História Shape Of You - Camren - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Comedia, Drama, Romance
Visualizações 1.374
Palavras 1.074
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura hehe

Capítulo 20 - Capitulo 20


P.O.V  Lauren

Fazia horas que nós assistíamos o filme, está passando maratona de sexta feira 13. Plantei um beijo na nuca de Camila que deu uma remexida e sorriu um pouco para logo voltar sua atenção no filme, virei um pouco para o lado vendo que são quase uma da manha. Eu pensei que o sono iria vir mas parecia ter se perdido depois daquele beijo que dei na latina, toda hora eu me esticava um pouco para ver se ela está dormindo ou ainda assistindo o filme mas ela parecia bem concentrada na televisão.

Camila diz que não gosta muito de filmes de terror porque depois ela tem pesadelos, mas o sexta feira 13 não causa tanto medo nela porque é mais suspense o filme. De fato ela tem razão, voltei a minha posição grudando o meu corpo contra o seu, estamos de conchinha em sua cama. A casa está completamente silenciosa, todos estão dormindo menos nós. Pousei minha mão em sua cintura começando um carinho de vai e vem, do nada no filme apareceu uma mulher pelada. A quanto tempo estou sem sexo? Faz tanto tempo que não faço isso que ficou de fogo quando aparece alguma besteira assim, olhei para a latina que continua quieta. Fui beijando sua nuca até chegar na curva do pescoço, mordisquei sua pele vendo-a se arrepiar.

- Huum... – Camila ronrono se encolhendo.

- Você é tão cheirosa – Aspirei o ar do seu pescoço e beijei ali.

- Huum Lo – Camila virou de barriga para cima.

- Eu preciso te beijar, você é tão irresistível.

Nem deu tempo da Camila falar alguma coisa, eu apenas colei nossas bocas num beijo voraz que demorou segundos para ela retribuir. Começamos com um beijo intenso que aos poucos a doutora foi pegando o meu ritmo, eu nem pedi passagem com a língua e já fui adentrando. Ela soltou um suspiro que estava me animando, subi em seu corpo ficando por cima e apoiei minhas mãos na cama para não deixar meu peso todo sobre o dela. Chupei seu lábio vigorosamente que provavelmente vai ficar vermelho, Camila balançava sua língua contra a minha naquele beijo explicito. Não seria nada legal se alguma pessoa visse nós se beijando naquele momento, eu já estava excitada só com aquele contato. Infelizmente o ar se fez falta, afastamos nossas bocas e eu comecei atacar o seu pescoço.

- Nossa... – Camila jogou sua cabeça para trás me dando mais liberdade – Isso é muito bom...

- Posso tirar? – Perguntei quando pousei minhas mãos na barra de sua blusa.

- Pode – Sussurrou me fitando.

Tirei sua blusa jogando para qualquer canto do quarto, fiquei analisando sua barriga lisa e infelizmente seus seios estão cobertos pelo sutiã. Voltei a mordiscar seu pescoço, aproveitei para chupar o seu ponto de pulso. Camila gemeu timidamente, passei minha língua por aquela região em cima da marca vermelha que deixei em seu pescoço. A doutora puxou minha blusa também removendo, com uma pressa acabei tirando o meu próprio sutiã. Encarei o da latina que parecia implorar para arrancar também, foi isso que eu fiz. Minha boca aguou com a visão dos Deuses, seus peitos são tamanhos medianos e os bicos estão rígidos de prazer.

- Você é linda demais.

Camila corou no mesmo momento que minha fala saiu, eu apenas abocanhei seu seio esquerdo que é completamente macio. Eu parecia estar com algodão doce na boca, enquanto eu chupava o seu seio, aproveitei para descer um pouco o short de seu pijama até que consegui remover do seu corpo. Comecei a dar atenção dessa vez para seu outro seio, mordisquei seu bico e chupei como se eu fosse um bebê. Só sei que acabei deixando-os vermelhinhos, fiz uma trilha de beijos molhados desde o vale dos seios até um pouco abaixo do umbigo. Camila arfou com isso.

Fiquei de joelhos entre suas pernas, Camila ergueu o tronco para descer meu short e minha calcinha. Dessa vez eu estava totalmente nua, pisquei um olho para ela e tirei sua calcinha vermelha. O sexo dela está depilado e pingando por mim, tenho certeza que vou morrer de prazer.

- Confia em mim? – A olhei.

- C-com certeza – Ela gaguejou de prazer – Me chupa.

Fiquei tão surpresa com o que ela pediu que isso só me deixou mais molhada ainda, essa latina é incrível. Beijei suas coxas até chegar na sua intimidade onde abocanhei com todas as vontades que eu tinha, meu Deus isso é o paraíso. Na hora que seu clitóris entrou em contato com a minha boca, eu tive que suga-lo longamente aproveitando aquele momento. Agarrei firme uma perna dela para mantê-la distante da outra me dando liberdade, chupei o seu pré gozo me deliciando com aquilo. Mas quanto mais eu chupava, mais ela ficava molhada implorando por mim.

- L-lauren...

- Você é tão gostosa.

Camila começou a gemer mas quanto mais eu explorava aquele sexo mais alto saia os gemidos dela, penetrei minha língua em sua entrada sentindo-a apertadinha do jeito que eu gosto. Lambi de baixo para cima me deliciando do seu sabor, lancei um olhar para a latina que revirava os olhos de prazer. Com dois dedos, brinquei com a sua entrada para logo penetra-la com uma pequena dificuldade por ela ser apertada mas que não demorou muito para ir até fundo por conta da lubrificação natural. Camila gemeu e arranhou com força as minhas costas, eu estava gostando muito daquilo. Estoquei rápido e subi meu corpo um pouco para cima até alcançar seus lábios num beijo desesperado.

O beijo não demorou muito porque a Camila começou a brincar com o meu clitóris e isso me fez cortar o beijo para gemer, ela apertava e descia seu dedo até minha entrada para provocar. Ambas gemiam de puro prazer, estoquei fundo nela até alcançar um ponto esponjoso que a fez se desmanchar num orgasmo longo. Balancei meu quadril contra seus dedos, eu estava tão excitada que acabei gozando logo, também fazia muito tempo que eu não tinha um contato desses.

- Meu Deus – Camila suspirou toda esparramada na cama.

- Eu te machuquei? – Perguntei preocupada quando me deitei ao seu lado.

- Não Lolo, isso foi incrível.

- Que bom que você gostou Camz – Puxo o seu corpo contra o meu – Isso realmente é bom.

- Então vamos aproveitar mais, eu sei que você sente vontade – Camila sentou em cima do meu sexo – Vamos madrugar.

- Melhor coisa madrugar fazendo sexo.


Notas Finais


Mereço vários comentários depois desse hot que vocês nem esperavam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...