História Série "Entre Ciúmes e Brincadeiras" - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Brincadeiras, Comedia, Naruto, Recém Casados, Romance, Sasuke Ciumento, Sasusaku, Serie
Visualizações 529
Palavras 1.672
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Heterossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá gente <3 E aqui estou com a segunda one desta pequena série :3
Para quem não tinha visto o aviso que tinha deixado aqui (e que já apaguei) recomendo lerem as notas iniciais do 1 cap para saberem de tudo direitinho <3

Sinopse da segunda one da série:
"Após Sakura ter descoberto que era Sasuke quem lhe roubava as camisolas para colocar o símbolo do seu clã nelas, ela pensou que algo assim não aconteceria de novo, mas não poderia estar mais enganada. Apesar de negar, Sasuke Uchiha sentia ciúmes do médico, ou melhor, aprendiz que trabalhava com Sakura e que a tinha num pedestal. Mas quem sabe, talvez uma pequena mudança na bata branca de médica da sua mulher solucionasse o problema."

Espero que gostem e boa leitura! <3
Escrita em PT-PT

Capítulo 2 - Solucionando problemas com Sasuke Uchiha


Fanfic / Fanfiction Série "Entre Ciúmes e Brincadeiras" - Capítulo 2 - Solucionando problemas com Sasuke Uchiha

 

Série ''Entre Ciúmes e Brincadeiras'' 02 - Solucionando problemas com Sasuke Uchiha

Sakura Uchiha era uma pessoa que não se surpreendia facilmente, mas com Sasuke Uchiha, seu marido, era impossível não fazê-lo. Desde que se casaram, Sakura tinha descoberto que o Uchiha amava dormir, resmungava como um bebé e era ciumento, apesar de negar esse facto todo o tempo e só mostrar esse seu lado quando estava sozinho com ela.

Após se casarem, Sakura tinha ficado desesperada por as suas roupas não pararem de desaparecer, até que mais tarde descobriu que era Sasuke quem as levava, para colocar o símbolo do seu clã nelas. Sasuke queria que ela usasse o seu símbolo, fazendo assim todos saberem que ela era casada com um Uchiha, mas, pelos vistos, a sua principal intenção era afastar um pobre aprendiz que a tinha num pedestal.

Dizer que ela não tinha ficado surpreendida ao ver que o Uchiha sentia ciúmes, seria uma grande mentira. Uma tão grande como a que Sasuke dizia ao negar que sentia ciúmes da bela mulher que tinha ao seu lado. Descobrir que o seu marido sentia ciúmes dela, tinha deixado Sakura surpresa e feliz, pois essa era mais uma forma dela ver que Sasuke a amava. Com Sasuke Uchiha, tens de valorizar cada pequeno gesto ou atitude, pois é dessa forma que ele mostra que se importa com as pessoas ao seu redor, em especial ela, Naruto e o antigo sensei deles, pois eram as pessoas que mais estiveram próximas de si, apesar dos anos que estiveram afastados.

Após o episódio do roubo das camisolas e vestidos ter passado, duas semanas depois Sakura notou que algo estava diferente de novo e, por instinto, algo lhe dizia que o Uchiha iria aprontar algo de novo. Aprontar… essa era uma palavra que Sakura nunca iria associar ao Uchiha, mas sim ao loiro idiota que agora tinham como Hokage, mas pelos vistos se tinha enganado.

Depois dela descobrir que era Sasuke o ladrão, ele a tinha surpreendido novamente com as suas atitudes. Sempre que o seu turno acabava, Sasuke aparecia na entrada do hospital à sua espera para voltarem juntos para casa. E, naquele dia, não tinha sido diferente.

 

****

 

Sakura suspirou cansada, esticando os braços no alto da cabeça, sentindo logo de seguida o seu corpo dolorido pelas horas extra de trabalho. Levantou-se lentamente da sua cadeira e retirou a sua bata branca, colocando-a logo depois num cabide que tinha num armário da sua sala. Pegou rapidamente as sua coisas e saiu, caminhando para a saída do hospital com apenas três coisas em mente: tomar um banho, comer e dormir. O dia tinha sido bastante cansativo e ter de fazer horas extras devido a uma médica que tinha faltado, a tinha destruído. O único lado positivo é que no dia seguinte iria sair mais cedo e poderia descansar e, talvez, aproveitar o marido.

