História Sete pecados capitais//Interativa - Capítulo 9


Escrita por: ~ e ~_-Pandora-_

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Artes Marciais, Drama, Interativa, Luta, Reino Espadas, Sete Pecados Capitais, Suspense
Visualizações 12
Palavras 881
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bem boa leitura me perdoem a demora !
Beijos ❤

Capítulo 9 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction Sete pecados capitais//Interativa - Capítulo 9 - Capítulo 3

Pov : Elizabeth .

Corremos até o acampamento novamente .

Darkan :--O que será que houve ?

--Não sei !--Digo e pego ele no colo e me teletransporto , quando chegamos coloco ele no chão e pego minha espada preparada para atacar quando vejo um menino de cabelos negros e olhos cor de mel , junto de um menino de longos cabelos brancos .

Angel :--Vocês assustaram a gente Kouga ...--Diz ela olhando o de cabelos brancos , depois olha o de cabelos negros .--Tao ...--Ambos riem .

Naomi :--Espere ... Vocês estão armando um motim não ?--Diz ela olhando os quatro herdeiros se pondo em uma fila .

Angel :--Bem , não é bem isso ...

Darkan :--Na verdade é pela sua reação ...

Yakubō :--Bem isso pode ser útil ...

Axel :--Ele tem razão ...--Diz ela caminhando até a mim .

--Bem não importa o que eles querem apenas não atrapalhem está de bom tamanho ...--Digo guardando a minha espada .

Rimura :--Bem vamos dormir , amanhã temos que partir cedo ...--Diz ele entrando em uma cabana improvisada .

Pov : Saphira.

Todos haviam ido se deitar , mas eu não consigo dormir , suspiro e saio da minha cabana .

Quando estou fora vejo árvores e grama verde , com alguns orvalhos que brilhavam a luz da lua e das estrelas , sorrio e ando sem sapatos segurando a borda do meu vestido , que era de manga e com um véu que vinha junto com a saia junto , seguro e corro pelo orvalho , meu coque ameaçava se soltar , mas não apenas alguns fios caíram sobre meu rosto .

Quando vejo um rio , me sento na borda e olho aquela água , nela a lua e as estrelas refletiam , havia peixes de variadas cores , até brancos e dourados , o que deixava tudo mais lindo e algumas rosas cercavam a água .

Amo onde eu vivo , aqui é realmente incrível , tudo aqui me encanta , desde pequena , meu pai , é um pouco diferente dos outros reis , ele sempre me ensinou que somos iguais e que devemos se respeitar sempre .

Me ajoelho sobre a beira e olho a água , vejo meu reflexo , a brisa da noite batia sobre meus rosto .

Quando aquela maldita voz volta a minha cabeça e levo as mãos ao rosto e solto um gemido , odeio essa voz ... Odeio ... Odeio !

Estava quase louca , já devia ter esquecido isso ... Mas por que sempre volta ... Merda , merda ...

Quando sinto uma mão sobre meu ombro , pego minha pequena adaga e aponto com os olhos estalados , meu rosto estava igual a de um psicopata , encurralado e assustado , aos poucos vejo que é Rimura .

Rimura :--Calma ...--Diz ele , suspiro e volto a olhar a água .--Mas me diga o que houve ?

--Nada , apenas não consigo dormir ...

Rimura :--Hum...Ok ...--Por algum motivo sei que ele está desconfortável , mas ele apenas se ajoelha do meu lado , ambos olhamos o rio .

--Pode ir dormir ... Não quero-lhe atrapalhar ...--Digo .

Rimura :--Perdi o sono e pelo jeito logo vamos partir ...--Diz ele apontando o sol .

--Não acredito não dormi a noite inteira ...--Rio , olho ele , seu rosto é frio , mas ignoro , ele estava me olhando e volta a olhar a água.

Depois disso ele se levanta e sai , eu me arrumo , apenas visto uma armadura .

Pov : Elizabeth .

Estávamos na estrada , pegamos cavalos , eu vestia a minha antiga armadura , herdada de meu pai .

Quem sabe o que houve com ele ...

Lucy :--Bem o que vamos fazer quando chegarmos no covil ?--Pergunta ela .

Axel :--Temos o combinado , mas duvido que queiram nos ajudar , aqueles magos são cabeças duras ...

Dominic:--Magos são imbecis ...--Rimos menos ele .--Eles nunca vão concordar ...

Yakubō:--Vão sim , temos um pequeno segredo ...

Dimitri :--Sim , pequeno mas revelador para eles ...

Naomi :--Vocês vão no covil das Dargas?--Diz ela .

Lucy :--Sim , lá vamos achar suprimentos , reforços e remédios .

Rimura :--Mas então para que serve o Boticário?

Dominic :--Sem ervas eu não preparo remédios ...

Kouga :--Ei ...--Olhamos ele .--Conheço uma pessoa que pode nos ajudar , mas temos que ir primeiro a o covil de Dargas ...

--Ok...--Estavamos cavalgando , quando escutamos alguém ... Mas não era uma pessoa eram cinco pessoas , cinco soldados !

Rimura :--Deixo que eu cuido deles ...--Paramos .

Rimura apenas desce de seu cavalo e caminha até a frente dos cavaleiros que param .

???:--Se entreguem ou morreram !

--Então tente me matar !--Digo .

Quando eles descem para nos atacar , Rimura veste o capacete de sua armadura branca e empunha sua espada em um movimento rápido ele corta a cabeça de um que corre em sua direção , após isso um enorme tenta socar ele , mas ele é mais rápido e enfia a espada na perna dele que cai no chão após isso ele fura os olhos da pessoa , após ele fazer isso ele enfia a espada no coração de um e corta o pescoço do outro o último foge .

Saphira :--Esse vai dizer que vocês raptaram a nós ...--Olho Rimura ele tinha um sorriso sádico .

Rimura :--Que digam !--Suspiro .

???:--Mas que sujeira...

{continua ...}


Notas Finais


Me perdoem o tamanho e os erros de português!
O que acharam ?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...