História Sete Paixões - Capítulo 69


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Exibições 33
Palavras 1.582
Terminada Não
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que vocês gostem! Me desculpa pela a demoraa...
Boa leitura

Capítulo 69 - Anna, você está bem?


A Milena estava amarrada na cadeira e havia alguns cortes nela:


- Milena? - Falei triscando em seu braço - Você está bem? Está com alguma dor? 


- S-senhora... c-cui...dado! - Falou  Milena com muita dificuldade


Olhei para trás e vi um himem todo de preto com uma faca na mão:


- Q-Quem é você? - Falei com MUITO medo


- Não te enteressa! - Falou ele colocando a faca em meu pescoço -  Você nãp vai gritar, correr ou faser qualquer tipo de coisa! Senão... você já sabe, o Kook vai embora.


- Como você sabe dele? - Perguntei com os olhos fechados


- Sei de tudo e um pouco mais... - Falou ele apertando um pouco mais a faca no mei pescoço 


- E-está doendo! - Falei já chorando


- Cala a boca! - Falou o homem mascarado - Onde está o resto? 


- Não sei. - Menti 


- Me fale antes que eu faça alguma besteira com você! 


- Melena? - Falei virando o meu corpo um pouco mais para trás 

Milena não respondeu. Acho que ela desmaiou:


- ME SOLTA POR FAVOR! - Falei gritando - GENTE! ALGUÉM ME SALVA! ELE ME PEGO - O ladrão tampou a minha boca


- Olha aqui menina... - O pessoal chegou 


- Solte elas! - Hoseok falou


- Você me paga garota imbecil!  - Falou o ladrão enfiando a faca no meu braço

Não enxerguei mais nada:


- Kook, te amo. Diga as meninas que amo elas muito muito. Amo todos vocês! - não enxerguei mais nada, só senti eu caindo no chão


- ANNA! NÃOOOOO!!

Tae On

Anna Off

Consegui ligar para a polícia e fui até a sala de jantar onde encontrei todos: 


-Gente,consegui ligar para a... - Vi a Anna com o braço sangrando muito e a Milena desmaiada na cadeira


- Você ligou pra QUEM? - Um homem que aparentava ser um ladrão falou


- Pra ninguém! - Falei com medo


- Por que você fez isso com ela? - Mackenzie falou chorando


O ladrão não falou nada:


- Se revele pelo menos! - Kook falou com lágrimas no rosto


Quando ele ia se revelar a Luna falou:


- O mais importante agora é levar a Anna e a Milena para ao hospital! 


- Mas temos que saber quem é o covarde! - Suga fala 


- Realmente... isso não é o mais importante agora. - Falamos


- Quem vai chamar a ambulâcia? - Maddie fala chorando no braço de Jimin


- Eu. - Falou Jin tirando o celular do bolso 


- Vou desamarrar a Milena. - Fala Kook 


- Ei, cadê o cara? - Fala Rap Monster e vemos o ladrão fugindo pela a janela 


- NÃOO! - Falei o seguindo


- Tae,não faça isso! Depois denunciamos ele! Agora, vamos ver como os bebês estão! - Luna falou segurando a minha camisa


- Você está certa amor! - Falei sorrindo


Fomos ver primeiro as bebês de Kook e Anna, estavam chorando. A Luna pegou as duas e seguimos para o próximo quarto:


- O Thiago está bem! -Falei olhando para ele 


- Ainda bem. - Luna falou aliviada - É melhor trancarmos os quartos dos bebês que não tiverem chorando, aí quando formos sair destrancamos e levamos eles! 


- Ok! - Falei fechando o quarto


Seguimos em diante e mais ninguém estava chorando... só as duas mesmo:


- Será que elas sentem o que está acontecendo? - Falei arrepiado 


- Tomara que não! - Falou Luna 


O Jin ligou para a ambulância e ja tinham levado a Anna e a Milena. 

Kook On

Tae Off


- Moço, me deixa ir com vocês. Por favor! - Pedi para o enfermeiro 


- O senhor é oque delas? - Pergunta eles


- Eu sou noivo dela. - Apontei para a Anna - E dela - Aponto para a Milena - Sou um dos seus patrões.


- Tudo bem... mas não toque em nenhuma das duas! - Pediu ele 


- Muito obrigado! - Falei entrando dentro da ambulância 


Uns dois minutos depois não me aguentei, tinha que ver se a Anna estava viva. Os enfermeiros fizeram vários exames nela e tals:


- Anna, me responde. Por favor! - Falei olhando fixamente para ela


- Ela não está inconsciente...


- O que quer dizer com isso? - Falei já assustado


- Chegamos! Corre corre! - O motorista falou

Desci do carro e fui até o pessoal (eles foram de carro atrás da gente ):


- Iai? O que eles falaram? - Pergunta Lexy curiosa


- Disseram que... - Não consegui terminar


- Queee? - Falaram cusiosos 


- Que a Anna está inconsciente... - Falei deixando a tristeza tomar conta de mim


- EM? - Falaram 


- Isso mesmo... - Respondi

 

Estou com medo. Ainda mais que eu ODEIO hospitais. Conversei um pouco com o pessoal, mas, no meio da conversa o Tae ficou sem paciência e disse:

-Ás vezes não consego acreditar que existem tantas pessoas crueis no mundo!! Pessoas que fazem de tudo para estragar a vida dos outros!! Sem eles fazerem nada!! - gritou Tae furioso 


-Calma Tae! Fica tranquilo... nós vamos descobrir quem foi o babaca que fez isso com elas!  - diz Jin dando leves batidas nas costas de Tae 


-Eu sei Jin! - fala Tae - Mas não consigo nem imaginar que tenha tanta maldade no mundo! Tantas pessoas crueis, maldosas, mentirosas, falsas, enganosas... pessoas horríveis! Todas as pessoas desse tipo, são diferentes uma das outras, alguns são assasinos, outros ladrões, outros homem-bomba (tem uma bomba implantada no corpo) , uns até bozos (palhaço assasino); mas, todos eles tem em comum uma coisa.. a maldade e a crueldade! 