Quando estava quase a chegar à entrada, ouviu o seu nome ser chamado, o que a fez suspirar cansada e virar-se para trás para ver quem era. Quando se virou, sorriu minimamente, vendo o jovem aproximar-se rapidamente de si. Keneki era o ninja médico do seu time e Tsunade, a antiga Hokage e a sua mestra, tinha achado boa ideia colocá-lo aos seus cuidados, pois ela via nele muito potencial. Sakura tinha aceitado rapidamente e poucos dias mais tarde ela era a mentora dele, ensinando-lhe tudo que ela sabia. Ele era apenas dois anos mais novo que ela e gostava de aprender tudo que estava relacionado com a medicina. Ele tinha um longo caminho para percorrer, mas um dia chegaria a estar ao seu nível ou até mesmo a superá-la.

— Doutora Uchiha. — chamou-a.

— Sim?

— Obrigada por tudo o que me ensinou hoje, já consegui fazer o que você me ensinou.

— Já? Isso é muito bom, aprendes as coisas rápido. — sorriu orgulhosa, vendo como as bochechas dele ficavam vermelhas.

— Obrigado. — agradeceu feliz pelo elogio.

— Mais alguma coisa? Estou cansada e queria ir para casa. — comentou rindo.

— Oh nada, e desculpe pelo incômodo.

— Não te preocupes por isso. — respondeu, despedindo-se e caminhando para fora.

Quando saiu, chocou-se com o corpo de alguém e quando olhou para cima surpreendeu-se ao ver Sasuke.

— Sasuke-Kun?

— Aquele médico parece gostar muito de ti. — comentou, olhando para a porta de onde ela tinha saído.

— Sasuke, estavas a espiar-me? — questionou incrédula. Sasuke olhou para baixo, para ela, e virou as costas, afastando-se.

— Claro que não. Não sei o que te fez pensar nisso. — respondeu. — Vens ou não? — questionou, ao vê-la parada sem sair do lugar.

— Já vou. — Sakura correu até chegar ao seu lado, e caminharam juntos pelas ruas pouco movimentadas, devido a ser já de noite. — De novo vieste buscar-me, isso é um pouco estranho.

— Porquê?

— Porque não parece ser algo que tu faças. — comentou, rindo suavemente.

— Não tinha nada para fazer em casa, e achei que era uma boa ideia para passar o tempo. Ou te incomoda? — questionou, olhando-a pelo canto do olho, avaliando-a.

— Não me incomoda, muito pelo contrário, me deixa muito feliz. — respondeu, pegando na sua mão e caminhando juntos assim.

— Hum… aquele médico…

— Aprendiz… — corrigiu-o.

— Aquele aprendiz parece gostar muito de ti. — voltou a insistir, sem olhar para ela.

— Humm... sim, algumas dizem que ele está apaixonado por mim, mas eu não acho que isso é verdade. — comentou, lembrando-se do que as suas colegas, principalmente Ino, diziam sobre ele.

— Hum...

Pelo resto do caminho até à casa deles, Sasuke não voltou a dizer nem perguntar nada, algo que não surpreendeu Sakura pois esse era o jeito dele. Quando chegaram, Sakura subiu para tomar um banho rápido e ao descer caminhou para a cozinha para preparar algo para eles. Desta vez decidiu preparar algo que tivesse o que Sasuke mais amava, tomates, afinal, o homem durante dias esteve a dar-lhe dicas para ela fazer algo com tomates. Seria mais fácil lhe dizer diretamente o que queria, mas estamos a falar de Sasuke Uchiha, lembram?

Após o jantar, Sakura foi a primeira a ir deitar-se e a adormecer, cansada demais depois do dia de trabalho que tinha tido. A meio da noite, Sakura acordou com sede, e estava sozinha na cama, a casa estava silenciosa e não sentia o chakra do marido em nenhum lado. Onde ele teria ido a essa hora da noite? Teria havido alguma emergência? Teria de ir de novo em alguma missão?

Bom, caso fosse algo importante, de certeza que ele lhe diria algo ou lhe deixaria algum recado. E foi com esse pensamento, que após descer à cozinha para beber um copo de água, adormeceu.

 

****

 

Sakura entrou na sua sala e rapidamente pegou a sua bata branca do cabide, antes de sair da sala e caminhar pelos corredores para checar os seus pacientes, e decidiu começar pelos que estavam em pior estado, os que mereciam ter maior atenção e vigilância.

Ela fez o seu trabalho rapidamente, mas com dedicação, e ao final da manhã já estava cansada. Visitar todos os seus pacientes, cuidar de um ninja que chegou da missão envenenado e ainda preencher os papéis sobre a condição de outros a tinha deixado esgotada. Pelo menos ela hoje iria sair mais cedo, iria sair às três da tarde em vez de sair quase de noite.

