História Sesshoumaru e rin; a historia continua - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Jaken, Kaede, Kohaku, Miroku, Rin, Sango, Sesshoumaru
Exibições 232
Palavras 766
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 26 - Heiko


Fanfic / Fanfiction Sesshoumaru e rin; a historia continua - Capítulo 26 - Heiko

Rin estava no fim do ultimo trimestre de gestação, seu bebê já não mexia tanto pois parecia não haver mais espaço para isso, exeto claro quando sesshoumaru tocava sua barriga.
O vilarejo estava sendo reconstruído, lentamente as pessoas voltavam a suas atividades diárias e rin ia todos os dias lá, mas agora ela dedicava uma atenção especial ao seu jardim, em um grande recipiente de barro ela plantou uma muda de rosas brancas, em sua terra misturou as cinzas de asami. Rin já não estava triste, isso não era de sua natureza, agora ela estava ansiosa, mal podia esperar pela chegada de sua cria, ela sabia que estava perto.
"Senhora! Não fique no sol! Não fará bem ao bebê!" Disse yume preocupada.
"Eu já estou indo." Falou rin se levantando do grande canteiro de margaridas e indo em direção ao castelo.
"Elas estão lindas não estão?" Disse rin a isamu que passava por alí. Ele a encarou.
"Muito linda." Disse simplesmente. Rin sorriu largamente e seguiu seu caminhou para a tenda construida para ela próximo a entrada do castelo. Ela se sentou e recebeu um copo de água das mãos de yume.
"Sesshoumaru onde esta?"
"Aqui minha hime." O iokay acabou de chegar.
Rin se virou para olha-lo. Ele sentou.
"Você demorou." Ele não disse nada e ela prosseguiu. "Sabe? Eu queria ir a cachoeira meu principe." Sesshoumaru avaliou aquela idéia que parecia um pouco descabida considerando a gestação avançada
"Rin será que um dia você conseguirá ficar quieta? Isse realmente não me parece uma boa idéia." Disse inserrando o assunto e se levantando.
Rin fechou a cara emburrada e se levantou, alguma coisa viscosa escorreu pelas suas pernas.
"Yume!" A serva se apróximou.
"Algo errado criança?"
"Alguma coisa nas minhas pernas... eu não sei..." yume olhou para baixo e constatou que o kimono de rin tinha se molhado. Era a bolsa que se rompeu.
"Por kami senhora! Vai nascer." Rin olhou em pânico para serva.
Sesshoumaru não estava longe dali, ele pode ouvi-las e voltou rápidamente pegando rin no colo e a levando para o quarto.
"Eu vou buscar a parteira senhora." Falou yume saindo.
"Sesshoumaru eu estou com medo." Sesshoumaru não sabia o que dizer então apenas beijou a testa da mulher.
Depois de cerca de duas horas yume retornou com uma senhora. Rin já sentia as dores do parto que viam regularmente.
A velha se aproximou sob o olhar desconfiado se sesshoumaru.
"Me ajude senhora." Falou rin.
"Claro criança, mas o senhor precisa ficar lá fora." Disse se dirigindo a sesshoumaru.
"Eu não vou a lugar algum velha." Disse frio para mulher que fechou a cara.
"Por favor meu principe vá. Eu ficarei bem." Falou rin e em seguida deu um grito de dor.
Sesshoumaru se levantou contra a vontade e saiu.
"Não será um parto facil menina, esse pequeno hanyo tem muito poder, mas você é forte." Disse examinando a barriga de rin.
Depois de algumas horas em trabalho de parto rin dava os primeiros sinais de exaustão.
"Você precisa empurrar com mais força criança." Disse a velha.
"Vamos senhora, Você consegue." Insentivou yume.
Uma fina camada de suor cobria a testa de rin quando a noite caiu. a jovem usou toda sua força, agora não tinha mais energia alguma.
"Eu não consigo mais... yume..." sesshoumaru que estava no corredor ouvindo tudo, entrou no quarto e foi até rin.
"Desculpe meu principe, eu não consigo mais."
"Vamos minha hime." Ele beijou a mulher."você é forte. "Vamos!vamos rin! Seja forte." A jovem fechava os olhos enquanto yume chorava.
"Você não pode desistir. Eu amo você, nada terá sentido. Acorde rin!" Ele a braçou e rin acordou com a dor de mais uma contração.
"É agora criança! Ele está vindo, força!" Falou a velha parteira.
Com um ultimo grito e usando toda sua força restante rin empurrou. Quando ouviu o som do choro de sua cria as lágrimaa rolaram inesgotavelmente por seu rosto.
"É um principe!" Disse a velha entregando a rin a criança que chorava a plenos pulmões.
"Oh, por kami! Como é lindo meu principe." Ela o beijava e chorava. Rin conferiu todos os dedos e olhou atenta cada detalhe de seu bebe. Ele era uma miniatura fiel de sesshoumaru, seus horbes dourados e seus cabelos, a marca da lua também estava lá.
"Ele é perfeito sesshoumaru." Disse entregando o bebe ao iokay.
"Ele é perfeito..." sesshoumaru recebeu o bebe em seus braços."é forte e será um guerreiro corajoso." Ele levantou o bebe."seu nome será heiko, pois será o maior governante!" Rin sorriu ao ver o amor que sesshoumaru demonstrava a criança.

   


Notas Finais


Nasceu!!!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...