História Sexy Roommate - Capítulo 17


Escrita por: ~

Visualizações 301
Palavras 1.714
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Festa, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OIIIIIIIIIIIIII.
Boa leitura!!!

Capítulo 17 - 2x01 - Não sinto não.


{Mia POV}

Seis anos se passaram depois daquele noite. 

Uma semana depois Jack se mudou, soube que ele foi morar em um apartamento fora do campus com a Madison. Vez ou outra eu o via no campus, mas fingia que não tinha visto. Não tivemos nenhum contato direto desde então. 

Um mês depois eu conheci alguém, começamos a namorar depois de dois meses. Ele me fazia bem mas não tão bem a ponto de esquecer Jack completamente. Harry e eu só ficamos juntos seis meses.

Fiz algumas sessões de terapia com a Viollet que acabou se tornando uma grande amiga minha. 

Terminei a faculdade mas antes disso no terceiro semestre mudei do campus e fui dividir uma apartamento com Shawn e Lia, ainda dividimos esse apartamento. Acho que nos apegamos tanto que não conseguimos sair de perto um do outro. 

Todos estamos formados e cada um com seu trabalho e vidas pessoais muito bem. 

Cameron e Lia estão namorando a um tempão. Meus pais e irmão estão bem. A Melinda teve a Winnie e está gravida de novo. 

Eu estou bem. Trabalho na clínica da Viollet duas vezes na semana e em uma escola os outros três dias restante. 

Hoje vai ter uma coisa da faculdade, não totalmente da faculdade, os ex alunos das fraternidades resolveram fazer um evento e convidaram alguns alunos para participar. É tipo um reencontro de amigos. Não estava nem um pouco animada para ir, depois que comecei a trabalhar nessa escola minha vida tem sido achar soluções para orientar meus adolescentes problema. Shawn e Cameron me fizeram mudar de ideia e aceitar ir. 

É sexta à noite e eu iria direto do trabalho para lá mas resolvi passar em casa para me arrumar. 

Tomei um banho quentinho e sem pressa nenhuma, estou no horário então não me preocupei. Vesti minhas roupas intimas, uma coisa mudou em mim, meus seios estão um pouco maiores graças ao silicone porém o silicone é tão sutil que nem parece está aqui. Peguei uma camisa de botões sem manga e vesti, e dei um nó na barra, vesti uma saia soltinha, calcei um tênis e vesti um sobretudo marrom claro e deixei aberto. Soltei meu cabelo do coque que tinha feito para o banho, passei uma maquiagem para dá uma vida no rosto, coloquei brincos e alguns anéis. Peguei a mesma bolsa que levava para o trabalho por pura preguiça de trocar. Antes de sair peguei uma maçã na geladeira e sai de casa. 

O caminho até o pub onde tinha sido marcado não era tão longo, contudo, tinha um pouco de transito. Enquanto dirigia eu pensei se Jack estaria lá, se ele e Madison ainda estariam juntos com uma família feliz. A última coisa que soube dele foi que ele se formou, já que aquele era o seu último ano lá. 

Estacionei e sai do carro, o tempo não estava frio mas tinha um vento relativamente forte. Atravessei a rua e entrei no pub, estava cheio, vários rostos conhecidos. Logo achei quem eu procurava e andei até eles que riam, passei o braço no pescoço de Shawn que se assustou e depois riu. 

- Olá amigos. - disse sorrindo 

- Achei que não vinha mais. - Cameron falou

- Estou aqui não? - ele riu 

Cumprimentei todos na mesa, não tinha perdido contato com eles, os mesmos de sempre. Sentei do lado da Lia que tagarelava sobre alguma coisa que eu não entendia. Foi inevitável não passar os olhos por todos os alunos ali, reconheci alguns e dei alguns sorrisos para os olhares que cruzaram os meus. Até que um olhar azul parou na minha frente e abriu um sorriso. 

- Mia Harris. 

- Jack Johnson. - levantei e ele me abraçou 

- Quanto tempo não?

- Muito. Como está a vida?

- Bem. - ele disse - E a sua?

- Bem. - sorri

- Não achei que lembraria de mim. Perdemos contato há tanto tempo. 

- Claro que lembro. Você vivia no meu alojamento. - rimos - Quer sentar com a gente?

- Agradeço mas não vai dá. - ele mordeu o lábio - Jack os meninos estão na outra mesa me esperando. 

- Claro. Entendo. - falei tentando disfarçar o tremor que se instalou em minhas pernas e consequentemente minha voz

- Foi bom revê-la, Mia. 

- Igualmente J. - nos abraçamos e ele saiu 

Sentei no meu lugar antes que minhas pernas me deixassem na mão e me fizessem cair. Shawn me encarava com um olhar malicioso e eu arqueei a sobrancelha. 

- O que foi? - perguntei bebendo um gole do gim tônica em meu copo 

- Nada. - ele disse e sorriu falso 

****

Um tempo se passou, eu estava vermelha de tanto que estava rindo lembrando dos últimos anos da universidade. Minha bexiga estava cheia e eu precisava ir ao banheiro, chamei Lia para ir comigo mas a minha querida amiga dispensou meu convite. 

Levantei da mesa e andei procurando pelo banheiro, não tinha fila, entrei fiz tudo o que precisava fazer, dei uma ultima olhada no espelho e sai do banheiro checando se tinha fechado o zíper da saia direito. Quando levantei a cabeça minhas pernas cambalearam para trás e eu posso jurar que um leve olhar de susto se manifestou em meu rosto. 

