História Sesshoumaru e rin; a historia continua - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Jaken, Kaede, Kohaku, Miroku, Rin, Sango, Sesshoumaru
Exibições 230
Palavras 585
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Nesse capitulo vamos saber um pouquinho do inimigo.

Capítulo 18 - A determinação de rin.


Fanfic / Fanfiction Sesshoumaru e rin; a historia continua - Capítulo 18 - A determinação de rin.

Em terras distantes...
Dois poderosos lideres dos iokays serpentes conversavam animadamente em volta da lareira, eles bebiam saquê.
"Tokugawa você acredita mesmo neste boato que sesshoumaru tomou para si uma humana." Falou uma iokay com longos cabelos negros  e olhar de serpente. Seu nome era nure ela era uma princesa iokay.
"Se for verdade ela já deve estar morta a essa altura." A iokay deu mais um gole em sua bebida e sussurrou no ouvido do forte tokugawa que era um belo exemplar de sua raça, e fazia parte dos homens de confiaça de nure.
"A traidora já o deixou sob alerta com certeza."
"Kagura pode ter o deixado sob aviso, mas eu fui cauteloso, se tudo correu bem, ela já morreu."
" o que deu em sesshoumaru para desposar uma fraca?" O iokay ficou intrigado com a pergunta.
"Isso incomoda você?" Ela se virou.
"Não tem porque me incomodar, Sesshoumaru so demonstra fraqueza com tal atitude. Se realmente for verdade é nossa chance de conquistarmos as terras do oeste. Devemos ser cuidadosos. Um herdeiro de sesshoumaru não será fraco e poderá oferecer risco ao nosso clã mesmo se for um hanyo. Ele ja domina uma grande quantidade de terras e agora se realmente tiver uma princesa vai querer cada vez mais terras sob seu controle, afinal vai querer mante-la em segurança."
"Eu cuidarei de tudo, um problema de cada vez. Se ela estivesse prenha saberiamos." disse beijando o ombro da iokay.
"E quanto a kagura? Ela também tem que pagar." Falou se virando.
"Ela pagará. Eu garanto." Os dois iokays se beijaram intensamente.

Em quanto isso nas terras do oeste...

"Nossa! Como você esta linda senhora." Falou yume ao olhar para rin que sorria tranquilamente.
"Ja fazem duas semanas que sesshoumaru resolveu dar abrigo a kagura. Ele diz que ela será importante durante o ataque aos iokays serpentes. Ele faz de tudo para eu não me encontrar com ela, mas hoje yume, esta noite terá uma reunião para planejar o ataque e eu pretendo estar presente." Falou decidida.
"Senhora acha que o senhor irá permitir?"
"A guerra não é por mim? Pois bem, tenho mais direito de estar lá do que kagura. Ultimamente sesshoumaru passa todo o tempo ouvindo coisas que ela conta sobre falhas na segurança do castelo do inimigo e eu não suporto mais essa proximidade."
"Seja cuidadosa criança."
"Eu serei. Mas sinto que sesshoumaru não devia confiar tanto assim nela."
"E será que confia? Ele é muito esperto, não a traria para cá se ela oferecesse risco. Mas nunca soube que sessoumaru confiasse em alguém que não fosse ele mesmo."
"Você não o conhece como eu conheço yume. Sesshoumaru tem um passado com kagura, não sei o que ouve naquela época e não vou perguntar. Isso não me intereça, mas se ela acredita que retornar dos mortos com algum tipo de feitiço a dará alguma chance com meu principe esta enganada."
Rin vestia uma kimono lilaz que abraçava suas curvas nos lugares certos deichando sua barriga de grávida confortável. Ela entrou na sala de reuniões sem bater, todos se viraram e sesshoumaru arqueou uma sombrancelha. Kagura estava ao lado dele, rin fingiu que seu coração não se quebrou mais um pouco.
A presença de rin retirou toda a atenção do assunto em pauta, os guerreiros ficaram adimirados de sua beleza, e isamu estava simplesmente hipnotizado. Se rin não fosse muito corajosa teria voltado da porta, pois o olhar de sesshoumaru era mais frio que um iceberg.
"Eu vim participar da reunião."

   


Notas Finais


A nossa rin ressurgiu! Cuidado kagura


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...