História Seria amor? [JIKOOK] - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Coffe, Comedia Romantica, Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 232
Palavras 1.782
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEIIII!!! Gente, eu espero muito que vocês estejam gostando da fic :3 <3

N lguem para os erros e Boa Leitura a todos ^~^
~~~~@~~@~~~~

Capítulo 19 - Pouco a pouco -Part.1-


Fanfic / Fanfiction Seria amor? [JIKOOK] - Capítulo 19 - Pouco a pouco -Part.1-

“Pouco a pouco, você vai se entregando a mim..."

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------

 Seul, ah cidade que estava completamente enfeitada, preparada, e apaixonada... ah, sim hoje era o melhor dia para os apaixonados, e apaixonadas, hoje era nada mais nada menos do que: O DIA DOS NAMORADOS! Essa era a data, esse era o mês, e tudo isso era para Jeon! O moreno dês de ontem a noite, tentou fazer um chocolate ou qualquer coisa para entregar a Jimin, já o moreno menor das inicias P e J, estava completamente se fodendo para o dia dos namorados. Park estava deitado na sua cama desde quando chegou da cafeteria ontem, ele ainda estava pensando no beijo de Jeon, o beijo que lhe fez por um minuto achar que gosta do seu dongsaeng. Mas como sabemos o mel está sempre presente ne uma área do corpo do moreno, por isso Jimin colocou novamente em sua cabeça que era hétero. Mesmo com essa mentire em sua cabeça, Jimin ainda pensava  no beijo de Jeon, aquele beijo foi diferente de todos os outros recebido pelo mesmo... tanto que Park sequer parou de tocar seus lábios suavemente com as pontas de seus macios e gordinhos dedos. Seria o efeito amor, atacando Jimin?

 Jeon estava animado para o dia que começaria oficialmente para ele às 7h30min, no caso, o horário que a cafeteria era aberta, para os funcionários. Já Park, não conseguiu pregar seus olhos, tanto que se notava um pouco de olheira abaixo do mesmo, mas como Jimin ama trabalhar não iria deixar que simples olheiras o atrapalhassem, enquanto escovava os dentes viam lembranças do beijo que receberás de Jeon em mente...

"—Hyung...

  —Hum?

  —Não negue, o que está na sua cara..."   

 Isso era o que Jeon falou para Jimin, assim que os dois separaram seus lábios, Park não deu muita atenção para as falas do menor, já que antes que o mesmo acabasse Jimin o puxou pela cintura, colocou sua mão na nuca de Jeon, e o beijo. Sim, Jimin o beijou! Finalmente o anão tinha tomado iniciativa, mas logo a mesma acabou... quando a história de ser "hétero" resolveu aparecer que nem foto revelada na mente de Jimin, o que fez o moreno parar de beijar Jeon. Quando parece que vai, o veado pega o mel e taca em cima do seu orifício! Mas o bom de tudo isso foi, o fato de Jeon ter se afundado mais em sua paixão e também para ter coragem para fazer chocolate a Jimin. 

 Agora nós só precisamos ver, o que iria rolar nessa data tão especial, como é para os moradores de Seul e as outras cidades...

 JEON.

 O moreno tinha levantado todo feliz. Como não levantar feliz no dia dos namorados, que ele sabia que iria passar com o seu amado? É essa pergunta estava sendo feita na "santa" mente de Jeon, o moreno vinha se perguntado isso desde quando acordou. O que o amor não faz, não é mesmo?

 Mas mudando de amor, para o dia do amor, tudo aparentava e estava aparentando começar e terminar bem. Kook escovou os dentes, voltou para seu quarto e colocou uma roupa provocante, já que hoje Jeon queria arrasar com os pensamentos e tudo mais um pouco de seu hyung, agora só faltava uma coisa, e essa coisa era: pegar o seu chocolate e ir para a cafeteria entregar para Jimin. Mas e se alguma coisa desse errado?

—Bom Dia —Disse o moreno passando por sua mãe assim que entrou na cozinha.

—Bom Dia...

—MÃE, CADÊ O CHOCOLATE QUE EU FIZ ONTEM? —Perguntou Jeon em desespero enquanto fuçava na geladeira novamente para ver se seu doce não estava lá.

—Ai filho, eu dei para o seu pai —As falas de sua mãe passou em câmera lenta para Kook.

—M-Mas a mãe sabia que era para o Jimin, o que eu vou fazer agora? —Disse Jeon perguntando em seguida. Sua mãe o olhou de baixo para cima de seu filho, sorriu, se levantou e foi até o mesmo, aproximou de seu ouvido direito e despejou uma ideia que com certeza Jeon usaria com Jimin. 

 A mesma apenas sorriu para seu filho assim que terminou de falar sua ideia para o mesmo, já Jeon deu um leve selar na testa de sua mãe, e por último saiu correndo até a entrada de sua casa, o moreno pegou sua blusa de frio e vestiu seu tênis, assim que os vestiu abriu a porta e saiu correndo que nem doido. 

 Acho que alguém vai ter um dia animado, não só um, mais sim os dois...

 Jimin.

 Ah, Jimin. O pequeno não tinha ideia do que iria receber hoje de Jeon, na verdade ele não tinha ideia do que ira acontecer no dia dos namorados, já que Park só pensava ne passa-lo, só! Tudo isso porque não estava namorando. Não está, porque não quer, já que tem um rapaz de 18 anos se entregando por completo para si! De pensamentos em pensamentos, Park foi despertado pelo toque de seu celular.

—Quem fala?

—Hyung, sou eu.

—"Eu"?

—Eu, o garoto que vem te enchendo, que vem te desejand...

—Já entendi! Mas, o que você quer? 

—Queria saber, por você, qual chocolate você mais gosta? 

—Pra que, você vai me presentear com chocolates, Jeon?

—Claro... que não. Eu apenas quero saber o seu gosto, então qual?

—Não vejo diferença, então qualquer um serve para mim.

—Hum... antes de desligar, aceite esse meu pedido, me adiciona logo no seus contatos, é horrível ouvir sempre de você "Eu?"

—Tá, tá... só?

—Sim, só! Tchau, Hyung... beijos —Disse Jeon pressionando seus lábios e em seguida fazendo som estralados com os mesmo.

 Jimin desligou assim que ouviu os som que Jeon fazia, mas mesmo tendo desligado com ignorância, Park estava sorrindo, mas não era o mesmo sorriso que ele dava a Tae, ou para qualquer outra pessoa, era um sorriso que transmitia um leve ar de amor, então era fato, Jimin estava se encantando pelo grande Jeon.

 O moreno levantou de seu sofá, e foi em direção ao seu quarto se trocar, mas voltou rapidamente para sala, já que tinha esquecido seu celular em cima do sofá. Mas o verdadeiro motivo, era por ter esquecido de salvar o contato de Jeon.

