História Seu braço direito - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Naruto Uzumaki, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Naruto, Sakura, Sakusasu, Sasuke, Sasusaku
Visualizações 294
Palavras 3.103
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Josei, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá, obrigada pelos comentários, espero que tenha feito um bom trabalho com o capítulo.

Boa leitura.

Capítulo 9 - Porta aberta


Fanfic / Fanfiction Seu braço direito - Capítulo 9 - Porta aberta

O interfone tocou e foi Naruto quem atendeu.

- Senhor, Haruno-san está aqui embaixo, posso mandar subir?

- Claro.

Desligou o interfone e sorriu maliciosamente, andou até o quarto de Sasuke, bateu na porta antes de entrar, Sasuke saiu do banho com uma toalha enrolada na cintura.

- Cachorrão – riu malicioso – então está saindo com a Sakura-chan, finalmente, mas é bom tomar uma azulzinha, acho que esse pinto depois de tanto tempo não vai conseguir subir.

- Baka, eu não estou saindo com ninguém, vou enfiar uma azul no seu cu se não sair daqui, porra. – falou ríspido.

O loiro riu – tenta, mas se troca que a Sakura-chan já chegou.

- Eu não estou esperando a Sakura. – falou o moreno e entrou no banheiro para terminar de se vestir.

Naruto arqueou uma sobrancelha confuso, ouviu a cigarra tocar e foi abrir – Ohayo Sakura-chan.

- Oh, Naruto-kun?! – falou surpresa a mulher de cabelos castanhos e olhos verdes.

- ÉÉÉ... Me-Mebuki-baa-chan – falou extremamente surpreso – ham? Entre... estou confuso, o que a senhora faz aqui?

Ela levou a mão na boca escondendo o riso – Com licença – falou ao passar pela porta -  não sabia que você tinha esse tipo de relacionamento com o Sasuke-kun...

- ÉÉÉ não temos ESSE tipo de relacionamento – gritou o loiro envergonhado.

- Naruto, para de ser barulhento – falou Sasuke finalmente saindo do quarto – Desculpe Haruno-san, esse cara tem acampado no meu apartamento contra a minha vontade.

- Oh Naruto-kun, vejo que vocês tem um relacionamento complicado.

- Você não faz ideia – falou Sasuke esfregando a testa e a mulher assentiu.

- Sasuke BAKA você vai confundir ela – falou agitado – nós não temos esse tipo de relacionamento Mebuki-Obaa-chan, você vê, eu tenho namorada... mas o que a senhora faz aqui? Veio falar com Sasuke-Teme sobre a Sakura-chan?

- DOBE, não fale besteiras, Haruno-san está aqui a trabalho, ela veio fazer sessão de massagem para me ajudar com meus ombros – falou apressado para não dar abertura para que o assunto Sakura fosse iniciado.

- OOH, verdade Mebuki-baa-chan é massagista – falou o loiro – ótima ideia Teme – abriu um sorriso.

- Vamos começar Sasuke-kun? – falou a Haruno.

- Hai, arigatô, siga-me – ela assentiu e o seguiu até seu quarto.

- Cara, que louco, pensei que o Sasuke ia sair com a Sakura-chan – coçou a cabeça confuso, pegou o celular e abriu o LINE.

Sakura-chan

Sakura, advinha quem veio fazer massagem no Sasuke?

Se não for ‘Ka-chan nem me fale.

EEH, foi você quem indicou?

Foi, ele estava com problemas no pescoço e indiquei...

Entendi... que tal você dar uma passada aqui? Podemos tomar uma cerveja e jogar alguma coisa, o que acha?

Sasuke não se importa com você convidando amigos para casa dele?

Nem quero saber...

Emoji risos – Aceito jogar alguma coisa, aproveito e vejo a ‘Ka-chan

OK, estou te esperando.

 

Olhou a geladeira, havia bebidas o suficiente que ele mesmo havia comprado, bateu na porta de Sasuke e entrou quando ouviu a mulher dando permissão para entrar.

- Mebuki-baa-chan atrapalho se ficar aqui? Tá um tédio lá fora – choramingou se sentado na cadeira de Sasuke – HUM, Sasuke-kun só de toalhinha cobrindo o bumbum, hmm gostoso – brincou ao ver o amigo deitado na cama com apenas uma toalha branca em volta da cintura.

