História Sesshoumaru e rin; a historia continua - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Jaken, Kaede, Kohaku, Miroku, Rin, Sango, Sesshoumaru
Exibições 210
Palavras 680
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Vamos saber pq kagura esta viva.

Capítulo 19 - A história de kagura.


Fanfic / Fanfiction Sesshoumaru e rin; a historia continua - Capítulo 19 - A história de kagura.

Sesshoumaru não a convidou para entrar, mas ela o fez mesmo assim. Ficou em pé ao lado de isamu que tentava em vão disfarçar sua admiração.
Kagura ficou muito incomodada com a presença da jovem. E sesshoumaru irritado com os olhares lançados a sua fêmea gravida. mesmo tentando disfarçar os guerreiros admiravam a jovem, com o passar do tempo rin soube conquistar a todos com sua gentileza e bondade.
"Rin estamos tratando de assuntos que podem incomodar você." Disse sesshoumaru em tom falsamente caumo. Ele certamente mataria toda sua guarda se não fosse precisar deles. Sua voz não denunciava a frieza que seu olhar transparecia.
"Mesmo assim eu ficarei." Disse simplesmente.
"Então vamos prosseguir. Pode começar kagura." A iokay começou a falar.
"Bem, como vocês sabem aquele clã tem guerreiros bem treinados.  Eles atacam apenas quando tem certeza da vitória, por isso acredito que estamos um passo a frente. Quando estive por lá eles souberam que sesshoumaru estava formando uma família e ficaram com medo que ele quisesse espandir suas terras." Olhou para rin de soslaio.
"Então a melhor defesa é o ataque." Falou o general tadakatsu.
"Sim, mas como eu disse não devemos subestima-los. A malhor maneira é atacar durante o dia pois a noite todos se mantem vigilantes."
"Vejam, esse ponto da acesso rápido aos aposentos da princesa serpente." Mostrou um dos guardas.
"É verdade. Assim poderemos mata-la, mas ela tem um guerreiro de confiança que também é seu amante. Sua espada tem um corte formidável, ele sem duvidas é o mais perigoso."
"Enquanto estivermos em lutando o castelo ficará desprotegido?" Falou isamu. Ninguem além de sesshoumaru notou que sua preocupação era com a segurança de rin.
"Eu cuidarei disso, você pode se preocupar em se manter vivo isamu. O castelo ficará em segurança e tudo que ha nele também." Isamu encarou sesshoumaru.
"Como pode ter certeza disso? Por acaso poderá estar em dois lugares ao mesmo tempo?"
"Distancia não e problema para mim."falou irritado.
"Dexe-me ver se entendi kagura. Você era aliada desse clã, mas agora declara lealdade ao oeste?" O clima ficou mais tenso com a pergunta de rin.
"Não sou leal ao oeste. Minha lealdade é de sesshoumaru. Por isso estou aqui. Confesso que fiquei surpresa ao saber que era você a senhora das terras do oeste, claro que se fosse uma iokay forte ninguem se atreveria a atacar essas terras."
"Fale o que quiser kagura." Rin se voltou para os soldados."essa mulher não deu nenhuma prova de sua lealdade à nós, ela pode simplesmente levar todos para morrer. Já pararam para pensar que pode ser uma armadilha." Todos olharam desconfiados para kagura. "Me diga kagura. Como pode estar viva depois de tudo que aconteceu? Porque foi buscar refugiu no clã dos iokays serpentes? Porque não procurou sesshoumaru antes já que sua lealdade pertense a ele?" Ela se voltou magoada para sesshoumaru.
"Tudo isso é de conhecimento do senhor do oeste." Respondeu kagura.
"Mas sou eu quem pergunta agora." Disse rin pausadamente.
"Responda kagura." Falou sesshoumaru frio.
"Eu já te contei isso sesshoumaru."
"Isso não importa. Rin te fez uma pergunta." Falou com a tranquilidade habitual. Kagura mal podia se conter de raiva.
"Depois que ter sido envenenada pelo miasma, eu me misturei ao vento, estava em toda parte, era como se meu coração ainda batesse. Ninguem era capaz de me ver ou ouvir, mas uma sarcedotiza me sentiu, eu pedi sua ajuda e ela se recusou, disse que eu não mais pertencia a esse mundo e que deveria me desapegar de qualquer coisa ou ser que me prendia aqui."ela olhou para sesshoumaru."então depois de alguns anos sem esperança de viver novamente, eu fui sentida mais uma vez, dessa vez por uma poderosa feiticeira, ela era conhecedora das artes proibidas e me concedeu meu corpo de volta atraves da magia." Rin estava chocada e enojada ao mesmo tempo.
"E o que você a ofereceu em troca."
"Ajuda-la a conquistar o reino dos iokays serpentes. Por isso eu me infiltrei lá, mas quando eu soube que eles planejavam atacar sesshoumaru eu vim lhe oferecer uma aliança.

   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...