História She bad ;; cameron dallas - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Magcon, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Personagens Aaron Carpenter, Brandon Rowland, Brent Rivera, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Hunter Rowland, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jacob Sartorius, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Personagens Originais, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Camerondallas, Hot, Magcon, Shawnmendes
Visualizações 284
Palavras 1.372
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


gente, eu sei q eu disse q ia postar ontem but eu comecei a assistir bojack horseman e ai eu esqueci de cont shaushau
sorry
boa leitura baes

Capítulo 6 - Five


Fanfic / Fanfiction She bad ;; cameron dallas - Capítulo 6 - Five

-Não Mahogany, eu não vou beijar o Cameron! –Disse fazendo careta.

-Ah vai logo Marina. É só um beijo. –Madison disse.

-Não! –Disse firme.

-Um beijo não arranca pedaço loirinha. –Cameron se aproximou.

-Mas eu não quero. –Disse me afastando.

-Cameron, na boa, ela disse que não quer. –Shawn disse.

Cameron o ignorou totalmente e quando percebi já tínhamos nos beijado.

Era um beijo safado (?) e rápido.

Ok, ele beija bem mas eu não posso estar gostando disso.

O empurrei e logo vi seu sorriso vitorioso e malicioso.

Eu queria sentir mais um pouco do gosto do beijo de Cameron por que MEU DEUS DO CEU...ah não, oque eu tô falando? Cala a boca Marina!

-Eu te odeio, Dallas! –Me levantei e corri até o portão que tinha ali mesmo de frente para o portão do meu quintal e logo entrei na minha casa.

Subi para o meu quarto e me joguei na cama. Eu não podia negar que o beijo de Cameron era bom mas...era! Era muito bom!

Eu o odeio demais. Principalmente depois de hoje.

Quero que Cameron morra!

Passei tempo demais odiando Cameron até que adormeci.

...

-Marina. Marina levanta, o jantar já tá na mesa. –Minha mãe me balançava enquanto eu dormia.

-Só mais três horas mãe. –Eu disse me virando.

-Marina para de graça, anda logo. –Ela disse balançando mais.

-Ok, ok. Vou só tomar um banho. –Disse me sentando na cama.

-Te espero lá em baixo. –Ela disse saindo do quarto.

 Bufo e me levanto pegando minha toalha e minhas peças intimas.

Depois de tomar um banho sai só de lingerie para  o quarto mas...

-Aaaaaaah –Gritei ao ver Cameron parado ao lado da janela.

-Aaaaaaah –Ele gritou junto.

-O que você tá fazendo aqui? –Coloquei meus braços sobre meus peitos e me afastei.

-Uou! Que corpaço!  -Ele me olhou de cima a baixo.

-Argh me responde. –Eu disse com raiva.

-Calma eu só... –Ele disse se aproximando.

-Não chega perto de mim! –Gritei e Cameron correu até mim e tapou minha boca fazendo-me encostar minhas costas na parede e os braços também.

-Shiiii! –Ele disse me olhando.

-Marina? Tá tudo bem? –Minha mãe perguntou lá de baixo.

-Ãn...sim! Por que não estaria. –Disse depois de Cameron se desencostar de mim e tirar sua mão da minha boca.

-Anda logo, estamos apenas te esperando.

-Ok mãe...já vou descer. –Eu disse encarando Cameron. –o que você quer?

-Eu...vim te pedir...desculpas. –Ele disse baixo.

-Como? –Perguntei debochada. –Mais cedo você disse que nunca me pediria desculpas.

-É, mas eu me senti culpado. Vai aceitar ou não? –Ele disse já estressado.

 -Hm...ok. –Disse pensativa.

-Agora...já que estamos aqui... –Ele disse se aproximando.

-Cameron some! –Disse apontando para a janela.

-Calma gatinha. –Ele levantou os braços em sinal de redenção. –Até mais baby girl. –Ele disse saindo.

Me vesti e parei pra pensar em tudo e me dei conta que...ELE ME VIU QUASE NUA, A MEU DEUS!

-Marina, vai descer ou tá difícil? –Liz gritou lá de baixo.

Desci correndo e encontrei meus pais na sala de jantar.

-Me desculpem. –Disse me sentando.

-Tenho boas notícias. –Meu pai disse sorrindo.

-Já fizemos sua matricula em uma escola aqui perto. A mãe do Cameron disse que você adoraria estudar lá. –Ela disse e nesse momento eu engasguei.

-Como? –Perguntei bebendo um pouco de água.

-é, amanhã eu te levo pra compra os materiais. –Ela disse e continuou a comer.

Eu vou matar a minha mãe! Como assim ela falou com a mãe do Cameron?

-Eu vou subir. –Disse me levantando e logo me virando. Quando ia sair da sala de jantar voltei, peguei meu prato e subi.

Nem a pau que eu deixo meu rango lá em baixo!

Depois de comer maratonei AHS e fui dormir.

(N/A: eu vou maratonar AHS hj e to ate bebendo energético pra não dormir. Orem pra mim não morrer de um ataque do core pls!!!)

