História Sexy Teacher Of My Son - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Austin Mahone, Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Austin Mahone, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Camilag!p, Camren, Camren G!p, Intersexualidade (g!p)
Exibições 853
Palavras 1.610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Ficção, Lemon, Luta, Orange, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei super rápido.
Como eu disse. Tava sem net. Continua ao da parte da Mila...Então....
Boa leitura.
Quem sabem mais tarde eu voltei com outro hm? ;)

Capítulo 5 - Cap. 05 - Tentação.


Fanfic / Fanfiction Sexy Teacher Of My Son - Capítulo 5 - Cap. 05 - Tentação.

        P.O.V Camila Cabello

- Austin¡

- Hey Cam.- Aus me abraça, estava surpresa, não imaginava que ele estaria aqui. Justamente aqui.-

- O que você está fazendo aqui?-pergunto querendo logo tirar minhas dúvidas.-

- Bom, eu e o Luke viemos fazer um jogo com os parceiros.

- Ah, de onde você conhece o Luk ?-Bem luke não era uma das melhores pessoas para se andar.-

- Eu conheci na hora que ele estava sentado em uma calçada se balançando, me deu pena então eu ajudei ele. Não precisa me dizer, eu sei que ele é ou era usuário de droga.

- A quanto tempo vocês se conhecem ?

- Hmmm.. ja deve ter mais ou menos duas semanas, mas ja o considero um grande amigo, ele é bem legal.

- Mais ele anda com a Ari. Não acho que seja o melhor mano.

- Oque foi Cabello ? Eu so estou tentando fazer amigos, eu voltei e quero fazer direito, ajudar o meu próximo é algo que eu tou me orgulhando, tenta me entender okay ?.-ele mexe no cabelo, me sinto mal, não deveria ter desconfiado dele.-

- Desculpe Man. Eu já tinha visto o Luke antes, mas não tive coragem de me aproximar. Já Ari so temos mesmo uma amizade discreta.

- É ela me disse que vocês se falam bem pouco. Mas vim aqui com uns velhos amigos meus e sei também que vocês o conhecem. Nos jogávamos todas as sextas contra eles. Eai vamos ganhar deles denovo?.

[....]

E como o previsto, ganhamos denovo, nesse meio tempo fiquei observando bastante Aus, ele realmente está mudade e de longe da para perceber que Luke não tá drogado. Pelo menos ele se deu bem, já que Normani mostrou que está afim dele.

- Cam.-Aus me joga uma bola, essa que eu pego rapidamente.- Já estou indo, amanhã tenho uma entrevista de emprego e não quero chegar acabado.- Bom Aus desde que chegou estava reclamando de umas dores nas costas, dizendo que sua vida noturna estava muito agitada. Eu tentei mas ele não quis comentar sobre a garota que ele está afim, mais tenho quase certeza de que é Ari. Desde que ele chegou ela não me liga mais. Não como antes, nada de flertes ou bom dias com corações e boas noites. Ela anda sorrindo mais e como eles estão bem próximos. Mas nunca se sabe neh?.

- Claro Man. Tudo bem, eu também ja estou indo so irei tomar uma ducha rápida, tenho que preparar uns exercícios para as crianças, educação física não é so correr atrás de uma bola [n/a, meu professor falando.]

- Eu entendo. Bom Beijão Mila, te mando mensagem depois para nos encontramos, quero ver a DJ também, sinto muita saudade.- Bom, isso vai ser meio difícil mais foi tentar.-

- Claro Tchau.-Dou um abraço apertado nele, o mesmo se afasta para onde as meninas, dou uma olhada rápida para Mani e Lauren. Elas realmente estavam acabadas. Sorrio ao me lembrar das coisas que elas estavam fazendo, como jogavam, como corriam ou criavam táticas. Balanço a cabeça negando, ainda lembrando das palavras da Dinah semana passada.

* Flashback ON *

- Ela é casada.

- É desde enquanto ser casado é um problema ?- pergunta ela e  Eu tenho que revirar os olhos.-

- Esse É O Problema, ela esta com outra pessoa, sair para conversar não significa nada.

- Chan, você ja tinha comentado sobre ela antes, eu me lembro do, : "Os olhos dela são os mais intensos e bonitos que eu já vi" ou " Droga isso é tão errado " e o pior, " Minha mãe iria me odiar, isso estaria se repetindo na nossa família."

- Você não se lembra o motivo para mim ter vindo morar com vocês ?

- Lembro muito bem, a alta sociedade de Miami também lembra, os Jornais as revistas de fofocas...-me sento do seu lado do sofá, eu sabia que essa conversa iria durar.-

- Droga, ela nunca ligou para mim como agora. Vai vê eu estou imaginando errado. Meu cérebro da para mim oque eu nescessito.

- E do que você precisa ?

- E-eu preciso dela.- Eu não iria seguir em frente com essas pensamentos, não quero ser uma decepção para os meus pais, principalmente minha mãe que sofre tanto.-

* FlashBack OFF *

Bem a conversa não acabou como eu queria, mas não foi a melhor de todas, minhas conclusões são, eu tenho que conhecer novas pessoas, mas não muitas, meu jeito e minha condição não permite.

[....]

