História Seria amor? [JIKOOK] - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Tags Coffe, Comedia Romantica, Jikook, Namjin, Vhope
Exibições 264
Palavras 1.827
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Escolar, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Atenção leitores para a contagem de 5 segundos....
1...2...3...4...5!
É HOJE MEU BRASIL! É hoje que Jimin ira perde o lacre, é hoje, é hoje, desculpa bateu um projeto de Ludmila aqui. kk.
Espero que estejam gostando da fic :3
N Liguem para os erros e boa Leitura a todos ~^º^~

Capítulo 20 - Pouco a pouco -Part.2-


Fanfic / Fanfiction Seria amor? [JIKOOK] - Capítulo 20 - Pouco a pouco -Part.2-

“Adoro chocolate, mas acho que irei ama-lo assim que prova-lo junto a você...—Jimin."

    ------------------------------------------------------------------------------------------------------

 Jimin ainda estava parado em frente a cama que estava, Jeon Provocante Kook, o menor e maior ao mesmo tempo não sabia como reagir aquela situação.

 Mas nós obviamente saberíamos, não é mesmo? 

 Mesmo não sabendo como reagir, algo em Jimin sabia, e sim era o Pipimin. Diferente de seu hyung, Jeon estava sorrindo maliciosamente, mas boa parte de seu sorriso era pela expressão que Park fazia,

 O maior levantou-se da cama, levando consigo o olhar de Park, Jeon se aproximou de Jimin, ficando cara a cara com o menor.

—Hyung...feliz dia dos namorados.

—O que significa isso, Dongsaeng?

—"Isso"? E apenas um presente para você.

—Vá se vestir, Jeon.

  Jeon, taca esse mel bem para longe de Jimin!

—Não! Hoje você não podera negar a mim, hyung, deixe-me te-lo apenas hoje, sim? 

 Jimin não respndeu Jeon, então com esse silêncio contido Kook se aproximou mais um pouco de seu hyung, o moreno levou sua mão até a nuca de Jimin, o que fez Park se arrepiar. Jeon começou a roçar seus lábios no de Jimin, e antes de beijar o mesmo, ProvocanteKook falou:

—Irei explorar cada quanto seu, Hyung.

 E assim, Jeon beijou Jimin, logo pedindo passagem com a língua que logo foi aceita. Os dois se beijavam em perfeita sincronia, Jeon começou a desabotoar a camisa de Park, com esse ato seus lábios se separaram, dando assim folego para os dois.

—Pra sua sorte, eu estou muito feliz hoje, então...—Falou Park arrancando um sorriso de seu dongsaeng.

 Jimin levantou o rosto de Kook, deixando assim o pescoço do mesmo exposto a si, Park não resistiu e deu um leve beijo no mesmo, Kook sorriu abertamente ao ver que seu hyung estava mesmo se entregando para si.

—Jeon, você sabe que isso que vai acontecer agora, e apenas hoje, né? 

 Meu querido Jimin, está na cara que isso vai acontecer mais do que vezes do que hoje, amanhã e depois de amanhã;

—Só deixa rolar, hyung.

 Disse Jeon retirando por completo a camisa de Park, o mesmo começou a dar leves selares no nem tanto definido abdômen de seu hyung. Mesmo estando presenciando essa cena, Jeon não estava acreditando que estava preste a transar com sua "talvez" paizão. Para confirmar que seu sonho não era realmente um sonho, Kook mordeu o abdômen de Jimin, o que fez o moreno gemer, Jeon não resistiu e riu abafado ainda com a pele de Jimin entre seus dentes.

—Você que me deixar vermelho? Ou o que.

—Eu apenas quero te dar prazer, hyung.

 Jimin travou, o que fez Jeon rir mais ainda, mas logo parou quando recebeu uma lambida no peitoral, o moreno olhou sem entender para seu hyung. Park apenas lambeu o chocolate que estava ao redor de sua boca, e disse para seu dongsaeng as melhores palavras que, Jeon poderia ouvir hoje. E essas foram:

—Adoro chocolate, mas acho que eu irei ama-lo assim que prova-lo junto a você.

 Jeon levou sua mão até os fios negros de Jimin, e os puxou fazendo Jimin deixar seu pescoço exposto a Jeon, o moreno aproveitou e deu um leve chupão naquela área tão branca, Jimin gemeu baixo. Kook sorriu novamente, mas preferiu sorrir enquanto beijava seu hyung e foi exatamente que o moreno fez, Jung voltou a roçar seus lábios aos lábios carnudos de Jimin, mas agora esse roçar continha um sorriso.

