História Seven Shadows - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lay, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin
Tags Bts, Exo, Romance, Terror
Exibições 31
Palavras 1.729
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Ficção, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiii meus amores <3
Primeiramente peço desculpas por demorar postar
Era para ter saído ontem
Mais meu pc deu Bug e apagou todo o cap que eu já havia escrito
Ai tive que refazer e não ficou tão bom quanto estava
Bom é isso
Desculpes os erros gigantes
Amanha eu corrijo
Leiam as notas finais
Boa Leitura
Kiss&Hug

Capítulo 6 - Two Shadows


Fanfic / Fanfiction Seven Shadows - Capítulo 6 - Two Shadows

“Nem o passado e nem o tempo, é capaz de fazer-me esquecer esse amor, que arde em meu peito” -Anye

Seven shadows – capítulo 6

 

-Acorda , Acorda rápido!

A jovem Yungi acordou num pulo ao ouvir uma voz a chamar em um sussurro , olhou pelos cantos do quarto completamente branco , encontrando a porta de seu quarto aberta , suas amarras estavam soltas , ela olhou novamente para a porta

Se levantou lentamente da cama , e seguiu lentamente até a porta  , o corredor estava vazio , havia apenas uma cadeira ao lado da sala que a Yungi estava

Yungi saiu do quarto e seguiu pelo corredor , andando um pouco depressa , o lugar estava completamente vazio e isso estava incomodando a jovem que que de longe avistou uma mancha avermelhada numa das paredes e sessou os passos por alguns segundos , temendo se aproximar e ver algo que ela talvez não gostasse

Na medida em que ela se aproximava foi tendo uma visão em memória, dois corpos  ensanguentado jogados ao chão , a menina sentindo seu coração partir levou as mãos a cabeça tentando saber quem eram aquelas pessoas e porque ela ficou tão triste de repente , balançou a cabeça duas vezes e voltou a andar tentando voltar a si

Quando finalmente alcançou a mancha que ela havia visto de longe , que agora se tornou uma grande poça de sangue e ao lado da mesma havia vários corpos amontoados

Eram todos os funcionários e os pacientes , ela até reconheceu alguns enfermeiros o guardinha , o senhor da limpeza e uma mulher que também era paciente mais sempre estava ao lado da menina que já estava ali a quase 1 ano após ter seus surtos acharam melhor a deixar internada naquele centro psiquiátrico do que a levar a um hospital

A jovem ficou paralisada ao ver tantos corpos sem vida a sua frente , isso explicava  o porque de tudo estar tão vazio , a menina quis correr , gritar , mais nada conseguiu ficou sem reação , ela apenas se ajoelhou em frente ao corpos sentindo algumas lagrimas rolarem pelo seu rosto pálido , estava tudo quieto só se ouvia os soluços da jovem que estava em prantos em frente aos cadáveres daqueles que ela via de vez em quando e outros sempre

O silencio foi quebrado quando , ela ouviu palmas  atrás dela , que se virou rapidamente , dando de cara com dois homens ambos carregava ódio no olhar um deles tinha os cabelos castanhos claros e seus olhos eram avermelhados vestia um casaco todo preto que ia até perto dos pés , o outro tinha os olhos e os cabelos negros , assim como a roupa que o mesmo usava , o que batia palmas era o de cabelo castanhos , esse mesmo se dirigiu até a menina e se abaixou perto dela

- você fez isso ? – perguntou enquanto olhava para os corpos

A menina o olhou e voltou a olhar os corpos

- Eu não fiz isso senhor – disse a menina enquanto tentava ficar de pé , o homem ao perceber a ajudou e a olhou nos olhos sorrindo

- Sim , foi você sim – disse e viu os olhos da menina quase pular para fora – Se não tivesse fugido para começo de conversa , nunca teria acabado aqui , e eles não estariam mortos – disse olhando a menina nos olhos

-Fugir ? – como assim ? você me conhece ? – Yungi encarou o homem e logo olhou para o outro que se aproximava , mais que parou assim que ela o olhou , já desconfiada , ela nunca os tinha visto ali , e eles estavam bem no local onde os corpos estavam

- como assim , não lembra de nada ? – disse o homem que estava a frente da menina , ela voltou a o olhar deixando a desconfiança saltar pelos olhos e o homem percebeu , mais antes que pudesse segurar a menina , a mesma correu a toda velocidade para fora daquele lugar dando de cara com uma pequena reserva que ficava ao lado do Centro Psiquiátrico , sem pensar duas vezes a jovem correu até a matinha e adentrou a mesma sendo seguida pelos dois homem que estavam parecendo irritados demais