~~~~---~~~~~---~~

 TaeHyung, o rapaz que era completamente um Chapeleiro Maluco, não estava muito feliz pelo dia dos namorados, porque ano passado sua namorada terminou consigo um dia antes dessa data tão especial para alguns, e tão triste e solitária para outros. Mas também, já estava desistindo de encontrar alguém, já que "ninguém" o queria.

—Kim, nós já vamos abrir? —Perguntou Jiy-oon fazendo o descolorido acorda de seus pensamentos.

—Sim, sim... Deixa que, eu abro, vá avisar os meninos —Respondeu Tae se levantando da mesa 6. 

 Jiy-oon assentiu para seu chefe, e se retirou em seguida. Tae deixou sua xícara esfriar em cima da mesa, enquanto o mesmo ia abrir a cafeteria, Tae estava completamente desanimado, para ele apenas puxar a porta da cafeteria foi uma dificuldade imensa. Foi tanta que ele, acertou o rapaz que estava passando na rua.

—MEU DEUS! ME DESCULPA! 

—...Não é necessário, eu estou bem...—Disse o rapaz de cabelos alaranjado enquanto passava sua mão em seu braço.

—AISH! QUE ÓTIMO! Quanto você que?

—"Quanto", o que? —Perguntou o rapaz sem entender.

