História SeuSegredo.Com - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amizade, Aventura, Clichê, Colegial, Comedia, Gossip Girl, Original, Romance, Seusegredocom, Stalker
Exibições 82
Palavras 1.899
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Linguagem Imprópria
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá bolinhos saltitantes de chocolate, como vocês estão?
A autora sumida aqui está bem, obrigada por perguntar. Se bem que esses dias tentaram me acertar com uma pedra bem pesada na rua... Será que foi alguém irritado pelo atraso? Espero que não.
Esse capítulo é decisivo para a história da Anna/Secret, e acreditam que ninguém acertou o que ela e o Bill iam aprontar no baile?
Pois bem, acho que agora todos terão que ler para saciar a curiosidade.
Boa leitura bolinhos ♥

Capítulo 28 - Baile de Máscaras


Fanfic / Fanfiction SeuSegredo.Com - Capítulo 28 - Baile de Máscaras

Assistir a uma história através de filmes e seriados na televisão é algo simples, você só precisa manter seus olhos abertos enquanto os personagens desfilam com seus vestidos elaborados e sorriem para câmeras fingindo não saber que elas estão lá. Contudo, quando os holofotes estão em você sua pulsação fica acelerada e o ar parece não chegar até os pulmões não importa o quão fundo você respire. Nada é fácil como parece na televisão.

– Não fique nervosa, Anna – Lucca toca minha mão com a sua, sem tirar a outra do volante enquanto estaciona do lado de fora do ginásio da escola.

– Não estou nervosa – retruco sem qualquer convicção.

Ele sabe que estou mentindo e escolhe me apoiar fingindo que acredita nas minhas palavras tremulas dando um sorriso reconfortante.

Fecho meus olhos e respiro fundo pelo menos cinco vezes antes de abri-los novamente.

Observo enquanto meu melhor amigo arruma a máscara em seu rosto, escondendo os olhos e deixando exposto tudo abaixo das suas maçãs do rosto.  Pego minha própria máscara e gravo o detalhe de cada espinho esculpido nela por muito tempo.

Talvez o destino tenha conspirado para que eu entrasse naquela loja de fantasias, dias atrás, e encontrasse a máscara perfeita para a Secret. A máscara que escolhi é preta formada por vários espinhos esculpidos como os de uma roseira com pequenas rosas brilhantes entre eles.

Discreta sem deixar de ser ameaçadora, assim como a Secret.

– Deixe que eu te ajude com isso.

Apenas balanço a cabeça concordando enquanto Lucca tira o objeto de minhas mãos e ajusta em meu rosto. Toco a máscara quando ele termina e encaro meu reflexo no espelho retrovisor do carro.

– Pronta?

– Como nunca antes – respondo.

E dessa vez, minha voz não vacila nenhuma única vez.

 

A primeira coisa que chega até nós é o som da música, uma das minhas favoritas da cantora Sia, começo a cantarolar baixinho sendo acompanhada por Lucca em direção à entrada lateral do ginásio. Ele abre a porta e faz um sinal indicando que devo passar primeiro, dou uma risadinha enquanto atravesso e o vejo fazer uma reverência como resposta.

O ginásio que antes era ocupado por aparelhos esportivos e o cheiro constante de suor foi delicadamente decorado para levar todos os convidados a uma noite romântica em Madrid, na Espanha.

A decoração é composta com tons de vermelho escolhidos a dedo por Lucca e preto, luminárias com pontos de luz foram espalhadas em mesas com aperitivos enquanto outras, feitas com potes decorados e velas no centro, foram deixadas próximas a sofás e pufes onde qualquer um pode sentar e relaxar.

Uma estrutura colocada no teto servia como ponto de apoio para tecidos tensionados brancos onde algumas imagens eram reproduzidas aleatoriamente, como o céu ou uma cidade iluminada à noite.

Algumas alunas resolveram realizar seus sonhos e escolheram vestidos de princesas incríveis enquanto outras, tentando ser mais “maduras”, preferiram ousar com decotes generosos e vestidos de seda.

A empolgação de todos por aquele evento era contagiante, mas o meu nervosismo superava.

Lucca foi falar com a organizadora do buffet para ver se algo havia dado errado enquanto eu fiquei assistindo as pessoas dançando e conversando como se fosse a espectadora de um filme.

– Acho melhor você tomar algo, pude te ver tremendo lá do outro lado do ginásio.