—Repita, hyung.

—Como?

—Repita, o que você disse agora pouco.

—Mas, eu não disse nada —Disse Jimin sorrindo. Acho que alguém está gostando da brincadeira... hum...

—Então, eu arrancarei elas de você.

—Co...—Antes que Jimin, completa-se suas falas, Jeon virou e jogou Park na grande cama de casal que continha no quarto que os dois estavam.

 Jimin olhou surpreso para Jeon, ainda mais quando o mesmo surgiu com uma algema.

—O que você pretende fazer, Jeon?

—Eu pretendo te dar prazer, hyung. Mas elas também serve, para o caso de você resolver fugir de mim novamente —Respondeu Jeon prendendo Park.

—Sério? —Perguntou Jimin rindo a Kook.

 Jeon levantou-se da cama, sem responder o moreno aprisionado na mesma, para pegar algo que ele usaria com seu hyung; Acho que Jeon ProvocanteKook, viu muito "50 tons de cinza"; Jimin estava apenas de calça, já que sua camisa foras arrancada por seu dongsaeng, para Park era estranho ser comandado por Jeon, já que o mesmo é mais novo, mas o que ele poderia fazer? Ainda mais pelas provocações de Jeon.

—Hyung, irei te lambuzar por inteiro.

—Como? 

—TCHARAM! —Jeon revelou uma taça de chocolate derretido, pronta para ser derramada sobre o corpo alheio de Jimin. 

 O moreno colocou a mesma em cima da mesa de quanto que tinha ao lado da cama, para depois desabotoar a calça de seu hyung, Jeon descia o zíper lentamente, Jimin estava olhando atentamente para seu dongsaeng. Kook abaixou por completo a calça de Jimin, deixando a vista a cueca box preta do mesmo.

—Hyung, mais já? —Perguntou Jeon ao notar a ereção de seu hyung.

—Você queria o que? —Perguntou Jimin debochado. 

 Riu. Sim, Jeon riu das falas debochadas de seu hyung, o moreno deu um rápido selar no moreno preso a cama, em seguida pegou novamente a taça de chocolate, balançou-la, e a despejou em Jimin, de pálido e avermelhado o abdômen de Park foras para, coberto, mas coberto por chocolate. Os toques daquele líquido cremoso e escuro, fizeram Jimin suspirar fundo; 

 Jeon deu uma lambida no chocolate que cobria um dos mamilos de Jimin. Park poderia gozar apenas com aquele ato; Mas Jimin não era hétero?

 Kook sentou-se na reta do membro de Park, o que fez o moreno soltar um love gemido, já que teve sua ereção pressionada.

—Você está delicioso, hyung —Falou Jung antes de lamber o abdômen de Park.

—Ah...—Arfou Jimin.

 Jeon sorriu maliciosamente para seu hyung, o moreno começou a provoca-lo da pior forma possível, e essas eram: Os movimentos de vai e vem feito em cima do pênis coberto de Jimin, junto as lambidas dadas no abdômen do mesmo.

—Faça...—Disse Jimin em meio a seu baixo gemido.

—Hum?

—Você entendeu, Dongsaeng.

—Diga...

—Eu quero...

—O que você quer, Jimin? —Perguntou Jeon antes de dar um leve chupão ne um dos mamilos rosados de seu hyung.

—Você...—Disse Jimin dando por último um pesado e longo suspiro.

—Você me quer, Hyung? Como você me quer exatamente, Park...Jimin? —Perguntou Jeon sussurrando por último o nome do mais velho.

—Eu...quero —Kook começou a descer lentamente a cueca de Park— Você dentro de mim, me dando prazer, me fazendo gemer, Jeon eu preciso de você dentro de mim! —Só bastou Jimin dizer aquilo, para Jeon retirar sua cueca e em seguida a de seu hyung, assim fazendo seu membro ereto ficar exposto. Mas Jeon estava focado em outra coisa, tanto que sem ao menos preparar seu hyung, Jeon o penetrou.

—HUM! —Jimin pressionou seus lábios, assim abafando seu gemido.

 Kook se posicionou corretamente a Jimin, passando suas pernas em volta de sua cintura, tudo isso com seu pênis dentro de Jimin. A entrada de Park recusava um pouco o membro de Jeon, o que fez o moreno soltar um baixo gemido.

