História She Is a Curse - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Alfredo Flores, Comedia, Criminal, Drama, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Pattie Mallete, Policial, Romance, Ryan Butler, Sofia Carson
Exibições 7
Palavras 1.407
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Luta, Mistério, Policial, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu escolhi a linda Elizabeth Gillies pra ser a Angie, e a Sofia Carson será a Stacy, pra quem tem dúvidas! <3

Capítulo 2 - Ah não, Barkie


Fanfic / Fanfiction She Is a Curse - Capítulo 2 - Ah não, Barkie

- Ela é uma gostosa, ontem eu não tinha reparado -Acordei ouvindo vozes que pareciam longe-

- Viu ela sorrindo? E a cor do olho? É verde, cara ela é linda. -Mais vozes e eu abri os olhos vendo Ryan e Alfredo conversando sentados nas poltronas do meu quarto-

- Que merda é essa? -Eu perguntei fazendo eles me olharem- Vocês são folgados em.

- Ainda bem que tu acordou, eu tô com fome, vamo tomar café -Ryan disse-

- Vocês estão aqui desde que horas? -Eu perguntei-

- Faz um tempinho né? -Alfredo perguntou pro Ryan- Tu tava dormindo e nós fomos bonzinhos em não acordar, Jeremy saiu assim que o galo cantou e a tia tá lá dando as recomendações pra babá, então a gente veio pra cá pra não atrapalhar.

- Mas atrapalharam o meu sono -Eu disse sentando na cama- Angie já chegou?

- Já, e que anjo mesmo viu irmão, eu não me importaria em ser a Jazzy se tivesse uma babá daquelas -Alfredo disse-

- Tão viado que aceitaria ser a Jazzy e não o Jaxon -Ryan disse caçoando com a cara dele-

- Parem de ser mané, uma hora dessas ninguém merece -Eu disse levantando-

- Todo se achando só porque ganhou o campeonato ontem. -Ryan disse-

- Cala a boca, testa de amolar faca -eu disse e Alfredo gargalhou- Saiam fora que eu vou tomar banho e já desço.

- Quando tu descer não vai ter mais nada na mesa, estamos numa ressaca do caralho e mortos de fome -Ryan disse-

  - Me deixem sem comida que eu acabo com a vida de vocês -Eu disse fazendo eles rirem-

  Os patetas saíram do quarto e eu fui tomar banho. Quando acabei, desci pra sala de janta onde eles estavam tomando café-da-manhã, quase comendo a mesa.

  - Na casa de vocês não tem comida não? -Eu perguntei me sentando-

  - Olha tia ele já vem ofendendo a gente -Alfredo falou pra minha mãe-

  - Também né, vocês são uns folgados -Eu falei-

  - Justin! -Minha mãe disse e eu revirei os olhos-

  - Cadê a babá? -Eu perguntei-

  - No Jardim com as crianças e o Barkie -Minha mãe respondeu-

  - O Barkie vai comer ela tadinha -Eu disse-

  - Melhor o Barkie do que você -Minha mãe falou fazendo os caras gargalharem-

  - Me respeita -Eu disse também rindo- Mas até que eu gostaria, ela é bonitinha.

  - Vai de graça pro lado dela que eu arranco seu pinto -Minha mãe disse apontando uma faca-

  - Você quer arrancar meu pau com uma faca de requeijão? Um motosserra seria mais útil -Eu disse encarando o bolo no prato e eles ficaram calados, e quando levantei a vista, vi Angie olhando pra mim com os olhos levemente arregalados- Bom dia Angie. -disfarcei torcendo pra ela não ter escutado o que eu disse-

  - Bom dia, Justin -Ela falou abrindo um leve sorriso- Então Pattie, eu só quero saber se posso dar um banho no Barkie, digamos que ele se sujou bastante na brincadeira. -ela disse e eu pude notar que ela estava com a roupa suja de terra-

  - Não precisa, os garotos vão fazer isso -Minha mãe disse e nós arregalamos os olhos-

  - Eu não -Eu disse-

  - Claro que você vai, juntamente com Ryan e Alfredo -Minha mãe falou-

  - Vai ser divertido -Angie disse rindo fraco-

  - Divertido porque não é você quem vai ficar com cheiro de cachorro -Alfredo choramingou-

  - Vamos, terminem esse café e vão lá -Minha mãe falou-

Fomos banhar o Barkie, e ele é um filho da mãe do caralho, ficava jogando água pra todo lado.

  - Segura ele Ryan! -Eu berrei quando o cão se soltou e saiu se arrastando na terra- Olha o que tu fez, palhaço! 