Reconheci Ícaro pela voz e pelo cabelo loiro despenteado assim que se aproximou de mim e não hesitei em aceitar o copo de refrigerante que ele me ofereceu.

– Não é todo dia que se oferece um baile.

– Tsc tsc – ele sorri de canto – Você é a Secret, não tem que ficar nervosa pelo que meia dúzia de adolescentes espinhentos dirão sobre a festa que organizou.

– Quem organizou foi a Anna – corrijo.

Ícaro ergue uma sobrancelha sem deixar de sorrir de maneira brincalhona.

– E qual a diferença?

Ele se afasta antes que eu possa respondê-lo, acho que na verdade não espera por uma resposta.

Quase sinto raiva de mim por ter superado tão facilmente nossa “briga” do outro dia.

Caminho por entre as pessoas fazendo o possível para ser despercebida enquanto procuro por Lucca, Clarisse ou Mabel na multidão.

– Você viu aquele vestido? – ouço alguém murmurar.

– É incrível, mas eu usaria uma máscara mais chamativa.

Olho ao redor buscando as donas das vozes que comentam sobre mim. Posso sentir que é sobre mim.

A música continua tocando, mas parece que tudo que chega até meus ouvidos é o som dos sussurros das pessoas. Sinto o celular da Secret, escondido no decote do vestido, vibrando.

Alguém segura meu braço, me viro e encontro Lucca. O alívio invade cada célula minha ao ver o meu melhor amigo ali.

– Vamos – mesmo sem ser uma ordem, faço o que ele diz na hora.

Lucca me guia pela multidão de corpo se balançando ao ritmo da música até perto da mesa principal de aperitivos onde rapidamente encontro Clarisse e Mabel.

– Não acredito que essa é a Anna – Mabel diz surpresa.

– Sempre falei que essa garota é linda, só não se cuida.

Clarissa parece ter se inspirado em algum romance antigo como Romeu e Julieta na hora de escolher seu vestido creme e a máscara delicada da mesma cor. Já Mabel era a personificação de uma princesa da Disney com o vestido rosa e máscara branca.

– Obrigada pelos elogios – murmuro – Vocês também estão lindas.

Lucca tira da minha mão o copo já vazio de refrigerante que eu não me lembrava de ainda segurar e o substitui por um de água gelada que serve na hora.

– Veja os e-mails da Secret – ele sussurra para mim.

As meninas abafam risinhos com as mãos, conspirando sobre o que quer que elas achem que ele me disse.

Desbloqueio o telefone e abro rapidamente a caixa de e-mails que venho ignorando desde que sai da casa dos Fosters.

Os últimos e-mails recebidos possuem anexos e nas fotos estou eu.

“Você sabe quem é essa garota?”

“Ouvi dizer que é uma penetra de outra escola!”

“Que roupa vulgar, aposto que é a nova putinha do Jeremy.”

Várias mensagens acompanham as imagens anexadas e todas com a grande pergunta sobre quem sou eu.

Olhos focados em mim, me tornando menos invisível. Será que se a Secret não fosse anônima eu aguentaria isso todos os dias?

Guardo o aparelho de volta no lugar e dou um longo gole na água que Lucca serviu para mim.

– Vocês chegaram há muito tempo? – Mabel pergunta.

– Não muito – Lucca responde – Deixei a Anna sozinha por cinco minutos para achar vocês e ela se perdeu por quase vinte.

As meninas riram e eu fiz minha melhor cara de “O que posso fazer? Sou uma perdida mesmo”.

– Então não tiveram tempo de dançar! – Clarisse não perguntou, ela exclamou – Vamos resolver isso agora mesmo!

A loira segurou Lucca e eu, cada um por um braço, e arrastou para a pista onde vários adolescentes dançavam com Mabel a tiracolo.

No início fiquei constrangida pelos olhares que recebia, as câmeras que apontavam “discretamente” em minha direção e o celular vibrando com e-mails e mensagens, mas logo me acostumei e apenas aproveitei o momento único que estava vivendo. Minha noite na Espanha.

Dancei músicas dos anos 90 com Clarisse, canções pop com Mabel e até algumas baladas românticas com Lucca, sentindo a pulsação acelerada dele e sabendo que a minha estaria igual.  Até cheguei a ver Gustavo e a namorada de longe e sei que ele não veio falar comigo porque tinha alguns assuntos da Secret para resolver.

Ícaro apareceu algumas vezes e até dançou umas músicas com Clarisse, mas logo desaparecia na multidão. Talvez ele não tenha terminado de arrumar a sua surpresa.

