História Serendipity - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Big Bang, Black Pink, EXO
Personagens Baekhyun, G-Dragon, Jennie, J-hope, Jimin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Rosé, Sehun, Suga, T.O.P, V
Tags Gtop, Jennoo, Jikook, Namjin, Risa, Yoonmin
Visualizações 10
Palavras 1.483
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), FemmeSlash, Lemon, Romance e Novela, Slash, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Obrigada pelas 27 visualizações <3

Capítulo 3 - Day Three


—Jungkook! —Omma entra no quarto e me levanto num pulo.

—Bater na porta ainda é uma regra da casa,sabia? —Resmungo,procurando minha camisa. Nunca agradeci tanto por estar de shorts preto.

—E bater outra coisa no banheiro principalmente quando estou em casa também é. O Jimin vai vir te buscar —Ela diz como se fosse normal. Visto minha camisa

—Tá de brincation with my cara,né? 

—Não Jungkook,estou falando sério. Seríssimo. Hoje estou de plantão e se você reclamar mando ele vir dormir com você. Agradeça por eu estar te deixando dormir sozinho. —Ela sai do quarto e vou para o banheiro,tomando banho e escovando os dentes. Em seguida visto uma blusa preta com meu nome atrás,jeans escuros, calço meus All Stars e desço para a cozinha, pegando um pirulito de cereja na geladeira. 

—Se cuida,tá? —Omma sorri,beijando minha bochecha. Saio de casa e vejo que Jimin já tinha chegado e parecia estar ai faz um bom tempo,o que me fez ter um pouco de pena. Ele realmente estava se esforçando. Mas eu não merecia seu esforço, nem o de ninguém  

—Bom dia,Bela Adormecida —Ele sorri, e abro o pirulito. 

—Bom dia, Oitavo Anão —Reviro os olhos,pondo o pirulito na boca. 

—Engraçadinho. Podemos ir,Aurora? —Ele fita meus lábios. 

—Podemos —Sorrio e viro o rosto. Começamos a andar pela calçada e fico me equilibrando no meio fio como de costume. 

—Você vai cair no meio da rua,Jungkook —Jimin suspira e o olho com uma sombrancelha arqueada.

—Vou nada —Lhe dou língua, e tombo levemente para o lado,mas logo recupero o equilíbrio 

—Teimoso —Sorri,voltando a fitar meus lábios. 

—O dia tá lindo né? —Viro o rosto novamente,sorrindo. 

—Lindo é você 

—Parece um pedreiro desocupado,credo —Faço uma careta,chupando o pirulito. 

—E você tá parecendo um garoto de programa. Já percebeu o jeito que tá chupando esse pirulito? 

—Eu sei que você queria que fosse o seu pirulito aqui, Jimin —Rio, passando a lingua ao redor para provocar. 

—Meu Deus,que tarado. —Ele ri,me dando um tapa no braço. 

—Quer um pedaço? 

—Quero você.

—Vai ficar querendo. 

—Por enquanto —Ele sorri. 

—Pra sempre,isso sim —Atravesso e coro rapidamente quando ele segura minha mão, sentindo um arrepio percorrer meu corpo. Ele me puxa até o outro lado da rua. —Hey,eu sei atravessar sozinho. 

—Sabe tanto que quase foi atropelado e sequer viu que o sinal tá verde. —Sorri,entrelaçando nossos dedos,o que me fez corar mais ainda. 

—E-eu estava distraído. —Volto a chupar o pirulito,e passamos a caminhar de mãos dadas até o grupo de apoio. Entramos e ele solta minha mão. 

—Me espera lá dentro —Ele sai andando e entra em outra sala. Dou de ombros e entro no consultório, vendo que dessa vez todos estavam ali inclusive Lisa e Rosé,que tinham faltado sessão passada. 

—Bom dia —Falo timidamente e sento ao lado de Yoongi. 

—Cadê o Jimin? —Yoongi sussurra para mim. 

