História Seria uma aborto? - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Tags Drama, Harry Potter, Original
Visualizações 17
Palavras 860
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Tô meio empolgada e no tédio então talvez eu envie muitos capítulos de uma vez....
Bom espero que vcs gostem desse capítulo, o Demeter aparece bastante (quase dei spoiler agora!). Boa leitura.

Capítulo 5 - Adeus


[P.o.v. Demeter]

Dias difíceis para todos nós. Mah ficava trancada no porão o dia inteiro e saia quando papai e mamãe estavam fora ou dormindo. Eles me tratavam como se eu nunca tivesse tido uma irmã. Descia todos os dias para ver como ela estava. Levei todas às suas roupas e boa parte dos seus pertences para o porão e dei ordem a Merck para cuidar bem dela. Não queria me despedir mas quanto mais eu ficasse mais difícil para ela seria. Gostava de pensar que ela entraria no mundo trouxa, às vezes até em uma escola. Mas com 11 anos e sem a autorização dos pais. Como que ela conseguirá fazer tudo isso? 

"Demeter é hoje! Vamos para o beco meu filho", fui interrompido pelo berro da minha mãe. Saindo do meu turbilhão de pensamentos. Me levantei coloquei um sapato e desci a escada correndo, iriamos comprar os materiais hoje. Não queria deixar Mah sozinha com o papai mas não tinha muita escolha.

Minha mãe segurava o pó de flur na mão, ela me entregou um punhado. E eu em altas vozes disse: "Travessa do Tranco".

 [P.o.v. Makaria]

Ouvia múrmuros lá de cima. Minha mãe gritando, só ouvi uma palavra: Beco. Eu estava fudida, mamãe e Meh iriam ir para o Beco comprar os materiais. Ou seja ficaria sozinha com o papai.

Comecei a chorar imediatamente com medo dele lembrar que eu existia. Aí me lembrei que em dois dias Meh iria para Hogwarts e não teria ninguém para me proteger. Deveria ter fugido quando eu tinha chance. 

Comecei a esconder minhas coisas, papai não sabia que eu tinha levado às coisas do meu quarto para o porão. Sentei no cantinho da cama, esperando Meh voltar. 

[quebra de tempo]

Acordei com a porta abrindo, estava fodida a única pessoa que tinha a chave era o papai. Ele desceu a escada, e eu consegui ver a sua varinha. Ele me olhou e murmurou com sigo mesmo:

"Tomara que isso funcione, e eu cure ela." 

Eu tinha ouvido certo? Ele queria me curar? Me transformar em uma bruxa? Séria isso possível. Ele chegou mais perto e me puxou pelo cabelo, aquilo doía muito. Ele me empurrou com um chute no peito no chão. E eu já estava chorando de novo. 

"Crucio", ele gritou, senti meu corpo inteiro em chamas. Não tinha tempo para pensar era só dor. Comecei a berrar e chorar. Não estava aguentando aquela dor. Até que ele parou. Ele me chutou e disse. 

"Não a cura para vc!" e saiu do porão.

Eu não parava de chorar. E não era por causa da dor, era porque ele desistira de mim. Ele havia desistido de me curar. Ele me odiava. Meu pai me odiava. 

[P.o.v. Demeter]

Cheguei em casa e vi o olhar de papai enfurecido. Estava com medo dele ter feito algo com Mah, esperei meus pais dormirem e fui para o porão. Mah estava sentada no cantinho da cama chorando. Eu a-abracei.

"Mah ele fez algo?", eu perguntei e ela simplesmente assentiu com a cabeça. 

"Oq ele fez?", eu a fitei e ouvi ela murmurar.

"Crucio." 

Eu a abracei e fiquei com ela até dormimos. Quando acordei já era de manhã cedo. Levantei e sai correndo para a casa. Meus pais iam desconfiar. Cheguei na sala e papai e mamãe estavam tendo uma séria discussão sobre mudanças em Hogwarts. Papai me olhou e disse:

"Demeter meu filho onde vc estava? Estávamos preocupados!" Eles obviamente não estavam preocupados, ele só queria saber se eu estava com Mah. 

"Acordei mais cedo e fui brigar com uns trouxas, mostrar quem manda." Inventei qualquer desculpa, e sabia que meu pai iria querer acreditar nessa. 

"Meu filho, eles não merecem sua atenção. Eles não merecem ter vc como o vizinho. Por mim eu matava todos aqueles que não tem magia e..." ele foi interrompido por soluços da minha mãe. Ele olhou com uma expressão séria, como tivesse matando ela com o olhar. Ela se controlou e ficou quieta, e eu subi antes que ele pedisse minha opinião. 

Subi para o meu quarto e comecei a arrumar meu malão. Coloquei meus materiais, o uniforme, uma foto minha e da Mah. 

[quebra de tempo]

[P.o.v. Makaria]

Fui acordada por Demeter, deveria ser umas seis da manhã. Ele chegou e me abraçou dizendo:

"É hoje Mah", e foi aí que eu lembrei. Ele estaria indo para Hogwarts hoje. 

"Não pode ser..." comecei a chorar, e ele me abraçou.

"Mah, olha para mim. Amanhã o papai e a mamãe voltam pro trabalho, ele não vai ter tempo de fazer nada com vc. E eles não sabem da existência da porta para o jardim. Vou te mandar cartas todos os dias!" ele disse.

"Te amo muito, você vai ser um ótimo bruxo." aquilo doía muito para nós dois. Nossa vida inteira nós imaginamos ir para Hogwarts juntos. E agora eu tinha acabado com tudo. 

"Também te amo muito" ele disse com lágrimas nos olhos. "Vai dar tudo certo. Vc vai ficar bem." O relógio marcou 7 horas ele precisava ir.

"Adeus" eu disse e o abracei.

"Te vejo no Natal" ele disse e saiu correndo para casa.


Notas Finais


Esse vai ser o último capítulo em muito tempo com a participação constante do Demeter. Aaah e mudei uma coisinha nos alertas, uns comentários aí me deram uma ideia 😏. Quero muito saber se vcs querem que eu narre o Demeter em Hogwarts. Minha ideia é focar na Makaria, no próximo capítulo vai ter muita novidade para ela. Vcs ainda saberiam pq está acontecendo com o Demeter por meio das cartas. Comentários e ideias são sempre bem vindos. Espero que tenham gostado. o próximo sai em breve(eu acho)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...