Sem que fosse necessário qualquer alarme, eu soube.

Eu soube quando chegou a hora da minha surpresa e a do Ícaro, ou melhor, da Secret e do Bill. Senti no exato momento em que o minuto mudou e engoli em seco apertando a mão do Lucca enquanto todos os tecidos brancos reproduziam a mesma coisa.

O mesmo vídeo.

A voz ainda era minha, mesmo que alterada digitalmente por Gustavo. A garota que aparecia também era eu, ou pelo menos uma versão digitalmente desenhada e animada pelo Gustavo de mim como Secret.

Ao invés de cabelos castanhos, os dela eram loiros e no lugar dos olhos verdes ele resolveu deixar vermelhos como sangue. A inspiração da roupa veio direto do filme Meninas Malvadas . A única parte daquele desenho com a qual eu contribui foi a escolha do batom preto para a boca.

– Horóscopo da tia Secret para mentirosos mal caráteres – a imagem sorriu – Hoje vocês terão grandes revelações.

As pessoas começaram a murmurar perguntando o que estava acontecendo, todos ficaram rapidamente exaltados com a aparição da Secret digital.

 – Antes de tudo, me sinto na obrigação de desejar uma boa noite e um ótimo baile para todos – o desenho sorriu – Espero que já tenham tido vários escândalos para que eu escreva sobre no blog. Para a sorte de alguns e azar de outros, não vim somente para deixar meus votos como vocês já devem imaginar, vim para desmascarar algumas pessoas incluindo a mim. Mas primeiro, que tal verem a surpresa do Bill?

Essa foi a deixa para que os tecidos torcidos fossem soltos e deixando que pétalas de rosas preenchessem o salão inteiro. Todos olharam maravilhados para as pétalas delicadas que passaram a fazer parte da festa. Poucos notaram os pequenos bilhetes com a frase “Sejam venenosos”.

– Vocês sempre desejaram saber quem eu sou, viveram por anos implorando por qualquer dica que fosse sobre minha identidade. Já falei diversas vezes, eu sou todos vocês.  Sou a representação da pior parte do ser humano, aquela que esfaqueia seus iguais pelas costas e estou cansada disso. Você sabem o que são números invisíveis? Existe uma infinidade de números cada qual com seu significado e sua importância, até mesmo os menores números, aqueles que possuem tanto zeros a esquerda que quase não cabem na linha, são importantes de sua própria maneira. Pessoas são como números e a vida toda eu fui o número mais invisível e o mais importante dessa escola. Bill e eu fomos capazes de desmascarar um ao outro e combinamos uma trégua para o grande final que planejamos, não que eu espere que vocês lidem bem com isso. Eu não quero mais ser a Secret e também não quero ser um número invisível e quebrado, quero ser só mais uma pessoa no meio de vocês sem me preocupar com invasões ao meu blog ou algo assim. Por isso, oficialmente anuncio que uma nova Secret irá me substituir e para dar as boas-vindas a ela, nada melhor do que abrir espaço no meu armário de segredo jogando alguns fora, não acham?

Foi assim que o caos começou.

No vídeo, vários segredos mais do que bombásticos foram revelados. Histórias tão obscuras e doentias que eu nunca havia tido coragem de postar no blog.

Os adolescentes começaram a atacar uns aos outros com agressões físicas e verbais.

Parado ao meu lado estava o Lucca, olhei para ele e pedi silenciosamente para irmos embora.

Lucca segurou minha mão e me levou para fora daquele baile cheio de confusão. Nós dois já sabemos o que vai acontecer no final do vídeo.

A Secret disse que ia se desmascarar nessa noite e por isso a última imagem que será reproduzida será a da máscara que a Secret usou.

Será que os números visíveis e invisíveis vão entender?


Notas Finais


GENTE DO CÉU!
JESUS, MARIA, JOSÉ E A CABRITINHA!
Será que alguém vai matar essa charada? Sabemos que a Nana Banana chamou atenção pelo vestido e tiraram até algumas fotos dela, mas será que os estudantes vão ser espertos o suficiente para juntar 1+1?
Mais uma vez, obrigada por acompanharem a fanfic. Espero ver seus comentários malucos em breve ♥
Curtam a fanpage para acompanhar lançamentos:https://www.facebook.com/NatchuFics/
Beijos de menta jovens bolinhos de chocolate ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...