História Sexxx Dreams ❦ Destiel ❦ - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Dean Winchester, Sam Winchester
Tags Bottom!dean, Casdean, Castiel, Dean, Deancas, Destiel, Jensenackles, Mishacollins, Sam, Sexxxdreams, Supernatural, Tops!castiel, Yaoi
Visualizações 230
Palavras 700
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


OIEEEEEEE
ESTAVAM COM SAUDADE? EU TAVA. <3
Eu não tava fazendo nada, então pensei '' que tal postar um epílogo?'' não é!?
Espero que vocês gostem, eu ainda tô revisando a fanfic e corrigindo os erros então, ignorem.

Boa leitura.

Capítulo 5 - Epílogo


Fanfic / Fanfiction Sexxx Dreams ❦ Destiel ❦ - Capítulo 5 - Epílogo

Segundo Freud, os sonhos são desejos reprimidos que vivem em seu inconsciente.

Quem diria que através de um sonho hoje eu teria uma família? Acho que ninguém. As vezes eu sento na varanda da minha casa e observo meus filhos brincando com meu marido e penso; Caramba, eu tenho muita sorte.

Me lembro do dia que eu e Castiel resolvemos contar para meu ex-namorado que estávamos juntos e felizes, não foi fácil, Lúcifer deu um belo show com direito á platéia vulgo a vizinhança.

Tempos depois, eu soube que Lúcifer também me enganava com outra pessoa e... essa pessoa era nada mais nada menos que o Sammy. Sim, ele namorava comigo e com o Sam ao mesmo tempo e claro, ambos não sabiam de nada. Mas tudo bem, passou e isso só serviu para fortalecer minha amizade com ele.

Dois anos! Esse foi o tempo preciso para o boboca do meu marido tomar coragem e me pedir em casamento. E foi lindo, ele me levou para um parque de diversões, e no topo da Montanha russa ele fez o pedido e quando chegamos lá embaixo, ele mandou eu olhar pra cima, então varias pétalas de rosas caíram sobre nós.

Casamos e logo percebemos que queríamos nossa nova casa com mais pessoas.

‘’ Podemos adotar amor’’

Eu tinha medo! Eu não sabia ser pai, eu não tinha manual nem nada parecido mas, só de ver aquelas coisinhas fofas no berçário do orfanato Fairchild, todo medo se esvazio e foi preenchido por um amor incondicional por três crianças em especial. Um casal de gêmeos e uma pequena garota de cinco anos que perdeu seus pais em um incêndio no prédio que morava.

Claire, Clary e a Justice Jay, apelidada carinhosamente por nós de JJ.

Foi amor instantâneo! Não foi preciso mais de cinco meses para as minhas meninas já estarem comigo e o Cass, sendo uma família, o que eu sempre sonhei.

JJ estranhou no começo então ela dormia conosco na nossa cama. Ela é mais apegada ao Castiel, mas sempre que fica emburrada ou quer um carinho á mais ela vem pra mim.

As gêmeas tem apenas um um ano e posso dizer que eu sou o favorito delas, mas ainda sim, preferem os mimos do meu marido.

Eu amo minha família.

No começo foi difícil, eram três crianças que precisavam de amor, carinho e atenção e estávamos mais que dispostos a dar isso para elas.

Eu fiquei como mamãe para JJ. Mas as vezes ela me chama de amôzinho. Por que? Fácil toda vez que o Cass quer algo ou quando estou triste ele me chama de amorzinho e eu não consigo segurar o sorriso. Então elas adotaram a técnica.

Claire e Clary já sabem falar algumas palavras, e claro já se arrastam por aí.

Elas chamam o Cass de ‘’ Papa’’ e pra mim ficou ‘’ Mama’’. Tivemos que por grades por toda a casa desde que elas começaram a ‘’andar’’ por aí, elas são sapecas e sempre se escondem atrás dos moveis e dentro dos armários brincando de ‘’ esconde-esconde’’.

Eu nem preciso dizer que eu e o Castiel quase ligamos pra policia desesperados quando isso aconteceu pela primeira vez. Mas as gargalhadas delas ao verem nossas faces valeu por todo desespero.

Eu amo minhas meninas.

Acredite ou não, estamos pensando em adotar novamente.

‘’ Amor?!?’’

Sou tirado dos meus pensamentos pela maravilhosa voz do meu marido. ‘’ Hum?’’ falo.

‘’ Vem, vamos tomar banho com as meninas bebê’’ Ele fala exibindo seu lindo sorriso.

‘’ Já estou indo amor, deixa eu apenas pegar minha câmera ‘’ falo indo em direção a porta da cozinha e pegando minha câmera no em cima do balcão, e indo em direção a minha família. ‘’ Vem, vamos tirar uma foto ‘’ falo sorrindo ao ver minhas meninas vindo correndo em minha direção.

Posiciono a câmera na nossa direção e aperto o cronometro. ‘’ digam x ‘’.

Sorrimos para a câmera, logo após, elas saem correndo e pulando em direção a piscina junto com o Cass.

Como eu amo minha família.

E em pensar que isso tudo aconteceu porquê um dia eu tive um sonho erótico com meu marido fazendo coisas indecentes.

 


Notas Finais


Gostaram?
Se vocês quiserem, eu posso postar alguns extras e bônus.
Leiam minhas novas histórias.
Heterochromia: https://spiritfanfics.com/historia/heterochromia-destiel-9933715
Freedom: https://spiritfanfics.com/historia/freedom-destiel-9934025

Kisses.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...