História Serei capaz de amar? - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Jikook, Lemon, Namjin, Romance, Vhope
Exibições 56
Palavras 927
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI CARAIO!!!
INFIRES MAN🔥
Espero que gostem BJ pro6 😘

Capítulo 14 - Mais limão hehe


Fanfic / Fanfiction Serei capaz de amar? - Capítulo 14 - Mais limão hehe

<Jimin ON>

Acordei com a luz forte do sol que entrava pela janela de vidro,ao meu lado estava Jungkook,ele vestia apenas uma cueca box da cor de sua pele, assim como eu e era coberto apenas por um tecido fino e quase transparente.
Tirei seus longos braços de meu pescoço com muito cuidado para não acorda-lo e fui até ao banheiro fazer minha higiene matinal.Enquanto passava o perfume percebi várias marcas roxas por todo meu pescoço e sorri para mim mesmo ao lembrar da noite passada.

Terminei no banheiro e rapidamente desci as escadas para preparar o meu café e o do Kook também.Cortei pedaços médios de bolo,separei algumas frutas,fiz leite-com-toddy, suco e por fim,peguei alguns cookies; arrumei tudo em uma bandeja e voltei para o quarto onde o Bixcoito ainda dormia. Antes de acorda-lo me pus a reparar cada detalhe da face daquele anjo; seu cabelos estavam levemente bagunçados,bem sedosos e com a aparência dourada graças a luz do sol,seus olhos se fechavam com delicadeza e sua boca estava entre-aberta deixando um pouco de seus dentes de coelho a mostra,suas bochechas tinham um tom rosado muito leve e seu nariz respirava calmamente.Retirei-me desses pensamentos e voltei ao meu objetivo, fornecer o melhor café da manhã para Jungkook,tá certo que não são as melhores comidas da vida mas devem servir.
Me aproximei mais e posicionei a bandeja ao lado de seu corpo iluminado pelo sol.Me sentei ao lado do objeto,o mesmo que nos separava,e passei a "alisar" suas madeixas pretas até que ele despertasse..

JK: Bom dia amor! -falou coçando os olhos antes de os abrir.QUE FOFO- Ow! Que gracinha,vem cá -me puxou para um beijo rápido- Quem diria que aquele rapaz "assustador" se tornaria esse rapaz fofo e carinhoso.Obrigado -disse com um sorriso lindo

Eu: Primeiramente!Bom dia também. Segundamente!Eu não sou fofo e nem carinhoso,só...abri uma exceção pra você amor -falei tentando ser sério,o que não deu certo

JK: Urum! HAHEHIHU -disse desconfiado seguido de uma risada gostosa de se ouvir

Eu: Vamos comer né! -tentei mudar de assunto e consegui,ele assentiu e começou a comer

[...]

Eram 2h da tarde e Kook e eu estamos assistindo Frozen,sim,Frozen.Eu queria assistir jogos mortais mas como a voz de Jungkook é a voz de Deus...mentira ele ameaçou fazer greve.
O filme foi passando até chegar naquela parte em que o vilão tranca a Anna no quarto para morrer,o maior ficou tão indignado que cravou suas unhas em minha coxa me fazendo gritar de dor..

Eu: AIÍ!!!CARALHO! -berrei passado a mão pela área afetada 

JK: Desculpa mozão mas tinha que descontar em algum lugar! -justificou, porra!Pior desculpa ever

Eu: Você podia ter apertado o sofá,a almofada,SUA perna ou até...SEI LÁ QUE! -esbravejei,não era muito de gritar com ele mas não me aguentei 

JK: Calma Jiminiie posso recompensar -sentou em meu colo deixando uma perna de cada lado de meu quadril- Se é que você me entende -completou com um sorriso malicioso 

Então iniciei um beijo selvagem e em questão de segundos nossos corpos estavam quentes e nossos membros bem animados,os mesmos rosavam proporcionando uma sensação prazeirosa.
Quando o ar fez falta nos separamos e nos encaramos ofegantes;segurei firme nas coxas do mais alto firmando-as envolta de meu corpo e desliguei a TV. Subi as escadas rapidamente como se minha vida dependesse daquilo e logo cheguei no quarto;o joguei sobre a cama ficando por cima de seu corpo e voltamos a nos beijar desesperadamente.Cortei o beijo para poder tirar nossas camisas e em passos rápidos ja tinha feito,em seguida lá se foram nossas calças e novamente estávamos só de boxs com a luz do sol iluminando nossos corpos dando uma beleza sub-humana. Distribui beijos pelo seus abdômen levemente definido e é claro...chupões também;fui subindo até realçar sua boca e depositei um selinho na mesma; ele aproveitou a chance e tomou o controle então logo era eu quem ganhava beijos,chupões e mordidas. De repente paro de sentir seus toques e abro os olhos que até então,se encontravam fechados para apreciar ao máximo cada carícia;ao abrir vejo Kook mordendo o cós de minha cueca e com um olhar provocador,desse mesmo jeito ele a tira,sem perder o contato visual nenhum segundo.Ele começa a dar selares que iam de meus pés até a altura de meu membro novamente e então fechei os olhos de novo.Senti sua língua passar por toda a extensão de meu membro deixando o um rastro de saliva; logo sua língua chegou em minha glande passando por cima me fazendo arquear as costas;sem mais demoras ele coloca tudo em sua boca e começa com movimentos de vai e vem.Quando estava próximo de meu limite ele para e eu gemo de reprovação;sem esperar qualquer ação do outro passo por cima dele e rasgo sua box,em seguida me sento na cama com minhas costas encostadas na cabeceira da mesma e o coloco sentado em meu colo,seu membro ia de encontro com o meu.Ele começou a rebolar por cima de mim e quando percebeu minha impaciência posicionou meu membro em sua entrada e deslizou por todo ele devagar até chegar em sua base e então se colocou à "cavalgar" sobre ele.
Depois de um tempo percebi seu membro pedrado e esquecido e dei início à uma masturbação no mesmo ritmo de suas cavalgadas;passar de um tempo nós dois alcançamos nossos limites e nos deitamos exaustos.
Acabamos por fazer um segundo raund e um terceiro no banho,quando paramos já era de tarde quase a noite então comemos alguma coisa que não eram nós mesmos.
À noite fomos dormir mas não antes de mais uma foda.


Notas Finais


😆😆😆QUE EMOSAUM


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...