—Ele mandou avisar que já vem —Sussurro de volta,cruzando as pernas. 

Jimin entra na sala,sorrindo.—Bom dia

—Bom dia —Respondem quase ao mesmo tempo,o que fez ele sorrir levemente. 

—Então, quem quer começar? 

Yoongi levanta a mão. —Já que eu sou o mais calado daqui,dessa vez vou começar. 

—Ótimo, Yoongi. Prossiga

—Bem,meu pai sofreu um acidente de carro. E novamente foi tudo por minha culpa.

—Pode continuar —Jimin apóia os cotovelos nos joelhos. Mordisco o palito do pirulito que já tinha acabado. 

—Assim que cheguei em casa ele estava bêbado novamente,e então começamos a discutir. Quando ele falou que minha Omma era uma vagabunda eu lhe dei um soco na boca. Enfim,ele saiu de casa me xingando e foi dirigir. O resto já tá meio óbvio. —Ele conta calmamente. 

—E qual foi sua reação? —Jimin pergunta

—Inexistente. Desde que minha mãe morreu eu passei a bloquear meus sentimentos.

—Que profundo —Falo para mim mesmo.

Eles seguem contando seus depoimentos e sinceramente,não prestei muita atenção. 

—Podem ir. Até segunda-feira. —Eles nos dispensa e suspiro,aliviado. Observo os outros irem embora e o espero,já que íamos juntos pra casa. Me levanto quando ele termina de pegar suas coisas. 

—Vamos —Jimin segura minha mão e saímos do consultório. 

—Não é por nada não, mas minha mãe só volta do hospital amanhã então eu terei que dormir sozinho...

—Tá me chamando pra ir dormir na sua casa? —Ele me olha sorrindo.

—Estou,estou —Resmungo,atravessando a rua apressadamente. 

—Hey,calma. —Vejo ele rir baixo. —Eu aceito. 

—Vamos só dormir —Viro o rosto. 

—Apesar de estar meio decepcionado vou aceitar mesmo assim

—Depois eu que sou tarado —Sussurro,subindo na calçada. 

—Não é como se você fosse santo,Jungkook —Ele sorri,andando ao meu lado. 

—Eu sou puro e inocente, tá? — Faço bico. 

—E sensualizou pra mim com um pirulito. Muito puro e inocente da sua parte.

Ruborizo e o olho —Aquilo foi acidental 

—"Eu sei que você queria que fosse o seu pirulito aqui,Jimin". —Ele repete minhas palavras de mais cedo fazendo uma voz fina. 

—A-aquilo foi acidental também —Viro o rosto, o soltando e correndo até minha casa,que estava aberta.

—Sua mãe saiu bem apressada por sinal —Ele ri e entra na MINHA casa sem a MINHA permissão. Okay,Jimin. Okay

—Além de tarado é folgado —Entro depois dele,fechando a porta. 

Vejo ele tirar os sapatos e se sentar no sofá.—Me deixa,eu tô cansado.

—Eu vou fazer bolo. Vai querer? —Vou até a cozinha,suspirando quando ele me segue. 

—Quero você, mas bolo serve 

—Para de agir como um pedreiro, Jimin —Rio,pegando as coisas pra fazer o bolo na geladeira.

Ele senta no balcão de mármore e tira a camisa.

—Jimin! —Coro, desviando o olhar do seu abdômen 

—Que foi? Tá calor —Ele cruza os braços

—Pedir pra eu ligar o ar condicionado não custa nada

—Custa sim.

—O quê? —Pego a batedeira no armário 

—Você não vai ficar olhando meu abdômen —Ele sorri. 

—Q-que...aish! —Coro mais ainda,começando a fazer o bendito bolo. Admito que estava olhando o abdômen dele de relance vez ou outra,mas meu Deus,que divindade divina era aquela. 

Ele me olha,mordendo o lábio inferior ainda sorrindo maliciosamente.

