História Sex and love//min yoongi<3 - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Drama, Imagine, Romance, Suga
Exibições 74
Palavras 924
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Bishoujo, Bishounen, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Super Sentai, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei gente, esses dias eu estou com virose eu tenho vomitado bastant e tenho que convencer meu pai a me levar no show do bts então Serio me perdoemm!
Boa leitura...

Capítulo 5 - Voltei pra casa +tragédia


Fanfic / Fanfiction Sex and love//min yoongi<3 - Capítulo 5 - Voltei pra casa +tragédia

Chegando na minha "velha casa" nao vejo minha mãe na cozinha, corro até o seu quarto e a vejo deitada na cama 

-oi?mãe

Ela nao respondeu apenas me olhou e virou de volta.como ja era hora da janta eu resolvi pedir pizza coloquei um pedaço no prato e levei até ela 

-mãe, eu comprei pizza vc quer?

Ela nao me respondeu entao deixei na mesinha ao lado e vi todos os seus remedios atrasados.

Minha mãe desde que meu pai morreu ela entrou em depressão,antesde eu ir para a casa do meu irmão ela estava tomando os remédios mais perece que ela parou ,fiquei preocupada entãoresolvi ligar pro tae

Telephone on

-alô,s/n

-tae,acho que a mamãe parou de tomar os remédios dela, des de que eu cheguei aki em casa ela nao trocou uma palavra comigo só fica deitada no quarto.

-amanhã eu passo ai ,por enquanto cuida dela tá?

-tá,tchau

-tchau.

Telephone of

Fui para o meu quarto deitei na cama e dormi. 

~quebra de tempo~

7:00

Acordei com o barulho do despertador tocando e nao com os gritos da minha mãe, me senti um pouco aliviada mais ja estava sentindo saudades das brigas. Levantei da minha querida cama fui ao banheiro e fiz minhas higienes diarias antes da escola, fui até a cozinha e olhei o relógio taehyung disse que passaria em casa para me levar pra escola 7:30 PK assim daria tempo pra ele dar uma olhada na minha mãe ja eram 7:15 então daria tempo para mim preparar  café pra ela. 

Preparei o café e coloquei o mesmo em uma xícara de porcelana branca e subi indo  direçao ao quarto da minha mãe 

-mãe eu trouxe café pra... -chegando na porta me deparo com a cena da minha mãe no chão com uma faca em seu estômago, na mesma hora fico paralisada e sinto a xícara escoregar da minha mão (momento câmera lenta) e ouço meu irmão subindo as escadas correndo junto com alguém mais eu nao me importo e sinto uma lágrima solitária descendo do meu rosto que da origem à um choro desesperado, quando taehyung apareceu na porta ele viu a mãe e ficou paralisado mais logo tomou uma atitude 

-suga, tira ela da qui-suga tetou me levantar mais eu tirei a mão dele dos meus braços, mais nao adiantou PK ele me pegou no colo e me colocou no carro à força

Tae on

Eu estava chocado como a mamãe poderia fazer isso com a s/n, eu e minha mãe nunca fomos muito proximos como ela e a s/n mais eu fiquei abalado, mais logo chamei a ambulância eu tinha que manter ascesa a faísca de esperança que havia em mim senão a s/n ia sofrer muito. 

Depois de longos 10 minutos os enfermeiros chegaram e colocaram minha mae na maca e a colocaram na ambulância eu fui junto, antes de ela entrar na sala de cirurgia tive que encarar varios enfermeiros e enfermeiras que com seus olhares diziam tipo:"sua mãe morreu" ou "como pode vc ter tanta esperança?! Ela está morta mais ignorei todos os olhares me focando em uma coisa: minha mãe viva. 

S/n on 

Suga me levou para o seu apartamento que chegando la me colocou no sofá e sem geito me ofereceu um copo de água com açucar 

-calma ta tudo bem-ele disse sentando do meu lado

-NAO, NAO TÁ TUDO BEM! -disse e comecei a chorar no seu colo enquanto ele acariciava o meu cabelo 

~quebra de tempo ~

E lá estava eu, toda de preto chorando no ombro do meu irmão abalado com todos os nossos familiares em frente ao caixão da minha mãe. 

Terminando o enterro meu irmão ia me levar para a casa dele já que nao tinha onde eu morar PK a casa ficou pra minha tia (irmã da minha mãe) que nao gostava de mim então acabei tendo que voltar pra casa do meu irmão, mais com o carro ja em movimento eu disse

-não quero ir pra sua casa... Me leva la na casa do yoongi por favor? -ele fez uma cara de assustado mais acentiu e deu meia volta com o carro parando na frente do apartamento, ele me deixou la e entrei só, subi o elevador e toquei a campainha do apartamento suga abriu a porta com uma calça cinza saruel com uma camisa larga azul enchugando o cabelo, parecia que ele tinha acabado de tomar banho 

-oi? -ele disse 

-oi, eu posso dormir aki? -ele ficou assustado no começo mais acentiu dizendo

-pode, mais eu pedi pizza tudo bem pra vc? 

-uhum-ele deu passagem para entrar e eu fiz o esperado(entrei né  darrr) 

Ele me emprestou um pjama dele e eu vesti ficou meio engarçado mas é muito mais sexy que vários decotes por ai kk. 

~quebra de tempo~

Ele deixou eu dormir na cama dele de casal e ele dormia no quarto de ospedes que tinha uma cama de solteiro, ele me deu um cobertor eu deitei na cama e tinha cheiro daquele perfume da primeira vez que nos beijamos, ahh suga estava sendo tão delicado comigo, estava tudo tão bem até que... Eu comecei a lembrar da minha mãe e comecei a chorar logo depois ouço passos que eram do suga e o vejo na porta

-s/n tá tudo bem? -ele disse encostado na porta com cara de sono, eu me desenrolei do cobertore corri para os seus braços, seu abraço era tao quente e bom que acabara me confortando, o mesmo retribuiu o abraço e fomos andando abraçados até a cama ele me deitou e nos cubriu, e eu dormi em volta de seus braços com o nariz em seu pescoço...


Notas Finais


Awwwwnt esse capítulo foi lindo no final mais no começo só sofrimento.
Até o próximo cap bjoss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...