-Desculpa estragar o momento Tae, mas você disse qie eles só tinham UMA coisa em comum. Mas você citou duas! - fala Meddie estrando o descurso de Tae


-Eu sei Meedie! Não precisa jogar na cara! - diz Tae - É modo de falar! 


-Ta bom, ta bom mas não se irrite! - diz Meddie


-Gente! Chega de baboseira! (Tae: mas meu discurso não foi baboseira!) - falei - Eu quero ver a Anna! Vamos ver se ela e a Milena estão bem!


-Kook tem rasāo! - diz Nikki me defendendo - Elas estarem bem, é mais importante do que esse babaca de pessoa agora!! Vamos!!


Corremos para a sala onde as duas estavam sendo examinadas, vimos Milena em frente a sala olhando pelo vidro: 

-Milena!! Você está bem? - pergunta Lucy 


-Eu estou, já a Anna eu não sei. - diz Milena - O médico disse que eu só desmaiei, não foi nada grave. 


-Olá, bom noite senhores e senhoritas! - diz o médico saindo da sala de exame 


-Oi doutor boa noite, eu queria perguntar urgentimente se a paciente Anna está bem! - falei muito preoculpado 


-Não se preoculpe senhor... Kook, não é? - diz o médico - Ela está bem, já se recuperou da inconsciência e precisa de repolso para se recuperar. 


-Ah!! Que ótimo! - falei enquanto olhava para a Anna pelo vidro - Eu amo ela mais qie tudo...


-Senhor, precisa de mais alguma coisa? - pergunta o doutor - Eu estou um pouco apressado! 


-Não, obrigado! - falei acenando


-Tchau!! - falaram todos 


~~~~~~Tempo Depois~~~~~~

Nós ficamos esperando a Anna se recuperar por um longo tempo, até que:

-Oi. - diz Anna saindo da sala com um pequeno sorriso e braço ingessado 


-Anna!! - falei indo abraçar a mesma - Que bom que você está bem!! Eu te amo! Te amo muito! 


-Também te amo Kook! - falou Anna me beijando 


-Eu vou procurar em todos os cantos do MUNDO, para encontrar a pessoa que fez isso com você! Eu vou te vingar! - falei empunhando a mão


- Não Kook! Não precisa! - diz Anna - Vingança não leva a nada! É como diz o ditado: "A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena" !


- Eu não conheço esse ditado. - falei confuso


- É do Brasil, você não conhece mesmo não! - diz Anna me dando um tapinha leve no ombro


-Enfim, vamos logo para casa! - diz Lexy - Já que a Anna já está bem!! 


-Vamos!! - todos falamos indo para o carro 

Entramos no carro e fomos para casa muito rápido, a maioria de nós estavam muito cansados (incluindo eu)! Assim que chegamos, todos fomos para nossos quartos dormir, pois já estava muito tarde! 

~~~~~~No dia seguinte~~~~~

                      Anna On

                     Kook Off


Acordei muito cedo, pois ontem eu já havia dormido o suficiente no hospital. Tomei banho, escovei os dentes e vesti uma blusa amarelo básico com um short rosa claro. 

Desci as escada e só eu estava acordada, preparei umas panquecas (mesmo com o braço engessado, ei mando bem naz panquecas) e começei a comer quando ouvi a campainha tocar:

-Quem é? - falei abrindo a porta


-Olá! Meu nome é Daniel e eu sou seu vizinho! - disse Daniel sorrindo


-Oi Daniel! Meu nome é Anna! - falei sendo carismática


-Acontece que... eu sei que você se chama Anna... - diz Daniel transformando seu sorriso em em uma cara triste - Eu sei do Kook, da Luna, do Tae.. enfim, de todos!


-Co-como? - perguntei nervosa


-Eu já trabalhei como detetive em uma associação secreta. - falou Daniel -Meu trabalho era investigar pessoas suspeitas, então começei a TE investigar! Eu sei sobre TUDO da sua vida... do Brasil até aqui! Mas eu infelizmente fui demitido, e de raiva, acabei ficando muito bêbado! Assim, eu acidentalmente me envolvi no mundo dos crime... Resumindo, fui EU que fiz todas essas coisas horríveis com você e sua casa... eu estou muito arrependido... desculpe. 


-No-nosssa... por mais que eu esteja com o braço esteja ENGESSADO e tals.. deve ser difícil para você. Eu te perdoo! - falei dando um abraço em Daniel


-Muito, muito obrigado senhorita Anna! 


- De nada amigo! -


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Obrigada por tudo e não se esqueçam de ler "Meu Namorado é o Tae" e o "Amor Existe? "


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...