—De dinheiro, oras!

—Ah, não. Eu não preciso disso, então eu já vou indo, tá? —Falou o alaranjado sorrindo, deixando vim atona o seu sorriso formato coração, Tae amoleceu por completo sua expressões de preocupação foram para de derretida, o alaranjado se reverenciou para Tae e voltou a seguir seu caminho, mas foi parado assim que deu seu primeiro passo. 

—Pela mor do meu cabeleiro, como é o seu nome? Onde você trabalha? Tem algum conjugue? Está a procura de uma pessoa em sua vida? —Perguntou Tae focado na cara de surpreso do alaranjado. O rapaz sorriu para o descolorido, e o respondeu:

—Trabalho na Editions Du Seul, não eu não tenho conjugue, talvez —Falou o alaranjado sorrindo na sua última fala— Ah, o meu nome é Jung Hoseok —Assim que o alaranjado disse seu nome, Tae já foi pensando no sobrenome do seus futuros filhos.

 O descolorido sorriu sem jeito, e soltou o alaranjado, os dois estavam com sorriso sem jeito algum em suas faces.

~~~---~~~--

 É o amor está no ar...

 Estava tanto no ar, que Jeon estava completamente eufórico, o moreno estava pensando no plano que sua mãe lhe deu de presente nesse dia tão especial, e ne como ele usaria com seu Hyung. Ele tinha tudo em mente, tão em mente, que já estava preste a pressionar seu polegar no "ligar" no número do: O "hétero". É esse era o nome de Jimin, nos contatos de Jeon.

 De tanto pensar se deveria ou não ligar para seu hyung e colocar o plano em prática, Jeon já estava vendo seu lado anjinho e demoninho o dizendo o que fazer.

" —Vai logo, liga pra ele! —Dizia a versão demoninho de Jeon.

  —Deixa para outro dia, você sabe que aguenta, meu irmão —Falava a versão anjinho." 

 Mas como Jeon é um safado, óbvio que ele ouviu sua versão demoninha, o moreno pressionou o "ligar", colocou seu celular no viva voz, e esperou Jimin o atender, o que não demorou muito já que no terceiro "Tum..." Jimin o atendeu.

—O que foi agora, Dongsaeng?

—Jimin, eu preciso de você, corre! É urgente

—Como assim, você está passando mal? Onde você está?

—Estou no hotel, "Good of Seul", no quarto 438. Vem longo, a dor está aumentando!

—Tá, tá. 

 Assim que Jimin desligou, Jeon sorriu abertamente para o mundo e também para o quarto de hotel que ele estava, mas logo ele levantou saltitando da cama e correu para o banheiro com uma sacola junto a si. 

~~~~--~~~

 Depois de tanto correr, mentira Jimin não estava com pressa alguma, o menor finalmente chegou ao hotel Good of Seul. Ele estava completamente puto com Jeon, porque graças a ele, o moreno teve que subir escadas. Mas calma, era para salvar seu dongsaeng, não é mesmo? Jimin assim que se aproximou da porta do quarto do mesmo, já foi logo querendo quebrar, porque as batidas não foram leves e sim ao contrário da palavra "leve".

—Jeon, abre logo isso!

—Tá aberta...

 Assim que Jimin entrou no quarto 438, onde estava Jeon, o moreno ficou de boca aberta.

—Hyung...

 A surpresa de Jeon, era nada mais nada menos do que: Ele apenas com uma cueca box, junto a uma tiara de orelhas de coelhos, e por último e mais excitante, seu corpo, sim seu corpo! O mesmo estava coberto por chocolates. 

~~~~~~~-----~~~~~~~~

 "É tão engraçado tentar explica..."


Notas Finais


Queridos e queridas, sim, no próximo cap finalmente terá Lemon.
Gente, o Jimin é o Uke, vcs entenderam mais no cap do lemon, é que nesse final o Jeon aparentou ser o Uke e taus kk
*Perguntas: Comentários, ou no Twitter https://twitter.com/bruna12animebts (@bruna_animeira)*
Entã é isso, até o próximo cap ~~ FLW🌸🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...