Lá estava ele, do mesmo jeito que eu me lembrava que ele era. Com uma roupa um pouco diferente do que costumava usar, uma calça social preta, uma camisa de botões social em azul claro. Um sorriso no canto dos lábios e olhos brilhante. Meu coração palpitava dentro do peito que se a música não tivesse alta poderia ouvi-lo pulsar.

- Amelia Riley Harris. - engoli seco, levantei um pouco mais o rosto e sorri

- Jack Finnegan Gilinsky. 

- Quanto tempo. - levantou a mão e eu fiz o mesmo cumprimentando-o. Ele beijou minha mão e o toque de seus lábios em minha pele fez um flashback passar em minha mente.

- Muito tempo. - sorri novamente 

- Como vai a vida?

- Bem, na medida do possível. E a sua?

- Igualmente. - ele disse - Fiquei em dúvida se deveria falar com você. 

- Por que não deveria? Fomos colegas de quarto. 

- Fomos muito mais que isso. - ri fraco sem graça - Bom, Mia, como seu ex colega de quarto gostaria de saber se não quer sentar e tomar um drink comigo?

- Claro. Por que não?

Saímos do pequeno corredor que dava acesso do bar ao banheiro, Jack tocou minhas costas guiando para um canto no balcão onde tinha dois bancos vazios, sentei em um e ele no outro ficando de frente para mim. 

- O que está bebendo? 

- Gim tônica. - respondi. Ele pediu ao barman as bebidas e voltou a me olhar. 

- Então Mia, me faça um resumo da sua vida. 

- Bom, me formei, moro com a Lia e o Shawn, trabalho em dois lugares e agora entendo como é difícil lidar com adolescentes. 

- Psicologa de adolescente? - me entregou o copo e eu bebi um gole

- Não, pior. Psicologa estudantil, trabalho em uma escola. 

- Uh, isso deve ser intenso. 

- E é. - gargalhei - E você?

- Trabalho em uma empresa, moro sozinho, gosto do meu trabalho e quase não estava aqui hoje. 

- Por que? 

- Não queria vim, Johnson praticamente me obrigou. 

- Hm. Interessante. Aconteceu a mesma coisa comigo. - disse pensativa - Lia me obrigou a vim. 

- Interessante. - ele bebeu um gole do copo dele 

- Como está Madison? 

Talvez aquele não fosse o momento certo de falar daquele assunto, mas se não fosse quando seria?

- Não estamos mais juntos tem uns dois anos. - deu de ombros 

- Sinto muito.

Não sinto não.

- Senti sua falta, Mia. Foi estranho e difícil não saber notícias suas. 

- Também senti sua falta, Jack. 

- Então, casada? Namorando? Filhos?

- Não. 

- Não para qual?

- Pra todos. 

- Bom saber. - ele bebeu de novo 

****

Fiquei um tempo conversando com Jack, era bom poder vê-lo de novo. Conversamos como se nunca tivéssemos parado, como se a gente não tivesse ficado seis anos sem nenhum contato. 
Depois voltei para meus amigos que me encheram de perguntas. Fiquei agradecida a Lia por ter me obrigado a vim. 

Lia tinha ido para casa de Cameron e Shawn estava indo embora no carro dele mas antes ia dá carona para Matt. Estava saindo do pub quando vi Jack encostado em um audi sedan prata, ele falava no celular e chutou o pneu no carro. Andei me aproximando e ele fez sinal para eu esperar um minuto, desligou o celular e bufou. 

- Algum problema, ex-roommie?

- Meu pneu furou, não tenho step e ninguém quer vim esse horário para trocar. 

- Que azar não. - ele riu e assentiu, mordi o lábio inferior

- Onde você mora? 

- Westside. - ele respondeu 

- Te dou uma carona. Se quiser. - ele pareceu pensar um pouco e abriu o carro pegando algumas coisas 

- Aceito, ex-roommie. Se não for ruim pra você. 

- Não é, vamos. 

Andamos em silêncio até meu carro, abri a porta do carona e ele entrou rindo, dei a volta e entrei. 

- Um verdadeiro cavalheiro. - gargalhei - Obrigado Mia. 

- Não precisa agradecer, amigos são pra isso. - sorri 

Jack disse o endereço direitinho e eu coloquei no gps só pra não ficar muito perdida. Alguns tempos depois chegamos no lugar onde ele mora. Parei o carro. 

- É aqui? 

- Aqui mesmo. Obrigado Mia. - rolei os olhos

- Para de agradecer. Está entregue. - sorri o encarrando 

- Hm, - ele coçou a nuca - você quer subir? 

- Não sei se é uma boa ideia. 

- Ok. - ele sorriu - É bom te ver de novo, Mia. - ele segurou minha mão 

- É bom te ver de novo, Jack. 

Quando nossos rostos se aproximaram tão rápido assim? Não sei. Só sei que sentia a respiração quente de Jack bater em meu rosto e seus lábios envolveram os meus, dando espaço para sua língua entrar na minha. Não conseguia pensar em nada só em como eu senti falta daquele beijo, daquele homem.
 


Notas Finais


Oiiii, esse capítulo era pra ser postado ontem mas como estou de bom humor (e sou rebelde hahaha) postei hoje. Espero que tenham gostado.
Me digam o que esperam dessa nova temporada.
Se tiver algum erro no capítulo me informem.

UM QUESTIONAMENTO DEVE SER LEVANTADO AQUI: Capitu traiu ou não traiu Bentinho??

Beijos!!!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...