História Sesshoumaru e rin; a historia continua - Capítulo 27


Escrita por: ~

Postado
Categorias Inuyasha
Personagens Jaken, Kaede, Kohaku, Miroku, Rin, Sango, Sesshoumaru
Exibições 248
Palavras 573
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 27 - Minha deusa.


Fanfic / Fanfiction Sesshoumaru e rin; a historia continua - Capítulo 27 - Minha deusa.

A noticia do nascimento do filho do mais poderoso iokay vivo se espalhou por toda a parte. Muitos clãs poderosos enviaram presentes ao pequeno principe recém nascido que estava com quinze dias, outros foram pessoalmente, mas sesshoumaru nunca permitiu nenhuma visita ao seu filhote, essa era uma medida de segurança.
Rin estava simplesmente radiante, ela se ocupava integralmente de seu filhote e claro tinha a bem vinda ajuda de yume.
Heiko era um bebe muito tranquilo, ele praticamente não chorava, apenas comia e dormia.
Rin estava em seu quarto com heiko em seus braços quando sesshoumaru entrou. O pequeno logo se agitou e começou a chorar.
"O que foi? O que ha de errado meu principe." A inesperiente mãe ninava seu filhote e sesshoumaru chegou mais perto o pegando no colo.
"O que foi rapaz?" Disse carinhoso.
Os pequenos horbes dourados se encontraram com os igualmente dourados olhos do pai e ele se acalmou.
"Bom, parece que ele so queria você afinal." Falou rin sorrindo.
Sesshoumaru caminhou até a varanda e ficou lá com seu herdeiro por alguns minutos.
Quando voltou rin estava de banho tomado e escovava os longos cabelos.
"Ele dormiu." Falou sesshoumaru o colocando no berço.
Rin se levantou e foi até sesshoumaru o envolvendo em um abraço.
"Que bom." Rin beijou o pescoço do iokay.
"Rin..."
"Ja faz tanto tempo" falou plantando um beijo no queicho de sesshoumaru.
"Mais precisamente 20 dias."
"Então meu senhor esta contando? Bem, precisamos dar um jeito nisso." Rin foi abrindo o quimono de sesshoumaru.
"Tem certeza?" Ela deixou seu quimono deslizar por sua pele até formar um monte aos seus pé.
"Eu preciso de você." Sesshoumaru a beijou e foi lentamente explorando cada parte da boca de rin com sua língua. Ela gemeu quando suas mão buscaram seus seios.
"Você gosta disso rin?" Sua resposta foi mais um gemido abafado pelo beijo. As mãos experientes de sesshoumaru por si só eram capazes de proporcionar prazeres inimaginaveis, mas rin queria mais, ela queria sentir seu amado.
Quando rin se afastou sesshoumaru arqueou uma sombramcelha, gesto caracteristico dele.
Ela se ajoelhou a sua frente, com certeza não fazia ideia do poder que exercia sob aquele macho neste momento. Sesshoumaru estava estático com a visão da sua mulher nua e ajoelhada em sua frente. Os cabelos de rin cobriam parte de seu bumbum contrastando com sua pele branca, e nem de longe alguem diria que ha poucos dias ela estava grávida, naquele momento ela parecia algum tipo de deusa Com as mãos tremulas ela libertou e grande e duro membro de sesshoumaru, ele pulsava nas mãos de rin que não esperou mais para saborea-lo. Desta vez foi sesshoumaru quem gemeu, ele levou as mãos aos cabelos de rin que sugava seu membro com movimententos delicados. Rin permaneceu assim durante um bom tempo até que sesshoumaru não pode mais aguentar.
"Rin... pare." Mas ela intensificou os movimentos causando a libertação de sesshoumaru.
Ele se ajoelhou de frente para rin a deitando ali mesmo no chão, apos a olhar com admiração por um instante ele se posicionou sobre ela a penetrando forte. Rin fechou os olhos aproveitando as sensações. Ela amava perdidamente aquele iokay.
A cada estocada rin gemia mais alto. Sesshoumaru cobriu a boca de rin com a sua para que ela não acordasse heiko e prosseguiu com os movimentos acariciando o clítores de rin. Ela mordeu o lábio do iokay e os dois se perderam.

   



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...