- Dobe, não enche o saco, sai daqui – falou ríspido.

A senhora riu dos garotos – Tente se manter relaxado Sasuke – falou com o rapaz – Naruto-kun pode ficar ao menos que não o provoque – ralhou com o garoto.

- Tá tá, desculpe Mebuki-obaa-chan, ainda mora ao lado dos meus pais? – perguntou o loiro girando a cadeira rotatória.

- Hai, a vizinhança tá bem mais tranquila desde que vocês saíram de casa – falou ela – a Sakura-chan se mudou assim que começou a cursar administração.

- Verdade, ela saiu antes de mim, só sai quando comecei a cursar arquitetura, a universidade ficou muito longe de casa.

- Ah, Teme, chamei a Sakura-chan para beber comigo, vê se não sai por ai pelado, vou tomar um banho – falou o loiro que se levantou da cadeira, ao passar pelo moreno deitado deu um tapinha na bunda dele e saiu do quarto correndo fechando a porta ouviu Sasuke xinga-lo, não usou os melhores por causa da mulher que estava ali com ele.

Naruto ria, entrou no banheiro despreocupado, tomaria um longo e despreocupado banho, quase meia hora depois quando saiu do banho ouviu a cigarra tocar, se enrolou com a toalha na cintura e foi abrir.

- Ohayo Sakura-chan – falou pingando pela casa.

- Naruto, você ainda atende as pessoas de toalha – suspirou ela.

O garoto abriu um grande sorriso – velhos hábitos não mudam.

- ‘Ka-chan ainda está aqui? – entrou olhando procurando a mãe.

- Acho que ainda no quarto com o Teme, já deve estar para acabar – apontou para o quarto de Sasuke – Vai lá dar um Oi enquanto eu coloco uma roupa, ela falou que queria te ver – sorriu maldosamente.

- Ué, ela não me falou nada – pôs a bolsa em cima do sofá – não posso entrar enquanto ela ainda está trabalhando.

Naruto fez careta, pegou o seu celular que estava em cima da mesa – Já volto Sakura-chan, vou trocar de roupa, fique a vontade – sorriu antes de sair.

- Hai – sentou-se no sofá com o celular para se distrair, poucos segundos depois ouviu Sasuke xingar o amigo e Naruto passar correndo.

Franziu o cenho e riu, até que seu LINE apitou e recebeu mensagem de Naruto, três fotos seguidas de Sasuke, uma dele deitado de costas vestindo apenas uma pequena toalha cobrindo a bunda, a segunda Sasuke olhando para a câmera surpreso e a terceira do rapaz se levantando da cama com raiva.

Ela pos a mão na boca, estava vermelha como um tomate e salvou as fotos nas nuvens, abençoado fosse Naruto, havia lhe dado um tesouro, o corpo seminu de Sasuke em foto.

Mebuki apareceu na sala, respirou cansada – esses dois ainda vivem como cão e gato, não sei como estão nesse tipo de relacionamento.

Sakura riu do sofá – eles continuam os mesmos – se levantou para abraçar a mãe.

- Eu entendo que você é amiga do Naruto-kun, mas nunca achei que fosse ficar amiga do Sasuke-kun depois daquilo – sussurrou ao ouvido da filha que revirou os olhos.

- Eu não sou mais uma criança ‘Ka-chan, está tudo bem.

- Você tem estado bem? Está se alimentado direito? – perguntou encarando a filha e tirando o cabelo dela de trás do ouvido – assim está melhor.

A garota revirou os olhos mais uma vez, havia esquecido como sua mãe era implicante com a aparência dela – está tudo bem, não se preocupe. Foi tudo bem na sessão?

- Sim, apesar do arranca rabo dos dois – riu.

Naruto voltou a sala – Mebuki-baa-chan, vamos tomar uma cerveja antes de você ir embora, colocar a conversa em dia.

- Não posso querido, ainda vou trabalhar hoje – passou as mãos no ombro do loiro – falando nisso já estou saindo – beijou a testa da filha – se cuidem vocês, Sakura cuidado se for ficar bêbada com esses dois lindões por aqui – piscou para Naruto.