Gota d'água,aquela foi a gota d'água. O bolo terá que esperar. 

Me encaixo entre suas pernas e o beijo fervorosamente

Ele corresponde o beijo da mesma forma,logo eu já tinha enfiado minha língua em sua boca e vice-versa. Ele separa o beijo depois de alguns minutos. 

—Ainda vou ficar te querendo? —Ele sorri largamente, o que achei fofo quando seus olhos se fecham um pouco e ruguinhas aparecem no canto dos mesmos. 

—Veste a camisa, Jimin —Rio e volto a fazer o bolo. 

         ...: Time Break:...

Após colocar o bolo no forno, abro a geladeira e pego um pote de Nutella, me sentando no sofá depois de pegar uma colher. Jimin senta ao meu lado.

—Eu não vou te dar —Faço bico,abrindo a Nutella 

—Só um pouquinho, Kookie —Ele pede e suspiro, enfiando a colher dentro do pote e direcionando a sua boca. 

—Pronto. O resto é meu —Dou uma colherada e levo á minha boca. 

—Teimoso,tarado e egoísta —Ele ri baixo,pegando a colher da minha mão.

—Safado, idiota e ladrão —Pego a colher de volta. 

—Birrento,fofo e gostoso —Ele gargalha.

—Gostoso nada,para com isso 

—Você gosta que eu sei,bebê. 

—Claro que sou um bebê,mas seu bebê eu não sou. 

—Será

—Nem no seu sonho mais intenso —Sorrio,ainda comendo a Nutella. 

—Me dá uma chance,Kookie

—Tô dando,Jiminnie

—Tá nada,para de me iludir. 

—Tá sendo iludido porquê quer,osh 

—Então me ajude a segurar

—O quê? 

—Essa barra que é gostar de você

—Ai ai,me poupe Jimin. Me poupe,se poupe,nos poupe.

—Não quero

—Problema é seu.

—Aish,grosso —Ele faz bico e eu rio. 

—Você que tá provocando. 

—Quando eu realmente começar a te provocar não reclame. 

—Você veio aqui pra dormir ou pra termos uma noite de preliminares? 

—Os dois,claro. 

Me levanto depois disso,colocando o pote de Nutella na geladeira. Quando volto para a sala,vejo que ele não estava mais lá e entro em pânico quando escuto passos no andar de cima,ou seja,ele estava no meu quarto,o que me fez ter um mini ataque de pânico por dentro. Então, subo rapidamente as escadas e entro no meu quarto,vendo que ele estava apenas deitado na minha cama. 

—Folgado,sai daí

—Não quero 

—Depois eu que sou teimoso. Sério, Jimin, sai da minha cama. 

—Só saio se deitar comigo 

—Eu sou besta mas não sou burro 

—Não te chamei de burro. Vai,só por um minutinho. 

Me rendo e deito ao seu lado,tomando um susto quando ele me puxa para seu colo. 

—Aish —Tento sair, mas ele tinha se sentado comigo no colo e agora estava abraçando minha cintura. —Para Jimin. 

—Não —Ele sorri,deitando a cabeça em meu ombro. 

—Jimin...—Suspiro,pondo uma mão em seu cabelo.

—Hum? 

—Eu estou te dando uma chance

—Não parece.

—Mas estou. Tem como valorizar?

Ele finalmente me solta,se deitando de novo. 

—Vai ficar no meu colo? —Ele sorri e saio de cima de seu colo,deitando ao seu lado.

—Boa noite —Bocejo e acabo adormecendo, sorrindo fraco ao sentir ele me abraçando. Consigo sentir sua respiração em meu pescoço, o que me fez arrepiar um pouco. 

—Boa noite —Ele sussurra no meu ouvido,beijando meu pescoço. Pela sua respiração lenta percebo que ele tinha caído no sono. 

Suspiro e volto á dormir com ele abraçado á mim. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...