-Volta aqui Yungi querida , não terminamos nossa conversinha – gritou um e a menina começou a correr mais rápido que conseguia , em meio a fuga da menina ela lembrou do que havia acontecido na sua casa , ela se lembrou que aqueles dois corpos eram de seus pais e que alguns homens haviam os matado , e por pensar em algo assim e lembrar de tal coisa a menina acabou perdendo o controle quando tropeçou em um tronco e caiu rolando por uma ribanceira onde se machucou toda deixando vários cortes em seu corpo , quando finalmente alcançou um lugar plano onde ela parou de rolar descontrolada , a jovem se levantou mesmo sem forças e toda machucada e voltou a correr , até que bateu de cara no peitoral do homem que antes não havia dito uma palavra seus olhos de negros passaram para um vermelho vivo o que fez a menina se afastar bruscamente , fazendo o homem sorrir e se aproximar da menina que tropeçou nos pés e caiu no chão tendo por cima de seu corpo machucado om homem moreno que pregou os olhos nos machucados da menina que sangravam um pouco , voltou a olhar a menina e sorriu descendo o rosto até o braço de Yungi que tinha um arranhão e sangrava um pouco demais , o homem passou a língua quente naquele local causando um ardume e a menina se encolheu um pouco , o jovem voltou para perto do rosto da menina e selou o pescoço da jovem lambendo o mesmo até ela sentir os dentes do mesmo cravar naquele local

Yungi então soltou um grito agudo e alto , sentiu sua vida ser sugada aos poucos , o jovem prensou mais o corpo frágil da menina no chão enquanto se deliciava com o sangue da mesma , que ainda tento relutar e o tirar de cima de si, mais sem força e toda machucada isso nunca iria acontecer , foi quando ela sentiu o peso sair de cima de si e ela ser levantada as pressas , ela já estava quase inconsciente , mais pode sentir o vento bater em seu rosto , ela estava em movimento , alguém corria com a jovem nos braços , ela levantou um pouco o olhar e pode ver alguns fios de cabelos loiros voando assim como os dela , na mente dela ela já havia morrido e estava apenas delirando para finalmente partir dessa vida

                                                                   [ ... ]

 

 

Dois dias depois do ocorrido, a menina finalmente acordou tendo ao seu lado um alguém de pele pálida olhos avermelhados e cabelos loiros quase brancos , ele estava de cabeça baixa , ela olhou em volta e pode apreciar alguns desenhos no teto do quarto , até voltar seu olhar para o garoto que ainda se mantinha de cabeça baixa

Levou uma de suas mãos ao pescoço e sentiu uma dor no local onde aquele homem havia mordido e sugado seu sangue , queria ela não acreditar naquilo , mais havia acontecido com ela , a menina foi tirada de seus devaneios quando o jovem se pronunciou

-Desde quando acordou? – perguntou baixo sem olhar a menina que o olhou , sem demonstrar nenhum tipo de sentimento nos olhos

- eu acabei de acordar – disse a menina enquanto mirava o jovem loiro que estava ao seu lado – Onde estou ? – perguntou tentando se levantar , mais foi impedida pelo jovem que fez a mesma voltar a se deitar

- esta numa das casa do Nam , precisamos te manter escondida longe dos olhos do concelho e de seus seguidores – disse sério olhando a menina nos olhos que não desviou como ela sempre fazia , ao perceber acabou por desviar o olhar primeiro

-Nam ? concelho ? como assim ? quem é você ? você me conhece ? – os olhos o garoto voltaram a fitar a menina agora curioso

-Não se lembra de nada ? – pergunto se levantando da cadeira e andando pelo quarto

- eu me lembrei da possível morte dos pais na hora que eu estava fugindo daqueles homens – a menina se sentou e ficou olhando o rapaz que andava inquieto pelo quarto  suspirou fundo – você sabe quem sou né , me conhece ? – perguntou ao jovem que parou ao ouvir a pergunta e olhou a menina

- sim eu te conheço – disse e ficou a olhar a menina que logo desviou o olhar para o lado da janela que estava fechada

- eu me lembro de um nome , se você me conhece deve saber de quem se trata , e se é algo meu –disse a menina tentando levantar da cama , e sendo novamente interrompida pelo jovem Loiro

- Que nome – perguntou o menino enquanto se sentava na cama ao lado da menina

-Min ... Min Yoongi – disse a menina e percebeu um sorriso se fazer no rosto do loiro – você o conhece ? acho que talvez poderia me dizer quem eu sou , talvez ele poderia me aju... – foi interrompida pelos lábios do jovem loiro que selou aos de Yungi que com o susto acabou por empurrar o jovem para longe

-Ta louco ? – disse um pouco alto e ele sorriu voltando até a jovem , subiu em cima da mesma segurando suas mãos e selando novamente os lábios que não foi retribuído pela menina – eu estou te ajudando a se lembrar , na verdade to matando a saudade , estou finalmente provando dos lábios que eu sempre desejei , e tive que esperar para te-lo por quase um ano – disse ao separar da jovem que o olhava incrédula – Min Yoongi , esse é meu nome – ele sorriu saindo de cima da menina que o encarou sério – depois de tanto tempo não esqueceu meu nome , mesmo depois de perder memoria – disse o rapaz enquanto caminhava para fora do quarto trancando o mesmo e deixando a menina para trás confusa tentando entender tudo oque o garoto havia falado , era ele mesmo , o dono do único nome que ela se lembrou ....


Notas Finais


Eai ? quem sera os dois que apareceram agora ?
hahah algum palpite ?
espero que tenham gostado desse cap que não estava tão grande graças ao meu pc
me desculpem

aqui está a minha outra fic que comecei esses dias <3 se quiserem dar uma olhada
agradeço <3

https://spiritfanfics.com/historia/wild-heart-7154169


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...