História Sex Toy - Vkook - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jungkook, Personagens Originais, V
Visualizações 34
Palavras 1.018
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Alguns avisos :

- Taehyung tem 19 anos e Jungkook tem 24
- Taehyung passivo e Jungkook ativo
- irei postar uma ou duas vezes por semana

{...} = quebra de tempo


~ Boa leitura,amo vocês 🌸

Capítulo 1 - One


     Dez Anos Atrás

Taehyung estava deitado,esperando por sua mãe - que iria vir para dar lhe um beijo de boa noite,porém,já se ouvia mais uma briga de seus pais - oque já era rotina para o mesmo - desde que seu pai começou a sair pelas noites,se ouvia gritos eufóricos dos mesmos,e ate palavrões inapropriados para a sua idade

- Desculpe por te deixar esperando filho.. - Ela vai ate ele em passos rápidos e da um selar em sua bochecha rechonchuda e rosada - espero que se dê bem amanhã,e preste atenção nas aulas viu mocinho? - ela faz uma careta engraçada e Taehyung dá uma gargalhada gostosa

- Mama ..Taehyunggie é o melhor aluno da classe,sei que vou me dar bem - Taehyung morde o lábio inferior encarando sua mãe - Mama,eu beijei um garoto na hora do intervalo - Taehyung cora e afunda o rosto na sua almofada cor-de-rosa que havia ganhado a pouco tempo,em uma viagem a Disneyland,que havia feito com sua mãe e seu amigo Hoseok

- Como? - ela o olha com uma expressão surpresa - Taehyunggie você o beijou como a mamãe beija o papai?

- Não!! - ele da um pulo e a olha incrédulo - nós só encostamos os lábios um no outro Mama!! ..você e o papai põem a língua na boca do outro,e isso é nojento! - ela começa a rir alto pela fala do filho,e Taehyung a olhava com a famosa expressão de "nojinho"

- Okay,eu entendo meu amor ..e você ainda é novinho de mais pra isso - ela passa as costas das mãos pelos olhos para retirar os respingos de lágrimas - que havia caido quando ela estava rindo

- ..Mama,eu acho que gosto de garotos - Taehyung se esconde abaixo das cobertas - que alias era com desenhos de diversos planetas,estrelas e etc …- o mais novo era fascinado por coisas do sistema solar,e poderia ate dizer que seu quarto era uma perfeita galaxia

- Taehyunggie,não precisa se esconder - ela retira as cobertas de cima do filho e o puxa para o seu colo,fazendo um leve carinho em seus cabelos - sua sexualidade é uma escolha sua,e não esqueça - ela da um selar em sua testa - ninguém pode mudar isso ..e eu tenho certeza que você vai encontrar alguém que te ame,e que te dê valor ..você é uma jóia Taehyunggie,uma jóia rara!,e quem tiver a chance de ter seu amor,sera o homem mais feliz do mundo,isso a mamãe tem total certeza

•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•°•

Dias Atuais 

(Taehyung POV)

Acordo com o barulho irritante do despertador do celular,e logo me levanto para não levar mais uma bronca do meu pai - eu teria que limpar a casa - não que seja novidade,pois,depois da morte de minha mãe,meu pai virou um homem agressivo e revoltado - não que ele não fosse antes,mais hoje em dia ele esta piorando cada vez mais,talvez porque ele passou a se embebedar mais do que o normal

- TAEHYUNG LEVANTA A BUNDA DESSA CAMA SEU MOLEQUE IMPRESTÁVEL! - escuto a voz de meu pai e me levanto rapidamente,indo fazer minha higienes matinais e arrumar minha cama - eu não deveria ter perdido o tempo pensando,estou atrasado,e sei que ele ira me castigar depois

Chego na cozinha,e começo a lavar a louça suja - logo após limpo o piso da casa,e coloco cada objeto em seu devido lugar - e é claro,fazendo tudo isso com os fones de ouvido ao som de "Never Ever - GOT7"

- Você demorou levantar,vai ficar sem café da manhã para aprender a ser um moleque pontual - ele tira sua torrada da torradeira e come ela rapidamente - enquanto eu - ouvia o som do meu estômago,pedir por comida

- Papai,posso comer um pacotinho de biscoitos? - falo docemente,esperando um "sim",da parte dele - oque obviamente eu receberia um belo "não" - mais eu sou iludido

- Já disse que não vai tomar café - ele pega seu cigarro que estava em cima do armário e vai ate a porta - Vou sair,sabe as regras não é?

- Sim papai,eu sei - digo cabisbaixo por ter que ficar sem comer ate a hora do almoço

As "regras" eram: Não sair de casa,não trazer ninguém pra dentro de casa,se tiver algo sujo terá que limpar - eu não tenho liberdade para nada,sou um escravo aqui nesta casa

- Não me chame de papai,isso soa muito gay ..- ele sai de casa batendo a porta com certa força - com certeza,para me assustar

A hora que meu pai sai de casa,é o melhor momento do meu dia - é o momento que eu posso ler meus livros em paz - ou seja,sem ele gritando "Taehyung seu imprestável limpa isso,limpa aquilo" - Aish ..isso realmente me estressa,é como se ele não me considera-se como seu filho - eu sei que ele não considera,mais eu ainda tenho um pouquinho de esperança que ele mude - assim como minha mãe sempre teve

{…}

Já é de noite e meu pai ainda não chegou em casa,estou realmente preocupado - eu me preocupo com o meu pai,apesar de tudo que ele me fez e me faz passar - porque,apesar de tudo,ele continua sendo meu pai

Saio dos meus pensamentos com o barulho da porta sendo aberta,e vejo meu pai entrar com dois homens de terno preto o segurando pelos braços,e um jovem ao lado deles

- Quem são vocês?! E porque estão segurando meu pai desta forma?! - Digo eufórico,me levantando e indo para perto do jovem que estava ao lado deles

- É muito linda a forma que você ainda se preocupa com o seu "papai" ..mesmo ele não estando nem ai pra você - ele sorri debochado e coloca suas mãos em minha cintura,apertando de leve - seu papai te apostou em uma rodada de truco ..e eu obviamente ganhei,então,a partir de hoje,você Kim Taehyung,é minha propriedade - ele da um selar em minha bochecha,quase no canto da minha boca,e eu fico estático,sem saber como reagir - aliás,me desculpe pela a falta de educação,nem me apresentei ..sou Jeon Jungkook,tenho vinte e quatro anos e sou seu novo dono gracinha


Notas Finais


Me desculpem pelos erros,e espero que tenham gostado'


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...