História Seul Neighbors - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Taeyoonseok
Visualizações 163
Palavras 1.177
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


NÃO SOU OBG A POR NOTAS.
BJS EU.

Capítulo 1 - Sem chave


Fanfic / Fanfiction Seul Neighbors - Capítulo 1 - Sem chave

Para a alegria geral da nação, o relógio  finalmente decidiu fazer o seu trabalho e mover lentamente o ponteiro das horas até o número que indicava já serem três da tarde, para então o sinal tocar, anunciando o fim das aulas daquele dia.

"Finalmente!" Pensei completamente esgotado, afinal, eu havia passado quase a noite inteira decorando a música para a apresentação do projeto, que, inicialmente, seria hoje, mas é claro que com a minha sorte, ela foi adiada para daqui a um mês.

Sabe aquele dia em que você sai da cama com a sensação de que não deveria fazer isso de maneira alguma? Aquele fatidico dia, em que você tem a plena certeza de que seu dia será um belo amontoado de bosta? Esse é exatamente o dia de hoje, mas como meu colega de quarto vivia dizendo "Ignore os fatos e segue a vida." O que era o modo dele de dizer que estava pouco ligando pra qualquer problema que eu mencionasse estar passando.

Vou caminhando rapidamente para casa, com um unico objetivo em mente: ir direto para a cama. Uma noite pode até não parecer tanta coisa, mas para mim é sim. Todo sono perdido é delicado e deve ser tratado com o devido merito e atenção. Não é como se minha vida se resuma a dormir, até por que isso se tornou impossivel de ser verdade desde que meu colega de quarto começou a namorar. É humanamente impossivel não ouvir os gemidos absurdamente altos que vem do seu quarto TODAS as noites. Imagino que ele deva estar em um relacionamento serio com um coelho, pois não é possivel uma pessoa ser tão ativa nesse quesito. Então devido a vida sexual do meu parceiro de apartamento ser absurdamente ativa, e ao fato de que não havia dormido absolutamente nada durante a noite anterior ( mesmo depois que as atividades no quarto ao lado foram encerradas - as 04h00 da manhã! ), eu estava completamente louco para chegar em casa e dormir profundamente pelas próximas horas (ao menos até as 22h00 quando os gemidos estridentes davam início).

Assim que chego ao meu prédio, rapidamente chamo o elevador, e logo começo a procurar minhas chaves para agilizar o processo de hibernação o qual vinha planejando a horas.

"Droga" murmuro ao perceber que na preça de hoje de manha, esqueci de pegar minhas chaves.

Quando o elevador chega ao térreo, começo a pensar em possibilidades de como entrar em casa.

"Caramba, Junkookie oque custava ter prestado atenção em Namjoon Hyung?" Reclamo internamente ao tentar lembrar da noite em que meu colega de quarto disse em quais datas que teria folgas do emprego de meio período em que trabalhava, e por isso ficaria a tarde toda no nosso dormitório. Eu só não conseguia lembrar se hoje era ou não seu dia de folga, mas estava contando com isso. Minha longa tarde de sono dependia disso.

- Olá. - um de meus vizinhos diz ao entrar no elevador junto comigo, sendo respondido com um curto aceno de cabeça da minha parte, pois estava destraido tentando calcular quais as probabilidades  de NamJoonie estar em casa hoje ou não.

"Até que enfim!" Penso assim que as portas metalicas do elevador se abrem no meu andar. Ao sair apressado do elevador , ainda pude ouvir meu vizinho resmungar um tchau, ao que eu respondo com um leve aceno de mão. Não era minha intenção parecer mal educado, apenas queria o conforto de minha cama o mais rapidamente possivel.

Corro até a porta de casa apos ouvir um bufar do meu vizinho, que apesar de ter me deixado levemente intrigado, foi prontamente ignorado pela minha pessoa, enquanto internamente eu torcia para que não fosse um Hyung do meu curso na Faculdade (se não teria que me explicar por conta dos meus maus modos mais tarde).

- Hyung! - Digo ao bater na porta do meu apartamento. - Hyung, sou e... Puta que pariu, era só o que me faltava. - realmente meu azar deveria ser estudado."Não é possivel que o universo queira tanto meu cú assim." Pensei ao deslizar até o chão com as costas contra a porta de forma teatral e enfiar a cabeça entre a palma das mãos completamente frustado.

- Você esta bem? - Meu vizinho, que só então percebo ter ficado parado perto do elevador me observando ao invés de entrar em seu próprio apartamento, me pergunta com nitida curiosidade em minha pequena cena dramática. Seu rosto agora tinha a sobrancelha direita erguida em uma expressão que fazia com que um de seus olhos ficasse levemente maior do que o outro, o que me fez só então parar para prestar atenção nele. 

Ele tinha os cabelos em uma coloração alaranjada, próxima a cor de ferrugem, mas o impressionante era que a cor lhe caia muito bem, pois lhe combinava perfeitamente com seu tom de pele razoavelmente amarelado. Seu nome é Park JiMin, esta cursando o segundo ano na mesma faculdade que eu, porém ele esta cursando dança. Já havia visto uma apresentação dele no início do ano letivo, JiMin é um hyung bastante conhecido por seus movimentos bem definidos e aprimorados, mas também por sua boca bem desenhada e cheia, e por sua... bem, por sua bunda. Isso é o que os outros alunos viviam comentando, apenas por isso reparei nesses detalhes quando ele me perguntou se eu estava bem, o que fez com que minhas bochechas assumissem um tom rubro próximo ao de seu cabelo.

- Sim - respondo ainda envergonhado por lembrar dos comentarios de meus colegas sobre seu corpo.

- Mas então por que voc... Que barulho é esse? - ele diz se aproximando de onde estou, para então abrir a boca em um perfeito "O" e arregalar seus olhos, ao encostar o ouvido na porta e ouvir os gemidos vindos de dentro de meu apartamento. - Ahh isso... - ele diz com uma expressão engraçada ao se afastar da porta.

- É, meu colega de quarto as vezes se esquece que dividimos o apartamento. - digo de forma simplista.

Pela primeira vez nesse dia, algo aconteceu próximo do que eu queria: depois de chegar em casa sem minhas chavez, descubro que NamJoonie não só esta em casa como também esta acordado. O único problema, é que hoje ele decidiu iniciar sua maratona de sexo mais cedo. Nada de mais.

Meu vizinho então começa a rir para então me dizer:

- Você não é o unico nessa situação vizinho - ele solta, para então me mostrar seu celular que estava com uma conversa no Kakao aberta.

Hobi                                                              Ás 13h27

Heey Jiminie                    


                                                 ChimChim                                            Ás 13h27

Oi

Hobi                                                             Ás 13h27

Não apareça aqui em casa hj

Yoongi vai vir pra cá.

Fico te devendo uma

                                              ChimChim                                                   Ás 13h28

O QUE???

VC TÁ LOUCO? QUER LEVAR SEU NAMORADO PRA CASA TUDO BEM, MAS EU E O TAE FICAMOS COMO?

HOSEOK VC NÃO PODE SIMPLESMENTE PROIBIR EU E O TAEHYUNG DE ENTRAR NA NOSSA PRÓPRIA CASA PARA TRANSAR!!!

HOSEOK!!!

Hobi                                                       Visto por último às 13h30

- Parece que estamos no mesmo barco - Jimin diz assim que acabo de ler as menssagens.

É parece que eu não teria minhas tão preciosas horas de sono recuperadas tão cedo.



Notas Finais


Então é isso ai merrmo.
O cap foi betado pela Kellen, se tiver algo errado coloquem a culpa nela (brincadeira nene te amo.)
Até o próximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...