História Shape Of You - Camren - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Camila Cabello, Fifth Harmony
Personagens Personagens Originais
Tags Camren, Comedia, Drama, Romance
Visualizações 1.344
Palavras 1.230
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não consigo mais parar de ver o clipe Angel. Boa leitura

Capítulo 24 - Capitulo 24


P.O.V  Camila

- Você tem certeza, Dinah?

Acho que era a quarta, quinta, sexta ou sétima vez que eu perguntava isso para a minha amiga. A mesma apenas acenava com a cabeça convicta com sua resposta, Dinah quer que eu volte para casa com Lauren depois daquele drama que rolou no térreo da clinica, eu particularmente preferia ficar para saber o que vai acontecer e quero concluir se a Bea Miller está realmente bem porem minha amiga disse que vai ficar aqui na clinica sempre de olho na minha pequena para não deixar que ninguém a machuque.

Para ser sincera, estou com as energias esgotadas depois dessa tarde cansativa. Acho que se eu não tivesse com a Lauren do meu lado, eu não teria forças. Estou orgulhosa de minha paciente por ter dito aquelas palavras e convencendo a Bea não pular do térreo. Agora sim posso respirar melhor, soltei um suspiro deixando meus ombros caírem. Dinah veio em minha direção tirando o jaleco do meu corpo.

- Mila, confia em mim – Dinah beijou minha testa – Hoje não vou fazer muitas sessões então isso me da tempo de ficar de olho na Bea, prometo que nada de mal vai acontecer.

- Obrigada – Abracei ela – Se o Shawn tomar uma atitude tosca, me liga.

- Sem problemas, se tiver algo acontecendo eu te ligo.

Quando voltamos para a clinica, o Shawn estava furioso com a Bea e já ia dizer alguma merda mas eu o fiz se calar com apenas um olhar sério que lancei nele. Até então o Mendes não se pronunciou, apenas se enfiou na sua sala. Sai da sala de psiquiatria de Dinah e no corredor avistei a Lauren com o guarda Niall ao seu lado, sorri fraco.

- Vamos? – Chamei a minha paciente.

- Claro.

- Hey Niall – Olhei para o guarda – A Ally gosta muito de você, só acho que você deveria tomar uma atitude de chama-la para sair. Prometo que vale a pena.

- Sério? – O Niall sorriu bobamente.

- Com certeza – Pisquei – Fique com essa dica.

- Obrigado.

[...]

Meia hora depois chegamos em casa finalmente, olhei a hora em meu relógio vendo que são quatro horas da tarde. Sofia hoje foi na casa da amiguinha fazer os trabalhos então passaria a tarde toda lá, meus pais estão trabalhando e só chegam a noite. Então isso resulta a casa livre para mim e para Lauren que aparentemente também está cansada. Fui para o meu quarto segurando o meu jaleco que a Dinah tinha tirado de mim, joguei o mesmo em qualquer canto do quarto, troquei de roupa optando por algo fresco em meu corpo.

- Como você está? – Lauren perguntou assim que entrou.

- Posso dizer que estou bem porem cansada – Suspirei – Hoje foi um dia difícil.

- Concordo – Acenou com a cabeça – Quer que eu te deixe dormir?

- Não Lolo, fica aqui comigo – Me deitei na cama – Eu só preciso receber carinhos e ficar agarradinha com você.

- Tudo bem amor – Sorri largamente quando ela me chamou de “amor” – Eu apenas vou me trocar de roupa e já volto.

Acenei com a cabeça lentamente e esperei pacientemente a Lauren que foi para o seu quarto se trocar, me ajeitei melhor na cama e liguei a TV deixando em qualquer canal apenas param e distrair. Minutos depois a minha paciente volta com uma roupa fresca, ela se deita ao meu lado puxando o meu corpo até que eu deito com minha cabeça em seu peito. Com lentidão, a Jauregui começa a fazer cafuné em meus cabelos.