Queria morrer? Queria, mas por enquanto viva estou e viva vou ficar.

...

Domingo passou tão rápido que eu senti que nem estava viva.

Que?

Sei lá, nunca disse coisa com coisa.

-Opa, boa noite! –Cameron pulou minha janela o que me assustou por que estava distraída demais vendo Em chamas.

 -Ai menino, vai assustar o satanás. Eu hein! –Disse pausando o filme e colocando minha mão no coração.

-Fiquei sabendo que vai...meu deus isso é Em chamas? –Ele berrou quando olhou na TV.

-Não grita, diabo! Sim, sim é por que? –Perguntei me ajeitando na cama.

-Mano, eu amo a trilogia de Jogos vorazes masputaquepariu! –Ele falou a última parte rápido e seus olhos brilhavam enquanto ele não parava de olhar para a TV.

-Ata. Mas o que cê quer aqui? –Disse o olhando.

-Ah, eu só vim dizer que descobri que vamos estudar juntos. –Ele disse sem animo bem diferente a segundos atrás. –Mas agora que está assistindo Jogos Vorazes eu vou assistir com você. –Ele disse se sentando na cama e se cobrindo.

-Como? –Eu disse o olhando. –Sai daqui. –O empurrei e ele caiu no chão.

-Ai sua monstra! –Ele disse ainda no chão. -Também não te faço mais companhia. –Ele disse se levantando.

-Não queria mesmo. –Dei de ombros feito uma criança.

-Chata. –Ele disse me mostrando a língua.

-Imbecil! –Disse fazendo o mesmo.

-EU não falava “imbecil” quando era criança. –Ele disse.

-Nem eu. Mas eu não sou criança. –Disse me encostando na cama. –Agora tchau Dallas. –Disse pegando o controle e dando play no filme.

-Tchau Marinão. –Ele disse fazendo uma voz de gay e logo saindo pela janela.

Marinão? Que gay!

Continuei assistindo o filme e depois de acabar Em chamas e A Esperança eu fui dormir.

Ok, talvez eu tenho dormido um pouquinho tarde. Só um pouquinho...03:00 a.m mas...foi só um pouco.

...

Olá inferno!

Foi o que eu pensei quando entrei naquela escola e recebo vários olhares e cochichos ridículos.

Argh!

Odeio isso!

Se fosse só isso tudo bem. Estavam todos olhando pra mim e rindo.

Minha roupa tá suja?

Tem alguma coisa na minha cara?

Alguns davam risadas. Outros faziam uma cara de tipo “putz, cê tá encrencada” , e umas garotas me olhavam feio.

Meu Deus, o que eu fiz?

Cheguei perto do pessoal e cumprimentei todos.

-Qual sua primeira aula? –Carter perguntou.

-Teatro, e a de vocês? –Perguntei olhando o papel que minha mãe tinha me entregado ontem.

-Também. –Nash e Taylor disseram juntos.

-Oi, oi gente. –Uma garoto dos cabelos castanhos médios e olhos castanhos claros se aproximou.

-Bom dia amor. –Shawn disse a abraçando e lhe dando um selinho.

Droga, ele nem namorada.

-Mari, essa aqui é a Alice. Alice, essa aqui é a Marina. Nossa nova amiga. –Shawn nos apresentamos.

-Prazer Mari. –Ok ela é gente boa.

-Prazer Ali. –Sorri.

-Olá. –Cameron chegou abraçado com uma loira de olhos verdes bem alta.

O babaca também.

Não me importo também. Nem um pouco. Nadinha. Puft, nada mesmo.

-Bom dia. –Dissemos em coro.

O sinal tocou e logo Cameron se agarrou com a loira ridícula e seguiu eu Carter e Nash até o auditório.

Ótimo, o idiota vai ter aula junto comigo.

Fui para o fundo e sentei no canto esquerdo enquanto Cameron sentou no outro canto. Nash e Taylor sentaram junto no meio.

De repente o telão ligou e começou tipo um vídeo. Era como se fosse um vídeo sobre notícias e talz.

Ok, já entendei. Aqui existe o “jornal escola”. Que coisa idiota.

A garota que se chamava Letícia começou a dar umas notícias até que eu ouvi meu nome.

 -E nossa nova aluna Marina Campbel Martinez começou o ano super bem ao lado de Cameron Dallas. –Enquanto ela falava apareceu uma foto do sábado quando nos beijamos. –Acho que quem não vai gostar muito disso é a nossa veterana Elisa, a atual namorada de Cameron. Cuidado Marininha, ela joga vôlei e luta caratê. –A tal Letícia disse. Logo ela finalizou o vídeo.

Elisa só pode ser a vadia mal comida que estava se agarrando com o babaca do Cameron.

Olhei para ele do outro lado do auditório e ele também me olhou. Ambos tínhamos um olhar que dizia “se chegar nela, a gente se fodeu!”.

Gelei!

Meu cú trancou.

Eu tô fodida!  


Notas Finais


espero q tenham gostado
sorry se tiver algum erro, acabei n revisando
amo vcs
ate <3 #prayforarianators #prayforariana #prayformanchester


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...