O loiro abriu a porta pra ela – Bye bye Baa-chan, se puder diga a meus pais que mandei um beijo – sorriu.

- Se cuide, ‘Ka-chan – acenou e sorriu.

Sakura voltou pro sofá – O que vamos jogar?

- O que você quiser, mas iai gostou das fotos? Deu pra ver alguma coisa boa?

Ela riu – Naruto você vai matar o Sasuke do coração.

- Pelo contrário, eu que vou acabar matando esse idiota – Sasuke apareceu propriamente vestido.

- Ohayo, Sasuke – falou com um sorriso nos lábios, lembrava da foto que vira, o corpo pálido do moreno, coxas trabalhadas e quase sem pelos, a entrada do abdômen perto da toalha, ficou levemente vermelha e desviou o olhar.

- Yo – falou antes de desaparecer na cozinha.

- Sakura-chan quer uma cerveja? – perguntou o loiro.

- Não está cedo pra isso?

- O que é que tem? É sábado... jogar e beber é muito mais divertido.

- Hai, hai – se debruçou em cima dos jogos, Rocket League, Minecraft, Diablo III, PES 2016, Mortal Kombat X, passou um por um até chegar ao ultimo da fila, retirou o CD e pos no Xbox One, voltou para o sofá enquanto o jogo inicializava.

- Aqui – entregou a ela uma cerveja aberta quando voltou para sala – Mortal Kombat? Você continua com desejos assassinos Sakura-chan.

Ela riu – desde sempre que a gente joga isso né?!

- A diferença agora é a qualidade – riu ele.

As partidas começaram, as pausas eram afeitas apenas quando a bebida acabava, haviam dois ali agitados com o game, as partidas estavam balanceadas algumas vezes a garota ganhava, outras vezes era o loiro barulhento.

Quando Sakura terminou sua segunda bebida e o amigo loiro já estava na terceira, Sasuke saiu do quarto e se juntou a eles, encontrou Sakura deitada com a cabeça nas coxas do Uzumaki, era muita intimidade que aqueles dois costumavam desde crianças.

Ao fim da partida Sakura se sentou, havia perdido para o amigo, culpava ter jogado deitada, mas agora a porra ficou séria – ultima partida de MK Baka Naruto – ele riu e ela se sentou apropriadamente, bunda na ponta do sofá, as pernas levemente abertas, costas curvadas para frente.

Ultima batalha acirrada, cada um escolheu seu melhor lutador Naruto Liu Kang e Sakura Scorpion, foi uma partida de três rounds, quando a garota ganhou gritou um alto “perdedor” para o amigo e ainda teve direito a dancinha da vitória. O loiro fez cara de emburrado, mas não resistia a dança boba da amiga e voltou a rir.

Sasuke parecia ter vergonha alheia dos dois – Que bela perda de tempo de vocês dois – riu ao ver a menina comemorando.

- Só fala isso porque você sempre foi terrível em jogos, parecia até que nasceu sem dedos – caçoou do amigo – mais cerveja Sakura?

- HAI – se sentou no sofá feliz – cansei de jogar, como foi a massagem Sasuke? Funcionou?

- Foi ótima, agradeço a indicação – o moreno tinha uma expressão leve, podia até dizer que apesar de todo o barulho que estavam fazendo em seu apartamento não estava achando ruim, não que a rosada e o loiro perceberam, mas ele havia até se divertido em assistir os dois jogarem.

- ‘Ka-chan é ótima, ela me ensinou desde cedo a fazer massagens... apesar que o único proposito era que alguém soubesse fazer direito para poder fazer nela – resmungou no final da frase e Sasuke sorriu.

Naruto voltou pro sofá com cerveja e amendoim, entregou o primeiro a moça e o segundo pos na mesa de centro.

- Teme, não quer beber um pouco?

- Talvez no almoço – riu ele – vocês começaram muito cedo.

- Não enche, uma vez não mata, onde vocês querem comer?

Sakura levantou a mão – Gostaria de cozinhar, tudo bem?

Naruto arqueou a sobrancelha – Você nunca foi muito boa nisso Sakura-chan.