Sakura saiu do seu escritório e foi até à pequena praça de alimentação, para comprar algo leve para comer e assim conseguir aguentar até à sua hora de saída. Pelo caminho, Sakura notava certos cochichos de enfermeiras e colegas de trabalho quando ela passava, algo que tinha acontecido durante toda a manhã e que Sakura tinha tentado ignorar. Quando chegou à praça de alimentação, pegou algo para comer e foi sentar-se ao lado de Ino, quando a viu ao longe sentada numa mesa sozinha perto da janela. Ao chegar, sentou-se à sua frente e iniciaram uma pequena conversa, aproveitando os momentos livres antes de voltarem a trabalhar, principalmente Ino que ficaria até tarde da noite.

— Ino, posso perguntar-te uma coisa? — questionou Sakura, ao lembrar dos cochichos das pessoas.

— Claro!

— Porque hoje tem várias pessoas a cochichar quando eu passo por elas ou a sorrir para mim como idiotas? — perguntou, sendo direta.

— Não é óbvio? Pela tua bata de médica.

— Mas porquê? Está suja? — perguntou Sakura, de olhos arregalados só em pensar que tinha andado toda a manhã com ela suja.

— Não, calma Sakura. Estão todos a olhar devido ao que tu fizeste na tua bata.

— Ino, eu não fiz nada nela. — respondeu, franzindo o cenho, cada vez mais confundida e começando a irritar-se.

— Se não foste tu, então quem colocou o símbolo do clã Uchiha na tua bata? — questionou, sem entender nada.

— Símbolo? Clã Uchiha? — Sakura arregalou os olhos e levantou-se, tirando a bata e vendo as costas, vendo ali o símbolo da família do Sasuke. — Não acredito que ele fez isso de novo.

— Ele quem?

— Sasuke! — berrou, sem se importar com as pessoas que olharam para ela assustados. Bom, todos conheciam Sakura Haruno e ela gritar do nada já era algo que todos se tinham habituado a ver no dia a dia, mas gritar pelo marido não. — Esse maldito! De novo fez tudo pelas minhas costas. Literalmente!

 

****

 

— Sasuke, porque estás com esse sorriso no rosto? Assim me assustas. — comentou Naruto, afastando-se do amigo.

— Por nada em especial. — respondeu, dando de ombros. — Apenas acho que alguém finalmente acabou de receber um pequeno presente meu. Algo insignificante, nada de importante. — continuou, sorrindo de canto novamente ao ver uma mulher de cabelo rosa sair do hospital e correr na sua direção. — Sabes aquela missão de dois dias que me tinhas pedido para fazer?

— Humm… sim, porquê?

— Vou embora agora. Nos vemos quando eu voltar. — anunciou, desaparecendo rapidamente, no preciso momento em que Sakura tinha acabado de chegar.

— Sakura-chan? — questionou, confuso.

— Calado baka. — reclamou antes de dar um soco na mesa de madeira e partindo-a ao meio, assustando Naruto que conhecia a força da amiga quando ela estava irritada. — Onde está Sasuke? — perguntou Sakura, entredentes, e muito irritada.

— Foi numa missão de dois dias.

— Sasuke! — gritou novamente.

 


Notas Finais


[Leiam as notas iniciais]

Então? Gostaram da segunda one/continuação? Mereço um favorito e um comentário? *--*
Comentem à vontade, prometo responder a todos <3

Eu amei o que escrevi aqui, Sasuke ciumento a perguntar sobre o aprendiz e a fazer das suas de noite huashuash sem esquecer a fuga maravilhosa dele ahahah

------------------------------------------------------------------------------------------

Minha página do facebook: https://www.facebook.com/Angel.Escritora/
Meu grupo do facebook (podem receber spoilers, etc..): https://www.facebook.com/groups/1621661387907583/

Para divulgação das vossas fic's, desafios e concursos, entrem nestes grupos administrados por mim <3
https://www.facebook.com/groups/211397512621013/
https://www.facebook.com/groups/192839857783813/

---------------------------------------------------------------------------------------------
Indicações de fics minhas:
SasuSaku|UA|Terminada com 3 cap: https://spiritfanfics.com/historia/yellow-10232571
Oneshot|BTS|VHope: https://spiritfanfics.com/historia/o-segredo-de-jung-hoseok-10487065
SasuSaku|UA|Termianda com 2 cap: https://spiritfanfics.com/historia/save-me-10685585
SasuSaku|Oneshot|UN: https://spiritfanfics.com/historia/cla-uchiha-10845273
Para quem quiser ler mais histórias minhas, sintam-se à vontade para Stalkear o meu perfil <3 https://spiritfanfics.com/perfil/sasuke-kun_1999/historias


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...