História Sexo ao extremo - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 202
Palavras 874
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - Comprometidos


Chamei a Dina para vir aqui em casa, ela e minha melhor amiga 
 - Samy - ela me chamou 
 - Aqui em cima - avisei e ela veio ao meu quarto 
 - Oque foi amiga ? - ela se sentou ao meu lado na cama
 - Perdi a virginidade - animada e sorrindo eu contei 
 - Não creio, com quem ? como ? onde ? 
 - Ontem, com meu irmão 
 - Mesmo depois de saber que ele fudeu a professora ?
 - Ai sim Dina, mas eu sou mais importante pra ele do que ela, e também aquela puta deve transar com vários, já deve ter dado ate pro diretor 
 Alguém bateu na porta
 - Pode entrar - avisei e Leon entrou com cara de quem acabou de acordar
 - Quer alguma coisa ? vou na padaria - ele coçava seus olhinhos lindos 
 - Não obrigada amor - ele concordou com a cabeça e saiu
 - Amor ? - perguntou Dina 
 - Agora Leon e meu - comemorei com um sorriso no rosto 

 Por Leon
 To cansado, com sono. Ontem trepei com a Samy e quando ela já tava dormindo o Rob me mandou mensagem chamando pra sair e eu fui, bebi pra caramba e já tava ate enconsciente.
 Meu celular aptou, uma foto minha havia sido postada no anonimo e estavam todos comentando, eu tava pegando uma garota e agarrando a bunda dela, mas isso sempre rolava, oque me deixou puto foi porque atrás de mim na foto tava a Kim, a minha professora gostosa, beijando um cara que não era eu sendo que estavamos no mesmo lugar.
 Deixei o celular no carro e fui pra padaria, peguei so o necessário e voltei puto pra casa e com muita ressaca 
 Entrei estressado e pra piorar a amiga chata da Samy tava aqui, elas estavam com aqueles risinhos chatos de garotas pré adolescentes, porra a Samy e tão melhor que isso, esses risinhos são irritantes e infantis, eu poderia substituilos por gemidos maravilhosos se essa garota não tivesse aqui 
 Preparei o café da manhã e comi na sala assistindo MMA 

 Por Samy
 - Seu irmão ta passando mais tempo em casa - perguntou Dani
 - Não - respondi - Desde que voltou do reformatório no ano passado Leon fica entre a escola e sair com os amigos 
 - Vocês já tiveram alguma conversa de irmão para irmão ? 
 - Provavelmente quando eu era tão noviha que não me lembro. Leon sempre foi o encrenqueiro galinha da escola, ele chegou a colocar fogo no reformatório e trepou com a segurança, ele e um caos, mas e o meu caos 
 Descemos e fomos para a sala nos juntando a meu irmão que assistia uma partida de MMA, ele tava com o cigarro acesso mas eu não me importei 
 Alguém abriu a porta da frente com tudo 
 - Cheguei seus puto - era o Rob, melhor amigo do Leon
 - E ae parceiro - disse Leon batendo na mão do Rob
 - E ae irmão, hoje vai ter festa na casa das gêmeas, partiu ? Uma pra cada Bro 
 Leon continuou fumando sem muita emoção com a noticia, por um segundo eu fiquei aliviada 
 - Partiu - ele respondeu amassando o cigarro 
 - E ae Samy - perguntou Rob - Como você ta ? 
 - Bem Robson - disse fria 
 - Nossa que grossa 
 - Deixa ela Rob 
 Dani foi embora e Rob também, eu não quero que Leon vá a festa e fiquei de braços cruzados na sala sem olhar para ele 
 - Oque foi ? - ele finalmente pergunou - E por causa do Rob ? 
 - Não quero ficar sozinha em casa hoje - eu disse 
 - Papai e mamãe vão ta aqui - ele respondeu se fazendo de lerdo
 Fui e sentei em seu colo de frente para ele passando os dedos em sua camisa
 - Você entendeu oque eu quis dizer - ele me beijou, me beijou delicadamente, me beijou de lingua, me deu o sabor de seus lábios perfeitos 
 - Samy não podemos enquanto eles estão em casa - fiz um bico 
 - Mas eu te quero Leonzinho - ele me beijou de novo
 - Eu te quero muito mas agora não posso Samy, desculpa - ele me beijou de novo e se levantou me retirando de seu colo 

 Por Kim
 - Puta merda - gritei 
 - Que foi ? - perguntou Dom do banheiro
 - Alguém fotografou um aluno meu ontem a noite e nos dois saimos no fundo, oque significa que se alguem notar eu vou ser a professora que vai na mesma festa que aluno e fica pegando caras bebâdos 
 - Relaxa ruiva gostosa - ele veio e me pegou no colo 
 - O problema e se o diretor descobrir
 - Você so da pra ele porque e isso que mantem seu emprego
 - Enquanto eu for professora substituta não tem muita opção
 Ele arrancou minha camisola 
 - Vamo fuder 
  Me jogou na cama e logo me penetrou de primeira, cada entocada eu gemia, rebolei e quiquei no seu pau repetidas vezes 
 - Fala meu nome vadia - ele pediu
 - Dom, seu descarado - gemi alto e a cama fazia um barulho que todo o préfio ouvia 
 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...