História Shape of you - Capítulo 28


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Originais
Personagens Armin, Castiel, Iris, Kentin, Lysandre, Melody, Nathaniel, Personagens Originais, Priya, Rosalya, Viktor Chavalier, Violette
Tags Photograph
Visualizações 13
Palavras 965
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Mistério, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi gente desculpe a demora estava com a merda do bloqueio de criatividade e não sei por que eu inventei de assistir mirai Nikki e acabei viciando e deixando o tempo passar mas enfim, eu vou ajeitar o me cronograma e só vou assistir outro anime quando tiver terminado de escrever "Shape of you" e olha que eu ainda tenho muita coisa pra emplementar na história só que o problema é que não adianta planejar os capítulos futuros se você ainda não terminou de fazer o de agora é isso de me deixou um pouco desanimada. Mas uma coisa eu falo mirai nikki é foda e eu voltei finalmente a postar. Boa leitura.

Bjs da Tiela💋

Capítulo 28 - Londres Parte II: Sarah, a "donzela"


Fanfic / Fanfiction Shape of you - Capítulo 28 - Londres Parte II: Sarah, a "donzela"

Já vazia um bom tempo que nós chegamos na casa dos pais do Vicente, e eu estava na sala enquanto ele conversava com a mãe dele. A decoração da casa era bem bonita e luxuosa, era como a casa do meu avô. Minha mãe podia ter uma casa assim, mas ela optou por ter uma casa simples mesmo sabendo que ela não precisava economizar dinheiro. Ela tem a herança do meu avô, que ainda não morreu mas nunca se sabe, e tem o trabalho de fotógrafa. Por um breve momento eu quis saber o que o Vicente tanto conversava com a sua mãe, mas é sempre bom não ser curiosa demais. Dizem que a curiosidade matou o gato, então eu sou muito nova pra morrer.

-Senhorita Western, a Madame Myers deseja vê-la irei conduzir a senhorita até os aposentos dela- Disse Margaret, como o Vicente havia dito ela é muito gentil e bonita, ela tem uns vinte e cinco anos e tem cabelos castanhos compridos e olhos esverdeados muito bonitos e penetrantes

-Obrigada Margaret- Disse sorrindo e a seguindo até o quarto da mãe de Vicente

Eu não sabia que tudo iria ir até esse ponto. Até o ponto onde eu conheço os pais dele. Mas eu estava lá no quarto daquela mulher que era evidentemente mais velha que eu cabelos loiros quase brancos, olhos cinzas e quase sem nenhuma ruga sequer ao redor deles, mas mesmo assim ela parecia exausta e ao mesmo tempo cheia de armonía. Vicente contou-me que a sua mãe sempre foi menos exigente com garotas certinhas do que o seu pai, olhando para a aparência angelical e gentil dela agora eu acho que não esperava menos dela. Ela deve ter sido uma ótima mãe, assim como a minha é.

-Aproxime-se criança eu não mordo- Disse a Senhora Myers me chamando e eu ainda calada a obedeci ainda impressionada com a sua aparência- Veja bem, você é a primeira garota que Vicente trouxe para me conhecer, como se chama?

-Sa-Sarah Western- Disse enquanto a via sorrir, então ousei sorrir junto com ela, eu não sabia de onde vinha tanto nervosismo a única coisa que eu sabia é que ele estava ali fazendo o meu coração bater a mil por hora e as minhas mãos tremerem

-Sarah- Repetiu a Senhora Myers me fazendo engolir seco- "O nome Sarah tem origem na palavra hebraica saray que significa dama, donzela ou princesa, contudo, algumas traduções antigas relacionam este nome com outro significado, filha do rei, que acreditam ser o mais indicado, porém, no grego sárra também significa princesa, Sarah é uma personagem bíblica, mulher de Abraão que teve seu filho Isaque aos noventa anos de idade depois da visita de um anjo" li isso quando estava grávida do Vicente eu queria que o nome dele fosse Sarah se ele tivesse nascido menina, apesar do seu nome ter esse significado pelo seu jeito de se comportar e de falar percebe-se que é justamente o contrário

Ela esboçou um sorriso ainda maior que o anterior, mas eu pude ver que aquele sorriso era muito sincero.

-Vicente tem sorte de ter uma namorada como você- Disse a Senhora Myers um pouco mais séria me fazendo corar um pouco e olhar para baixo

-Não sou a namorada do Vicente- Disse e algo dentro de mim começou a doer por causa das minhas palavras, eu não queria tê-las dito... mas eu sabia que era verdade

-Eu sei- Ela quase sussurrou, e em seguida pegou uma das minhas mãos e olhou para os meus olhos- Mas também sei, que vocês não tem uma amizade comum

Ela soltou a minha mão e seu sorriso desapareceu, foi nesse exato momento que eu fiquei preocupada com o que viria a seguir.

-Mesmo que você não seja a garota que o Vicente escolher, eu quero que você cuide dele pra mim- Disse a Senhora Myers séria- Claro que não pretendo morrer tão cedo, ainda quero passar um bom tempo com o meu filho antes disso e isso quer dizer também que eu quero conhecer você, de cara eu percebi que você é a mulher ideal para o Vicente mas eu não posso escolher pelo meu filho, ele me contou sobre a tal Natália entendo que talvez seja ela quem o meu marido vá apoiar, eu conheço o Erick como ninguém, mas eu vou apoiar a sua relação com o Vicente de todas as maneiras que eu puder

-Obrigada- Disse

Eu fiquei mais um tempo conversando com a Senhora Myers e ela me perguntou bastante coisa, ela pelo menos não me perguntou sobre os meus antigos relacionamentos seria difícil ter que relembrar o meu último é nas sequelas que ele deixou. Eu não vi  o Vicente o dia todo e parece que ele e a mãe dele conversaram antes de ele sair sem dizer nada, eu somente permaneci no meu quarto e comecei a ler um bom livro que a Senhora Myers me indicou. Marquei a página que eu estava e olhei para a janela, um carro havia parado na porta da casa e dele havia saído Vicente e um homem de cabelos castanhos e olhos cinzentos que aparentava ser seu pai, pelo que se podía perceber o clima não estava muito bom.

-Senhorita Western- Disse Margaret na porta chamando a minha atenção- O jantar está na mesa, apresse-se o Patrão, a Madame e o Senhor Myers já estão indo para a mesa

-Tudo bem, eu já estou indo Margaret- Disse e assim a vi partir me deixando sozinha e indefesa

Eu estava nervosa e não sabia porque, era como se eu estivesse em um castelo sem ninguém pra me ajudar. Odeio me sentir como uma donzela indefesa que precisa de um príncipe para salvá-la.

Mas eu não consigo mais segurar os meus sentimentos.









Continua...


Notas Finais


Espero que tenham gostado amores e desculpe a demora.
Bjs da Tiela💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...