Ela esmurrou as costas do amigo – Baka Naruto, você não sabe o que está falando – ele choramingou – meus dotes culinários aumentaram muito desde que comecei a assistir MasterChef – Posso cozinhar Sasuke?

Ele assentiu – Eu te ajudo – ela sorriu.

- Ei vocês vão me deixar de fora? – falou o loiro indignado.

- Você atrapalha, fica longe Baka Naruto – falou com desdém.

- Você é terrível, Sakura-chan – choramingou.

Ela seguiu Sasuke até a cozinha que estava perfeitamente organizada, pediu licença e abriu a geladeira para saber o que cozinharia, se decidiu e anunciou que faria Hambúrguer ao molho Curry, com arroz, salada e missô.

Retirou os ingredientes da geladeira, pos em cima da mesa, pegou um dos aventais e colocou em si mesma – Vai me ajudar a cozinhar? – ele assentiu – Então você também precisa de um – pegou o segundo avental passou pela cabeça de Sasuke e o abraçou para amarrar um laço atrás.

Sasuke franzia o cenho com um pequeno sorriso, achou engraçada a falta de inibição da garota, que parecia estar um pouco alta já com a terceira cerveja. Ela cheirava a cerveja, estava bastante animada e precisou se aproximar tanto que ele havia realmente sido abraçado por curtos 6 a 8 segundos.

Dividiram a tarefa, Sasuke seria responsável por fazer o arroz e por assar a carne de hambúrguer, Sakura faria o resto. Naruto se juntou a eles, ficou sentado a pequena mesa enquanto conversavam.

Primeiro ela fez as carnes de hambúrguer que o moreno assaria, por segundo começou a preparar o molho de curry, enquanto Sasuke fazia a preparação do arroz com sakê para logo colocar na panela de arroz.

Sakura e Naruto interagiam sem parar, primeiro sobre o relacionamento entre ele e Hinata, o loiro também fez algumas fofocas que havia escutado sobre alguns dos arquitetos da empresa, os dois riam de tudo, enquanto Sasuke observava a relação entre os dois, era difícil de interagir com os dois que conseguiam conversar sobre qualquer coisa parecendo não haver brecha para ele, começava a se sentir levemente incomodado.

Sakura terminou o molho de curry, provou – Hm, está uma delícia – sorriu vitoriosa.

- Cadê? Quero provar – pediu o loiro.

Ela pegou outra colher, encheu com curry, soprou e deu na boca do loiro – cuidado está bem quente.

- Está ótimo Sakura-chan – sorriu o loiro após experimentar – não pus 100 ienes de fé em você, estou surpreso.

Ela vez uma careta e se virou.

Sasuke pos a carne para assar, enquanto a garota cortou as verduras para fazer a salada e o missô. Assim que Sasuke terminou saiu da cozinha e foi para sala, deixou o avental na cozinha.

O loiro e a amiga estranharam o Uchiha deixar a cozinha, mas continuaram lá conversando, Naruto ajudou a cortar as verduras e joga ela terminou o almoço, pediu que o loiro arrumasse a mesa para eles almoçarem.

Quando ela terminou pos a comida na mesa, Naruto trouxe mais cerveja, dessa vez Sasuke beberia com eles.

O almoço havia ficado ótimo, beberam mais três cervejas cada um, Sakura parou na sexta, Naruto na oitava e Sasuke na terceira. Terminaram as cervejas no sofá, enquanto conversaram mais um pouco assistindo TV.

Sakura adormeceu no colo de Naruto, o loiro alisava os cabelos dela e Sasuke se mantinha meio emburrado.

- É melhor colocar ela pra dormir na cama – falou o moreno sem olhar os dois que estavam no sofá maior.

- Certo, será que ela vai passar mal? – tirou a cabeça dela do colo dele antes de se levantar, ergueu ela a pondo no colo, mas suas pernas fraquejaram e ela sentou no chão rindo – acho que eu tou muito bêbado para isso – se sentou em na outra poltrona – deixa ela dormindo ai.

Sasuke olhou para a garota, dormindo descuidadamente no sofá, a blusa um pouco levantada mostrando parte da barriga, as pernas um pouco abertas dando uma visão da área, já que ela usava um short não muito folgado. Aquilo realmente incomodava o moreno.