Pego as bolas de basquete que estavam espalhadas pelo chão. Coloco tudo dentro do saco e fecho a boca dele dando um laço. Me levanto e coloco o mesmo sobre meus ombros, caminho até uma sala, onde a escola guardava os materiais esportivos, mais para frente tinha outra sala, onde havia uma mesa de ping pong, e outros. Fecho a porta e a tranco, caminho até o vestiário Feminino, quando estamos em aula, tenho que fazer uso do masculino. Me sinto meio desconfortável, mas eles ainda não descobriram Minha condição então tenho que fazer isso.

Entro no Vestiário, encostando à porta principal, procuro minha mochila com meus pertences, toalha, shampoos e outros. Retiro minha roupa, colocando a mesma num bolso separado. Pego a roupa que eu vim para a escola, isso soou como se eu fosse um estudante, mas Okay.

Tiro tudo que estava vestido ficando pelada, faço um coque no alto da cabeça, não estava com a mínima vontade de molha-los, caminho até uma das cabines com chuveiro e ligo na água quente, sentindo meu corpo relaxar, molho meu rosto, pego o sabonete líquido, o passado pelo meu corpo todo, depois de mais ou menos 6 minutos término, não queria ficar presa na escola, então saio com a toalha enrolada no meu corpo, caminho até o banco de madeira que tinha perto de uns armários, tiro a toalha do meu corpo passando por todo o local fazendo Minha pele ficar enxuta. Visto minha boxer preta e um top também preto, levanto a vista e vejo uma Lauren me olhando com os olhos arregalados.

Dou um pulo para trás pelo susto, batendo no armário, Vejo um vulto passando pela minha vista e uma dor insuportável na minha cabeça, fazendo consequentemente tudo ficar escuro.

[....]

Depois de não sei quanto tempo, abro os olhos lentamente, sinto algo escorrendo pelo meu rosto, levanto uma mão até a minha cabeça e sinto a ponta dos dedos molharem, suspiro ja sabendo o que era aquilo, olho meus dedos vendo eles melado de sangue. Sinto minha cabeça latejar. Mas sem sinal da Lauren, mais so em falar dela a vejo entrando pela porta com uma caixa de primeiro socorros. Ela olha para mim e sorri fraco, se abaixa até ficar da minha altura.

- Desculpe, não era a minha intensão te assustar.- puta que pariu, como eu iria explicar o volume nas minhas pernas, será que ela me viu nua ?, so de imaginar, me sinto um tomate, minha vergonha estava ultrapassando limites.- Hum, b-bem, eu... oque você está fazendo aqui ?.-Lauren pisca rapidamente mudando seu olhar para enfim, meus olhos, desvio o olhar, com uma puta vontade de  sair dali, será que ela iria contar para alguém?, zombaria de mim?.-

- Hum, Bem você estava demorando então eu vim conferir se estava tudo bem. Pelo visto eu acertei. -ela brinca e eu sorrio fraco. Foi um pouco de culpa dela mas também minha, eu deveria ter fechado a porta.-

- Ah sim, eu tive que vim tomar um banho. Eu tenho um encontro com...Aí, isso doi.- Juro que não era drama, se estava sangrando queria dizer que era grave.-

- Um encontro hum? -Laur, que estava sendo até cuidadosa, aperta com um pouco de força, mais vi que foi para estancar o sangue.- Preciso te levar ao hospital, estou me sentindo culpada. Eu te assustei e por isso você foi acertada.- ela fala olhando para os meus olhos, me sinto ipnotizada. Mas logo fecho os olhos pela dor.-

- Sim, e-eu iria me encontrar com a minha mãe, sempre, pelo menos uma vez por mês eu vou visita-la. Ela vive só, me sinto na responsabilidade de cuidar dela.-mudo de assunto, não queria ficar mais vulnerável do que ja estava.- Oque caiu em mim mesmo ?.-pergunto.-

- Oh sim, foi um peso. Um caiu na sua frente e o outro acertou sua cabeca fazendo você perder a consciência. Mas você consegue se vestir ?-pergunta ela.

- Acho que sim. Pode me ajudar a ficar de pé ?-pergunto meio acanhada. Era a primeira vez que uma mulher me via nesse estado. Tirando Milika, Dinah e minha mãe.-

- Claro.-ela murmurra. Seguro firme nos seus braços, ela me prende entre ela e o armário e prendo minha respiração. Muito perto. Muito perto. Perto demais pro meu gosto. Tento olhar para outro lugar, olho para o Box, para a Parede menos para ela, tinha medo do que poderia acontecer.

- Oque foi Camz?, estou te machucando?.- ela pergunta alarmada, quase se afastando, seguro nos seus ombros a impedindo.-

- N-não. - Eu tentei falar mais so saiu como um sussurro. Ela ri, sentindo o efeito que tem em mim.-

- Não quer que eu me afaste? - Ela passa seus lábios na Minha bochecha. Sinto meu estômago revirando. Mas que droga.-.

- E-eu bem, tenho medo de não conseguir manter o equilíbrio.- um suspiro involuntário sai da minha boca e sinto sua boca se abrir em um sorriso.-

- Tem certeza ?-ela me prensa mais.-

- S-sim...-mumurro incapaz de pensar em qualquer outra coisa-

     " Eu Tenho Certeza mesmo? "


Notas Finais


Q içúh lóren...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...