- Sabe, você até que está pegando jeito com isso – Sussurrei – Pensei que não fosse carinhosa.

- É como eu sempre digo, você não sabe nada sobre mim – Lauren beijou minha cabeça – Eu só sou carinhosa com você porque você me respeita e eu recebo o mesmo carinho só que o seu é bem melhor.

- O seu também é bom – Levantei um pouco a cabeça para fita-la – Só que você precisa se soltar mais, parece que tem medo de tomar tais atitudes sabe? – Acenou – Não se preocupe Lolo, você pode ser solta comigo.

- Só digo uma coisa – Lauren sorriu sapeca – Deu intimidade para mim, então ta fodida.

- Acho que me ferrei nessa – Fingi – Vou ter que te aturar agora.

- É a vida – Lauren soltou um riso e olhou para o teto.

- Amor – A chamei e vi seu sorriso crescendo – Estou orgulhosa de você.

- Pelo que?

- Por ter salvo a Bea Miller, foi tão lindo as palavras que você disse. Me surpreendeu.

- Ah meu amor, não foi nada – Lauren acariciou minhas costas – Mas você também foi forte e conseguiu faze-la mudar de ideia.

- Bea Miller é importante em minha vida, é como uma filha.

- Eu sei, eu vejo o carinho que vocês duas tem – Lauren segurou o meu rosto fazendo-me a olhar – É lindo isso, eu também estou orgulhosa de você.

Com isso, Lauren colou nossas bocas num beijo calma onde transmitia toda a paz que eu precisava. Eu estava segura em seus braços, não preciso de mais nada. Sua mão fazia um carinho em minha bochecha enquanto nos beijávamos, eu poderia dizer que era até um beijo apaixonado, eu não sei se realmente é. Só sei que meu coração está batendo forte por ela, mordisquei seu lábio inferior e a Lauren fez a mesma coisa com o meu só que ela o sugou com lentidão e finalizou com um selinho longo.

- Lo – Voltei a chama-la depois que ficamos nos encarando após o beijo – O que nós somos?

- Como assim? – Me olhou confusa.

- Tipo, o que temos? Nós sempre nos beijamos mas nunca conversamos sobre isso.

- Ah... – Lauren suspirou voltando a acariciar minhas costas – Eu não sei o que somos Camz, eu sou a garota problemática e você é a garota normal, são dois mundos diferentes.

- Mas os opostos se atraem.

- De fato – Lauren me abraçou forte – Eu queria te dar tudo, mas infelizmente sou presa a uma clinica.

- Como assim queria me dar tudo?

- Tudo que tem direito – Levantei meu tronco para prestar mais atenção nela e Lauren continuou – Eu queria te levar num encontro, ter um bom emprego, te dar presentes, ter uma vida normal, poder ter algo sério onde podemos usar uma aliança sem que ninguém julgue...

- Sério? – Levei a mão até a minha boca – Você quer ter algo comigo?

- Claro que quero mas não é fácil, eu queria fazer de uma maneira certa – Lauren encarou o teto – Mas como eu disse, eu sou a garota problemática.

- Amor, nós podemos ter tudo isso.

- Como Camz?

- Eu não preciso saber do seu passado, eu confio em você e sei que você não teria coragem de cometer um crime – A vi ficando surpresa – Eu to pouco me fodendo se o Zayn ou o Shawn quer descobrir o que realmente aconteceu e ficam me pressionando a tirar algo de você, o que importa é que eu acredito em você e não te julgarei.

- V-você acredita em mim?

- Claro Lolo – Deitei todo o meu corpo sobre o dela.

- Então namora comigo? – Dessa vez fui eu quem ficou surpresa – Já que você mesma disse que podemos fazer tudo o que eu quero, o meu primeiro passo é ter você só pra mim. Aceita namorar comigo?


Notas Finais


Fiz uma capa maneira para a proxima fic hehe


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...