—Você é muito apertado, hyung.

—Então... mude isso —Falou Jimin sério para Jeon. O moreno sorriu para seu hyung, em seguida assentiu com a cabeça, assim começando a se movimentar dentro do mesmo.

 Jeon gemia baixo, já Jimin tentava. O maior ao mesmo tempo menor deitou-se com seu abdômen junto a de Jimin, deixando assim os trocos dos dois ainda mais sujo de chocolate. Jeon começou a penetrar rapidamente Jimin, oque fez o moreno já quase esgotado gemer mais alto do que já estava. Kook entrelaçou suas mãos as de Jimin, que já estavam vermelhas e marcadas pela pequena corrente da algemas. Os rebolados feito por Jimin no pênis de Jeon, deixava o moreno mais excitado pelo maior.

—Jeon...

—Hum?

—Beije-me.

 Com um sorriso no rosto, Jeon aproximou seu rosto a de Park e selou seus lábios em seguida. O barulho que a cama fazia junto com o som dos testículos de Jeon batendo na entrada de Jimin, era extremamente excitante. Park abafava seus gemidos com os beijos desajeitados que recebia de Jeon, já que os dois gemiam no mesmo ritmo, assim como um cantor segue o mesmo ritmo da música. 

 Mas assim que Park teve sua próstata acertada perfeitamente pelo pênis de Kook, seu gemido não foi contido, deixando assim um:

—JungKook...—Arrastado no ar.

 Depois de ver seu hyung gemendo seu nome, Jeon sorriu abertamente, ainda mais quando Jimin se desfez em seu abdômen. Jeon estava feliz por ver sua "talvez" paixão satisfeita, depois de cinco estocadas Jeon JungKook se desfez dentro de seu hyung. Deixando assim também um gemido arrastado no ar. O moreno se retirou de dentro do seu ''prisioneiro", e começou a lamber o chocolate que restava no peitoral e abdômen do mesmo, Jimin olhava atentamente para aquela cena, mas logo deixou o peso da sua cabeça cair no travesseiro úmido pelo suor do mesmo, soltando por último todo o ar que estava presente em seus pulmões aquele momento. Já Jeon assim que lambeu o tronco de seu hyung, desceu um pouco mais para baixo, ficando assim na reta do membro avermelhado de Jimin, Jeon sorriu e  abocanhou o mesmo por completo, tendo assim um pouco de seu hyung em sua boca.

—Feliz dia dos namorados, hyung —Disse Jeon dando um tapa na coxa suada de Jimin, deixando assim a marca de sua mão na mesma.

—A...—Antes que Park gemesse pela dor e ardência do tapa recebido, Jeon deu uma mordida no lábio inferior de Jimin, logo em seguida o beijado, por último o mesmo entrelaçou sua mão novamente a de seu hyung.

~~~~~~~~~~~~--~~~~~~~~~--~~~~

—VOCÊ O QUE? —Perguntou TaeHyung com a boca cheia de pipoca.

—Eu transei...com ele —Respondeu Jimin afundando sua cara na almofada rosa da sala de seu amigo. 

—Morto estou! —Disse o descolorido se jogando no sofá com um pote de pipoca em mãos. —Mas, você não era hétero?

—EU SOU HÉTERO! —Jimin, não minta! Meu filho tu acabou de ter o lacre aberto, e agora vem nos dizer que é hétero!—Por isso que isso nunca mais ira se repetir. —Completou o mesmo com sua voz abafada pela almofada.

—Hum...sei.

—É sério, Tae.

—Ok, ok... quer chocolate? —Perguntou TaeHyung com um sorriso maldoso na cara.

 Jimin pegou a almofada verde ao seu lado, e jogou no seu santo amigo descolorido.

~~~---~~~~~--~~~-~~~~--~~~--

 E foi assim, que Jimin passou seu dia dos namorados, enquanto ele dizia para si mesmo que foi o pior dia dos namorados da sua vida, nós sabemos muito bem que foi o melhor. Já Jeon, estava completamente no mundo da lua, ou melhor no planeta Park Jimin, Jeon nunca agradeceu tanto sua mãe quanto hoje. Mas será que Jimin continuara negando algo que está estampado na cara dele? 

 Veremos...


Notas Finais


FINALMENTE MU BRAZELLLLL!!!!
Agora, será que Park Jimin continuara com essa história d hétero, mesmo estando na cara a sua verdadeira opção sexual.
Até o próximo cap ~~ FLW🌸🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...