ''emergências''.-- Digo fazendo aspas na última palavra.

-- Ela confia mesmo em você!

-- Sim!-- Eu faço as minhas higienes matinais e vou até o meu ármario e pego um vestido florido e visto. Calço uma sandalinha com tiras até meu calcanhar. Penteio o cabelo e deixo ele solto. Pego uma bolsinha onde a Tikki possa se esconder e a chamo.

-- Vamos, Tikki! Eu pego uns cookies para você lá na cozinha.

-- Tudo bem!-- Ela entra na bolsinha.

Eu desco as escadas e vou até a despensa para pegar os cookies, pego e saio de casa. Olho as horas no meu celular e vejo que já era 7:03. Eu ia escrever um post na minha página nas redes sociais quando alguém me chama a atenção.

-- Cuidado. Alguém pode querer roubar seu celular.-- Levanto a minha cabeça para ver quem era. Não acredito que seja ela... 

-- O que está fazendo aqui?

P.O.V. Adrien

Acordei feliz hoje. Eu nem me importei se era 7:00 da manhã ainda ou com o cheiro podre daquele queijo. Só me importava com uma coisa: o aniversário de My Princess. Hoje iremos preparar uma festa para ela lá no colégio e eu decidi ajudar também. Eu tenho um presente para ela, espero que ela goste.

-- Bom dia, Plagg!

-- Já é dia?-- Plagg pergunta enquanto boceja.

-- Sim! E é o dia do aniversário da Mari!!

-- E o que isso tem a ver comigo?

-- Ah, nada. Mas eu estou feliz por ela! Mas estou triste por mim.-- Falo isso abaixando a cabeça.

-- E por que?

-- Ela vai embora daqui uma semana. E o pior de tudo: vai se casar...

-- É uma pena mas, vê se não estraga o aniversário da menina com sua tristeza. Agora levanta essa cabeça, dá um grande sorriso e vai ver ela! Entrega o presente dela!

Eu levanto a minha cabeça e dou um sorriso como Plagg disse para eu fazer, em outras palavras, fiz o que ele mandou.

-- Tem razão! Vou me arrumar e depois vou na casa dela ainda como Adrien.

Eu faço as minhas higienes matinais, tomo café da manhã e vou falar com Nathalie.

-- Nathalie, eu posso dar uma volta?

-- Desculpe, Adrien. Seu pai não deu permissão.

-- Por favor. É o aniversário de uma amiga muito especial!

-- Uma garota?-- Ela abre um sorriso malicioso.-- Acho que posso abrir uma excessão...

-- N-não pense o-outras coisas... Ela é só uma amiga...-- Já estava corado.

-- Claro. Quem é?

-- A Marinet...-- Ela me cortou.

-- A Marinette? Ela é uma ótima garota! Eu gosto dela!

-- Eu também.

-- Eu percebi.

-- Percebeu?!

-- Claro! E parece que você gosta bastante dela!

-- É.

-- Bem... Você pode ir.

-- Obrigado!!

Eu saio correndo de casa e vou até a casa da Mari, quando estava na esquina da casa dela, eu vejo ela usando o celular e uma senhora falar alguma coisa com ela. Quem é ela?

P.O.V. Marinette

Não acredito que era ela mesmo! Mas por que ela veio?

-- Eu não posso visitar a minha neta? Feliz aniversário, Mari!

-- Obrigada, vovó... Não sabia que você vinha. Vamos entrar.

-- Claro.

Nós entramos na minha casa e sentamos no sofá da sala.

-- Vim te fazer uma surpresa!

-- Que legal! Vai ficar pelo resto da semana? para ir comigo para Shangai?-- Minha voz e expressão facial demonstravam tristeza.

-- Não. Vamos ficar até hoje!-- Ela sorria como se não se importasse com o meu estado de tristeza.

-- HOJE?!-- Como assim hoje?-- Como assim?

-- Eu adiei os preparativos, vim te buscar! Onde fica o seu quarto? Preciso arrumar suas coisas e...

-- Não!

-- O que?

-- Eu disse não! Você não vai me levar hoje! É o meu aniversário e quero passar esse dia especial aqui, com os meus pais e meus amigos!

-- Não pode fazer isso! O acordo foi que você fosse comigo quando fizesse 18 anos. Hoje você faz 18 anos, então o acordo é válido!

-- Nós concordamos que seria uma semana depois do meu aniversário e é assim que vai ser!

Saio de lá o mais rápido possível, desço as escadas e saio de casa correndo. Trombo com alguém, e esse alguém era o Adrien.

-- Me desculpe, Adrien.

-- Tudo bem. Feliz aniversário, Mari!-- Ele me entrega um embrulho.

-- Obrigada, Adrien!-- Abro o embrulho e vi duas coisas: Um álbum com fotos de tudo o que passei aqui, sozinha e com as pessoas que eu amo. Também tinha uma rosa artificial com uma dedicatória.-- Que lindo! Assim eu nunca vou esquecer de vocês!

-- Que bom que gostou!

-- Eu adorei!

-- Hum... Mari, quem era aquela senhora?

-- É a minha avó. É com ela que eu vou morar quando me mudar para Shangai. Eu tenho que contar uma coisa... Mas acho melhor contar junto de todo mundo.

-- É grave?

-- Não, é só... Doloroso.

-- Mari, não me deixe preocupado! O que é? Por favor, me conta.

-- Você não vai gostar do que eu vou te falar...-- A porta da minha casa abre revelando os meus pais e a minha avó.

-- Mari, sinto muito se te deixei triste, mas, o seu avô e seus primos exigiram que você fosse mais cedo para Shangai.-- Era a minha avó falando.

-- Vovó, não é uma boa hora. Podemos conversar depois?

-- Não, depois estaremos no avião. Você vai comigo nem que seja a força!

-- Onde foi parar o ''sinto muito''?! Eu não quero ir hoje!

-- Você vai hoje?!-- Esqueci que Adrien estava ao meu lado olhando tudo o que estava acontecendo.

-- A-Adrien... Eu não...-- Fui cortada pela minha avó.

-- Olá rapaz! Eu sou a avó da Mari, vim de Shangai só para buscá-la. Sabia que ela irá comigo?

-- Eu já sabia, e não estou feliz com isso. Se você veio de Shangai sozinha, pode muito bem voltar sozinha, né?

-- ADRIEN!!-- Eu o chamei a atenção.

-- Desculpa, Mari. Tenho que ir.

-- Não!-- Ele já havia ido embora, não acredito que isso aconteceu...

-- Ótimo, agora que ele foi embora, podem...-- Cortei a fala da minha avó.

-- Pode arrumar minhas coisas...-- Minha voz estava falha e baixa, demonstrando a minha tristeza.-- Não tenho mais nada que me interesse aqui... Ele foi embora... Tudo que me importava era o Adrien, mas ele foi embora. Eu só vou avisar para cancelarem a festa e vou me desedir de todos...

Eu saio andando cabisbaixa e lágrimas corriam por minhas bochechas. Parei quando cheguei na praça, peguei meu celular e liguei para Alya, felizmente ela estava acordada. Disse que precisava ver ela urgentemente na praça e logo ela chegou.


Notas Finais


O que acharam?
Gente, eu sei que os caps. estão tristes mas, eu vou melhorar no cap. 15.
Como estão indo as perguntas? Pode ser qualquer pergunta, é sério!
Bjs de Tia Liza! ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...