História Será você que eu amo? - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Chloé Bourgeois, Gabriel Agreste, Hawk Moth, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Personagens Originais, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrinette, Ladynoir, Marichat
Exibições 258
Palavras 456
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem por excluir os outros caps., e eu não arrumei direito o outro cap.
Aproveitem essa nova versão do cap.!

Capítulo 18 - Um reencontro


P.O.V. Adrien

Não acredito! É a Mari!! Ela voltou... Finalmente voltou! Saí correndo até onde ela estava, o Nino e a Alya também corria, só que eu corria mais rápido, desesperado, como se ela fosse fugir. Cheguei até ela, já tinha lágrimas no meus olhos, igualmente a ela. Acaricio seu rosto e sorrio, a abraço forte ela retribui. Ficamos assim até a Alya interromper.

-- Oi... Estamos aqui!

-- Alya, Nino!-- A Mari se desfez do abraço e foi até eles. Os abraçou por pouco tempo e já haviamos parado de chorar.

-- Você está aqui! Mas como?!-- Alya não parava de sorrir.

-- Eu vou explicar tudo. Prometo! Mas, que tal conversarmos num lugar mais... Apropriado? Tenho coisas para contar para todos.

-- Tudo bem!-- Nino não se importava em conversar, mas queria saber das novidades.

-- Claro!-- Alya estava animada.

-- Vamos logo!-- Eu a puxei com muita ansiedade.

P.O.V. Marinette

Fomos para a minha casa. Entramos e ficamos no meu quarto. Eles se sentaram na minha cama e eu fui até a cozinha preparar um lanche para nós. Subi de novo para o meu quarto. Coloquei a bandeja numa mesinha na frente da cama.

-- Bem... Como posso começar? Eu sei que, com certeza, a Alya contou para vocês que o meu casamento foi cancelado.-- Me sentei na cadeira da escrivaninha.-- Mas, eu quero saber se ela falou o motivo. Falou?-- Olhei diretamente para ela.

-- Talvez...-- Ela praticamente murmurou, mas eu escutei.

-- O que disse, Alya?-- Eu havia escutado, mas queria que ela disesse de verdade.

-- Eu disse que talvez.

-- E o que isso quer dizer?-- Eu pergunto já sabendo a resposta. Nino e Adrien só olhavam, não entraram na conversa.

-- Quer dizer que eu contei sim... Me desculpe, Mari. Adrien tinha direito de saber!

-- Eu sei...-- Me virei para olhar o Adrien.-- Me desculpe, Adrien. Eu não queria que soubesse porque eu não queria que se magoasse por eu não estar com você... Me perdoe.-- Eu abaixo a minha cabeça.

-- Hey, hey!-- Ele vem até mim.-- Não fique assim! Olha-- Ela levanta a minha cabeça e eu olho nos seus olhos. E que olhos!--, eu te perdoo, e isso nem é necessário... Não se preocupe com isso! Tudo que importa é que você está aqui! Está aqui comigo!

-- Tem razão. Eu voltei, e eu não vou ficar mal por isso!-- Eu sorrio para ele. Me levantei e olhei para o Nino.-- Nino, quero te contar uma coisa sobre mim, você é meu amigo e eu nunca te contei isso...

-- Tá me assustando... O que quer me contar?

-- E-eu sou a...-- Adrien me corta.

-- Tem certeza que quer contar isso?

-- Sim.


Notas Finais


Será que ela vai contar?
Ficou pequeno porque a minha irmã precisa do computador.
(Nota: Ela precisa de um computador só dela.)
Bjs de Tia Liza! ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...