Se aproximou da garota e passou o braço pela cintura – Naruto me ajude.

- Cara, eu bebi de mais, realmente mal consigo ficar em pé.

Ele suspirou, sentou a menina no sofá e a chamou – Sakura, acorde – falou suave apesar de ter o semblante de quem não gostava daquela situação.

Abriu um pouco os olhos ao ouvir seu nome ser chamado, o rosto de Sasuke próximo ao seu – Sasuke-kun – falou manhosa.

- Preciso de sua ajuda pra te levar para a cama – falou ele baixinho – consegue ficar em pé?

- Acho que não consigo sozinha – esfregou os olhos.

- Se apoie em mim e vamos levantar, ok? – ele passou novamente seu braço pela cintura dela.

Ela assentiu e se segurou no pescoço dele, assim ele a pôs em pé.

Começaram a andar, ela abraçava o tronco dele, enquanto ele a guiava pelo corredor.

- Vou dormir na sua cama Sasuke-kun? – falou aos risinhos.

- Se você preferir te levo para o quarto que Naruto está dormindo – falou com a voz seca.

Ela choramingou – Nãooo, quero ir pra sua cama – diminuiu o tom de voz - tem seu cheiro... quero dormir com o cheiro do Sasuke-kun mais uma vez...

Sasuke franziu o cenho, tinha um pequeno sorriso na boca – e quando foi que dormiu assim? – falou baixinho enquanto passou pela porta do seu quarto.

- Com seu sobretudo... – ela sorriu bêbada - tinha seu cheiro nele – falou bem baixo.

Sasuke tinha um sorriso no rosto, sentou-se com ela na cama e se livrou dos braços dela, começou a deita-la com a cabeça no travesseiro. Puxou as pernas para cima da cama e puxou o lençol para cobri-la.

Ela o segurou pelo braço quando passou o lençol por seus ombros – Sasuke-kun não quer deitar comigo?

Ele riu – não fale besteira.

Ela choramingou mais uma vez e fez uma careta de olhos fechados, visivelmente frustrada e soltou o braço dele.

Ele se levantou, ligou o ar condicionado, fechou as janelas e as cortinas e fechou a porta do quarto.

- Teme, por acaso você não estava se aproveitando da Sakura-chan, né? – falou o loiro ao ver o moreno voltar para sala.

- Idiota.

- Cara, com ela bêbada é errado – falou pro moreno que revirou os olhos.

- Vai dormir também, Dobe, não enche o saco.

Naruto riu – Teme, eu realmente superei a Sakura-chan, ainda bem que nunca falei pra ela que passei anos apaixonado... senão nunca poderíamos ser amigos assim.

- Vocês dois ficam muito bem juntos...

- É muito fácil ficar ao lado dela, mas eu nunca fui opção para ela... só tinha olhos para você. – falou com a voz seca.

- Não me meti no meio de sua paixão por ela, você deveria ter tentado.

- Eu sei, desculpe por isso...

Sasuke se manteve quieto, ignorava o amigo olhando para a TV.

- Teme, você deveria dar uma chance... eu não vou ficar no seu caminho de novo. – falou com um tom baixo de voz, ele beirava o sono, fechava os olhos se entregando ao sono.

Ainda não havia chegado o final da tarde e tinha dois bêbados em sua casa. Sasuke não idiota e muito menos cego, sabia que tinha interesse na moça que dormia em seu quarto, sabia também que dessa vez não precisaria se preocupar com seu melhor amigo.

A ideia de deixar a garota se aproximar e decidir por si mesma se poderia lidar com todo aquele fardo que era Uchiha Sasuke, passou pela cabeça dele. Ter aquela garota por perto o desejando mais uma vez havia mexido com a cabeça do moreno.

Deixaria a porta de sua vida aberta para ela, sem chocolate, sem migalhas de pão, não haveria rastros para disfarçar os problemas e os defeitos que eram o Uchiha, mas se ainda assim ela quisesse entrar seria bem vinda.


Notas Finais


Bem, capítulo tinha um proposito que espero ter alcançado.
Se gostarem comentem e deixem estrelinhas.

Boa noite até próximo capítulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...