  - Olha o tamanho desse cachorro, você acha que é um pinscher? Não é, é um Golden Retriever! -Ryan disse se jogando no chão pra pegar o cachorro-

- Deixa que eu pego! -Alfredo falou querendo pegar o cão mas ele passou por baixo de suas pernas o fazendo cair, e eu gargalhei-

- Ah não, Barkie! -Eu disse vendo ele rolar na terra e me joguei no chão, desistindo de pegá-lo-

Quando vi ele vindo na minha direção, com a língua pra fora, já sabia o que ele iria fazer. Tentei levantar pra correr mas foi muito tarde, já senti ele agarrando minha bermuda e puxando a mesma quase me deixando de cueca, depois subiu lambendo minha cara, enquanto os idiotas só faziam rir.

- Sai! -Eu disse e ele saiu correndo feito doido no jardim, Jazzy e Jaxon observava tudo dando risada-

  - Senta -Angie disse com um forte sotaque inglês fazendo Barkie parar de correr e olhar pra ela, sentando-se- Não é tão difícil assim garotos. -Ela falou indo até o cão e colocou a coleira nele-

  - Como você fez isso? Ele nunca me obedeceu -Eu disse pasmo-

  - Golden Retriever é de origem inglesa, você o chama com sotaque estadunidense, é claro que ele nunca vai obedecer -Ela falou o trazendo até onde estávamos-

  - Como você sabe disso? -Alfredo perguntou-

  - Bom.. meu pai tem um -Ela falou olhando pra nós- O bebê aqui precisa de outro banho. -Ela olhou pro cão que estava sujo e eu bufei-

- Quem precisa e um banho sou eu -eu disse levantando-

- Stacy iria adorar se você a abraçasse assim -Ryan disse me fazendo rir-

- Quem vai passar o shampoo? -Angie chamou nossa atenção com um vidroe shampoo na mão e eu revirei os olhos-

  Em exatas uma hora e meia, nós terminamos de dar banho no Barkie e depois o levamos pra sua casinha.

  - Esse cachorro deu mais trabalho pra tomar banho que a Emma -Ryan disse sentando na cadeira-

  - Como tu sabe? Nunca nem banhou tua irmã -Alfredo disse rindo-

  - Eu vejo o cansaço na cara da minha mãe, ok? -Ryan disse me fazendo rir ainda mais-

Tomamos banho e ficamos no jardim conversando. Na hora do almoço, o motorista foi levar as crianças pro Colégio e nós almoçamos, os caras foram embora e eu fiquei na cobertura da piscina, à toa. 

  - Então você é campeão estadual de corrida sobre duas rodas -Angie surgiu na minha frente com as mãos nos bolsos de trás da calça preta que usava e eu pude ter uma bela visão do seu corpo, que era magro e muito sexy-

  - É eu sou -Eu disse sendo modesto e ela sentou de frente pra mim-

  - Jaxon não tira essas palavras da boca, você treina no Adventure Club, certo? -Ela perguntou-

  - É, meu pai é sócio de lá e eu treino desde moleque -Eu disse- Você curte Moto-Clube?

  - Eu sou apaixonada por motos, sério, na minha casa eu tenho uma 1100 novinha e pretendo colecionar muitas delas -Ela falou empolgada- Desde que cheguei aqui já ouvi falar muito do Adventure Club mas soube que só quem possui carteirinha que pode entrar.

  - É que Neghan zela muito pela segurança do clube, lá existe muitas motos valiosas, não é qualquer um que tem acesso. -Eu falei e ela parecia interessada no assunto-

  - E nos dias de corridas? -Ela perguntou-

  - A entrada é liberada para quem possui credencial, mas é um alto nível de segurança, as vezes eu até acho exagero -Eu disse e ela assentiu parecendo ficar fora do ar por um tempo, parecia pensar em algo- Se você quiser eu posso te levar lá amanhã.

  - Não dá, eu tenho as crianças -Ela disse desanimada-

  - Jazzy e Jaxon adoram ir no clube -Eu sugeri e ela sorriu-

  - Então tudo bem -Ela deu de ombros-

  Angie é gente boa, ficamos trocando ideia um tempo e realmente nós temos muita coisa em comum. Ela é da Pensilvânia e veio pra San Diego escondida dos pais, por conta de um ex namorado que a persegue, segundo ela os pais queriam lhe forçar a casar com ele por conta do poder aquisitivo que a família do cara tem, mas ela não gosta dele e etc. Ela pareceu ser verdadeira ao abrir sua vida pra mim e nem parecia que nos conhecemos ontem, me mostrou fotos do ex namorado e da sua família, mas disse que não pretende voltar pra casa, e se for pra sair de San Diego, que seja pra um lugar melhor. 


Notas Finais


Mais um capítulo, demorou porque eu sou meio burrinha e excluí sem querer ksjsjjsk, mas está ai, quem achou Barkie um verdadeiro capetinha? Huahahahah


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...